sexta-feira, agosto 12, 2022

Gripen para o Brasil

Anúncio do AMX em 1984

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br
- Advertisement -

193 Comments

Subscribe
Notify of
guest

193 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Realista

Grande poderio…. sem radar, sem míssies…

Paulo Silva

Realmente, me lembro bem das promessas de como seria este caça-bombardeiro. Mas infelizmente, por falta de verbas, nem radar colocaram.

Abraços

Paulo

th98

perdoem minha ignorancia. mas se colocassemos uma turbina a lá NG, reforcassemos a estrutura e colocassemos um radar,ele não daria pro gasto não???

Alexandre Galante

TH98, quem disse que o AMX não dá pro gasto?

Não esqueça que ele não é um caça propriamente dito, é um avião de ataque ou caça-bombardeiro. A capacidade de combate aéreo dele é só pra auto-defesa.

Para ficar mais completo só precisa ter o radar instalado, sensor IR e o míssil MAR-1.

A frota de AMX da FAB estará em boa situação depois da modernização.

Alex Nogueira

O AMX foi infelizmente acometido pelas infindaveis faltas de verbas assim como outros grandes projetos brasileiros; mas deixando isso de lado, é um dos meus aviões favoritos, e como muitos aqui eu adoraria vê-lo modernizado e pronto para combater. Espero que por um milagre repotêncializem-no com a turbina EJ-200 e que o A-Darter fique pronto logo e que venham logo as bombas inteligentes da Britanite 😀 E faço um apelo: FAB por favor DISPONIBILIZEM fotos dos nossos vetores ARMADOS com nossas melhores configurações, não precisa fazer segredo de coisas que todos paises já sabem, não precisa divulgar números exatos de… Read more »

Nick

Eu me lembro dessa propaganda…:P

Observando, esse piloto ta meio fora de escala heim, faz o AMX parecer bem maior….ou é isso mesmo??

Apesar de tudo foi um belo upgrade, se levarmos em consideração que os aviões de ataque anteriores eram os EMB-326 Xavante. E Claro teve os spin-offs para a Embraer.

TH98, daria mas vale a pena? A modernização que está sendo conduzida garante a operação dele até o fim da vida útil.

[]’s

Nick

Caro ALex Nogueira,

Se essa modernização habilitar o AMX à disparar os A-Darter, suíte de EW modernizada e estiver capacitado a usar Bombas guiadas/Misseis da Britanite/Mectron, eu diria que é uma bela capacidade de dissuasão para o TO da AL.

[]’s

Edmar

Caros Amigos.:

Depois de modernizados os “AMX A-1” serão ainda um dos principais aviões de ataque da América Latina.

Apesar de ser um projeto antigo ele ainda possui uma boa estrutura e depois de ser modernizado poderá atuar até meados de 2022 a 2025.

Eu não sei o certo, mas, ouvi dizer que serão modernizados 42 ou até 48 unidades, dependendo a estrutura.

…Agora se viessem os “Saab Gripen NG” teriamos uma boa associação:
AMX A-1 + Saab Gripen NG + Super Tucanos.

E futuramente junto com os Suécos poderiamos fabricar os “Saab Gripen ” de 5 Geração.

Abraços.

th98

Alexandre Galante, não me leve a mal, mas o bicho veio sem radar, e só Deus la sabe o que mais falta nele ou faltava não sei. Pode ser que depois da modernisação ele fique +- apresentavel no cenario mundial.
P.S.: Pelo pouco que eu sei deste projeto ele só não foi um MEGA sucesso por causa do fim da guerra fria

mauricio veiga

O AMX foi vitima da incompetencia politica e a falta de planejamento.
É um belo vetor, mas sua capacidade de combate é muito limitada.
Temos duas opções; fazemos um UP GRADE de verdade e caro, ou
convertemos os vetores para aviões de trenamento e conversão ( gap )
entre os SUPER TUCANOS e os caças de primeira linha.
ABRAÇO.

