domingo, novembro 28, 2021

Gripen para o Brasil

Suécia encomenda mísseis Meteor de produção

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Nesta segunda-feira, 20 de setembro, a FMV (a organização que administra os materiais de defesa suecos) informou sobre a assinatura de um contrato de encomenda de produção com o Ministério da Defesa do Reino Unido, referente ao míssil Meteor. O contrato, segundo a FMV, foi assinado em 17 de setembro.

Com o míssil Meteor o sistema JAS39 Gripen aumenta significativamente sua capacidade de operar contra alvos aéreos a longas distâncias e com altíssima performance.

O Meteor é um míssil ar-ar BVR (Beyond Visual Range – além do alcance visual)

A cooperação européia para o sistema de míssil Meteor foi iniciada em 2002, com o Reino Unido como nação líder e Alemanha, França, Itália, Espanha e Suécia como participantes. A Suécia tem sido um participante bastante ativo desde o início, e a maior parte dos testes de disparo, durante o desenvolvimento, foram realizados utilizando o JAS 39 Gripen como plataforma principal de desenvolvimento.

Segundo o Diretor do Projeto na FMV, Michael Ostergren, “o desenvolvimento atingiu agora o ponto em que a Suécia pode assinar um pedido de produção para mísseis operacionais. A Suécia é a terceira (nação) a assinar contratos de produção, após o Reino Unido e a Espanha.”

O acordo foi assinado, por parte da Suécia, pelo Diretor Geral da FMV, o General Gunnar Holmgren. Por parte do Reino Unido, assinou o General General Sir Kevin O’Donoghue, chefe de Materiais de Defesa do Ministério da Defesa do país.

A FMV já havia assinado com a Saab Aerosystems um contrato para integração do míssil Meteor no JAS39 Gripen C/D, versão 20. Espera-se que o sistema de míssil Meteor esteja operacional na Força Aérea Sueca em 2015.

FONTE / FOTOS MENORES: FMV

FOTO DO ALTO: SAAB

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

39 Comments

Subscribe
Notify of
guest
39 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader

Nunão, vc foi mais rápido que eu na tradução, rsrs, mas dá uma olhadinha na edição, porque acho que o ideal seria colocar no título a assinatura do contrato. Senão vai ter sempre aqueles que lerão apenas o título e dirão que o contrato não foi assinado, etc.

Abs.

Vader

Beleza Nunão, agora que vi seu comentário lá no post do Gripen.

Abs.

Colt

A noticia é interessante.
O vídeo abaixo é melhor ainda!
Um clip do EDA com sanfona! rs
http://www.liveleak.com/view?i=f8f_1244615092&p=1

Vader
Antonio M

SE fossemos de Gripen, bem que o Meteor poderia vir junto …..

Mauricio R.

Gripen menino…judiando de le jaca, de novo???
Não faça isso, menino…

rodrigo ds

Mais uma boa notícia para o currículo da Saab!!

Nick

Enquanto isso na França..só em 2018…. Ou antes se algum país comprar os Micas estocados na AdlA.

[]’s

Vader

Ronaldo disse:
22 de setembro de 2010 às 12:30

“So o Gripen vai integrar o Meteor”

Não. Mas certamente será o primeiro.

E muito provavelmente “le jaque” será o último, depois até mesmo do F-35… 🙂

Vader

Ah sim, só pra constar, segundo o Editor-Chefe do Defesanet o Gripen, como o Super-Hornet, também está sendo testado com uso de etanol:

“Atualmente estão em testes caça Gripen com etanol produzido a partir de resíduos de florestas.”

http://www.defesanet.com.br/01_lz/fx2/01_sb_poll.htm

Sds.

Edcreek

Olá,

Muito bom para a Suecia.

Como o Gripen é carta fora do baralho politico, que são os mesmos pagam as contas….

abraços,

CAL

Se quisermos utilizar esses mísseis, vamos ter que integrar nos F-5 e AMX porque se depender do FX-2 …

Galileu

Resta saber se caso venha a ser o gripen o escolhido, se o meteor viria no pacote…………se eles venderiam e se a FAB se interessa por ele.

Edu Nicácio

Puts… quanta coisa estaremos perdendo se não escolhermos esse caça…

Gripen: mais tecnologia (e soberania) por menos dinheiro…

Dorfus

Só boa notícia referente ao Gripen ultimamente. Já sobre um certo concorrente, o destaque é teste de hangar…

CAL

Pois é, os franceses devem estar contando com a venda do rafale para o Brasil, para poderem se livrar dos estoques do mica, assim eles tambem poderão encomendar seus meteor!

Edcreek

Olá, Galileu

O pacote Sueco não contempla nenhum armamento, fica ai uma das diferenças na questão de preço.

Tanto EUA como França tem armamentos inclusos no pacote.

