Javier Milei aprovou um plano elaborado por Luis Petri e Diana Mondino para apoiar a Ucrânia na guerra contra a Rússia, enviando cinco aviões de combate Super Étendard que estão fora de uso devido a um embargo britânico imposto à Argentina após a Guerra das Malvinas. A participação da França é crucial para superar este obstáculo geopolítico, com Mondino e Petri trabalhando para envolver também os Estados Unidos e a OTAN.

Mondino discutiu a operação em reuniões com autoridades francesas, a OTAN em Bruxelas, e com o conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan, em Washington. Petri aprofundará as negociações durante uma viagem pela Europa, visitando a OTAN e participando da Cúpula da Paz organizada por Zelensky na Suíça, com um possível encontro com seu colega francês em Paris. Em todas essas ocasiões, Petri apresentará a decisão de Milei de enviar os aviões para apoiar o esforço bélico ucraniano.

Os aviões Super Étendard estão armazenados na base aeronaval Espora porque necessitam de cartuchos para ejetar os assentos dos pilotos em emergências, itens bloqueados pelo embargo britânico. Desde que chegaram à Argentina em 2019, nunca puderam ser utilizados. O plano do governo inclui uma permuta com a França, trocando os aviões por drones ou helicópteros, com a administração de Emmanuel Macron se responsabilizando por equipar os aviões com novos cartuchos para que possam ser usados na guerra contra a Rússia.

Essa permuta permitiria que a Argentina não se envolvesse diretamente no conflito, deixando a responsabilidade política para a França. No entanto, uma nova complicação surgiu com a perda de Macron nas eleições parlamentares da União Europeia, que pode afetar sua capacidade de apoiar o plano. Caso Marine Le Pen, que é simpática a Putin, vença as eleições presidenciais francesas, o plano de Milei poderá ser arquivado.

FONTE: Infobae

Subscribe
Notify of
guest

158 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Sensato

Boa ideia deles. Se livram desse abacaxi velho e mofado que nunca vai ter alguma utilidade real e trocam por material que possa realmente ser útil.

Camargoer.

Tem que combinar com os russos.. riso

Bispo de Guerra

Uma empresa russa ofereceu 15mi de rubros (U$170K) para quem abater o 1º F-16…. prevejo falta de mísseis 😆

Camargoer.

Por este valor vale a pena tentar treinar pombos para entrar na tomadas de ar do F16…. tipo a “Esquadrilha Abutre”…

bluura blar usrrt rtipe t.
O que ele disse? o que ele disse?
Pegue o pombo, pegue o pombo

comment image

GFC_RJ

“bluura blar usrrt rtipe t.”
Achei que isso era uma música do Ed Motta.

Camargoer.

Riso… medalha, medalha, medalha

Fernando

Huahuahauahuahuaahuahuahua Segurem o pombo,,, Segurem o pombo…

Hercules salles

Kkkkkkkkkk

Julio Cesar Giacomin

Já abateram diversos….

PACRF

Por falar em russos, seria mais coerente, do ponto de vista político-ideológico, o Milei enviar os jatos para o Putin e não para o Macron.

Bernardo

Não? Milei apóia a Ucrânia, inclusive teve reunião com o Zelensky pra demonstrar apoio pouco depois que virou presidente. A aproximação do governo anterior (e anteriores) com a China que teria lógica em apoiar a Rússia. Milei sempre se colocou como pró-ocidente (com essas palavras). Não teria lógica nenhuma apoiar a Rússia. Incoerente são outros candidatos da “direita” apoiarem Rússia e (consequentemente China) pra “combater o comunismo” e “a esquerda mundial”. Milei veio da Academia (apesar de ser um p*ta de um malucão). Nele não falta a bagagem teórica que muitos dos outros…. não tem. Macron é hoje e não… Read more »

Rui Mendes

Pessoas ficam pelo caminho, nas democracias, na ditadura Russa e Chinesa, as instituições contam muito pouco, pois os ditadores, são as instituícões dos seus países.

Camargoer.

Pois é… se alguém falar o contrário, vai para a cadeia o paredão

Vitor

Pessoas ficam no caminho … de fato as instituições servem a grupelhos e a casta .. . exemplo que não falta.

Chris

Creio que se livrar dos avioes nao precisa de nenhum aval russo !