Rodrigo Cesarini

Spey mastiga até urubu, EJ-200 é turbina preibói! rsrsrs

[]s

Rodrigo Cesarini

Mauricio Veiga, do que se trata exatamente esse upgrade caro?

[]s

Mauricio R.

Sinceramente, poupava a verba do upgrade e comprava uns Gripens do excedente sueco, haveria mto mais custo/beneficio.

th98

Mauricio R.

mas ai iria mecher com o bril da força

Fábio Mayer

Eu lembro de uma entrevista do então ministro Delfin Neto (o mesmo que é conselheiro econômico do presidente Lula atualmente) dizendo que o Brasil não tinha interesse na aquisição de caças, porque apostava no desenvolvimento do caça nacional… ele mesmo passava a tesoura no orçamento, para sabotar o projeto, e ainda dava uma declaração dessas!

Galileu

me desculpe os apaixonados pelo AMX. Mas penso que: Com certeza o AMX trouxe um grande desenvolvimento para o pouco que sabemos em matéria de aeronáutica, Eu como alguns daqui, sabemos que pro pais projetar e produzir um prego é uma luta do cão. Mas o AMX brasileiro, cinceramente pra mim é um lixo, Um caça que foi projetado especificamente para ataque Ar-Sup, não ter radar/designador laser, sistemas de reconhecimento e etc……..O coitado não pode lançar uma Jdam. Agora o AMX italiano, o “verdadeiro AMX” ahh isso sim é excelente, quem diz isso não sou eu, são os resultados de… Read more »

Brandalise

Sou suspeito para falar, pois sempre gostei muito do AMX, e da ideia do projeto. Claro, a politicagem sacaneou o bichinho. E no meio do processo, a mesma politicagem tratava de vende-lo como se fosse a 8a maravilha! Claro que nao era. Fazia aquilo para que foi projetado. Aih a gente reve a propaganda, e eis que lemos no final: “Essas qualidades, aliadas a grande autonomia de voo e elevada capacidade de cargas externas, dao nova dimensao ao poder aereo brasileiro” Puxa! Justo o alcance e a capacidade de cargas externas! Dois dos piores itens do AMX!!! Eh uma cara… Read more »

Jonas

Aproveitando, depois de ler o post A-1 um avião ainda incompleto e seus comentários, fico pensando se o AMX, usando o capacete DASH 4, o Piranha 2, bombas inteligentes, radar para ataque solo-mar SCP-01 (com ar-ar limitado) e, se possível depois de modernizado, o Exocet. Ele seria um bom avião para a MB? O problema é que ele não pode decolar do NAe São Paulo e para refazer o projeto dele na forma naval, não compensa. Será que compensa o AMX Naval ? Alguém sabe se ele é melhor que o A-4 Skyhawk (A-1 MB) em combate? E para o… Read more »

RJ

Pois é. Nem botaram radar nos Harier GR.7 também. Que lixo.

Para a missão do A-1, radar ajuda, mas não é imprescindível.

E os radares disponíveis na época ajudavam pouco…

Edmar

Caro Amigo Jonas e Amigos do Blog.:

Os “AF1 A-4” da Marinha vão receber a mesma aviônica (sistemas) do “AMX A-1” e do “F-5M” da FAB.

Tanto os “AMX A-1” da FAB quanto os “AF1 A-4” da Marinha depois destas modernizações vão ganhar uma vida operacional maior e uma qualidade de combate melhor.

Abraços.

Top Gun

Jonas disse:Alguém sabe se ele(AMX) é melhor que o A-4 Skyhawk (A-1 MB) em combate?

Quando vc diz combate, isso quer dizer na arena ar-ar ou ar-terra?

O AMX possui mais cabides que o A-4, carrega mais bombas e tem maior raio de alcance. O radar dos A-4KU são praticamento obsoletos, então não faz diferença se comparar a ausência de radar do AMX.

Pra função de ataque eu fico com o A-1!

