terça-feira, setembro 21, 2021

Gripen para o Brasil

Super Tucano abatido?

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Por Nelson Townes,

Um avião de caça da Força Aérea Brasileira (FAB), um turboélice A29 Super Tucano, um dos mais poderosos modelos de aeronaves de guerra da esquadrilha de helicópteros de combate e aviões de caça estacionada na Base Aérea de Porto Velho, caiu no final da tarde desta sexta-feira (25), a 300 metros do aeroporto civil desta Capital.

As causas do acidente ainda não foram explicadas. A imprensa foi proibida de se aproximar do caça e duas avenidas de acesso ao aeroporto e imediações foram interditadas. O Comando da Aeronáutica em Brasília publicou nota limitando-se a informar que o aparelho apresentou “problemas” e forçou o piloto, o 1º Tenente-Aviador Marcelino Aparecido Feitosa, a abandonar o equipamento em vôo, ejetando-se. Ele não sofreu ferimentos, mas foi hospitalizado para observação.

Como ele caiu sobre uma árvore, não foi localizado de imediato (só a Torre de Controle do aeroporto sabia, avisada pelo militar por seu rádio portátil.)

O secretário da Segurança Pública de Rondônia, Marcelo Bessa, esteve pessoalmente comandando os serviços de busca ao piloto ao lado de oficiais do Corpo de Bombeiros e da Aeronáutica

NoticiaRo.com, por sua vez, soube que o avião vinha de Cruzeiro do Sul, no Acre, e isso causa a suposição, ainda não confirmada oficialmente (e é mais provável que a FAB, como de costume, negue) que o avião estivesse retornando de uma missão de combate a narcotraficantes e possa ter sido avariado ao enfrentar algum avião estrangeiro também armado.

A avaria talvez tenha fragilizado o avião ao chegar a Porto Velho sob forte chuva. A FAB, que jamais confirmou os combates que ocorrem na fronteira noroeste do Brasil contra aviões do narcotráfico procedentes do Peru, da Colômbia e da Bolívia, não permitiria que os repórteres vissem marcas de balas nos aviões.

Cruzeiro do Sul, de onde vinha o A29 Super Tucano, está localizada no Vale do Juruá – rota internacional do narcotráfico. O que fazia um caça da FAB na região onde tráfico de drogas evoluiu ao ponto de dificultar as ações policiais?

Em Cruzeiro do Sul, fronteira com o Peru, distante cerca de 780 quilômetros de Rio Branco, capital do Acre, a policia vem tendo dificuldade para desmantelar a rede de narcotráfico internacional – dizem fontes dessa cidade.

Um morador disse que “as operações são lentas e demoradas, mas quando as quadrilhas são localizadas descobre-se que o poder e a influência dos traficantes vão além da força policial e judiciária.”

Localizada na regional do Juruá, Cruzeiro do Sul limita-se ao norte com o Estado do Amazonas; ao sul com o município de Porto Walter; ao leste com o município de Tarauacá e à oeste com os municípios de Mâncio Lima, Rodrigues Alves e com a República do Peru.

“A aeronave caiu por volta das 17h30 e causou grande barulho em toda a região. O piloto que comandava a aeronave conseguiu ejetar-se antes da queda. Ele caiu em uma árvore e foi resgatado por militares em um helicóptero” – relata o site Rondoniagora.

A primeira providência da Infraero foi bloquear o acesso da imprensa, que não podia se deslocar a nenhum lugar a partir da Avenida Lauro Sodré ou mesmo pela Jorge Teixeira. Essas duas vias foram interditadas completamente e o aeroporto fechado até às 18h45.

NOTA: a matéria tem como título original “Avião de caça da FAB cai em Porto Velho supostamente avariado após combate aéreo contra narcotraficantes no Acre” e não foi confirmada ou desmentida pelas autoridades competentes.

FONTE/FOTO: NoticiaRo.com

Mensagem de um leitor

Prezado Galante.

Eu encontro-me em Rondônia por motivos profissionais e tenho acompanhado de perto os fatos referentes a queda do A-29.

Não sei se você chegou a ler essa matéria sobre o Super Tucano abatido. Talvez seja de interesse da trilogia coloca-la no clipping, ainda mais pelo fato da matéria original ser de um jornal local, que teoricamente está mais perto e interessado no fato.

