sábado, maio 28, 2022

Gripen para o Brasil

Durante a Guerra das Malvinas/Falklands, os EUA entregaram 100 mísseis ar-ar AIM-9L adicionais aos ingleses

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Na foto de abertura, um cargueiro C-5 Galaxy da USAF fotografado na Ilha de Ascensão, junto a um C-141 e dois aviões-tanque Victor, em plena Guerra das Malvinas/Falklands.

Em 14 de maio de 1982, e apenas 24 horas após a confirmação de sua disponibilidade, mais 100 mísseis AIM-9L Sidewinders foram entregues diretamente à Ilha de Ascensão pelos EUA.

Os mísseis AIM-9L já estavam sendo usados pelos Sea Harriers de estoques existentes no Reino Unido.

Jatos Sea Harrier retornando de uma missão durante a Guerra das Malvinas/Falklands, equipados com mísseis AIM-9L

AIM-9L

O míssil alcançou uma taxa de acerto de 61%, com 26 lançamentos e 16 abates, segundo o livro Air Warfare in the Missile Age, de Lon O. Nordeen.

Embora o míssil AIM-9L tivesse capacidade de engajamento “all aspect”, a maioria dos disparos foi feita pelo hemisfério traseiro dos alvos.

Abaixo, a evolução da família AIM-9 Sidewinder.

- Advertisement -

88 Comments

Subscribe
Notify of
guest
88 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wilton Santos

A maior ameaça aos países latino americanos são os EUA. É um equívoco depender deles para aquisição de equipamentos militares. No momento da guerra vão impor embargos e comprometer todo esforço de guerra. Os EUA tratam a América Latina como colônia e a Europa como aliada. O certo era os países latino americanos se afastarem o máximo possível da OTAN e dos EUA e fortalecer alianças como os BRICS.

Gabriel

Interessante teu pensamento.

Você pode começar fazendo tua parte, deixe de consumir qualquer produto de origem americana ou europeia e consuma apenas de origem chinesa, russa, indiana ou nacional (industrial, alimentação, entretenimento, etc).

Eu já acho que devem ser fortalecidas as relações com qualquer país do mundo, desde que exista ganhos para o Brasil.

Silvano

Sobre deixar de consumir produto de origem americana, é o que já está acontecendo, em níveis crescentes. Aquela Ursula von der Leyen vivia o tempo todo ameaçando retaliar a China por conta da Rússia, eu ficava entre rir e chorar com tal absurdo, como se retaliar a China economicamente fosse realmente possível, sem que a própria Europa volte a idade da pedra em termos econômicos, pois bem, sem dar um único pio, a China editou uma medida proibindo o uso de computadores de origem estrangeira em suas repartições públicas, de cara, tirou 50 milhões de computadores do mercado para empresas… Read more »

Flanker

Uma decisão do governo chinês vai influenciar que empresas e outras organizações estatais, no Brasil, optem por comprar produtos de computação de marcas chinesas??? A imaginação vai longe, hein?!?

Nascimento

Concordo. Não vai incentivar, mas sim porque nossas organizações estatais não estão preocupadas com segurança. A MB comprou os produtos alemães todos grampeados pelos EUA e não fez NADA em relação a isso.

Mas em países sérios incentiva sim.

Last edited 13 dias atrás by Nascimento
Rodrigo Martins Ferreira

O que vc chama de grampeado ?

Rodrigo Martins Ferreira

Isto ja existiu no Brasil…

Lei da Informática e ainda não tiramos o atraso dela.

Flanker

Pois é!

Pablo Maroka

China tem aquela capacidade fabril que os países tiveram na segunda guerra mundial mas em tempos de paz, não é uma russia que sobrevive com um monte de equipamentos da URSS defasados e mal consegue manter os meios.

leonidas

Colega, ele, vc, eu , nós já consumimos a maior parte de produtos made in china…rs

Nascimento

Criticar o imperialismo americano obriga-o imediatamente a não consumir produtos feitos nos EUA? Até pq é o governo americano que produz esses produtos, né, gênio?

Seria o mesmo que dizer que um estrangeiro, por não gostar do Bolsonaro, não deve consumir produtos do Brasil… Ou que, por não apoiar o PCC e seu controle ridículo sobre sua população, eu deveria deixar de consumir tudo que é feito na China. É de uma limitação inimaginável.