Wolfpack

O AMX serviu bem a Embraer mas não tenho a mesma certeza quanto ter servido bem a FAB…
Lembro da propaganda, acreditava nesta aeronave, mas depois fui perdendo o interesse…

G-LOC

“Espero que por um milagre repotêncializem-no com a turbina EJ-200 ” A EJ-200 é 15% mais potente que a Spey. Não vai ajudar em muito a manobrabilidade ou velocidade. – Se é para melhorar o desempenho em combate aéreo compra instala o DASH com o Python 5 que fica mais barato – Se é para ajudar a escapar de mísseis então coloca um alerta de mísseis e melhores contramedidas que fica mais barato – Se é para aumentar o alcance compra mais aeronave REVO ou compra bombas guiadas diminuindo a carga – Se é para levar mais bombas então compra… Read more »

G-LOC

“O coitado não pode lançar uma Jdam.”

Quanta desinformação e desqualificação. A FAB nem tem a intenção de usar a JDAM.
Se o problema é com a aeronave em si então o “coitado” pode pois o AMX italiano dispara.

ivanildotavares

Os A-1 criaram alguma preocupação extra para os nossos vizinhos. Afinal, eram bombardeiros. Melhor com eles do que sem.

Abs

Jonas

Edmar disse: Os “AF1 A-4″ da Marinha vão receber a mesma aviônica (sistemas) do “AMX A-1″ e do “F-5M” da FAB. Ambos modernizados com a mesma aviônica, o AMX é um projeto mais novo, e como o Top Gun informou tem mais cabides, pode carregar mais peso, tem maior raio de alcance, portanto para a função de “avião de ataque” (ar-solo/ar-mar) ele não seria superior ? Além disso, nem o Skyhawk, nem o AMX, totalmente modernizados seriam capazes de enfrentar algum caça (ar-ar), mesmo esse sendo um Mirrage III ou F-5E. Até pouco tempo atrás a Marinha dos EUA usava… Read more »

Galileu

G-lock interpretação de texto é bom hein…..ahahah

Eu não disse que a FAB tem intenção de ter Jdam, eu disse que a versão brasileira não pode, e sim o italiano pode, por isso eu disse que ele é o “verdadeiro AMX”

interpretação de texto

Francoorp

Rodrigo Cesarini disse:
23 de abril de 2010 às 18:08
Spey mastiga até urubu, EJ-200 é turbina preibói! rsrsrs”””

Bem…

Com a EJ-200 ou uma nacional “Supersônica”- Serà k podemos???…….
+ HUD …….
+ IR-OTIS…….
+ IRST/FLIR……….
+ Radar SCP-01 Scipio ou AESA/Selex como pedem alguns……
E resolvidos os dilemas estruturais de conversão em supersônico…..

$$$$$$ Não serve mais FX2 $$$$$$

Valeu !!

Juca

Afinal…. eles vem ou não vem para Campo Grande???
Quem pode responder?

Giordani RS

Foi a maior oportunidade perdida que o brasil teve. Foi a maior chance de criarmos um verdadeiro parque tecnologico. Criar-mos uma industria bélica autosuficiente. Mas o que aconteceu foi uma vergonha. Governos pífios e a beira do rídiculo(sarney de triste memória-itamar da moça sem calcinha-FFHH e o lulismo do bolsa-voto-família) e oficiais(das três Armas) sem comprometimento com o Futuro consumiram os sonhos de quem um dia acreditou. Muitos me criticarão, mas o AMX(porquê esse avião não tem nome?!) era uma máquina completa e complexa. Surgiu no meio de um Mundo Polarizado…e pif…foi esquecido. Pra que maior descaso que a falta… Read more »

Sirkis

Saudações Galileu!

E de onde vem o dinheiro para comprar e integrar uma JDAM??? Os italianos podem porque o governo deles foi e colocou dinheiro na mesa para a brincadeira toda. Aqui foi o contrário, o governo cortava o dinheiro ano após ano e ficamos nisso.

O pessoal adora falar que o A-1 não tem radar, míssil, MAN, MAR, JDAM, bombas guiadas a laser. Mas não fala que para isso precisamos de dinheiro e o governo nunca deu esse dinheiro.