Como cidadão que fez um juramento de defender a pátria e seguindo o que a lei me permite, afirmo que há mais coisas do que está sendo relatado.

A matéria do link de certa forma é expeculativa, contudo há coisas muito piores na região da amazônia e na triplice fronteira (em Foz do Iguaçu) do que simplesmente o tráfico de drogas e armas. Quem sabe o dia em que o nosso povo conhecer a verdade, ela cobre os governantes por atitudes firmes.

Eu sei que você já foi militar, assim como eu fui. Sei como é não ter meios pra cumprir o dever. Hoje encontro-me em uma atividade ainda mais delicada que a atividade de Forças Armadas e Forças Auxiliares.

E com todo o respeito, mas estou cansado de dar meu sangue, de ver meus amigos serem mortos e simplesmente não contar com o apoio do nosso governo. Quando conseguimos um apoio grande não vai além de um eventual apoio áereo da FAB, EB ou MB (limitado a transporte, quando precisavamos de CAS), o máximo que já vi foi um R-99B fazendo sensoreamento remoto pra resgatar um agente perdido em campo.

Peço-lhe a gentileza, dado o alcance que a trilogia tem, de começar a abordar matérias referentes ao setor de inteligência e como tal setor influência nas operações e desenvolvimentos na área de combate. Não peço por mim, mas pelos diversos homens e mulheres que deram seu sangue nos últimos 4 anos pra evitar que uma tragédia acontecesse nesse país.

André

BATE-PAPO ONLINE: Converse sobre este tema com outros leitores no ‘Xat’ do Poder Aéreo, clicando aqui.

LEIA TAMBÉM:

- Advertisement -

56 Comments

Subscribe
Notify of
guest
56 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo

Está chegando o momento, que somente o amor a pátria e a disciplina não serão suficientes para fazer estes bravos brasileiros arriscarem o seu pescoço.

Do jeito que a coisa caminha, poderiam os nossos guerreiros considerarem ordem para cumprirem o seu devet ilegal?

Vader

Já tinha visto essa notícia antes.

Aparentemente há mais coisas acontecendo na fronteira Norte do que nos chega aos ouvidos.

Uma lástima que estejamos cada vez mais fragilizados. Principalmente moralmente. Nesse aspecto, o país está se acabando.

Luiz Padilha

O dedo deve coçar, mas não podem sentar o dedo nos caras.

tplayer

É aquela velha história, só pode atirar após o suspeito abrir fogo.

Nem vou reclamar e nem nada, esse país não tem mais jeito. Já desisti.

Observador

Senhores, Isto é grave. Se realmente o avião foi abatido, isto é muito grave. Não acredito em combate aéreo. Um cessna armado não veria frente a um Super-Tucano, certo? A não ser que os traficantes tenham conseguido adquirir um avião militar de segunda mão, ter uma cadeia de logística e contratado pilotos mercenários (muito improvável, complexo e caro). Outra hipótese seria um confronto com um avião militar de uma país vizinho. A serviço de traficantes? Difícil. Um confronto de fronteira? Também é improvável. O que deve ter acontecido foi uso de armamento anti-aéreo. Que armamento os traficantes estão usando para… Read more »

Grifo

Desculpem todos, talvez não tenha lido a matéria direito, mas qual são os indícios de que o avião tenha sido abatido? É só porque ele decolou de Cruzeiro do Sul?

Se for só isso então menos pessoal, não vamos embarcar aqui em teorias amalucadas…

Observador

Correção: “…não FARIA frente…”

Observador

Grifo:

Também acho improvável. Como falei, acho difícil os traficantes terem meios para danificar seriamente o A-29. A não ser que tenha sido um golpe de sorte.

Além disto, eles sabem que seria uma péssima idéia para os negócios. O melhor para eles é se infiltrarem no Estado, e não o confrontar.

Mas, considerando a hipótese de ter acontecido, o certo era colocar esta notícia na mão de grandes veículos de imprensa. Algum deles vai se interessar em descobrir o que realmente aconteceu.

Nick

A situação deve estar realmente tensa e preocupante naquela região. Será que o leitor André pode dizer algo mais sobre o que está acontecendo???

