Home Sistemas de Armas ‘Stealth’ abatido na Iugoslávia

‘Stealth’ abatido na Iugoslávia

6837
45

f117_3

O mito da invencibilidade dos aviões “invisíveis” foi derrubado juntamente com um F-117A Nighthawk, no antigo território da Iugoslávia, em 27 de março de 1999, durante a Guerra do Kosovo.

Na época houve grande debate sobre como as defesas antiaéres antiquadas da Sérvia puderam derrubar uma aeronave tão sofisticada.

Mais tarde foi revelado que o F-117A foi abatido por um míssil superfície-ar (SAM) SA-3 Goa. Existem várias explicações sobre o que pode ter contribuído para o sucesso do velho SAM de fabricação russa contra o moderno caça “stealth” americano.

Uma delas é que o F-117A foi projetado para ser “invisível” aos radares modernos, mas não contra os radares velhos de longo comprimento de onda, como o do SA-3. Outra possibilidade, seria a combinação de tática inteligente, rápido aprendizado e sorte do inimigo.

Outro fatores que podem ter contribuído para o abate:

  • A mesma rota foi usada múltiplas vezes pelos F-117A, tornando-se conhecida;
  • O avião de guerra eletrônica EA-6B não deu cobertura naquele dia;
  • O F-117A pode ter sido detectado visualmente;
  • A aeronave pode ter perdido sua capacidade “stealth” por uma falha mecânica.

Vários mísseis SA-3 teriam sido lançados contra o F-117A e um deles detonou próximo do avião, forçando o piloto a ejetar. A detonação por proximidade deixou a fuselagem cheia de perfurações de estilhaços.

f117_2

F-117 shot down 1

f117wreck12

Missões realizadas pelos F-117A:

  • Panamá – Operation Just Cause (USAF, 1989)
  • Iraque – Operation Desert Storm (USAF, 1991)
  • Kosovo – Operation Allied Force (USAF, 1999)
  • Iraque – Operation Iraqi Freedom (USAF, 2003)

Panamá

  • 4 F-117s em uma sortida.

Desert Storm I

  • 42 F-117A Nighthawks
  • Número de sortidas: 1.271
  • Dias de Campanha: 43
  • Total de horas de voo em combate: +6.900h
  • Duração média de missão: 5,4h
  • Total de bombas lançadas: 2.040
  • Os F-117 eram apenas 2,5% da aviação dos EUA no Iraque, mas foram responsáveis por 40% dos alvos estratégicos.

Operation Iraqi Freedom

  • 12 F-117s voaram mais de 100 sortidas de combate.

SAIBA MAIS:

Subscribe
Notify of
guest
45 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Basil Hart
Basil Hart
10 anos atrás

Queria saber onde foram parar os destroços do F-117.

Será que quem o estudou conseguiu copiar alguma tecnologia nele utilizada?

Mc Rocha
Mc Rocha
10 anos atrás

Parece até papel picado. Nossa, agora que ver a cara dos caras que falavam que os misseis russos eram de papelão (momento zuação/On kkk heuahuehauue auehaueahuuah momento zuação/Off)

Mas agora falando sério mesmo pessoal, não é de me espantar que não exista um avião que seja 100% furtivo a tudo. Tudo tem um “Calcanhar de Aquiles”.

Tales
Tales
10 anos atrás

Mais um detalhe: a tecnologia stealth foi desenvolvida para superar os modernos radares MONOESTÁTICOS (em que o emissor/transmissor e o receptor de ondas se encontram/estão acoplados no mesmo lugar/mesma estrutura, num processo que simplifica a função crucial da determinação da distância do rastreio) com comprimento de onda milimétrico ou inferior. Contudo, os antigos radares BIESTÁTICOS da segunda guerra mundial (ou seja, aqueles nos quais o transmissor e o receptor estão distantes/separados fisicamente, em estruturas ou antenas diferentes. Se não me engano, um exemplo seria o Würzburg da alemã Telefunken) não são enganados por esssa tecnologia. Já foi demonstrado que eles… Read more »

Tales
Tales
10 anos atrás

Complementando: e parece que essas soluções podem vir de idéias do PASSADO…

Alex
Alex
10 anos atrás

um avião daquele tamanho, e só tem uma pedaço de algo, que nem sei o que é, muito estranho….

