Os primeiros dois caças Gripen E de produção em série chegaram no porto de Navegantes (SC) na última sexta-feira (01/04) e foram transportados, por via terrestre, para o Aeroporto Internacional de Navegantes na madrugada de domingo (03/04).

No aeroporto as aeronaves passão por preparações antes de decolarem em direção Centro de Ensaios em Voo do Gripen (Gripen Flight and Test Centre – GFTC), na planta da Embraer, em Gavião Peixoto (SP).

O Programa Gripen

Mockup Gripen NG da FAB

Em dezembro de 2013, a Saab foi selecionada para participar da última fase do programa F-X2, que tinha por objetivo substituir a frota de aeronaves de caça da Força Aérea Brasileira (FAB). Em outubro de 2014, após todos os processos de concorrência, Saab e Governo Brasileiro assinaram o contrato para o desenvolvimento e produção de 36 aeronaves Gripen E/F, incluindo sistemas, suporte e equipamentos.

Em 2015, a Saab deu início ao programa de transferência de tecnologia do Gripen, um dos maiores já realizados para a Aeronáutica e o maior já feito pela Saab para outro país. O programa visa proporcionar o conhecimento prático necessário para a execução de diversas atividades de desenvolvimento, produção e manutenção dos caças no Brasil. Até 2025, mais de 350 engenheiros e técnicos brasileiros de empresas parceiras terão participado de treinamentos teóricos e práticos na Saab, em Linköping, na Suécia.

GDDN

Até o momento, aproximadamente 300 profissionais brasileiros de empresas parceiras da Saab já foram treinados e estão de volta ao país. A maioria trabalha no Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (Gripen Design and Development Network – GDDN), localizado na planta da Embraer em Gavião Peixoto, e na fábrica de aeroestruturas da Saab em São Bernardo do Campo, ambos em São Paulo.

Como parte do programa de transferência de tecnologia, em 2018, a Saab apresentou sua planta em São Bernardo do Campo, concebida para realizar a montagem de aeroestruturas do Gripen. Dois anos depois, a unidade agregou outros serviços de suporte ao mercado de defesa e civil. Além disso, é no local que será realizada a manutenção dos radares e sistemas de guerra eletrônica do F-39 Gripen.

O primeiro F-39 Gripen brasileiro está sendo usado nos ensaios em voo no GFTC

O primeiro Gripen E chegou ao Brasil em 20 de setembro de 2020 para realizar a campanha de ensaios em voo no país no GFTC. A atividade é totalmente integrada ao programa de testes que já está em andamento na Saab, em Linköping, Suécia, desde 2017. As atividades no Brasil incluem testes nos sistemas de controle de voo e de climatização, assim como testes na aeronave em condições climáticas tropicais.

Em dezembro de 2021, autoridades brasileiras e suecas participaram de um evento de alto nível na Suécia para apresentação das seis primeiras aeronaves de produção em série que saíram da fábrica e entraram em fase de entrega. Na oportunidade, as delegações de ambos os países também tiveram a oportunidade de discutir as atividades conjuntas que serão benéficas para o Programa Gripen E.

Subscribe
Notify of
guest

65 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Funcionário da Petrobras

Qual previsão para decolarem?
Haverá algum canal que transmitirá ao vivo?

Fabio

Quando ocorreu o 1° voo, balanço geral Florianópolis estava ao vivo. Não sei se será o caso.

Ivanmc

Verdade.

Angelo

Beleza, 2 unid por ano….em 18 anos estão todos aqui…se não furar o pneu dos navios…rsrrsrsrs

OSEIAS

Fica tranquilo, esse ano você terá a oportunidade de votar em deputado federal, estadual e senadores que se importem com o tema de defesa e que possuam propostas reais para mudar esse panorama. Ai na sequencia você terá a oportunidade de cobrar seus parlamentares durante seu clico de 4 anos de mandato para deputado e de 8 anos para senador sobre as propostas ligadas ao tema defesa. Olha que coisa boa, agora vai.

Joao Motta

PERFECT!!!!!

Pedro Fullback

Novamente colocando culpa na sociedade e no Congresso Nacional. Digo e repito, as forças armadas possuem um orçamento de 80 bilhões de reais durantes anos, há muito tempo que as forças armadas ficam entre os top 4 dos maiores orçamentos dos Governos Federais. A sociedade e o congresso não tem nada a ver se os militares comprometem o seu orçamento com pensão e salários. 80% do orçamento fica comprometido com pensão e salário, logo, fica a pergunta, falta dinheiro ou administração? Em qual momento os militares pediram uma PEC para melhorar a previdência dos militares que é deficitário ? Com… Read more »

OSEIAS

Ai você mata papai, se o povo e seus representantes que tem poderes de criar leis e fiscalizar o sistema não tem culpa? E responsabilizar os militares que seguem leis criados pelos representantes do povo ai não sei de mais nada, ficou difícil. Não gosta de como as coisas acontece na casenar, eleja representantes que mude isso!!