Sobre se foi abatido ou não; o que derrubaria um Super Tucano? Talvez uma rajada de 12.5???

[]’s

JapaMan

Ja tinha lido essa matéria, na verdade saiu em vários veículos de comunicação, principalmente internet, ao que tudo indica, segundo a matéria, ele foi alvejo por tiros de outra aeronave, muito provavelmente de narcotraficantes, e veio com dificuldades até onde deu, o piloto ejetou antes da aeronave cair, não creio em .50, bom para a FAB, isolar a área, e abafar o caso, não foi uma coisa simples, seria então talvez um confronto com guerrilheiros? estamos falando de uma zona de mata, aonde todos nós sabemos que os guerrilheiros circulam livremente entre as fronteiras, não acho que tenha sido confronto… Read more »

Clésio Luiz

Só para informar, segundo uma edição recente da Revista Força Aérea, o A-29 da FAB NÃO POSSUI blindagem instalada. De todos os exemplares vendidos para todas as forças aéreas extrangeiras, só os colombianos pediram blindagem nos seu aparelhos.

Vale lembrar que qualquer Super Tucano pode ter as blindagens instaladas se o cliente as desejar, com pouco trabalho para instalação.

Rodrigo

Qualquer avião/ heli que tenha uma porta lateral é uma ameaça.

Uma metralhadora 7,62mm, 5.56mm ou dos calibres russos equivalentes podem ser operadas por uma pessoa de porte médio.

De qualquer maneira, concordo com o Grifo….

Qualquer coisa que digamos aqui são somente teorias e temos que esperar que a FAB divulgue algo.

Se será verdade ou não são outros 500.

Grifo

Caro Observador, não vou dizer que seria impossível uma .50 derrubar um A-29. Mas seria o tiro mágico. E levando em conta que a parte mais sensível do avião (o piloto) é blindado, eu não acredito. Na Colômbia por exemplo até hoje não houve uma única perda. Tem outros motivos pelos quais eu acho esta história mirabolante: Primeiro, traficante está ali para ganhar dinheiro, não para ficar combatendo a FAB. Separece uma aeronave militar armada e blindada metendo chumbo, alguém vai ficar lá parado dando tiro para cima tentando fazer o impossível? Claro que não, vai sair correndo para o… Read more »

Grifo

Só para informar, segundo uma edição recente da Revista Força Aérea, o A-29 da FAB NÃO POSSUI blindagem instalada.

Caro Clésio, acho que a RFA se enganou, porque o A-29 possui blindagem para o piloto.

JapaMan

Rodrigo,

Você acha realmente que a FAB vai divulgar a real? vão contar uma histórinha, se duvidar até atingido por urubu pode entrar na jogada.
O fato é que não vamos saber o que aconteceu.

Observador

Sempre li que o A-29 tinha a cabine blindada para resistir a projéteis de até 12,7 mm e que a blindagem seria feita pela Inbra.

Bom, isto não impede que o aparelho tenha sido danificado em algum outro ponto. Tudo bem que a parte mais vulnerável do aparelho é o seu piloto, mas pensava que havia algum nível de blindagem no resto da aeronave.

É, vivendo e aprendendo.

Rodrigo

Não tem como blindar um avião do porte do ST para eleer inteiramente protegido contra grande calibre.

Aliás, até tem mas ele não sairá do chão.

Mauricio R.

“E levando em conta que a parte mais sensível do avião (o piloto) é blindado, eu não…” Existem mtas outras partes e peças críticas, que se alvejadas poderiam levar a queda da aeronave. “Primeiro, traficante está ali para ganhar dinheiro, não para ficar combatendo a FAB.” Há o precedente do helo da PMRJ, abatido no curso de uma operação policial, alvejado por pelo menos 30 traficantes. “…a cabine blindada para resistir a projéteis de até 12,7 mm e que a blindagem seria feita pela Inbra.” Mas nada garante a invunerabilidade da mesma, basta o tipo certo de munição. No mais,… Read more »

JapaMan

Maurício,
Conjecturando, viajando na maionese total, poderia ser um teatro, para forçar uma verba? uma medida extrema, desespero? veio a notícia de que os M2000 vão parar de voar logo após os cortes, e agora dois A-29 sofrendo acidentes em uma semama? muito estranho tudo isso. será?