Sensato

Entendi a referência mas os russos tem bem pouca coisa a apitar nele já que é uma troca com a França de material feito por eles por outro material também feito por eles. Nada, aliás, que outros países já não estejam fazendo aos montes.

Bispo de Guerra

Sinceridade, cadeira elétrica com asinha… deviam ter enviado uma leva para treinar no Japão..grupo “vento divino”(junção das palavras Kami + Kaze em japonês) 🙃

Marcelo M

O mais importante aí é a integração do Super Etandard com os mísseis Exocet. Novidade nas Malvinas, mais ainda hoje bastante eficaz, especialmente com as versões mais recentes dos mísseis. Uma ameaça ainda não enfrentada pela marinha russa.

Moriah

Imagine a repetição dos acontecimentos do AS no Mar Negro…

Diego

Ameaçar a marinha russa não me parece muito produtivo,melhor empregar os recursos humanos em outra área. Pobre Ucrânia.

Santamariense

“… Ameaçar a marinha russa não me parece muito produtivo…”

Com certeza…até porque a marinha russa no Mar Negro está cada vez menor …

JHF

A ideia de desovar os Etendar Argentinos parados faz 5 anos no TO da Ukrania só reforça o caráter de lixão OTAN que ele tem neste momento.

Rui Mendes

É asneira em cima de asneira, a Ucrânia tem recebido material do mais moderno que existe, junto com outro mais antigo, pois alimentar uma guerra destas, do dia para a noite, não é fácil, mas os Russos até T-55 já trouxeram dos mortos.

Iran

É uma guerra de atrito, é natural que vetores mais velhos sejam usado de ambos os lados, assim como a Ucrânia opera/operou vetores modernos como Abrams, Leopard 2a6, Challenger 2, e a Rússia T-90M, T-72B3, T-80BVM; eles também operam mais antigos no caso da Ucrânia Leopard 1, e da Rússia T-55, T-62 etc, por exemplo.

Rui Mendes

No mar negro, já quase não se vê navios Russos, os que restam, estão em retirada para o mar Azov.

Mirade1969

Pois é deve ser por isso que a Ucrânia avança todos os dias e vai ganhar a guerra logo logo acredite a imprensa ucraniana não mente … muito.

Sensato

Creio que a tripulação do Moskva e outros vários navios não concordam contigo.

Fernando

E acho que os 20% do territorio da ucranica nao concordam contigo.

Sensato

Foi a marinha quem tomou esse território?

Fernando Rodrigues Martins

Claro, foram os controladores da Marinha, também do Exército e da Força aérea russa.

Iran

Marinha russa tem sofrido grandes perdas por ataques de mísseis antinavio e de drones

Bernardo

Não sei se seriam fariam tanta diferença com a opção dos f-16 e os harpoon (que já não são top de linha) e considerando que os Neptune já são muito bons. Mas seriam uma alternativa a mais, talvez? Qualquer bicicleta ajuda pra quem tá andando. (e como o número de doações de cada país em mísseis é sempre limitado, cada modelo a mais aumenta o número no geral. mas não acho que precise com os alcances dessas duas opções, os neptune já afastaram todos da área de alcance) Em que pese que é mais uma paulada pro pessoal da manutenção… Read more »

Marcelo M

Os F16 não virão em número suficiente e devem focar na defesa aéreo, em negar a superioridade à VKS. Dai acho que faz sentido ter uma aeronave a mais, ainda que dedicada a essa função naval ou talvez também ao ataque ao solo. Não sei dizer o quanto de treinamento será necessário. Afinal, os f16 demoraram a entrar em operação.

Sensato

Sim. É ótimo negócio para a Argentina, pra França é médio pois coloca mais material na Argentina pra poder ofertar manutenção depois. Pode, aliás, até trazer alguma grana pra cá se forem helicópteros sofrendo manutenção na Helibras. Já pra Ucrânia…. é melhor que nada né?

Leandro Costa

Não foi enfrentado pela Marinha Russa, mas pode apostar que a Marinha Soviética, que desenvolveu praticamente tudo que os Russos usam hoje, em cima do desempenho do Exocet, já que era um dos principais mísseis usados pela OTAN. Não sei se vai ser tão útil assim. O problema maior é a disponibilidade das aeronaves, treinamento de pessoal para operar e manter, para tão poucas unidades.