Jadson S. Cabral

Você quis dizer votar em oportunistas que se apropriam do discurso de defessa e segurança pública para ganhar, mas depois que estão lá são iguais ou piores que os outros, a exemplo de uns cidadãos aí da eleição de 2018

Amon Rá

Perfeito. Os militares estão no poder agora e o que fizeram? Aumentaram seus salários, criaram o cargo de marechal de contracheque para elevar o soldo de alguns, num unico ano compraram 740 toneladas de picanha superfaturada, 40 ton de filé de bacalhau, 40 mil cervejas por preço 65% acima do mercado, 35 milhões de gasto com cartão corporativo só em 2021, dentre outras coisas, e lançaram e continuam lançando uma quantidade de concursos públicos como nunca se viu antes para aparelhar mais ainda as obesas FAs. É a tropa do capitão virgulino bolsolão. Quem não usa seu orçamento com competência… Read more »

Marcos Thomas

perfeitamente colocado, irrefutável.

OSEIAS

Jadson, há dois caminhos a serem seguidos, ou você se coloca como candidato e luta para ser eleito ou você organiza um grupo para fiscalizar os políticos e apresentar propostas e se mobilizar com protestos bem planejados e pacíficos. A mudança começa por pequenos atos e por você.

Jefferson Ferreira

Culpa não é só dos políticos não… pra falar a verdade são os menos culpados, orçamento da defesa é um dos maiores do governo… os militares são os maiores culpados, já que a prioridades deles é outra, basta ver a lista quando há licitações…

Camargoer.

Olá Jef. Tenho defendido este mesmo ponto de vista há bastante tempo. A origem dos problemas das forças armadas brasileiras é estrutural e está dentro das forças armadas

OSEIAS

Olá Jefferson, se você tem uma empresa e em determinado setor se encontra uma verdadeira bagunça pois cada um faz o que quer ali. De quem é a culpa? Dos bagunceiros ou do dono? Se o povo elege representantes que não se interessam pela defesa, os caras fazem o que querem lá. Quer mudanças no meio militar? Tem que eleger políticos com essas propostas. Não espere que os caras vão mudar por si só.

Allan Lemos

O ritmo das entregas vai aumentar, segundo o cronograma.

Alexandre

É impressionante que pessoas que devem (ou deveriam) seguir os canais e sites de defesa ainda façam esse tipo comentário, desconhecendo o fato de que existe um cronograma de entregas sendo seguido e que todos os 36 aviões do primeiro lote serão entregues até 2026. Esse dois aviões desembarcados são parte do lote de quatro entregues no final de 2021 e, até o final de 2022, outros seis serão entregues.

RPiletti

P/ o próximo 7 de setembro teremos 5 no ar… poderiam voar com os misseis inertes…

Last edited 9 meses atrás by RPiletti
Beto

Se tudo der certo, serão 4. O outro não é para as operações da FAB.

Flanker

Se vão voar em 7 de setembro, ou não, com mísseis ou sem mísseis, eu não sei. Mas, o 4100, primeiro exemplar recebido faz parte dos 36 Gripen adquiridos pelo Brasil. Assim que terminar o desenvolvimento do programa, ele terá seus sistemas, sensores e tudo mais, padronizados com os demais exemplares e será entregue ao setor operacional da FAB.

Jadson S. Cabral

Acho que não. Se esses só vão estar operacionais lá pro fim do próximo mês ou junho, suponho que os outros devem estar voando aqui lá pro fim do ano mesmo

Vitor

Lindas imagens!
A questão do cone frontal ficou evidente agora.
Inicia uma nova era na FAB! Brasil!!!

Cristiano GR

Sim a questão do radome com desenho diferente foi lançada por mim e outros participantes aqui dos debates e a resposta foi que estávamos vendo coisas, que era só ilusão de ótica por posicionamento da foto. Aí uns dias depois foi reconhecido que houve, sim, alteração no desenho.

Jadson S. Cabral

Foi reconhecido? Quem reconheceu?

Flanker

A própria FAB. Procure aqui no Aéreo.

Felipe Maia

Com certeza é frescura minha, mas sei lá, ainda prefiro que eles venham voando.

Os F-18 são entregues voando. Rafael vai voando. Super Tucano vai voando. Até os nossos F-5 vieram voando.

Com um ferry range declarado de 4000 KM, partido da Suécia o Gripen faria uma parada em Portugal, uma em Cabo Verde, uma em Natal e depois Anápolis.

Transporte via navio e traslado até o aeroporto certamente sai mais em conta. Porém o transporte todo não fica imune a riscos e acho que traz bem mais transtornos à rotina de portos e aeroportos.

