domingo, junho 20, 2021

Gripen para o Brasil

F-X2: desaceleração econômica adia plano de compra de caças

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

De acordo com o ministro da Defesa, Celso Amorim, a situação econômica está menos favorável do que o esperado e exige cuidado

O ministro da Defesa do Brasil, Celso Amorim, afirmou que a desaceleração econômica tem atrasado a decisão do governo de adquirir uma nova geração de jatos de combate. “O projeto não está sendo abandonado. Haverá uma decisão no tempo certo. Mas, hoje, eu prefiro não dar uma data”, comentou o ministro em uma entrevista para a Dow Jones. “A situação econômica está menos favorável do que o esperado e naturalmente exige cuidado”, acrescentou.

Três competidores internacionais estão na disputa para fornecer os caças para o Brasil: a sueca Saab, com o modelo Gripen NG; a norte-americana Boeing, com seu F/A-18 Super Hornet; e a francesa Dassault Aviation, com o Rafale.

O governo brasileiro enviou uma carta para essas empresas em junho, pedindo que suas propostas fossem estendidas até dezembro. Segundo o governo, essa é uma prática comum, que ocorre a cada seis meses quando não há uma decisão. “Eu não estou em conversações com nenhuma companhia no momento, o que não exclui a possibilidade de eu receber alguém aqui”, comentou Amorim em seu escritório em Brasília.

“Hoje, eu não diria que nenhuma companhia é favorita. A questão mais importante é quando nós vamos fazê-lo e, então, analisaremos novamente as propostas”, explicou o ministro. “Existe a necessidade de nos reequiparmos, mais isso precisa ser resolvido de acordo com as possibilidades do país”.

Ele disse ainda que preço, qualidade e transferência de tecnologia são os três principais elementos, “mas o peso específico que será dado a cada um deles é algo que eu ainda não tive a chance de discutir profundamente”.

Amorim afirmou ainda que quer elevar o orçamento da Defesa para 2% do PIB, o que traria o Brasil para mais perto dos níveis observados em países como China, Rússia e Índia. “Esse é meu objetivo. Não é um programa de governo aprovado. É algo que eu considero razoável de ser atingido”. Segundo o ministro, os gastos com defesa podem ser uma maneira eficiente de criar e manter empregos durante a atual desaceleração econômica, além de fornecer incentivos para avanços tecnológicos. As informações são da Dow Jones.

FONTE: Estadão

NOTA DO EDITOR 1: a não ser que haja um engano de transcrição ou tradução, ficou a dúvida do que exatamente quer dizer esta frase com duas negativas: “Hoje, eu não diria que nenhuma companhia é favorita”. Se não diria que nenhuma é favorita, diria então que uma é favorita? Ou diria que nenhuma é favorita? Na versão em inglês da Dow Jones (clique aqui para acessar) a frase é “Today, I wouldn’t say any company is favorite”. De qualquer forma, uma hipótese interpretativa é que, quanto mais negativas há numa frase, menos certo é o assunto da qual ela trata. Ou, em outras palavras, ao invés de caças, a perspectiva é que venham mais desculpas, como vem sendo o caso há algum tempo.

NOTA DO EDITOR 2: apesar da notícia não ter mudado muito em relação a outras divulgadas anteriormente tratando do assunto (o mais significativo é que, ao invés de arriscar uma data, a postura agora é nem falar em data), achamos por bem mudar um pouquinho a charge. Agora, ela indica que talvez o fim do Mundo esteja um pouco mais perto do que o fim do F-X2. Quem adquiriu a revista Forças de Defesa número 2 já conhece o fim da história da qual o quadrinho acima faz parte. Mas para quem não adquiriu (e não adianta mais tentar, pois o número 2 esgotou), segue abaixo a HQ, por inteiro.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

30 Comments

Subscribe
Notify of
guest
30 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Roberto F Santana

O Nunão desenha bem, um cartunista.

LuppusFurius

Falar o quê ?
Vaí Mulla, Dá-lhe Dirmão…..ôôô Povão “mereçshe”…..
……Deixa o Alí-Babá voltar em 2014 , que ele resolve………din-din é como óleo , onde passa ” amolece” tudo…!!!! Ganha o mais caro e que tiver melhor transferencia para a conta de uns e outros……

Baschera

Enrolation….. enrolation….. enrolation….

Enterraram um urubú preto em cada base da FAB….

Brasil putênfia….. putz, putz….

Sds.

aldoghisolfi

Quem esgrimou com a ideologia sabe que é assim mesmo que eles fazem.

Estou admirado é deles não andarem por aí fazendo reuniões para discutir a matéria; eles cansam o interlocutor até a demissão de cidadania.

Um dia eles vão embora e nós vamos ver o rastro de rato que eles vão deixar à mostra.

Darkman

Depois dessa não tenho mas esperança que saia o anúncio de nada !!!!
Mas olhando pelo lado da crise e até justificavel.
Mas este anúncio j´poderia ter saido faz tempos hj estaria operacional já os 36 caças.

