quarta-feira, setembro 22, 2021

Gripen para o Brasil

Paciência chinesa: J-20, F-22, T-50 e F-35 em fotos com ângulo semelhante

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

BATE-PAPO ONLINE: Converse com outros leitores sobre este e outros assuntos no ‘Xat’ do Poder Aéreo, clicando aqui.

- Advertisement -

15 Comments

Subscribe
Notify of
guest
15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo Cascaldi

Nessas fotos parece que o J-20 consegue ser + Stealth do que o T-50 quando se olha por baixo.

Nick

Realmente, em muitos aspectos o design do J-20 me parece ser mais furtivo que o PAKFA. Tem que ver se o material RAM aplicado é tão eficiente quanto o dos americanos.

E de modo geral, o design de um caça de 5ª geração fica bem explícito nesses exemplos.

[]’s

Vader

Excelente matéria. Algumas constatações, em minha modesta opinião: 1. O F-22 ainda é o benchmark. É o único dos quatro que tem uma cobertura cerâmica física dos bocais de exaustão, o que lhe confere discrição IR no quadrante 6 horas. E possivelmente também seja o único a ter, ao menos por hora, vetoramento de empuxo, ainda que 2D. 2. A cobertura dos caças americanos seguramente não foi replicada nem no Su-50 nem no J-20 (este último me parece ter chegado mais perto que o primeiro). Ambos utilizam outro material. De maneira que a grande pergunta a se fazer é até… Read more »

Ivan

MiLord Vader,

Aqui vai a primeira provocação. 🙂

No ítem 06:
“De fato ele é essencialmente um “delta canard”, só que com derivas duplas…”

Concordo com o trecho acima, mas a inspiração da configuração veio do leste europeu e não do oeste, como vc sugere.
No meu entendimento é uma evolução ‘stealth’ do demonstrador soviético/russo MiG-1.44, excetuando apenas a tomada de ar das turbinas.

Sds,
Ivan.

Vader

Já lhe respondi lá, caro Ivan. Pra mim o design do J-20 tem mais a ver com o do Rafale do que com o MiG 1.44.

Abs.

Mauricio R.

As fotos somente mostram aquilo que mtos insistem em não admitir, aonde os americanos vão, os demais tentam ir atrás.
E a Europa, tecnológicamente incapaz, bate o pézinho…

JuggerBR

O chinês é o mais diferente dos quatro, sendo os americanos cópias um do outro, só mudando o tamanho (monoturbina e biturbina) e o russo é o intermediário e também o mais mal-acabado…

Alexandre Galante

Pessoal, sabem o que é assustador? Há 3 anos, quando o site Poder Aéreo começou, o PAK FA e o J-20 ainda não existiam.

Em pouco tempo Rússia e China já têm seus caças de 5a. geração e o Brasil, outro BRIC, ainda não conseguiu fechar a compra de míseros 36 caças de 4a. geração!

Quanto tempo ainda vai demorar para que nossos governantes percebam que o Brasil está perdendo o trem da História e que diplomacia sem o respaldo de poder militar adequado não serve para quase nada?

PilotoVirtual

Faço minhas as palavras do Galante.
O detalhe é que nós jamais vamos avançar (ou acompanhar) para a 5a. geração com este atual governo…

Nick

Caro Lord Vader,

No item 5: O J-20 usa uma entrada de ar semelhante ao do F-35, voltada “para dentro”. E sem a existência da divisão da entrada de ar do motor com a célula do caça. Tudo isso favorece a redução do RCS. Seria um avanço em relação à entrada de ar do F-22.

[]’s

Bruno Rocha

Simples, Sr Galente, desse governo não se pode esperar nada que ajude nosso país, precisamente as forças armadas.

krluz

parabens ao blog PODER AEREO.
todos caças parecem ser bons
eu queria que o brasil esquecesse esse fx-2 e entrece em um programa de caça de quinta geração , sera que é pedir muito.

Asimov

Primeiro voo:

YF-22: 1990
F-22: 1997
IOC: 2005

X-35: 2000
F-35: 2006
IOC: ??

PAK-FA: 2010
Su-XX: ??
IOC: ??

J-20: 2011
J-20 (definitivo): ??
IOC: ??

Russos e chineses ainda terão muita estrada para percorrer.

[]s

Ivan

Galante,

Sua preocupação é respaldada por um brasileiro ilustre do passado, mas com palabras que serão eternamente atuais:

“A Nação que confia mais nos seus direitos do que em seus soldados, engana a si mesma e cava sua ruína.”
… … … … … … … … … (Rui Barbosa)

Como se não bastasse o presidente da (ainda) nação mais poderosa do mundo, um civil sem tradição pessoal ou familiar militar, exaltou a importância do soldado como seguro pela liberdade.
Basta dar uma olhadinha no FORTE de 20 de junho passado:
http://www.forte.jor.br/2011/06/20/e-gracas-aos-soldados/

Ao menos estamos em boa companhia…

Sds,
Ivan.

Mauricio R.

Olha só, os russos estão melhorando!!!
As ptas das asas do T-50, não tem aqueles pesos antí flutter, disfarçados de cabide de mísseis dos outros Flankers.
Os chineses já haviam usado a DSI, diverterless supersonic inlet, no JF-17.
O calombo no seu centro e o design voltado p/ dentro, fazem a mesma função da splitter plate, separar o fluxo de ar da camada limite, comprimindo esse fluxo e diminuindo-lhe a velocidade; de modo a previnir o stall de compressor.

Últimas Notícias

Embraer amplia o Programa Pool com a Cobham, da Austrália

Singapura – 22 de setembro de 2021 - A Embraer anunciou hoje a assinatura de uma extensão e ampliação...
- Advertisement -
- Advertisement -