Boa Noite!

G-LOC

“Eu não disse que a FAB tem intenção de ter Jdam, eu disse que a versão brasileira não pode, e sim o italiano pode, por isso eu disse que ele é o “verdadeiro AMX” – interpretação de texto” Então vc criou uma falassia lógica. O AMX da FAB não foi modernizado e o da AMI foi. Bastou instalar um barramento 1776 (acho que é esse). Está planejado para a FAB e não está pronto por fatores externos. Então dos AMX da AMI já foram falsificados. ALiás, existem relativamente poucos caças no mundo que podem lançar uma JDAM. Se a FAB… Read more »

Sirkis

Saudações Giordani!

Mas… os gringos nunca vetaram o vulcan!!!

O Brasil sempre quis um calibre de 30mm porque se você reparar vai ver que o A-1 é um avião de ataque ao solo. E para isso vai usar um vulcan de calibre 20mmm????????

Em virtude do AMX italiano foi oferecido ao Brasil o vulcan e nós dissemos não, porque ao contrário dos italianos nós preferimos um calibre maior para a função. Se os italianos acham melhor o 20mm é um direito deles que não foi levado a sério pela FAB na época.

Boa Noite!

Justin Case

G-LOC, boa noite.

A norma que você queria citar provavelmente é a MIL-STD 1760, que provê interface elétrica e digital entre armas e aeronave.
A GBU-32 Joint Direct Attack Munitions (JDAM) eu creio que foi a primeira bomba com direcionamento GPS a ser utilizada, em larga escala, na guerra do Kosovo.
Parece que foi àquela época que os italianos decidiram integrar o armamento ao AMX da AMI.
Abraço,

Justin

“Justin Case supports Rafale”

mauricio veiga

SIRKIS

O AMX Brasileiro sofreu embargo por parte do governo Americano,
acompanhei o projeto desde o seu inicio, foi vetado o canhão vulcan,
o radar e todo e qualquer armamento inteligente, inclusive versões
mais modernas do SIDEWINDER, na epoca o governo Americano
liberava tecnologia apenas para paises da OTAN, por isso a Italia
foi contemplada com o AMX ¨bem recheado¨.

Abraço.

J Jacahead da Silva

Olha só, outro leãozinho desdentado.
Pensei que só tinha dessa cousa nos mar da vida.

@!@$!@$

E tem gente sonhando com novo vetor para aviação de caça heheheheh
Ainda tem uns que falam em hi-lo mix xiiiii

Sonha maná, vai sonhando

O FX já foi encerrado a 25 anos atrás quando nós adquirimos o primeiro, ou melhor segundo, caça stealth (entenda aeronave de combate – senão vira confusão) do mundo.

Só tem um problema essa caça só voa de dia e com tempo bom, quente e um pouquinho humido. Tem RCS nulo.

😛

Sirkis

Saudações Maurício! Negativo. Meu irmão mais velho fez parte do programa AMX e sei do que falo. Nós nunca quisemos um canhão de 20mm porque o avião é de ataque e o Vulcan de 30mm além de ser impossível não cabia dentro do A-1. Deixa dar uma palhinha sobre isso. Canhão. Um avião de ataque usa vários tipos de armas necessárias para a missão de ataque. Um canhão de 30mm tem mais energia cinética e poder de impacto que um calibre de 20mm. Quem aqui já viu a defragração de munição de 30mm sabe do que falo. Radar. Negativo. O… Read more »

Ilya Ehenburg

O AMX foi o grande erro. Quase matou a Força Aérea Brasileira. Melhor teria sido o embarque no oferecimento da Northrop do projeto F-20. Sei bem, que estávamos comprometidos com os italianos, mas, que chutássemos tudo para alto! Deu-se o desastre: uma aeronave cara (o dobro de um f-16), sem produção de escala adequada, incompleta e com sua longevidade comprometida (das 4.000 horas de vôo previstas, obteve-se apenas 1500. Um escândalo no senado italiano). E ainda há que defenda o embarque no jato lego sueco… Diz um ditado árabe: se você se deixa enganar pela primeira vez, o erro é… Read more »

Ilya Ehenburg

Erro: E ainda há *quem…

Mauricio R.