Agora vamos de F5Jordanianos modernizados e será o caça de frente da FAB.

Ozawa

Mensagem subliminar da historinha do Nunão: A aeronave do cartoon é um Super Puma do GTE com a Dilma dentro ! Ela manda os tripulantes salvarem o profeta do Apocalipse (com jeito de militante de esquerda…) e deixarem o ‘caçador’ se afogar…

Passado o dilúvio, já que não vai ter caça mesmo, pra quê caçador ?

É o que nos revela a história.

Giordani RS

Trilha sonora oficial do Forevis-X:
http://www.youtube.com/watch?v=MccmHwA-c4U

Marcos

Não existe essa de crise, o projeto todo será financiado.

Marcos

Giordani:

Gostei mesmo foi do cabelinho do cantor, ao mais belo estilo Chitãozinho e Xororó.

Nick

O duro é ouvir isso de um (pseudo?)Ministro da Defesa. Que na verdade deveria estar contrapondo argumentos que neutralizassem qualquer tentativa de mais adiamentos do FX-2. Mas o que essa pessoa faz? NADA além de ficar garantindo seu salário no fim do mês.

[]’s

DrCockroach

– “A situação econômica está menos favorável do que o esperado e naturalmente exige cuidado” (…) – “Segundo o ministro, os gastos com defesa podem ser uma maneira eficiente de criar e manter empregos durante a atual desaceleração econômica” Seria uma contradicao estas duas linhas de pensamento? Posterga porque a economia estah desacelerando, mas reconhece que a conclusao do FX-2 seria bom p/ economia… HELP! Ele disse ainda que preço, qualidade e transferência de tecnologia são os três principais elementos, “mas o peso específico que será dado a cada um deles é algo que eu ainda não tive a chance… Read more »

AlexJ

Nick, não seja injusto! Ele faz sim. É conselheiro de Itaipú. Tanto faz, que até recebe por isso.

paulograndisoli

Enquanto a nossa FAB vai virando um amontoado de sucatas, que alias gastam muito mais do que aviões novos para poderem se manter no ar, quem sabe o BNDES não financia a compra dos SU-35 pela Venezuela, dos F-16 pelo Chile, ou até alguns caças chineses para a Bolivia!!! O que poderíamos esperar de uma mulher e de um governo que odeia os militares? Essa cambada não entende que não se planeja uma força militar para o mês que vem? Que não se planeja para os bons cenários? Espero que tenhamos paz eterna e que nossos vizinhos não percebam que… Read more »

marciomacedo

Isso só confirma o que já postei aqui tempos atrás: a verdadeira política de defesa do Estado brasileiro é o desarmamento. Só assim faz sentido que vizinhos mais pobres do que nós e com peso menor no mundo estejam melhor armados do que nós.

Giordani RS

Chega a ser cansativo o assunto e talvez seja isso mesmo que os ideoPaTa$ do Planalto desejam… Esse papinho de crise econômica é o mais puro sofisma! Crise economica foi o que o brazil passou nos anos 80! Aquilo era crise! Hoje, se comparado, é um mar de rosas! Céu de brigadeiro! Interessante que mesmo com a crise, china e índia mantém os investimentos!?!?! É cansativo, mas sou obrigado a repetir: Não é e nunca foi interesse dos governos civis terem Forças Armadas com real poder de dissuassão! Ao contrário da argentina, aqui as FA´s ainda gozam de boa reputação,… Read more »

jacubao

E pensar que eu já estava acreditando que dessa vez ia sair o FX-2…
Fazer o que né? Afinal de contas, o brasileiro adora ser enganado mesmo…

Latino dark

Cheiro forte de Tampax na area ..

sds

edurval

Senhores, Novamente me parece uma noticia pra fazer uma imagem de preocupação com a crise para midia brasileira. Olhando a historia do Brasil, podemos lembrar que a compra dos Mirage foi decidida devido a negação pelos EUA da venda dos F4, e que nossos primeiros Jatos foram pagos a Inglaterra com Algodão Sendo assim nesse pais com um governo militar ou civil a compra de jatos nunca foi uma coisa muito correta. Pelas ultimas noticiais acredito que o FX2 tera a Boeing como vencedora, agora o abacaxi no meu entender e como se livrar do “acordo” de compra do Rafale… Read more »

jura_gol

Gente meu unico medo é que já tem vizinho que sabe que o cão é grande mas, só late, Não morde! O Paraguay em breve vai arrumar encrenca, vem junto a Bolivia, e pode ter certeza o Rafael corrêa não é fã do Brasil, por mais que seja nessessario ,este governo não compra nada,que possa ser usado em favor daqueles que um dia foram seus desafetos. Já falava meu pai,- quem rouba uma agulha, rouba um cavalo.
Se eu for seguir a logica quem rouba um banco ,também rouba o brasil(com ‘B’ minusculo mesmo) E da-lhe presidenta.