Abraços,

Vader

Edcreek disse:
22 de setembro de 2010 às 16:01

Caro Ed, gostaria que o amigo nos mostrasse aqui qual é o armamento contido na proposta francesa (a americana eu conheço e é muito boa apesar da quantidade pequena).

Espero que não se trate do “poderoso” (!) Mica, aquele que a MBDA já afirmou que não transfere tecnologia…

Sds.

Edcreek

Olá, Vader

O pacote oferecido pela França não foi divulgado oficialmente, mas extra-oficialmente quem teve acesso as informações o pacote seria:

1. Missil AR-AR MICA EM-IR

2. Apache missil anti-pista/instalações de longo alcance

3. AASM Arma modular(uma bomba inteligente a grosso modo) multifuncional de guiagem IR ou GPS/INS

4. Exocet MM.39 Missil Anti-navio

5. Pods Damocles Designador de alvos

Mas é como eu disse a França não anunciou oficialmente o pacote de armas, o Rodrigo tem umas informações diferentes.

Se for isso mesmo o pacote Frances é tão abrangente quanto o Americano porém não se fala em quantidades.

Abraços,

Vader

Edcreek disse:
22 de setembro de 2010 às 16:33

“Mas é como eu disse a França não anunciou oficialmente o pacote de armas”

Ah tá, então você está ESPECULANDO que a “França tem armamentos inclusos no pacote”, correto?

Sds.

PS: desse glorioso pacote a única coisa que talvez tivesse serventia seria o Exocet. E ainda assim, não para a FAB (talvez para a MB).

Vader

Ah sim, a propósito, lembrando a proposta da Boeing para o FX2: •Fornecimento de 28 F/A-18E Super Hornet e 8 F/A-18F Super Hornet, 72 F414-GE-400 motores instalados, peças de reposição e armas por US$ 7 bilhões. •4 motores F414-GE-400 para reposição •36 radares AN/APG-79 •36 canhões M61A2 20mm •36 RWR AN/ALR-67(V) •144 lançadores LAU-127 •44 Joint Helmet Mounted Cueing Systems (JHMCS) •28 mísseis AIM-120C-7 AMRAAM •28 AIM-9M SIDEWINDER •60 GBU-31/32 Joint Direct Attack Munitions (JDAM) •36 AGM-154 Joint Standoff Weapons (JSOW) •10 AGM-88B HARM Missiles •36 Pods AN/ASQ-228 (V2) Advanced Targeting Forward-Looking Infrared (ATFLIR) •36 AN/ALQ-214 Radio Frequency Countermeasures. •40… Read more »

Edcreek

Olá, Vader

Não estou especulando, o pacote existe só não esta claro o que está incluso no pacote que é declarado sigiloso. Releeia o post.

É uma Afirmação, a proposta Francesa tem pacote de Armas.

Sobre o suposto pacote:

AASM->O Brasil não tem bomba inteligente totalmente operacional;
Apache->O Brasil não tem um missil de alcançe tão grande para alvos em terra;
Mica-> O missil mica é superior ao Derby;

Bom essas são minhas considerações,

Abraços,

caipira

Até suspirei relendo a proposta da Boeing, rsrsrs.

Edcreek

Olá,

Como eu disse a proposta Americana é muito abragente, mas peca principalmente nas quantidades, especialmente nos:

28 mísseis AIM-120C-7 AMRAAM

Vamos ter que dividir cada missil por dois.

Pelo menos tem arma inclusa a contrario da proposta do projeto Sueco.

Abraços,

Gabriel T.

Edcreek, essa lista de armas que você colocou da dassault é apenas uma opinião emitida por você. Já se sabe que a proposta do RAFALE contempla a compra de armas em um pacote feito por fora, até agora temos como contrato o avião e o valor a ser pago sem nenhuma arma. Aí vai caber a FAB decidir o que comprar. Tenho que lembrar que temos como exigência a integração de armas nacionais. Nesse requisito saan, Dassault e Boeing garanteM sem nenhum celeuma. Em todos os casos o custo de integração dessas armas será por nossa conta, aliás nada mais… Read more »

Vader

Edcreek disse: 22 de setembro de 2010 às 16:57 “Não estou especulando, o pacote existe só não esta claro o que está incluso no pacote que é declarado sigiloso” Ora, ora, ora, se é sigiloso como é que você sabe o que contém? Estaria você ESPECULANDO, ou é informação de “insider”? Talvez de um famoso “insider” cujo nome começa com P? Ou de algum de sua “rafanática” legião de seguidores? Digo isso porque não quero crer que o amigo seja um “insider”… “AASM->O Brasil não tem bomba inteligente totalmente operacional” Mas terá em breve. Bomba guiada é relativamente fácil de… Read more »