Grifo

Existem mtas outras partes e peças críticas, que se alvejadas poderiam levar a queda da aeronave.

Caro Maurício, o que eu quis dizer é que de todas estas peças críticas (e não sei se são tantas assim), a maior é o piloto.

Há o precedente do helo da PMRJ, abatido no curso de uma operação policial, alvejado por pelo menos 30 traficantes.

O traficante sabe que o helicóptero não vai atirar lá de cima, e pode ficar lá parado até rindo se quiser. Já no caso do A-29 a história é outra.

Rodrigo

Os helis policiais neste tipo de missão voam com pessoal armado.

São um risco maior ao pessoal de terra que um avião a 250kt, com um piloto somente.

Uma cabine blindada é mais um conforto psicológico para o tripulante que uma proteção efetiva.

Seção central e traseira da fuselagem, asas, deriva, leme, etc…

Não são blindados e nem os seus componentes hidráulicos.

Mauricio R.

JapaMan, Não consideraria “um teatro”, pois teria o mesmo fim da greve dos controladores de voo e uma vez exposto daria a certos setores do governo, um pretexto p/ afrontar aos militares e serem atendidos. Grifo, “…é que de todas estas peças críticas (e não sei se são tantas assim), a…” Atire no nariz, se a turbina esfumaçar, será uma questão de tempo o piloto ejetar. Atire ao longo da fuselagem inferior, se o hidráulico for atingido e vazar, será tb questão de tempo perder-se o controle da aeronave e o piloto ejetar. Se o fluído hidráulico pegar fogo é… Read more »

Tadeu Mendes

Minha paranoia me diz que:

Se a aeronave foi abatida (ja estava avariada quando caiu), poderia ter sido vitima de misseis anti-aereos do tipo Igla (Venezuela e FARC >que recebeu de presente da VEN), ou misseis Stinger, que nao acredito que os tenham disponiveis na regiao.

JapaMan

Pois é Tadeu..

Meu palpite se chama FARCS

Tadeu Mendes

Eu gostaria de solicitar ao colega que nos alertou sobre o ST, que se possivel, nos esclareca o que voce quiz dizer com:

Não peço por mim, mas pelos diversos homens e mulheres que deram seu sangue nos últimos 4 anos pra evitar que uma tragédia acontecesse nesse país.?????

Quanto a Foz do Iguacu, ja posso imaginar do que se trata.

Mauricio R.

O “lado bom” deste episódio, confirmando que realmente a aeronave da FAB foi alvejada por elementos hostís, se bem trabalhado pelas força, pode significar a manutenção de boa parte de seus programas. O F-X2, o upgrade dos A1/AMX principalmente, mas infelizmente pode dar tb, alguma chance de sobrevivência aos nefastos EC-725. Já o KC-390 não seria beneficiado, pois sequer há algum protótipo em condições de voo. O que leverá a FAB a adquirir mais C-295 e a complementar forçosamente seus atuais Hércules, c/ o C-130J. Teremos tb maiores necessidades em dispor de UAV’s e UCAV’s, o que dado recentes acontecimentos… Read more »

Grifo

Os helis policiais neste tipo de missão voam com pessoal armado. São um risco maior ao pessoal de terra que um avião a 250kt, com um piloto somente. Caro Rodrigo, eles voam armados mas não atiram para o solo. Os traficantes sabem disso e ficam parados ali, até rindo. Com o A-29 na selva a coisa é diferente. Se o fluído hidráulico pegar fogo é mais rápido, a aeronave simplesmente explode. Atire na cobertura do canopy, esta não é bullet-proof. Caro Maurício, a coisa é conseguir acertar um tiro desses. Para mim a chance desse A-29 ter sido “abatido” é… Read more »

Vader

Acre? Isso existe? 🙂

Piada de carnaval, rsrsrs…

Bom feriado a todos.

Rodrigo

Grifo, atiram sim.

Este pessoal do ST deve ter visão biônica para enxergae alguém deitado na moita voando há uns 1000ft e mais de 250kt.

Eu estou estou com o carro parado na Marginal Pinheiros mal consigo ver um pedestre do outro lado, deve ter uns 350-400m até lá,pouco mais de mil pés.