Edmar
Edmar
10 anos atrás

Caros Amigos.:

Stealth………ah…….ah!

Será que são tão assim como falam!!!

Sei lá.

Abraços.

Ivan 2
Ivan 2
10 anos atrás

Excelente texto! Chamo a atenção para 1 fator! Obiviamente, que o abatimento desta aeronave, mostra que nenhum sistema é invencível, e mesmo o F-117 sendo uma aeronave “stelth”, precisava de um planejamento da missão e apoio a medidas eletrônicas, pois sozinho, não tinha capacidade de se defender! Mas não é isso que quero chamar a atenção, e sim para 2 trecho acima: “Os F-117 eram apenas 2,5% da aviação dos EUA no Iraque, mas foram responsáveis por 40% dos alvos estratégicos.” Este trecho traduz bem a necessidade de possuir aeronaves tecnologicamente avançadas e atualizadas, em detrimento a quantidade, quando não… Read more »

LUIS PERSIGO
10 anos atrás

MAIS PARECE MONTAGEM, COM FIBRA , COMPENSADO , BASTA OLHAR BEM AS FOTOS PRINCIPALMENTE POR ESTAR A COBERTURA DA CABINE JUNTA DA FUSELAGEM EM CASO DE EJEÇÃO DO PILOTO ESTÁ ESTARIA MUITO LONGE.

Leonardo
Leonardo
10 anos atrás

Bom dia a todos Isto somente corrobora que não há tecnologia 100% efetiva, essa taxa de atrito tão baixa se deveu muito ao fato que em todas estas campanhas citadas pelo colega Ivan terem sido realizadas contra países com um sistema de defesa aérea bastante vulnerável, destes citados somente o Iraque na 1° Guerra do Golfo, tinha em alguns pontos mais próximos a Bagdá alguma defesa melhor treinada e equipada, pois do contrário, as taxas de atrito seriam um pouco maiores. Por outro lado, é dito os Nighthawk’s realizaram cerca de 1300 surtidas ou algo bem próximo naquela campanha sem… Read more »

ricjam
ricjam
10 anos atrás

Mig-21 / Vega 31: F-117 pilot shot down in Serbia recounts dramatic rescue Bookmark and Share F-117 pilot shot down in Serbia recounts dramatic rescue Vega 31: After long silence, F-117 pilot shot down in Serbia recounts dramatic rescue * From: “Mike” * Date: 24 Feb 2006 20:18:56 -0800 [I removed his name for security reasons] Mike Air Force Times February 27, 2006 After long silence, pilot shot down in Serbia of Mig-21 recounts dramatic rescue By Darrel Whitcomb Nearly seven years ago, an Air Force F-117 Nighthawk vs Mig-21, call sign Vega 31, was shot down over Serbia. Though… Read more »

ricjam
ricjam
10 anos atrás

.
.
.
.
.
.
Esse mesmo F-117 esta na Russia, um acordo fechado com a Iugoslávia.
.
.
.
.
.
.

Luiz Eduardo
Luiz Eduardo
10 anos atrás

Nunca vou esqueçer na epóca as imagens na TV das crianças pulando em cima dos destroços e uma pichação na fuselagem: F-117 Ah, Ah, Ah… (bem assim mesmo).

Alguém sabe dizer pq a USAF preferiu desativar os F-117 em detrimento ao F-22, ao invés de manter os dois em serviço? Só por uma questão de custos ou o Raptor é muto superior ao Nighthawk?

ricjam
ricjam
10 anos atrás

A saída de operação prematura da aeronave tem ave com rachaduras nas asas e um falha no projeto do F-117, e a entrega do F-117 a Rússia, e ela esta longe de ser um projeto de sucesso

http://www.patricksaviation.com/photos/ricardo.ricjam/33093/

Alfa charlie
Alfa charlie
10 anos atrás

E o piloto? Foi resgatado?

Alexandre Galante
10 anos atrás

Ricjam, as milhares de sortidas e horas de voo de combate do F-117, com apenas uma aeronave perdida, significa um projeto fracassado?

Alfa Charlie, sim, o piloto foi resgatado.

Soldier
Soldier
10 anos atrás

Nome do Piloto: Ten.Cel Dale Zelko. Inclusive já esteve no Brasil em 2003 ou 2004 se não me engano.

O piloto afirmou numa entrevista concedida a uma revista de aviação militar de circulação nacional que viu quando foi “plotado” pela AA Servia. Detalhando viu dois (02) mísseis terra-ar SAM vindo em sua direção. Consegui se esquivar do 1o míssel más do 2o não. Segundo Zelko o míssel explodiu no impácto na sua asa esquerda fazendo com que um pedaço dela se desprendesse.

Ele foi resgatado numa ação histórica dos C-SAR da USAF.

karlus73
karlus73
10 anos atrás

Também li numa reportagem.
Fazia referência que assim que o porão das bombas se abre a sua tentação é mais fácil, factor que fez que os radares o detectassem e conseguissem atingi-lo. Também não concordo que seja um fracasso o projecto; pelo número de surtidas é muito bom a taxa de desempenho.
Não deixou de ser uma aeronave fenomenal… e claro; tecnologias 100% eficazes não existem e nunca haverão.
Ab

Felipe Cps
Felipe Cps
10 anos atrás

Se existe uma coisa que a história da guerra demonstra é que NADA é imbatível. Por isso que me espanta às vezes o fanatismo irrascível de uns e outros pelo “melhor” vetor pra isso ou aquilo. Quem já foi militar sabe que o equipamento te leva até um determinado ponto (40%); daí pra frente é treinamento (30%) e, depois deste ponto ainda tem a sorte, o imponderável, que já ganhou mais batalhas do que qualquer general na história da humanidade… Neste caso foi burrice da USAF (ao usar a mesma rota várias vezes) e muita sorte da Sérvia. Quanto a… Read more »

vinicius modolo
vinicius modolo
10 anos atrás

Se não me engano o radar frances NOSTRADAMUS conseguia ver a trilha deixada pelo B-2 nas suas incursões sobre a sérvia em 1998. Porém a precisão desse radar deixa a desejar e não é um radar de tiro…

nada é completamente invisível!

Getulio - São Paulo
Getulio - São Paulo
10 anos atrás

Eu creio que faltou dizer que os iugoslávios, ou sérvios sempre foram guerreiros natos, desde os tempos dos antigos romanos. O ditador Tito possuiu uma das maiores forças armadas do mundo em sua época. O abate do F-117 não foi sorte, mas muito planejamento para esta ação. Homem e máquina da hora certa. Isto pode ter inclusive, espionagem, que faz parte da guerra. Saber contra quem se está brigando é uma das premissas da arte da guerra. Creio que logo vão criar um sistema eletronico tipo “campo de força eletromagnético” para passar despercebido ou “invisível” ao inimigo e toda esta… Read more »

Paulo
Paulo
10 anos atrás

O wolfpack já prestou um grande serviço disponibilizando uma relação de videos a respeito das falhas de projeto stealth do F117 e de quem realmente desenvolveu a tal “bagaça”, quando dos comentários da invisibilidade do PAK-FA. Aliás, nos videos o cara que desenvolveu os algoritmos que possibilitaram a tecnologia do f117 e de outros posteriores, um russo pra variar, que alguns anos após a “descoberta” das equações matemáticas também já apontava em cálculos que a tal invisibilidade apresentava problemas quanto às “emissões de sombra” do sistema e a possibilidade de captação das mesmas (o qual não se livra totalmente das… Read more »

Getulio - São Paulo
Getulio - São Paulo
10 anos atrás

A derrubada do F-117 foi tão relevante quanto a derrubada do U-2 pelos russos, na Russia como em Cuba, que deu para fazer historia contada em filmes. Com toda certeza, de posse da aeronave F-117 abatida, que por sinal parece em bom estado os destroços, muito de sua tecnologia, chips, eletronica, pintura invisível, materiais compostos, etc. devem ter sido esmiuçados pelos sérvios, como pela russia, seu aliado tradicional. O certo é que na área de defesa aérea estamos mal, enquanto eles possuiam mísseis da década de 60 para abater um F-117, nós nem possuímos tais mísseis até hoje. Em nossa… Read more »

Getulio - São Paulo
Getulio - São Paulo
10 anos atrás

Ás vezes soa irônico que os servios derrubaram o F-117 com o míssil da geração de 60. Mas o que se deve entender é que o militar bem treinado em seu equipamento, no caso os artilheiros anti-aéreos, usaram o equipamento necessário para derrubar o citado avião. Do mesmo modo, os ingleses na guerra das Malvinas afundaram o Gal. Belgrano com torpedos da geração da II Guerra e não os propalados Tigerfish, como eles e a mídia dá época anunciaram, que levaram inclusive nosso país a adquirí-los pela propaganda. A relação homem máquina como figurado no filme do mesmo nome, é… Read more »

Hkozamek
Hkozamek
10 anos atrás

Uma vez sai na revista ASAS uma materia sobre o destacamento antiareo responsavel pela derruba dessa F-117, na entrevista os caras falavam que naquela ocasião os americanso estavam com suas comunicações abertas dai eles sabiam com antecedencia sua rota e seus alvos. E ae so foi esperar o bicho passar….
Eles tb mencionam que nessa operação os americanos estavam operando como “amadores”.
Depois eu posto a o numero da revista e data

LBacelar
LBacelar
10 anos atrás

A retirada dos F117 é um assunto polêmico, mas todos sabemos o porque da aposentadoria. É inegável que o F117 foi um sucesso como avião furtivo, mas como toda tecnologia, há um dia em que esta se torna obsoleta. Ocorreu o mesmo com o U2 e até mesmo com o SR71. No caso do segundo, após anos de vôos impunes, os russos esnvolveram um avião que até hoje é o principal responsável pela defesa do espaço aéreo de Moscou, o MIG31, que devido ao gigantesco alcance do seu radar, o grande alcance dos seus mísses e a altíssima velocidade, conseguiam… Read more »

ricjam
ricjam
10 anos atrás

Alexandre Galante;

Eles a ( Iugoslávia pais de 3° Mundo ) não abateram uma simples aeronave militar não, eles abateram a aeronave invisível Americano, isso e como uma estrala americana kamarada, e um símbolo americano, foi a primeira aeronave da Historia Invisível, e teve um fim prematuro, vc consegue explica esse fim, lógico que não vai saber por que

Sirkis
Sirkis
10 anos atrás

Saudações! Nesse caso é muito difícil o SA-3 ter detectado o F-117 por ser um radar mais antigo. Os EUA tem esse radar há décadas e com certeza foi usado nos testes com o F-117, pois para ter a sua eficiência ele foi usado contra vários radares russos que os americanos já tinham conhecimento. Uma outra coisa. Jamais um caça stealth foi desenvolvido para ser imbatível. Apenas para ser mais discreto. Em uma hipotética 3° guerra na Europa, vários teriam sido derrubados. Não significa que o avião seja um fiasco. Significa que ele cumpriu a maior parte das missões que… Read more »

Bosco
Bosco
10 anos atrás

Os americanos são os menos preocupados com alguns fatos que para os mais afetados ou exaltados se tornam um legítimo sinal da fúria dos deuses contra o imperialismo. Como cruzados sem causa da era moderna alguns dão dimensões irreais a fatos triviais, como se isso afetasse de alguma maneira a realidade dos fatos. Em relação ao ocorrido com o F-117, fato é que o mesmo se mostrou extremamente eficiente e inaugurou a era dos “stealths”, seguida hoje por russos, chineses, indianos, etc. O fato também inaugurou algumas “lendas”, como por exemplo que os Stealths são vulneráveis aos radares de baixa… Read more »

Alexandre Galante
Reply to  Bosco
10 anos atrás

Matou a pau, Bosco!

tico teco
10 anos atrás

daki uns 5 anos chega o primeiro caça emergencial brasileiro. o primeiro rafale de 4 geração não deve demorar muinto chegar só uns 5 anos hahaha

Bosco
Bosco
10 anos atrás

Um pouco de desinformação, aliado a uma boa dose de hormônio masculino e a uma pitada de ranço antiamericano fizeram muitos acreditarem que os radares de baixa frequência poriam por terra a tecnologia stealth, como se eles tivessem uma predileção por aeronaves furtivas em detrimento das convencionais, igualando as coisas. Ledo engano. Se uma aeronave stealth é detectada por um radar de “baixa frequência” a partir de uma certa distância, o bom senso nos diz que uma aeronave “convencional” o seria em distância muito maior. Ou seja, necessariamente pau que dá em Chico nem sempre dá em Francisco com a… Read more »

Adonay
Adonay
10 anos atrás

UMA PERGUNTA A TODOS??? Ouvi dizer (boatos) que talvez a Russia teria aperfeiçoado seus radares que atua com ondas de longo alcance (baixa frequencia? n sei ao certo)… capaz de detectar avioes steath… e por isso talvez a russia tenha demorado tanto tempo para cria seu proprio aviao steath… Alguem sabe me informar algo sobre isso???? Grato, Adonay

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

Este fato aposentou o F117.

Abaixo vcs encontram o depoimento do Lt. Colonel Dele Zelko do F117 VEGA-31 on 27-03-1999.

http://www.youtube.com/watch?v=XmqLyn4Q15U

Vale a pena, o desespero dos caras do AWACS é dramático, pois algo como, o Schumacher perder pra mim em uma corrida de kart.

[]s

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

O Cara em Aviano estava totalmente perdido… Mostrando prontidão das forças da OTAN no dia… VEGA-31- I can`t see you!!!!ou alguma coisa assim…
Stupid!
[]s

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

Existem muitos fatos relacionados a este abate que serão mantidos em segredo por muito tempo…
Já que até a rede de ERBs de celulares eram modificadas com a presença dos F117 em suas surtidas.
Ainda acredito que é com inteligência e soluções simples é possível vencer os Stealths.
Claro que é melhor com ela que sem ela, senão todo mundo não estaria procurando tirar o atraso para os caras da Skunk Works.
O cara do F117 teve muita sorte. A época atual está mais para A29 T6A e Broncos…
[]s

ricjam
ricjam
10 anos atrás

Descupa a todos, o dia que a tartaruga ganho do coelho, a verdade e o seguinte para todos entenderem, derruba um F-117 não tem preço.
.
mastercard

Bosco
Bosco
10 anos atrás

Incrível a quantidade de apreciadores de Slobodan Milosevic que tem no blog. Se deleitam com a derrubada de um avião que estava a serviço da ONU e contra um ditador comentendo genocídio.
Já vi de tudo nesse mundo. Fecha a conta e passa a régua.

Hanibal
Hanibal
10 anos atrás

* O F-117 vai sair do serviço nos EUA em breve

* E a tecnologia EUA não é a suprema, eles só tem dinhero pra fazer que quiser

* O Stealth russo já esta no ar, é o Sukhui T-50 – olhem no youtube. Só porfavor não apareça idiotas aqui que reclamam de semelhança com f-22!

Bosco
Bosco
10 anos atrás

Mas que parece, parece.

rssrsr

Angelo
Angelo
10 anos atrás

É….na certa eles aproveitaram alguma tecnologia desse “plane”.
Má sorte do piloto.

Fabiano Martins
4 anos atrás

Ponto para o SA-3 kkkkk,

Alex
Alex
3 anos atrás

Interessante que hoje as grandes nações ainda correm atras da tecnologia Stealth, não adianta até o presente momento é o que tem de primazia em aviação.

Rod
Rod
2 anos atrás

A aeronave mais moderna e avançada da época foi alvejada por um SAM soviético “obsoleto”. PNão sou pró Russia, ainda mais com o Putin fdp… Mas, a propaganda yankee só funfa com tolos mesmo!

Bosco
Bosco
2 anos atrás

Rod,
Conceitualmente o F-117, por ser stealth, era mesmo a aeronave mais avançada mas estava longe de ser a mais sofisticada ou moderna. Na verdade o F-117 não passava de um avião subsônico de ataque em tempo bom. Sequer tinha radar. Ele era muito simples, isso sim.

Filetti
Filetti
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Acho q não vai responder, mas se acaso responder.
Por qual motivo não tinham radar??