Home Sistemas de Armas Tailândia faz o primeiro pagamento da modernização dos F-16A

Tailândia faz o primeiro pagamento da modernização dos F-16A

230
13

Segundo o site Strategy Page, a Tailândia já fez o primeiro pagamento para a modernização de seis F-16A de sua frota, no valor de aproximadamente 200 milhões de dólares. O país deseja fazer o programa MLU (Mid-Life Upgrade – modernização de meia vida) em 18 de seus 60 caças F-16A. Dois caças da frota caíram recentemente, e a idade foi vista como um fator para isso.

O custo do MLU, por aeronave, é de 39 milhões de dólares, num processo que deverá tomar três anos, desde que as verbas sejam providenciadas pelo governo. O MLU traz, como resultado, um caça duas vezes mais efetivo do que era antes da modernização. 

Ao mesmo tempo, a Tailândia está trocando seus velhos caças F-5 por uma dúzia de caças suecos JAS-39 Gripen. A razão principal da compra, além da idade dos doze F-5 (mais de 30 anos), é a compra de caças Su-30 russos por seus vizinhos Malásia e Indonésia. Segundo a Strategy Page, o custo individual do Gripen é aproximadamente 55 milhões de dólares, incluindo peças de reposição, apoio e treinamento. Os seis primeiros caças já foram entregues, mas os seis seguintes não deverão chegar antes de 2017. O motivo da demora da entrega, segundo o site, é que a Tailândia não tem os recursos para comprar todos os caças de uma só vez.

A Tailândia também comprou dois aviões de alerta aéreo antecipado (AEW) Saab 2000 (sic) equipados com radares suecos Erieye, do tipo AESA (Active Electronically Scanned Array – varredura eletrônica ativa), no valor de 170 milhões de dólares cada.

FONTE: Strategy Page (tradução, adaptação e edição: Poder Aéreo)

FOTOS via MoD Australia (F-16 tailandês participando de exercício na Austrália) e Saab AB

NOTA DO BLOG: conforme alertado pelo leitor Maurício R, a notícia da Strategy Page comete um erro ao designar a aeronave AEW adquirida pela Tailândia como baseada na plataforma Saab 2000. Conforme informes anteriores (veja segundo link da lista abaixo) o avião equipado com um radar Erieye é um Saab 340. Além disso, notícias anteriores (terceiro link abaixo) dão conta de que apenas uma aeronave está equipada com o radar Erieye, sendo a outra empregada para treinamento e transporte.

VEJA TAMBÉM:

13
Deixe um comentário

avatar
12 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
NunãoGrifoNicktplayerRodrigo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Na mesma Strategy Page, tem uma outra noticia: (http://www.strategypage.com/htmw/htproc/articles/20110302.aspx), “Although Indonesia is in the process of buying 180 Su-27 and Su-30 fighters from Russia, they…” “The generals believe the Russian fighters are a better match for the 80 F-18Es that neighboring Malaysia is acquiring, and the F-35s that Australia is buying.” A respeito da Indonésia dizendo que eles pretendem adquirir uma qntidade absurda (180) de “Flankers” (Su-27/-30), p/ se opor a uma eventual encomenda de 80 SH pela Malásia. É real ou é algum “boi na linha”??? Pois no passado os malaios pastaram p/ conseguir pagar por somente 8 F/A-18D… Read more »

Observador
Visitante
Observador

Já posso dormir tranquilo.

Agora já sabemos onde a FAB vai adquirir os próximos F-5.

Os jaquares de Anápolis agradecem e aguardam.

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Os F-5 de Malásia, Indonésia e Tailândia, serviriam no mto como fontes de peças de reposição.
O “filet mignon” aqui, são os F-5 de Cingapura.

Observador
Visitante
Observador

Bom mesmo seriam os F-5 suiços.

A US Navy comprou 44 deles em 2008. Destes, 32 por US$ 50 milhões.

O resto seria aposentado em 2015. Mas com os cortes no orçamento da defesa (lá também), a aposentadoria deve ter sido adiada.

Estes 44 teriam sido A compra.

Um verdadeiro “FX de pobre”.

Rodrigo
Visitante
Member
Rodrigo

Cada GripenC custou o mesmo que o NG ?

Mesmo que seja com apoio, está carinho para um avião usado.

tplayer
Visitante

Daqui a pouco até o Haiti está comprando caças novos enquanto o Brasil continua voando os F-5

Nick
Visitante
Member
Nick

Caro Rodrigo,

Se você está se referindo aos Gripen Tailandeses, esses foram comprados “zeros” 🙂

[]’s

Nick
Visitante
Member
Nick

Sobre a notícia,

É interessante notar que uma vez que seus vizinhos modernizam suas frotas, os outros se mexem para modernizar as suas. Aqui vemos as modernização da frota Chilena e Venezuelana e continuamos na mesma …..

[]’s

Rodrigo
Visitante
Member
Rodrigo

Nick disse:
5 de março de 2011 às 9:04

São refabricados.

Grifo
Visitante
Grifo

São refabricados.

Caro Rodrigo, são novinhos em folha. Ai vaí de novo a foto de um deles sendo fabricado em Linköping, com a bandeira da Tailândia ao fundo:

http://1.bp.blogspot.com/_o_no4M2xEPY/StQyuUhpPjI/AAAAAAAAIVE/vW7ob9iQnq8/s1600-h/DSC02476-701442.JPG

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“Bom mesmo seriam os F-5 suiços.”

Os de Cingapura são do mesmo naipe, alguns já foram até retrofitados p/ um padrão mto próximo dos nossos.

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“…comprou dois aviões de alerta aéreo antecipado (AEW) Saab 2000…”

Ah, né por nada, mas as aeronaves da Tailândia, são Saab 340AEW/S-100B.
Uma aeronave um tantinho menor que um Saab 2000, que serve de base p/ as aeronaves AEW do Paquistão.