Baschera

Enquanto o pessoal daqui e outros sites desce a lenha no GF, tem outros cuja presença ideológica é do outro lado e tenta explicar o inexplicável e defender o indefensável…….

Mas acho que agora a vaca foi pro brejo mesmo…a PresidentA vai se render aos chantagistas funcionários públicos que acham que ganham mal…e isto vai custar R$ 96 bilhões a mais por ano na folha de pagamento !!!

Façam a conta quantos FX cabem dentro de R$ 96 bi…..:(

Sds.

Requena

Já falei isso a mais de um ano. Enquanto essa turma “roja” estiver lá, esqueçam FX2. Como já disse o Frei Beto, um dos líderes ideológicos desse povo, o fim das Forças Armadas é a solução que eles desejam para o país. O melhor que a FAB pode fazer, e já deveria estar fazendo, é procurar um TAMPAX decente. Eu iria de Gripen mesmo. Faz um acordo com os Suecos, um leasing que se torna opção de compra. Quando os “rojos” acordarem pra vida, já teremos caças mais decentes na Força. E não precisa comprar todos de uma vez. Vão… Read more »

Giordani RS

Trecho de um artigo do frei beto. Quem tem estômago fraco, por favor, não continue a ler… – Ora, não me venha com falácias. Quando se trata do fundamental –saúde, educação, saneamento– o governo nunca tem recursos suficientes. Mas sobram fortunas para o Brasil sediar eventos esportivos internacionais protegidos por leis especiais e comprar jatos de combate para um país que já deveria estar desmilitarizado. – Você não acha que é uma honra o Brasil sediar as Olimpíadas e a Copa do Mundo? Não é importante atualizar os equipamentos de nossa defesa bélica? – Esses eventos esportivos estarão abertos ao… Read more »

Observador

Senhores, Eu não acredito que alguém ainda fique surpreso. O FX-E é apenas PROMESSA DE POLÍTICO. Só tolo acredita. O político não pensa como uma pessoa comum. A compra não vai sair por um único motivo: o CUSTO POLÍTICO. Um pouco pelo custo político externo (quem mandou prometer para a França?) e muito pelo custo político interno. Como é que vão anunciar uma conta deste tamanho se precisam cortar gastos? Como explicar isto para a base (nem tão) aliada? E para os barnabés do serviço público? Por isto não saiu em 2012 e muito provavelmente não sairá em 2013. Só… Read more »

ernaniborges

Tá bom.
Para cumprir a promessa e satisfazer os “amigos” franceses, comprem meia dúzia de Rafales para o 7 de setembro e o restante de SH e/ou Gripen.
Fechem a conta, porque no fim quem vai pagar é o povo mesmo…

Baschera

Não dou a mínima para as opiniões deste frei analfaBETO….

Porque ele não pede aos seus superiores da Igreja de Roma vender o seu ouro e doar aos “pobres” ??

Ah… não vai dar…. o último que tentou isto morreu com menos de um mês de papado….

PS: O comentário do Observador é que condiz com a verdade….

Sds.

Tadeu Mendes

Esta chegando a hora de um grande conflito, e o Brasil estara tranquilo no seu canto, so pensando na Copda do Mundo (que podera acontecer ou nao) e nas Olimpiadas (que tambem podera acontecer ou nao). Mas tudo bem. Temos a forca aerea do Chavez para nos proteger e a Unasul para segurar a barra. Toda essa maquiavelica politica so tem o objetivo de acabar com a unica oportunidade (via Boeing), de termos um jato de combate a altura do cenario latinoamericano e um projeto de um futuro jetfighter nacional. Como os franceses nao podem competir com a Boeing, o… Read more »

Eduardo RA

Já tinha cantado essa pedra quando fizeram a enquete aqui no site.
É deprimente!

champs

Tadeu Mendes disse: 11 de agosto de 2012 às 13:03 “Enquanto tivermos esse povao estupido votando nessa gangue, podem esquecer o Brasil potencia.” O “povão estupido” é consequência da falta de investimento na educação, esse mesmo povo não votava no PT, votou em FHC por duas vezes e não viu melhora alguma ou o cenário final da gestão FHC permitia uma decisão diferente da que o povo tomou? Sobre o FX me parece que os políticos vão enterra-lo, concordo com os que dizem que a opção americana não é aceita ideologicamente e não há como justificar o preço francês, pensei… Read more »

Mauricio R.

Esse “povão estúpido” somente vota no PT, por causa da “bolsa” que recebe p/ tanto, aí se não votar, pq ficará sem.

geobosco

Mais uma desculpa…. agora é a crise econômica! Qual será a a próixima? O Sr.Amorim fica com aquela cara de tacho dele e serve de papagaio de pirta pra Dilma!!!!!!!!!!!!!!!!!

Reportagens especiais

Saab Press Trip 2019 – parte 2

Entrega do primeiro Gripen E brasileiro Por Guilherme Poggio Linköping é uma cidade pequena para os padrões brasileiros (possui cerca de...
- Advertisement -
- Advertisement -