“mas ai iria mecher com o bril da força”

Oba!!! Temos um avião de verdade e inteiro!!!

Mauricio R.

Impressão minha, ou o AMX não é “garrafa de coca cola”???

Robbiate

Sei lá entende,mas na turma de vendedores de material bélico não tem santo,pelo contrário,esta cheio de compradores lesados.
Na guerra das Malvinas os “hermanos”até hoje estão esperando a reposição de Exocets,e de peças para os super Etandarts e Mirages.
Mesmo inferiores,o melhor caminho é desenvolver sua própria tecnologia e armas,até por que pressa não temos,nem inimigos.

mauricio veiga

Sirkis O canhão vulcam do AMX Italiano é de 20mm, o de 30mm equipa o A 10 Americano, na época do AMX existia um acordo de transferencia de ¨tecnologia¨ e fornecimento de armementos entre o governo Brasi- -leiro e o Americano ( foreign assistance ), tudo oque recebemos den- -tro desse programa foi material obsoleto e balas de ¨chumbo¨, o acordo foi cancelado por iniciativa do nosso governo, culpa do congresso Americano que continuou a embargar tecnologia para o nosso pais afetando assim o projeto AMX. A opção pela eletronca Francesa era muito mais cara e isso acabou por inviabilisar… Read more »

Lucas Calabrio

Prezado Galante
Salvo engano o AMX foi pilotado por um coronel aviador norte americano e disse que a baixa altitude ele seria melhor do que o F-16.
Caso esteja errado me corrija, pois fica parecendo que o avião não presta.
Lembrando o AMX na guerra dos balcãs teve uma taxa de 99,5 % ( não sei se de sobrevivencia ou surtida).
Abraço

Francoorp

Foi de efetividade em surtidas… enquanto que os supersônicos deviam era se cuidar das SAM e AAA… pode ter sido SORTE !!

Realista

“O pessoal adora falar que o A-1 não tem radar, míssil, MAN, MAR, JDAM, bombas guiadas a laser. Mas não fala que para isso precisamos de dinheiro e o governo nunca deu esse dinheiro.”

Explica então pq o AMX custou para a FAB/GF/nós quase 3 F-16??? não vai dar não é meu amigo!?

Realista

Prezado Lucas Calabrio, o AMX, nem debaixo da água, seria melhor que um F-16… isso aí é lenda! como a dos AMX cruzando os céus da America num Red Flag, sem serem detectados e importunados… abatendo F-16 de lambuja…
Mas como está cheio de “crentes” por aqui…

grifo

Dois F-16, logo abaixo três F-16… pelo jeito no final vai aparecer alguém aqui dizendo que cada AMX custou dez F-16… Ao invés de comparar o custo, vamos falar do *retorno* que o programa AMX deu. Estima-se que o Brasil investiu US$ 2,5 bilhões durante toda a vida do programa AMX. Somente neste ano de 2010 a Embraer irá faturar US$ 5 bilhões de dólares. 90% deste valor se referem a exportações. A Embraer já entregou quase 1500 aviões da família E-Jet, em um valor estimado de mais de US$ 30 bilhões. Quase integralmente exportações. Vamos supor que ao invés… Read more »

corsario01

Eu gosto deste avião!

Brandalise

“Mas… os gringos nunca vetaram o vulcan!!!”
Lembro de na epoca ter lido em revistas especializadas e jornais que o vulcan estava vetado para o Brasil. Independentemente disso, nossa escolha foi pelo 30mm, o que acho mesmo que foi mais adequado. Entao entendo que as duas coisas ocorreram.

Últimas Notícias

FAB realiza resgate de tripulante em navio na costa cearense

Missão foi realizada pela tripulação do 1º/8º GAV – Esquadrão Falcão, nessa segunda-feira (08/08) O Primeiro Esquadrão do Oitavo Grupo...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -