Home Noticiário Internacional Typhoons para Omã e Arábia Saudita: continuam as negociações

Typhoons para Omã e Arábia Saudita: continuam as negociações

345
2

Segundo reportagem do site AIN Online desta sexta-feira, 27 de janeiro, recentes declarações do Governo Britânico e da BAE Systems esclareceram o atual andamento das negociações para vendas do Eurofighter Typhoon para Omã e Arábia Saudita. Omã já enviou, formamente, um RFP (pedido de proposta). Já a Arábia Saudita, que recebeu 24 aeronaves produzidas na linha de montagem de Warton, no Reino Unido, ainda está negociando o preço e a configuração de mais 48 caças, assim como acordos de montagem e manutenção.

Há dois anos, parecia que o contrato com Omã tinha sido acordado. O então primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, deu a entender isso em declarações públicas, e e uma aeronave em montagem final em Warton foi alocada para Omã. Mas uma fonte da indústria britânica disse à AIN que Omã não compraria o Typhoon se este não tivesse um radar AESA (de varredura eletrônica ativa). Desde então, Omã requisitou um segundo lote de caças F-16 dos Estados Unidos, apesar da venda ainda não ter sido confirmada.  Na semana passada, o Governo Britânico disse que o RFP representa um importante passo na direção de um contrato, e que a venda dos caças Typhoon “traria maiores benefícios econômicos, de treinamento e de educação para Omã.”

Anteriormente, ainda em  janeiro, a  BAE Systems reconheceu que o hiato na venda “Al Salam” para a  Arábia Saudita reduziria os ganhos da empresa de 2011 em relação a previsões anteriores. Mas também disse que foram feitos “bons progressos” em recentes discussões em todos os itens à exceção da escalada de preço”. Enquanto isso, como a AIN já havia noticiado, subseções de caças Typhoon alocadas à Arábia Saudita foram estocadas em Warton.

Aparentemente, tanto Omã quanto a Arábia Saudita estão segurando seus pedidos para poderem receber o Typhoon em seu padrão Tranche 3, com uma integração de armas mais abrangente assim como um radar AESA. A Índia também recebeu a oferta de aprimoramentos como esses para atender ao seu requerimento MMRCA (aeronave de combate multitarefa de porte médio) de 126 caças. A decisão já bastante adiada da Índia, entre o caça produzido por quatro países e o totalmente francês Rafale, poderá ser anunciada na semana que vem.

FONTE: AIN Online (tradução, adaptação e edição: Poder Aéreo)

FOTOS: Eurofighter

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Bascheraluizblower Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
luizblower
Visitante
Member
luizblower

Muito bonito o esquema de pintura dos Typhoon sauditas.

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Steen…… vc por aqui !!!

Sds.