Last edited 13 dias atrás by Nascimento
LES

Não foi isso que ele quis dizer 😕 leia de novo o comentário dele

Matheus Menezes

Isso é fácil, oq vem dos Estados Unidos hoje?

Diniz

– “Os países industrializados não poderão viver da maneira como existiram até hoje se não tiverem à sua disposição os recursos naturais não renováveis do planeta. Terão que montar um sistema de pressões e constrangimentos garantidores da consecução de seus intentos” (Henry Kissinger, ex-secretário de Estado americano,1994).
– “Ao contrário do que os brasileiros pensam a Amazônia não é deles, mas de todos nós” (Al Gore, vice-presidente dos Estados Unidos,1989).

Mirade1969

Pois é o nosso povo não da o devido valor a Amazonia e só vai lamentar isso quando for muito tarde. Eu me lembro que quando criança no Paraná era coberto por florestas de araucaria isso nos anos de 1980 e hoje é pasto ou lavoura e as pessoas que fizeram isso estão desmatando o norte do país. Quando acordar vai ser muito tarde, lamentavelmente.

Guacamole

A maior ameaça aos países latino americanos é qualquer pais não latino americano.

Só existe interesses lá fora. O resto é estratégia pra saber extrair o máximo necessário pro nosso próprio desenvolvimento.

Saldanha da Gama

onde assino???????????????????????????????????????????????????

Thiago A.

Claro, aqui na AL só existe irmandade… Mundo cor de rosa da AL.

Guacamole

Não digo isso no sentido de união entre os países mas que cada país aqui vai ter que pensar nos seus próprios interesses.

Agressor's

“A liberdade é a capacidade do homem de assumir seu próprio desenvolvimento. É nossa capacidade de moldar a nós mesmos.” Rollo May O neocolonialismo das grandes potências nunca deixou de atuar sobre os países menores, eles ainda colonizam e exploram países mais fracos só que hoje de uma forma mais mascarada. Desde a era Vargas que “forças ocultas” vem interferindo sistematicamente no Brasil sabotando nossos esforços de crescimento e consolidação de nossa soberania e impedindo que possamos explorar e desenvolver nosso grande potencial. Mas grande parte do nosso povo não entende que as nossas nações “amigas” nos sabotam desde que… Read more »

Last edited 13 dias atrás by Agressor's
Vítor

Pois é….tem muitos defensores dos yankes e OTAN NEWS na trilogia. Dizem ser patriotas na verdade são uns bandos de calças baixa.

Silvano

Terceira via, são os perfumados e cheirosos. Não existem enquanto força política. Não encontram respaldo algum no mundo real, no homem comum, no cidadão do ponto de ônibus, na idosa que vende cafezinho na porta do metrô as 4 horas da madrugada fria, do biriteiro pós jornada de trabalho que vai na padaria assistir jogo do Palmeiras ou Flamengo. Enfim, são descolados de pele macia que compram aqueles pacotinhos de verduras cortadas vendidos em sacos cheios de ar em super mercados de bairros nobres. Caboco jura que Estados Unidos, Europa, G7, OTAN e toda essa gente que não vive sem… Read more »

Flanker

Cara, esses estereótipos e classificações de vocês são risíveis!!! Trabalho muito, não ganho nada de mão beijada, estudei e estudo muito. Ter condições de conseguir uma vida melhor, no Brasil, é crime. Para vocês, os brasileiros de verdade, são os estereótipos que tu descreveu. Eu pago dezenas de milhares de reais por ano, somente em inposto de renda, fora todos os outros imposto que pagamos. Por isso, não tenho peso na consciência por viver de forma confortável. E também sou totalmente à favor de uma terceira via no comando desse país. Tenho aversão aos dois expoentes que dividem o Brasil.… Read more »

Sensato

Ok. Qual outro? Esse é o problema central de 2022. Quem é o nome, capaz de, ao mesmo tempo, desbancar os dois e levar o país ao desenvolvimento que tanto precisa?

Flanker

Não sei ainda….vamos aguardar. Só sei que os dois que centralizam as preferências, já tiveram suas chances e não deram certo. Se no segundo turno forem os dois, serei obrigado, à contra-gosto, à votar no Bolso, pois no molusco não voto em hipótese alguma. Nunca! Jamais!

Last edited 12 dias atrás by Flanker
Leandro Costa

Tô na mesma, Flanker. É desolador, para dizer o mínimo. Dois idiotas que adoram dividir o Brasil e fazer besteira. Mas no nove dedos eu realmente não consigo votar. E o cara vem com sede de vingança.