Ricardo Machado

“De volta a Casa”, eles serão adaptados pelo seu Fabricante para lançar todas as Armas Francesas que eles estão fornecendo a Ucrânia, inclusive a versão francesa do “Storm Shadow”

comenteiro

Quanto tempo para formar satisfatoriamente um piloto para esse avião?

Camargoer.

Olá C.

Estava pensando nisso…. cinco aviões, que demandam um revisão profunda, com aviônica mais ou menos antiga e tudo mais…. lembrando que estes aviões foram comprados da França já antigos.

Melhor seria doar estes aviões para o Musal, para a TAM e outros lugares para serem preservados..

O negócio é curioso… a Argentina troca aviões obsoletos e sem capacidade voo por equipamentos novos e passa o custo de revisão para os franceses….

Mais simples seria a França fornecer os drones diretamente para a Ucrãnia.. isso porque Milei apoia a extrema direita, oposição ao atual governo francês…

eita Milei

Gabriel B

“O negócio é curioso… a Argentina troca aviões obsoletos e sem capacidade voo por equipamentos novos e passa o custo de revisão para os franceses….”
O homem não é bobo nada, bobo é o francês que aceita a proposta, kkk

Camargoer.

até aqui é só a vontade do Milei.. acho que os franceses vão sair a francesa nesta

Kornet

E ele está certo,se livra dessas tranqueiras e ganha algo melhor.
Agora é muito bizarro os aviões não voarem por falta de cartuchos para os assentos ejetáveis.

Sensato

Seria se o TAM estivesse aberto e o texto não fala nada sobre receber material novo.

Last edited 1 mês atrás by Sensato
Fernando Vieira

A menos que mandem pilotos argentinos ou franceses disfarçados de ucranianos, mais tempo que a Ucrânia tem. Eles já não tem muitos pilotos, os poucos que tem ou ainda estão em seus conhecidos aviões da era soviética ou estão treinando para os F-16 que chegarão. Sendo o F-16 um vetor muito mais capaz que o Super Étendart, o correto é mesmo os ucranianos focarem nele. Agora, se quiserem pegar um ucraniano na rua que nunca voou e formá-lo piloto, aí daria, só que mesmo um curso intensivo de voo não deve formar um piloto competente em um ano. A realidade… Read more »

Camargoer.

Creio que nem a Argentina tenha pilotos com capacidade de voar estes aviões em combate.

Estou pensando em doar o meu ford Fiesta para uma ex-concessionária da montadora, receber de volta uma bicicleta de fibra de carbono com cambio Shimano, dando á concessionária a opção de revisar o carro e fornecê-lo para ser usado como Uber.

Willber Rodrigues

“Creio que nem a Argentina tenha pilotos com capacidade de voar estes aviões em combate”

Considerando-se que esses Super Etandart NUNCA saíram do chão, que esses aviões quase provocaram uma “guerra civil” entre a Armada e a FAA, e que essa última tem um problema crônico de fuga de pessoal por defasagem salarial….

Ricardo Machado

Quanto ao Treinamento ou MELHOR, manter a Experiência de Vôo Marítimo e Pousar em N.A.s, parte dessas necessidades de Qualificação e Requalificação e Coberta por Treinamento no Exterior, e quando um Porta-aviões Americano passa pela América do Sul a caminho de sua Implantação (Como o último que aportou na Baía de Guanabara), todos os Países, Incluso o Brasil, que tem Pilotos Embarcados em suas Marinhas, aproveitam a Oportunidade de fazer aquela série de pousos em Navio-aerodromo para se Qualificar em. O Modelo Específico e aprendido em Simuladores de Vôo, que mesmo que a Marinha Argentina não tenha (Dificilmente NÃO TERÁ),… Read more »

Wagner Figueiredo

Fala assim não.. eu tenho um fiesta..rsrsrs

Camargoer.

O meu é um rocan 2002.. 180 mil rodado.. tá inteiro.. no limite do possivel

JHF

Cuesta rocan? Tem mais 50k km para o motor dar algum defeito serio e depois disso nem retifica tira do cementerio.

JHF

Fiesta* o corretor ortográfico me.passou a perna.