Vader

Edcreek disse: 22 de setembro de 2010 às 17:02 Prezado Ed, a ÚNICA proposta que contempla algum armamento é a americana. Porque? Porque o FX2 é uma compra de VETOR, não de vetorado. Por outro lado, a proposta da Boeing só contempla algum armamento para mostrar aos bolivariano-internacionalistas que governam Pindorama que o Congresso Americano JÁ AUTORIZOU a venda de armamentos ao Brasil, eliminando assim o eterno argumento antiamericano de “elis num nus vendi as arma du bichu”. A porteira está aberta: basta ao Brasil querer adquirir mais armas. Quanto à quantidade, já lhe disse que míssil, como qualquer munição,… Read more »

Dalton

Só lembrando que nem os EUA tem armamento para todas as suas aeronaves/navios. Toda vez que um porta-avioes vai para manutenção, por exemplo, toda a munição é descarregada e passada para outro porta-avioes…em fase de preparação para missão. O USS Dwight Eisenhower recentemente passou a sua para o USS George H Bush que deverá, finalmente, estrear ano que vem.

Justin Case

Amigos,

A única proposta de armamento que foi apresentada publicamente (por exigência processual americana) foi a da Boeing.

Isso não quer dizer que Gripen e Rafale não as têm inclusas na oferta.

Aliás, DEVEM TER, pois a lógica indica que os americanos somente teriam apresentado e tornado pública se fosse um requisito do pedido de oferta do F-X2.

Abraços,

Justin

“Justin Case supports Rafale”

Rodrigo

Edcreek disse: 22 de setembro de 2010 às 16:33 Eita Ed… Me explica uma coisa. Como você afirma uma coisa que você não sabe ? SCALP amigo, só com autorização dos outros parceiros E ELA NÃO EXISTE, portanto não podem oferecer. Exocet eles não permitiram para o EC725. Por que vão para o Rafale ? Né ? 😉 É só o Mico e o AASM. De boa véio… Se liga, deixa de picaretagem é feio… ——————————- Justin Case disse: 22 de setembro de 2010 às 17:38 Tem tanta coisa que não é pública no FX2 e vocês cansam de afirmar…… Read more »

Rodrigo

De qualquer maneira…

Parabéns a Suécia por adquirir um míssil de verdade para o seu avião.

Enquanto isto os perfeitos franceses seguem se enrolando para integrar o Damocles.

Gabriel T.

Oi Rodrigo, vc esqueceu dos porcos capitalistas. lol Infelizmente as pessoas ainda julgam as coisas com o preconceito. De tanto os professores falarem, as pessoas ainda pensam que os EUA são o grande satã como dizia o Komeini. O problema aconteceu quando os EUA fizeram o seguinte no fx: – Ofereceram as últimas versões de seus caças F-16 e F-18. – Ofereceram a entrada do Brasil no F-35. – Ofereceram um pacote de armas já autorizado pelo DoD. Isso tudo vai contra o que essas pessoas afirmam e aí elas não aguentam. É por isso que lemos infelizmente coisas como… Read more »

Sagran Carvalho

Pessoal,
Estou cansado desta novela….toda noticia de um ou outro concorrente vira uma batalha épica….e o pior…nada se define!!!!
Quero um caça decente na FAB e não aguento mais esta novela FX e principalmente as torcidas de arquibancada….pô…parece Minerão em dia de Atletico x Cruzeiro.
Que essa eleição passe logo, e que se defina o que é melhor para a FAB e para o Brasil.
Brasil Sempre!!!!!

Giordani RS

Pergunta: É possível adicionar o Meteor aos atuais e futuros F-5MR(Modernizado e Remodernizado)?

Vader

Gabriel T. disse:
22 de setembro de 2010 às 20:33

Excelente comentário. Parabéns.

Rodrigo

Mais uma pedrada oficial no Rafale e vinda dos franceses..

Agora até eles reconhecem que o motor é um lixo.

Commission de la défense nationale et des forces armées
Mardi 6 octobre 2009
http://www.assemblee-nationale.fr/13/cr … 910001.asp

Créditos ao colega Jacques Santiago.

Rodrigo
Nick

Realmente o pacote de armas/sistemas oferecidos junto com o F-18 E SH é impressionante. JDAM+JSOW = Real poder de destruição.

Dos franceses, seria interessante, o SCALP/StormShadow e o ASMP. Infelizmente nenhum dos dois foi incluido na oferta.

No caso dos Suecos eles tem praticamente tudo integrado, de armas Americanas à Israelenses.

Mas o foco da FAB é ter autonomia/liberdade de integrar o que ela quiser, especialmente sistemas nacionais. Em um primeiro momento o Gripen NG é o que me parece mais adequado à isso.

[]’s

Últimas Notícias

O Gripen E vai igualar e, em muitos casos, ser melhor do que os atuais caças de quinta geração, afirma o Chefe da Força...

A Saab apresentou os seis primeiros Gripen E produzidos em série e que em breve ficarão prontos a Força...
- Advertisement -
- Advertisement -