Flanker

Exato, Leandro. O Brasil tá na maior m* de toda sua história, causada por essas duas nulidades.

Inimigo do Estado

Deve ser por isso que o homem comum, o cidadão do ponto de ônibus, a idosa que vende cafezinho na porta do metrô as 4 horas da madrugada fria, o biriteiro pós jornada de trabalho que vai na padaria assistir jogo do Palmeiras ou Flamengo, estão na merda, vivendo num país pobre, violento e com esgotos correndo na frente de casa. Eles acreditam em demagogos que lhes prometem saúde, educação, segurança e outros blábláblás gratuitos e de qualidade, que comem pastel com caldo de cana na feira (nada contra, fui criado assim, aliás é muito gostoso) nas eleições, tapinhas nas… Read more »

Flanker

Tôma aí um positivo…

Last edited 12 dias atrás by Flanker
André Luís

Tome um negativo, aí…

Flanker

Obrigado! Hehehehe

Rinaldo Nery

E fundou o Foro de São Paulo. E fez um acordo c o PT p alternância de poder. Que não foi cumprido…

Inimigo do Estado

Oxe, tô sabendo agora que Itamar criou o foro de São Paulo. Sério que tu levou a sério aquela bobagem do Brasil Paralerdos?

Rodrigo Martins Ferreira

Você acha que o Foro de SP é invenção ?

Rinaldo Nery

Quem falou do Itamar? Tô falando do FHC, criador do Real.

Kornet

Para mim são todos quintas colunas de chapéu de alumínio.
Não defendam Rússia,China,Europa ou EUA,defendam seu país.
Essa conversa de que o maior inimigo do Brasil é o próprio Brasil,o povo não é inimigo;o povo é sofrido.
Nossos maiores inimigos são aqueles que lutam e fazem de tudo para prejudicar seu próprio país,seja de esquerda ou direita,políticos,empresários,banqueiros,artistas ,jornalistas e ministros do STF.

SmokingSnake 🐍

A maior ameaça aos países latino americanos é o próprio povo latino americano, ignorância reina.

leonidas

Verdade, ninguém consegue sabotar alguém com a eficiência que ele mesmo pode conseguir. Somos um povo destituído de noção estratégica e entendemos o mundo com uma visão romântica parecido com as tiazinhas que assistem telenovela mexicana. Acham que realmente o ocidente esta nesta guerra por razoes ligadas a democracia, e isso vc vê pessoas cultas, comentaristas de geopolítica com bons canais no Youtube vendendo esta ideia que o que estaria em jogo seria a vitória da democracia e não da hegemonia dos EUA para consolidar seu arbítrio sobre o mundo moderno já demonstrado em 1999/2003/2011 sem nenhum tipo de boicote… Read more »

Nascimento

Os países latino americanos não querem compromisso com nada, essa é a verdade… Até no leste europeu percebe-se uma tentativa de fugir da hegemonia russa. Os governos latino americanos querem é se tornar cada vez mais dependentes de governos estrangeiros pra tudo, seja China ou EUA pois não querem ter de olhar pra sua própria ineficiência como organização estatal e fazer reformas estruturais, pra isso existiu o TIAR, pros países não se preocuparem mais com defesa. Veja que a DMD brasileira é toda baseada numa luta com apoio americano, ou pra operar num TO em suporte a uma coalizão liderada… Read more »

Andre

Cegado pela ideologia ou por algum forte ressentimento contra alguma pessoa nascida nos EUA, você se esquece de como os russos e os chineses tratam os produtos oriundos do Brasil.

http://g1.globo.com/economia/agronegocios/globo-rural/noticia/2017/11/embargo-russo-afeta-setor-de-carnes-no-brasil.html

https://www.cnnbrasil.com.br/business/especialistas-apontam-poder-de-barganha-da-china-sobre-embargo-a-carne-brasileira/

Sem contar a famosa qualidade do pós venda dos equipamentos militares exportados pela Rússia.

Mas opinião formada a partir de fantasias é assim, “esquece” tudo que não favorece o discurso.

O Brasil deveria comprar aviões suecos, submarinos alemães, navios franceses, tanques alemães, blindados italianos…

Nascimento

”ressentimento contra alguma pessoa nascida nos EUA”

Haha agora o rapaz tem ódio contra alguém dos EUA, começou a falácia do espantalho. Ai você abre a matéria e percebe que havia a presença da substância ractopamina em análises de carne brasileira, após testes realizados no próprio país. Até o Brasil faz esse tipo de embargo, recentemente fizemos contra chocolate vindo da Europa…

Last edited 13 dias atrás by Nascimento
André Macedo

Esse meu xará não acerta uma cara, a argumentação dele é tão profunda quanto uma colher de chá.

Vítor

Deixa de ser colônia intelectual fica impucionando matéria de cachorro que morde o rabo…essas nações que você cita são as mesma nações que sabotam o Brasil a décadas não tem amiguinhos entre nações. Você é um dos que acreditam que os americanos e europeus acham que os brasileiros são acidentais .

Thiago A.

Voce não deve amar muito o seu país para propôr uma solução dicotômica e ideológica como essa. È bem mais complexo que isso colega. Não é o bem e o mal . Devemos tirar vantagens de todos e limitar os prejuízos. Saber escolher seus amigos é o básico, porém escolher seus inimigos é ainda importante. Você tá escolhendo um alvo fora do alcance da nossa flecha. Nem a RPC, infinitamente mais poderosa, faria de espontânea e livre vontade uma escolha como essa . Só lembrando, a RPC chegou onde chegou, graças a aproximação com o Ocidente, soube tirar o maximo… Read more »

Âncora

Os EUA são, ainda, uma democracia liberal. Democracias liberais não atacam outras, muito menos se engajam, há muito tempo já, em guerra de conquista. Devemos temer as autocracias.

Nascimento

Devemos temer todo mundo…

Engraçado dizer que não conquista… O México e o Havaí tão ai pra provar que conquistam sim. E nem precisaria muitas vezes, né? Veja o que a OTAN fez na Iuguslávia e na Sérvia, deram independência pra repúblicas separatistas, igual os russos estão fazendo hoje com a Ucrânia em Donetsk e Lugansk… Criar um país fantoche é democrático demais. Se for a reserva Yanomami ou outras, tu vai defender também?

Âncora

México e Havaí, século XIX, faz tempo, como disse, outro contexto. A chamada Iugoslávia sempre foi uma união forçada e muitos previam que aquilo não resistiria à morte do marechal Tito. Veja as atrocidades que cometeram na guerra civil, ora!

Last edited 13 dias atrás by Âncora
Nascimento

Ou seja: Justifica a violação da integridade territorial da Yuguslavia, logo sua tese esta refutada de que democracias não atacam territórios estrangeiros.

Âncora

Meu caro, discordo. Houve uma guerra, ou várias, de independência da Eslovênia, Croácia, Bósnia, principalmente contra os Sérvios; sangrenta, com faxina étnica e a OTAN implementou uma zona de exclusão aérea e agiu conforme resolução do Conselho de Segurança da ONU.

Last edited 11 dias atrás by Âncora
Nascimento

Conforme resolução da ONU?? É mentira que chama?

”The bombing was NATO’s second major combat operation, following the 1995 bombing campaign in Bosnia and Herzegovina. It was the first time that NATO had used military force without the expressed endorsement of the UN Security Council, which triggered debates over the legitimacy of the intervention.”

Vítor

Quanta patoaca…explica aí..
1)Iugoslávia
2) Iraque
3) Síria
4) Líbia

Thiago A.

Eu não concordo com o raciocínio linear do colega, creio que seja mais complexo de ” democracias vs autocracias”. Porém nenhum desses países que você elencou era uma democracia liberal no momento do ataque/invasão.

Last edited 13 dias atrás by Thiago A.
Vítor

Você tem idéia o quanto a população desses países sofrem até hoje ? E vem falar em democracia liberal ..argumento raso ..para justicar a destruição e condenar essas populações a pobreza e miséria.

Nascimento

Mas não é assim que as leis internacionais pensam. Um país, independente de ser uma ”democracia liberal” ou não, possui integridade territorial segundo a ONU, e essa não pode ser violada sem mandato da mesma.

Segundo sua lógica de raciocínio, o Brasil do regime militar poderia ser atacado sem problema nenhum e dane-se as consequências…

Thiago A

Essa é a sua lógica, uma sua dedução, uma sua interpretação… como você costuma dizer : ” isso é uma falácia, um espantalho!” Em momento algum afirmei o que você acabou de escrever. Essas são as palavras do colegas: “Os EUA são, ainda, uma democracia liberal. Democracias liberais não atacam outras,” De certa maneira ele tem razão, é difícil encontrar uma clara/ patente agressão contra uma plena democracia. Isso quer dizer que nunca acontecerá e é algo impossível de acontecer ? Essa informação é suficiente para concluir que é uma regra nas dinâmicas das relações internacionais? Não, até porque a… Read more »

Thiago A

Sua lógica, sua interpretação…nada ver com as minhas palavras.

Como você costuma dizer :” isso é uma falácia, falácia do espantalho “

Thiago A

Não, não foi o que eu disse.

Âncora

Seus exemplos não contrariam o que eu disse.

SteelWing

Democracia dos EUA: só tem “2 partidos” e são os dois a mesma coisa.

Rodrigo Martins Ferreira

Aqui tem vários e são a mesma coisa tb..

Guilherme Leite

Entendo o seu pensamento, ocorre que a única forma de evitar os referidos embargos são a expertise em produzir e não só isso, mas a nacionalização dos produtos/matéria prima relacionados a defesa. Mesmo se optarmos pelos concorrentes como China e Rússia, ainda sim poderíamos ter embargos de acordo com o interesse desses, além da falta de confiabilidade e alta manutenção, como exemplo, nossos MI-35 são extremamente caros de manter, enquanto os equipamentos americanos tem melhores condições de compra e cadeia logística. Ademais, o EUA nos visa como aliados na América do Sul, é claro que eles e os europeus cobiçam… Read more »

Sensato

Qualquer país é, para nós, a ameaça que permitimos que seja. Não há amizades entre países. Países não são parceiros de bar, amigos de churrasco, colegas do futebol. Não confundam as coisas.Cada país tem que trabalhar, agir e, infelizmente, por vezes, lutar por seus interesses, Não há espaço para romantismo ou emoções nessa relação. O aliado de hoje é o adversário de amanhã de acordo com as alterações nas circunstâncias do momento. Sem pragmatismo, profissionalismo, planejamento e execução diligente, estaremos sempre sujeitos a qualquer um que queira usurpar o que temos de valioso. Abandonem os antolhos ideológicos e entendam a… Read more »

Moisés

Concordo.

sub urbano

Muy amigos kkk. Os Argentinos (assim como a direita brasileira hoje) achavam que os americanos eram aliados e que ficariam do lado deles durante o conflito. Existe esse mito na America Latina, que teve inicio com as ditaduras militares do cone sul na guerra fria, o mito que os americanos são aliados. Um engano e uma bobagem historica. Americanos só defendem ditaduras em ultimo caso, contra um inimigo mais perigoso (nazistas ou comunistas). Eu inclusive acredito que membros deste atual governo serão alvo de um trabalho profissional da CIA a partir do ano que vem. Um cancerzinho aqui, uma prisão… Read more »

Anderson

E veja quem era naquela época o “senhor da guerra” responsável pela resolução de apoio dos EUA aos ingleses. Começo a achar que os EUA construíram uma máquina do tempo e esse sujeito viajou de 1982 para os dias atuais kkk.

https://youtu.be/lI0OVOv9Jpk

Thiago A.

Aqueles animais não sabiam o que era o cavalheirismo. Alguém com a plena capacidade de suas funções mentais acha que os EUA iriam arriscar a relação de confiança com a OTAN e sobretudo com um dos seus maiores e principais parceiros pela Argentina? O que a Argentina fez ou poderia oferecer a eles ? Quem tentou resolver a situação manu militari foi a Argentina. Quem atacou e começou agressão foram os argentinos. Argentinos liderados por uma junta despreocupada e incompetente que avaliou pessimamente as conjecturas, uma junta que não gozava de apreço, respeito e confiança por parte de ninguém. Colaboravam… Read more »

Renato de Mello Machado

Se não fossem os EUA o Reino Unido comia mosca nessa.

Mercenário

Venderam os mísseis para o cliente. Nada mais natural.

André Macedo

Sim, é natural vender mísseis para o cliente, fornecer intel para o os ingleses mesmo se declarando neutro e por aí vai kkkkkkkkk

Max

Natural aquelas né! os argentinos tentaram comprar mais exocet e foram barrados.

Andre K

O Victor e o C-141 são aviões grandes, mas perto do C-5 parecem miniaturas!

pangloss

Pensei o mesmo.

JCuritiba

Poxa, 24 horas para a entrega no meio do Atlântico, pessoal da logística mostrou serviço nessa.
Alguém sabe como eles foram embarcados na frota, não lembro se ela parou em Ascensão na viagem ao sul.