Se o pessoal da DAB

Rodrigo

Se o pessoal da FAB enxerga bem assim, pode comprar o Rafale mesmo, não precisa de radar e nem de Damocles.

Grifo

Este pessoal do ST deve ter visão biônica para enxergae alguém deitado na moita voando há uns 1000ft e mais de 250kt.

Deixa então eu fazer as apresentações. Rodrigo, R-99. R-99, Rodrigo.

JapaMan

Verdade Grifo, sendo “Acre” retiro o que disse, realmente muito longe.

abraço.

Observador

Caro Maurício: Devo discordar de você, como fez o Grifo. O piloto é a parte mais frágil do avião, não importando quão frágeis sejam as outras. Só ele sangra; sente dor; tem medo; tem mulher e filhos esperando em casa. Só ele é insubstituível. Mas concordo com você sobre o lado bom do episódio. Mas as FAs fazerem pressão não basta. Ainda são capazes de levar um “cale a boca” e ter que prestar continência em retribuição. A única pressão que o político se importa é a do POVO. Isto tinha é que ser passado para um veículo de massa,… Read more »

Mauricio R.

“Deixa então eu fazer as apresentações.”

Nem que a FAB tivesse o mesmo tanto de UAV’s(HALE, MALE, táticos), que por exemplo os israelenses tem sobre Gaza.

Mauricio R.

“Isto tinha é que ser passado para um veículo de massa, aqueles que gostam de um estardalhaço, que jogam com o sentimento do povão.”

Mas é exatamente isso que eu quis dizer, qndo escreví:

“…se bem trabalhado pelas força…”

joseboscojr

A única “coisa” que tem motor de avião e resiste a metralhadora “ponto 50” é o M-1 Abrams.

Baschera

Senhores, Sobre o Super Tucano: – O cokpit (cabina do piloto) tem blindagem capaz de resistir a projéteis de até 12,7 mm. A blindagem é parcial, feita pela Inbra Aerospace, utilizando-se kevlar (no caso dos ST da FAC), mas fornece blindagem também para os helicópteros Esquilo AS 350 (piso, encosto bancos e portas). Porém, aqui, no ST, tendo como fonte matéria do Defesa@net, os ST seriam blindados até contra projéteis do tipo .50 AP-M2. No entanto a matéria não diz se os ST da FAB contariam com tal proteção. – Pode-se blindar também os tanques internos do Super Tucano. –… Read more »

Justin Case

Amigos, Embora eu entenda essa especulação sobre as causas do acidente, creio que deve ter ocorrido algo muito mais simples. Há vários motivos que podem exigir uma ejeção, como uma pane grave ou curto combustível em condições de voo por instrumentos, por exemplo. O fato de a FAB não se pronunciar sobre as possíveis causas não indica nenhum segredo especial sobre o assunto. É apenas coerência com a postura tradicional de esperar pelos resultados da investigação antes de se pronunciar oficialmente. Por outro lado, a especulação pode até ajudar a mostrar a importância de ter um poder aéreo adequado para… Read more »

asbueno

Concordo com o Justin.

Tadeu Mendes

Amigos,

As FARC e o narcotrafico e a mesma coisa. Isso ja se tornou uma organizacao transnacional.

Tadeu Mendes

Se o ST foi apenas metralhado, por que o piloto da FAB se re posicionou para derrubar o hipotetico aviao do narcotrafico???

Baschera

Antes….comparem outros acidentes semelhantes do ST ou de Tucanos T-27 da Fumaça….. inclusive se houve ou não cerceamento de trabalho da imprensa.

Não estou elocubrando, nem acusando nada nem ninguém… pero….

Sds.