VME

Camargoer.

O negócio não é curioso, é puro marketing político, atraindo holofotes pra Argentina do Governo Mikey.
Pra França (OTAN), a Ucrânia tá sendo a cobaia contra a Rússia, transferindo armamento de primera linha sendo empregado em vetores defasados. Quer laboratório de testes, com cenário real, melhor que este?

Tiago

Vagas para pilotos kamikases dos tempos modernos . O curso seria ” levantar para nunca mais voltar ” .

Afonso Bebiano

Já está virando deboche. Como manter e operar essas aeronaves? Como capacitar pilotos e pessoal de terra?

Será que primeiro de abril caiu no Dia dos Namorados? Tudo bem que namorados costumam mentir muito, mas isso não inclui aviões de combate.

Matheus

Esses Étendard chegaram a voar nas mãos dos Argentinos?
Vão entregar uma jaca pro ZÉ lensky kkkkk

Willber Rodrigues

Nunca saíram do chão.

No máximo, taxiaram pela pista e, desde então, estão parados, por causa do problema dos assentos ejetores.

Last edited 1 mês atrás by Willber Rodrigues
LUIZ

Devem servir de drones kkk. Vão ser adaptados pra servir de drones.

JHF

Vão entregar “mais” uma jaca pro Zé….. Tudo para fazer RP da guerra na Ukrania…. Só sair bonito e pintado na foto.

Fabio Araujo

Ponto para o Milei, a Argentina não colocaria esses aviões em uso e os ucranianos não terão problemas em fazê-lo.

Tiago

Se os últimos 60 bilhões não fizeram efeito nenhum na guerra , imagina essas sucatas velhas , que seria difícil até para enviar pro ferro velho .
No aguardo da próxima carta , os F16s. E depois vem o quê?

Rinaldo Nery

Agora vai! Junto vão alfajores! E vinhos de Mendoza.

comenteiro

Aí eu vi vantagem.

Andrigo

Creio que o impacto seria maior, na moral das tropas ao menos, dos alfajores e vinhos…

Bartolomeu

Opa, não se deve subestimar os vinhos de Mendoza como fator de motivação!

Rinaldo Nery

Um bom Angélica Zapatta e um bom DV Catena elevam o moral da tropa!

GFC_RJ

Recomendo Milamore da Bodega Renascer!

PS: Tá bom, @editor! Desculpe! Vou me manter no tema da matéria!

Rinaldo Nery

Argentino? Nunca bebi.

GFC_RJ

De Mendoza.
A Renacer é um lugar muito bonito, inclusive, já fui. Tem fotos no google.
Aqui no Brasil, o Milamore é uns 110-120 a garrafa.

Rinaldo Nery

Affordable.

Nilton L Junior

Esquece o vinho bebe Patagônia uma cerveja com todos os predicados de uma excelente cerveja.

Bispo de Guerra

Essa conta não fecha.

Estimam que somente ano que vem a Ucrânia terá 20 pilotos formados … pelas minhas contas a OTAN já doou mais de 61 aviões..

E ou..teremos , franceses, ingleses, dinamarquês, voando “fantasiados de gasparzinho ucraniano”..

Last edited 1 mês atrás by Bispo de Guerra
Bernardo

Suas contas tão erradíssimas, porque a doação é ao longo de anos (muitos pra serem doados quando chegarem f-35 pra substituir). Muitos dos aviões prometidos vão demorar ainda pra chegar e muito. Os primeiros f-16 ainda nem chegaram

Ricardo Machado

Na Guerra da Coreia teve vários esquadrões Norte-Coreanos pilotado por Soviéticos, isso era uma Prática COMUM, mais recentemente na Guerra de Atrito do Canal de Suez, os Soviéticos mandaram seus pilotos disfarçados (No ar, com Máscaras e Voando Supersônico ninguém olha para as Feições do Inimigo…) para enfrentar os Pilotos Israelenses (Os Egípcios reclamavam da Qualidade dos Aviões Soviéticos e eles Respondiam que os Egípcios e que não sabiam Voar…), e o MOSSAD descobriu, a IAF “armou” uma Emboscada e derrubou 6 Soviéticos (Eles contaram 5, mas os Jornais Egípcios, com imensa alegria, corrigiram para 6 Soviéticos Derrubados…). Nos Conflitos… Read more »

C G

Como pode a direita ocidental lamber botas para a Russia?!
É de endoidecer qualquer pessoa com o minimo de conhecimento da geopolítica do século XX!
Tenho dito que a nova direita é fraca demais e vai acabar jogando o mundo em uma nova guerra mundial, eles surfam em um populismo raso com os vacilos da esquerda nas questoes de imigração e constumes mas no fundo sao uns néscios!