109F-4

61% de acerto pra um “all aspect”? Esperava mais embora vários aspectos tenham de ser levados em conta como tempo, manobras evasivas dos alvos, precipitação no disparo, etc.

Hellen

Pela tecnologia usada no missil na época essa taxa de acerto estava excelente !!!!

Rinaldo Nery

Muitos lançamentos a baixa altura, onde o retorno do solo prejudica.

leonidas

Na época a informação que correu é que foram 100 misseis Ar Ar e 100 misseis Ar Terra. Vejam, essa doação para uma nação do ponto de vista militar do nível da Argentina é quase uma declaração de guerra! rs Os EUA JAMAIS se importaram ou se preocupam com nenhuma nação do cone sul isso é obvio. O contrato social adotado por eles (democracia) como o modo de produção dele (capitalismo) é o melhor sistema até hoje conhecido pelo mundo moderno. Dito isto cabe esclarecer que os EUA são um inimigo geopolítico do cone sul, como seriam qualquer outra nação… Read more »

Last edited 13 dias atrás by leonidas
Jose

Essa história de ideologia política, esquerda ou direita em relações internacionais existem até surgir uma crise, o maior exemplo atual é o da China, pragmatismo puro, posso não concordar com sua ideologia mas se quiser comprar vendo, no final a relação ou interesse comercial é que conta e os Chineses são craques nisso. O que o Brasil precisa entender é saber usar seus pontos fortes e melhorar suas deficiências, não importa se com UE, USA ou China. Na Guerra das Malvinas diversos países ajudaram um lado ou outro, como acontece em todos os conflitos modernos por diversos motivos, nós mesmos… Read more »

Âncora

Países não têm amigos, têm interesses.

Varg

Impressionante a diferença colossal de tamanho entre o C5 e o Victor…

Âncora

Em plena guerra fria, a cooperação dos EUA à recuperação das ilhas pelo Reino Unido era totalmente esperada.
Creio que podemos dizer que a diferença do uso do AIM-9L foi um dos fatores determinantes para a vitória dos britânicos.

Maurício.

UK e EUA é praticamente um país só, são unha e carne, pai e filho.😂

Zé lesqui

América sempre em defesa da democracia, liberdade e dignidade dos povos, foi assim na WW II, no Atlântico Sul e agora no apoio à Ucrânia contra a invasão do ditador KGB vlad putin!

Last edited 13 dias atrás by Zé lesqui
Maurício.

“América sempre em defesa da democracia, liberdade e dignidade dos povos.”

Confia! 🤭

As ditaduras aliadas dos EUA passam bem longe da democracia e liberdade, mas como são aliadas…🤫

Rodrigo Martins Ferreira

É uma meia verdade…

Senão fossem os americanos os aliados dificilmente venceriam a guerra..

Após o final da SGM, os americanos e ingleses retrocederam para os seus países..

Os russos ficaram com os territórios invadidos até o fim da URSS.

Mas é sempre bom lembrar que um estado tem interesses…

E cada um tem que lutar pelos seus, sem esperar ou contar com os outros.

Maurício.

É claro que os americanos ajudaram na segunda guerra, e é claro que os países tem interesses, afinal de contas, Alemanha e Japão estão ocupados até hoje pelos americanos…
Agora, dizer que os americanos sempre estão em busca da democracia e liberdade é uma baita de uma fake news, e você sabe disso!

Oliveira

Eu acho que toda essa discussão não nos leva a lugar nenhum.Pontuo a seguir os motivos. Americanos detem controle de todos satelites de GPS que mundo usa.Tem tecnologia de espionar milhoes de conversas por minuto pelos satelites da NSA Chineses dominam alta tecnologia no mundo da informática e hj produzem para grandes empresas americanas Japonesas da area de tecnologia na china.Tem alta capacidade produtiva .Exemplo são capazes de montar uma linha de produção de alta tecnologia em 48hs.Sao atualmente maior economia do mundo .Tem em suas forças militares alta tecnologia.Sao altamente capacitados em copiar qualquer coisa. Russos ficou provado agora… Read more »

Últimas Notícias

Ucrânia diz ter derrubado mais um caça Su-35 da Rússia sobre a região de Kherson

“Hoje, 27 de maio, por volta das 14h00, um caça MiG-29 da Força Aérea das Forças Armadas da Ucrânia...
- Advertisement -
- Advertisement -