Observador

Caro Maurício: O problema é que, oficialmente, a FAB não pode levar o caso a público; porém, oficiosamente, a FAB pode fazer como fez naquela história do relatório do FX-2, que foi vazado para a imprensa. Se é que podemos acreditar que foi assim que aconteceu. Só não pode haver silêncio. Caro Bosco: Não duvido do poder de fogo de uma.50, porém duvido de sua precisão. Uma coisa é atirar em um blindado; outra coisa é atirar em um avião em movimento e que não esteja em vôo rasante. Agora, se foi um Iglas ou um Stinger, a coisa muda… Read more »

André Lopes

[i]Nick disse: 4 de março de 2011 às 11:44 A situação deve estar realmente tensa e preocupante naquela região. Será que o leitor André pode dizer algo mais sobre o que está acontecendo???[/i] Prezado Nick, A Lei 7170/83 (Lei de Segurança Nacional) veda que tais informações sejam prestadas. Contudo garanto-lhe que os esforços estão focados na região desde uma data anterior a queda do A-29. Eu mesmo só arranjei tempo pra mandar a noticia pro Galante e estou comentando agora, pois estou baixado devido a uma intoxicação alimentar (morro no Sul do Brasil e não estou acostumado com esse clima… Read more »

Observador

Caro André Lopes: Acima escrevi sobre isto pensando na situação dos militares, sem pensar em terroristas e nos nossos orgãos de inteligência. Mas o que coloquei vale para ambos os casos. Vocês tem que respeitar os direitos desta escória que não vale o ar que respira, que tramam a morte covarde de inocentes sem que sequer a Lei Brasileira considere muitas destas condutas como criminosas. Vocês também estão lutando com as mãos atadas contra um inimigo que não possui qualquer barreira moral ou legal. Mas quem sabe o caminho não seja mesmo este. Talvez para poder melhorar, as coisas precisem… Read more »

Wagner

Aí teremos os destaques internacionais que o Lula tanto queria…

tplayer

Vamos ver, Acre, fronteira com a Bolivia.

Bolivia, quintal das FARC e do Hugo Chavez.

O tráfico de alto-escalão na América do Sul é totalmente unificado, obviamente teve mãos da FARC nesse incidente.

Provavelmente deve ter sido algum tipo de retalhação por algo que as FAs fizeram nos últimos meses que os afetou. A primeira coisa que me vem a cabeça é o resgate dos reféns no mês passado.

Acordem, olhem um pouco além daquilo que eles querem que vocês enxerguem.

A FARC já tem até senador eleito no Brasil!

André Lopes

“Observador disse:
5 de março de 2011 às 2:08 ”

Prezado Observador,
Foi evitado um incidente com uma delegação especifica no Pan do Rio. Contudo, meu receio é grande no tocante a visita do Obama nos próximos dias, claro que terá um grande aparato para a sua segurança, mas ainda sim a situação requer um cuidado extra.

Senhores leitores.

Saiu hoje no Correio Braziliense uma matéria a cerca dos problemas na fronteira norte, tal matéria cita ainda alguns problemas da ABIN.

Segue o link da resenha do EB, onde li a matéria:
http://www.exercito.gov.br/web/imprensa/resenha?p_p_id=arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-3&p_p_col_count=1&_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_journalArticleId=427675&_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_ano=2011&_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_mes=3&_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_dia=5&_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_struts.portlet.action=%2Fview%2Farquivo%21viewJournalArticle&_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_struts.portlet.mode=view

Renato Oliveira

Tempos atrás, apareceu uma foto em IR do A-29, e o escape do motor aparecia muito brilhante. Não duvido nada de um SA-7 ou algo semelhante. Ali perto, mesmo um near miss ou um acerto direto sem explosão causaria danos muito graves à aeronave. Outra possibilidade é de ocupantes de um Cessna estarem armados com fuzis ou metralhadoras de calibres como o 12,7 mm OTAN ou o 14,5 mm russo. Se já são eficazes contra veículos levemente blindados, imagine contra uma aeronave não blindada. Tomara que isso sirva para acordar o povo do GF: se nem traficantes com armas leves… Read more »

Baschera

Senhores,

Agora já se pode jogar luz no túnel…..

O motivo do FAB A-29 (Mono) 5725 ter caído foi uma PANE elétrica….. motivo pela qual TODA a frota de ST da FAB foi “groundeada” até que seja esclarecido o problema pela EMB.

Sds.

Últimas Notícias

Pintura comemorativa nas aeronaves da RSAF no 91º Dia Nacional da Arábia Saudita

O 91º Dia Nacional da Arábia Saudita contou com a apresentou das aeromaves Eurofighter Typhoon, Tornado, F-15C Eagle e...
- Advertisement -
- Advertisement -