AVISO DOS EDITORES: EVITEM DESVIAR A DISCUSSÃO PARA A POLÍTICA PARTIDÁRIA E A DISPUTA IDEOLÓGICA POIS O DEBATE DESANDA.

LEIAM AS REGRAS DO BLOG:
https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Lucas F

Concordo, isso é bizarro.

LUIZ

“Como pode a direita ocidental lamber botas para a Rússia?!”

Muitos da esquerda ocidental estão alinhados com a Rússia. E porquê a direita ocidental não poderia se aliar com o Putin que é Deus,Pátria e Família?

AVISO DOS EDITORES: JÁ DEMOS UM PRIMEIRO AVISO PARA NÃO DESVIAREM A DISCUSSÃO PARA A POLÍTICA PARTIDÁRIA E A DISPUTA IDEOLÓGICA POIS O DEBATE DESANDA.

LEIAM AS REGRAS DO BLOG:
https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

PRÓXIMOS QUE INSISTIREM TERÃO OS COMENTÁRIOS APAGADOS.

Miguel Carvalho

O mais importante é a Argentina mostrar de que lado está com acções.
Se a Argentina ganhar a confiança das grandes economias, o fluxo de dinheiro e investimento será decisivo para a economia argentina.

Nemo

Isto é um factóide que ninguém leva a sério. Acredito que até reduza a confiança na lucidez do governo argentino.

Bispo de Guerra

Risível… o dinheiro vai aonde ele pode ser multiplicado… Argentina ? Hoje é um buraco negro..

Fluxo do $$$ está na Eurasia … adeus Europa decadente …acabou a energia “di grátis” russa.

Rui Mendes

Europa decadente, mas é a segunda potência económica do mundo.
E se estão a aparecer outros players, é normal, mas a Europa já liderou por séculos, quando chega a vossa vez??!!??
“Di grátis” nunca foi, pois se assim fosse, a China e Índia tinham conseguido substituir a UE, nas compras aos Russos, mas a Rússia está a receber menos dinheiro do que recebia da UE e mesmo com algumas vendas ainda para a Europa e o empacotado na Turquia e vendido para a Europa, como se não fosse Russo.

Bispo de Guerra

Toda locomotiva demora um tempo para parar após puxarem o freio …🙃

Aumento dos “políticos nazis” no continente europeu (parlamento europeu).

Invasão de imigrantes sub qualificados de N países.

Custo da energia triplicou em 02 anos.

Gastos com armamentos será cada vez maior… saúde/educação, pagarão a fatura.

Taxa de pobreza no continente europeu: 22% de toda população do bloco. Romênia e Bulgária (Mais de 30%).

Os sem casa para morar , aumento de 70% na última década.

Bispo de Guerra

Reitero “gás russo di grátis” !

𝗢 𝗮𝘂𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼 𝗱𝗼𝘀 𝗰𝘂𝘀𝘁𝗼𝘀 𝗱𝗼 𝗴á𝘀 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝗮 𝗶𝗻𝗱ú𝘀𝘁𝗿𝗶𝗮 𝗻𝗮 𝗔𝗹𝗲𝗺𝗮𝗻𝗵𝗮, 𝗰𝗼𝗺𝗽𝗮𝗿𝗮𝗻𝗱𝗼 𝗼𝘀 𝗽𝗿𝗲ç𝗼𝘀 𝗽𝗿é-𝗴𝘂𝗲𝗿𝗿𝗮 (7,06 ct/kWh) com o pico alcançado durante a crise (12,7 ct/kWh), 𝗳𝗼𝗶 𝗱𝗲 𝗮𝗽𝗿𝗼𝘅𝗶𝗺𝗮𝗱𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲 𝟳𝟵,𝟵%.

Luís Henrique

Este século é asiático. A previsão da PwC é que em 2050 China será 1º lugar, Índia em 2º lugar, EUA em 3º, Indonésia em 4º e Brasil em 5º, Rússia em 6º.
Apenas 3 países europeus continuarão no Top 20, Alemanha em 9º, Reino Unido em 10º e França em 12º.

LUIZ

_____
_____

COMENTÁRIO APAGADO. OS EDITORES AVISARAM.

LEIAM AS REGRAS DO BLOG:
https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

GFC_RJ

Confia!

Bentes Pretovisky

EDITADO:
COMENTÁRIO BLOQUEADO DEVIDO AO USO DE MÚLTIPLOS NOMES DE USUÁRIO.

Adriano madureira

Agora a Ucrânia vira o jogo ..

Se puder ganhar uns dois f-16 de grátis por esse gesto de amizade, é lucro…
.gesto patético 😆😆🇦🇷

Leonardo Bastos

Só a Sucata… kkkk

Paulo Marques

Se com apenas 2 Super Etendard operando e 5 mísseis Exocet com códigos bloqueados a Armada Argentina quase devastou a task force inglesa, acho que agora com 5 caças operando, mesmo sendo bem antigos, e com mísseis a vontade, basta usar a doutrina correta e o almirantado russo não irá mais dormir até o final da guerra.

Lucas F

O nível de proteção da frota russa é mais pesado, mas um vetor supersônico com um míssil antinavio ainda é um binômio perigoso. Além disso, essas vendas de material podem ajudar em certas compensações/“descontos” de outros materiais… Isso me lembra de uma certa oportunidade de 11 Mi-35M no PAMA-LS com boas horas de voo sobrando (CH-47 seminovos? Finalmente Kit ABH?).

Last edited 1 mês atrás by Lucas F
Rudney Buarque

Exatamente… seria uma ótima oportunidade obra se livrar daquelas groselhas (já tem um no MUSAL, claro) e ainda tentar uma compra de CH47, mesmo que seminovos, muito mais úteis. A tragédia no RS que o diga… Acho que a Ucrânia ainda opera os MI24, o que eliminaria gastos extras com treinamento, basta do efetuar a manutenção necessária, que eles mesmos fariam…

Santamariense

Só uma observação: o Super Etendard não é supersônico.

Sensato

Se não fosse algo que o GF jamais vai cogitar por razões que vou me abster de comentar, seria a oportunidade perfeita pra trocar com os EUA em sobressalentes para os vetores que já usamos, como motores para os Gripen ou Blackhawks para o EB ou com os Europeus em troca de munições para os Gripen como mísseis de cruzeiro ou anti radiação ou mesmo mais Iris T ou Meteors.

Leonardo

Sério isso…??! Estamos em 2024, só pra lembrar…

Enzo Magno Donato Vernille

Só lembrando que essa história de código é falsa

Rinaldo Nery

Que código? Que bobagem….

Vitor Botafogo

Se livram do pepino e se aproximaram do Ocidente. Win-Win
Porém não acho que vai ocorrer, devido ao pequeno numero de celulas e o foco da Ucrania no F-16 e Talvez no Mirage 2000 em maiores quantidades.

Willber Rodrigues

Olha, pensando bem, isso é um negócio muito bom….

Pros argentinos.

Eles se livram dessa jaca, que NUNCA voou com eles por causa do problema vom os assentos ejetores, e “ganham”, da França, alguns equipamentos muito mais modernos e necessários, como drones ou helis médios. Talvez alguma modernização pros L’Adroit que eles compraram dos franceses anos atrás.

Gabriel

KKKKKKKKKKK, Agora vai !!!!!
Hshshshshsh..
Milei já não sabe mais o que fazer para puxar o saco da UE.

Last edited 1 mês atrás by Gabriel
Filipe Prestes

Que patifaria! Doaram um marea pro qual nem mesmo eles encontraram utilidade. A Ucrânia vai mesmo aceitar essa bomba?

Neural

Doando sucata pra ganhar uns drones e.uns dólares, será que vale o custo político de um rompimento com Moscou? Povo Latino Americano sempre foi assim, se vende por pouco.

Sensato

Rompimento por um punhado de SEM? Compra uns lotes de diesel e tá tudo certo.

Claudio quadros

Vcs crítica tudo só pegar transforma drone será armas muito fácil opera .

Santamariense

Traduz o que tu escreveu, por favor.

Pedro I

Se for das antigas, estilo telegrama, se for dos novinhos, estilo Paulo Freire…

Matheus

EDITADO:
2 – Mantenha o respeito: não ataque outros comentaristas.

Marcos

“Como resultado de operações de assalto ativas, o exército russo “libertou” completamente o assentamento de Novopokrovskoye.”

Last edited 1 mês atrás by Marcos
Luciano

Fala sério!!!

JHF

” Caso Marine Le Pen, que é simpática a Putin”. Lê Pen não é simpática a Putin, só não concorda com o plano da OTAN de ferrar a Europa enriquecendo os States. Uma grande diferença entre uma coisa e a outra.

rfeng

Nossa mãe isso e sério ou é piada.

Rodrigo Maçolla

Tão tirando sarro ai… Mas estes Super Étendard, armados com Exotec de última geração, com tripulações uncranianas treinadas pelos franceses tem amplas condições de afundar mais navios Russos.

Last edited 1 mês atrás by Rodrigo Maçolla
Gilberto Bueno

Mais um arado para arar terra preta da Ucrânia, cadê os arados F-16 e o Mirage 2000?

Leo

Eu tenho tenho um Peugeot 206 tenho interesse em enviar pra Ucrânia tbm

Camargoer.

a gente coloca meu fiesta 2002 e o seu 206 no mesmo container

Comenteiro

O frete fica por conta de quem? O Milei quer doar os aviões, receber material novo e os custos ficam com os franceses. E os carros dos senhores?

Camargoer.

Talvez pegar carona em um navio cheio de trigo…

Comenteiro

Então acho mais fácil os carros dos senhores aparecerem na Ucrânia que esses aviões argentinos, já que o plano infalível de Milei depende de um monte de condições e interesses de outros governos.

Sensato

Isso, amarra frouxo no navio, deixa cair no mar e espera Iemanja devolver.

Adriano Alves de Oliveira

Kkkkk tipo voar num avião da Vasp

Franz A. Neeracher

Como assim?? 🤔🤔🤔

Orivaldo

Esse de besta não tem nada. Esta negociando pra ver onde ganha mais.

JPonte

Em breve marinha Argentina com Rafale usada cedido pela marinha francesa ; deverão receber uns 06/08 ; vejamos …. subestimar a inteligência alheia sempre nos faz estar do lado perdedor da aposta .

Julio Cesar Giacomin

Todos países enviando as sucatas para Ucrânia…

Ricardo Machado

De fato, e mais fácil usar equipamentos antigos, de nível tecnológicos mais acessíveis e mais baratos de comprar, e se o “negócio funciona”, que seja usado para aquilo que foi criado.

VME

Desde o início do conflito, a Ucrânia vem combatendo com vetores Su-25 e Mig-29 já defasados tecnologicamente, tanto os remanescentes quanto os que receberam de doações. Até o momento os F-16, mesmo que tbm defasados, são os vetores mais modernos que receberam da OTAN. A França anunciou repasse de seus Mirage e agora, um acordo com a Argentina (ainda mais do Mikey Hermano, fingindo fazer algo pela Ucrânia e atraindo holofotes do mundo, enquanto o Brasil se mantém neutro). Já o interesse dos franceses em fornecer Mirages e Super Etendard, da mesma forma que a Ucrânia vem recebendo antigos F-16,… Read more »

Tiago

Lembrando que os caças F-16 de segunda mão da Argentina também possui assentos da Martin-Bake Britânica. Se eu estiver enganado por favor alguem corrija

Camargoer.

Acho que são assentos fabricados nos EUAc

Leandro Costa

São assentos ACES, de uma empresa Americana.

Guilherme Poggio

Isso mesmo. Os F-16 holandeses possuem o ACES II da Collins Aerospace (fabricação norte-americana).

RDX

O Milei de bobo não tem nada.
O posicionamento político dele já rendeu bons frutos da área de defesa

Com os EUA – F16
Com Israel – oferta de 10 UH-60
Com a França – provavelmente um generoso pacote com helicópteros. Lembrando que o novo H160M está substituindo 5 helicópteros atualmente em uso pelas forças armadas francesas. Não faltam opções para os argentinos.

Last edited 1 mês atrás by RDX
RDX

digo, 5 modelos de helicópteros

O vingador com cérebro

Coitada da Ucrânia usar essa sucata kkkk

Ricardo Machado

EDITADO

Carlos Henrique Lucena

Quem poderia imaginar um dia, depois da Surra das Malvinas, a poderosa República da Argentina se rebaixar a este ponto,.
O diploma de graduação que Milei obteve parece não ajudá-lo em nada para compreensão de questões geopolíticas.

Ricardo Machado

EDITADO

Enzo Magno Donato Vernille

Sinto que isso vai ser muito mais midiatico do que realmente útil

Waldir

Como a Argentina receber aviões franceses que nunca foram usados pq tem componentes do assento ejetor britânicos ? Ela pagou por caças que nunca poderiam operar ? Alguém pode me explicar isso ? Pq se for desse jeito, tem que prender (e jogar a chave fora) quem comprou isso aí com dinheiro público argentino.

Heinz

Até a Argentina ajudando a Ucrânia, enquanto o Brasil, é mais fácil ajudar os russos. Esse país vai pagar caro ainda por tal inação diante de uma invasão criminosa.

Fernando

E quanto a outras invasoes criminosas, como a dos Israelenses e dos americanos? Estão estão OK para voce?

Júlio Pestana Filho

Segundo sites argentinos esta notícia não procede e os Super Etendard não serão enviados a Ucrânia.

Sandro Santos

BomDia Galeeraa . Kkkkk essa daaeee foi boa . Esquadrilha Abutres . Peeguuee Oo Poommboo peeguuee Oo Poommboo kkkk

Fernando

O Milei agora está copiando a Coreia do norte, e enviando lixo para a Ucrania?

Giovani.gxp

Se a Marinha do Brasil tivesse o Nae São Paulo poderia doar tbm casaria certinho com os Super Etendard.

fish

Pena eu tenho do cidadão que for voar essas sucatas no front

Lauro

No contexto geopolítico atual é muito mais inteligente ficar do lado da Rússia/China que do lado da OTAN/Estados Unidos.

Ed Sanches

A Ucrânia tá parecendo casa de praia.da classe média.Tudo que não serve mais leva pra lá.

cipinha

Interessante, no passado os EUA proibiram a venda de AMX para Venezuela, eles foram lá na Rússia e adquiriram algo muito mais capaz (não vamos entrar aqui no tópico sobre logística), agora os ingleses dificultaram a vida dos argentinos por causa de cargas dos assentos ejetores do Super étendard e eles vão comprar F-16 com bem mais capacidades (ao menos supostamente).
Sobre essa troca, é mais ou menos o que poderíamos fazer com Leopard, vende para quem quiser repassar para Ucrânia em troca de algo mais moderno

Fernando "Nunão" De Martini

“Interessante, no passado os EUA proibiram a venda de AMX para Venezuela, eles foram lá na Rússia e adquiriram algo muito mais capaz”

Acho que você está confundindo compras da Venezuela feitas na Rússia (Su-30, que não tem nada a ver com a compra frustrada do AMX) e na China (compra de jatos treinadores K-8, que foi feita no lugar da compra do AMX).

cipinha

Pode ter sido

Atirador

Pelo que me lembro de matéria aqui do Aéreo essas células estavam esgotadas pelo uso em porta-aviões, mas tinham avionica moderna,SEM, que seria retirada e colocada nos aviões argentinos mais antigos e pouco voados, o que não foi feito por falta de grana, não tem nada a ver com assentos ejetores. Me corrijam se estiver enganado.

Fernando "Nunão" De Martini

Sim, a ideia era colocar a aviônica modernizada dos Super Etendard comprados usados da França nas células originais dos argentinos, menos voadas. Mas, até onde sei, os cartuchos vencidos dos assentos ejetáveis são um problema tanto de um quanto do outro.

Rafael

Isso voa ainda?

Fábio Dias da Silva

Vocês vão ver quando os EUA enviarem os P51 Mustang para a Ucrânia!

Nilton L Junior

Vão junto com os B-29

Emerson

Bom se livrar destes lixos e trocar por algo útil como comida para os Argentinos…