Henrique

Seria também uma boa propaganda para mostrar o alcance do Gripen, esse é um aspecto muito criticado.

Francisco AMX

por isso não vem voando…autonomia de F-5+ com payload de F-5++, perna curta!

JT8D

Nossa, que preguiça, hein. Vai pesquisar o alcance do Gripen E. É a principal diferença da versão E/F em relação à versão C/D

Joao Motta

Talvez quando estiverem totalmente certificados pode ser que aconteca; ate la….

BK117

Eu duvido muito. Quando estiverem certificados completamente, podem vir até com um reabastecedor, mas é bem mais arriscado. Imagina se rola uma pane de motor no meio do atlântico? É uma aeronave 0km e bem cara, seria um pesadelo tanto pra FAB quanto pra SAAB perder uma no traslado. Por mais que seja mais demorado, é bem mais seguro de navio, e imagino que a empresa do navio fique responsável pela chegada segura da aeronave (se alguém puder confirmar isso eu agradeço). De qualquer forma fica aqui esse belo vídeo do traslado dos belíssimos Mirage 2000 em voo para Anápolis:… Read more »

Flanker

Exatamente.Lembrem que a FAB perdeu um F-5, do lote inicial, quando de sua chegada no Brasil , na última perna do voo de traslado.

Ivanmc

É isso mesmo, a questão logística mais segura, econômica e eficaz foi essa, por via fluvial.
Acho que seria interessante, mesmo alguns virem voando nas próximas entregas.

Cristiano GR

Fluvial não. Marítima.

Luís Henrique

Não se preocupe com isso, em breve os Gripen sairão da linha de montagem da Embraer e não será mais necessário o uso de navios, nem de voos intercontinentais com várias paradas.

Flanker

Além desse 3 que já chegaram, faltam vir mais 12 da Suécia. Os outros todos serão produzidos aqui.

Alexandre

Até o final de 2022 serão entregues outros seis, pelo cronograma.

Cristiano GR

Acompanhei ao vivo pelo youtube a transmissão do traslado até o aeroporto por parte de uma pessoa de SC, não lembro o nome, mas durante a transmissão pude ouvir que ele comentou que “a ponta da asa deu uma raspada na placa” que seria uma placa de trânsito da cidade.

Teve também o momento que os caças entraram na rua que passa atrás da pista do aeroporto e na entrada dessa rua tiveram de passar por cima de “tartarugas” de sinalização, dando solavancos desnecessários aos caças.

Flanker

Tu tens o link do vídeo para confirmarmos essas informações? Sei lá, mas o que tinha de gente em volta, enchendo o saco e atrapalhando!! Deveriam trancar todo o trânsito no perímetro que será utilizado para o traslado porto-aeroporto. Só entra o pessoal envolvido e os moradores que residem nessas ruas, caso precisem transitar por ali na hora do transporte das aeronaves.

Sensato

De fato vi isso também mas vamos pensar que são aviões de caça, preparados para pousar e decolar em estradas, com mísseis pesados pendurados nas pontas de asa? Não é o avião da Elsa, feito de gelo…

JT8D

Eu acho que para um avião que suporta 9G e a os esforços do voo supersônico, umas tartarugas não fazem nem cócegas

Rodrigo

O Gripen umas 15 ou 16 toneladas e pousa a uns 300km/h num catrapo violento.
Passar numa tartaruguinha a 5km/h não é problema pra ele.

Agora a ponta da asa, o bizu é que já combinaram com o Tião funileiro, foi só uma raspadinha, ele dá uma mãozinha de tinta e tá zero de novo.

Marcelo Baptista

Taca massa e pinta, ta novo. Que nem meu chevette, ehehhee.

Jadson S. Cabral

Acho que o seguro de vir voando deve ser bem mais caro? Se acontece uma pane no meio do oceano e a aeronave cai, quem paga o prejuízo? Será que a SAAB aceita ou seria responsabilidade da FAB? E o pilo se ejetasse no meio do atlântico? Quem resgata? O Gripen ainda é uma aeronave em desenvolvimento, no meio de um processo de certificação. Acho bom ter prudência.
Eu, se comprasse um carro de luxo, não ia querer que trouxessem ele dirigindo.

Flanker

Sem grosseria, mas é apenas frescura sua, mesmo.

Alexandre

Os Gripen E não são aeronaves homologadas e mesmo o F-39E FAB 4100 usa uma autorização especial para os voos no Brasil. Não há nenhum problema em relação à autonomia. Eles podem tranquilamente voar o trecho Dakar-Recife, por exemplo.

Henrique

Eu gostei dessa “rinoplastia” que os Gripen de série tiveram, eu acho que ficou melhor esteticamente.

Lael

Ahh, eu fico muito feliz!
Dá um animo ver os gripen chegando.

737-800RJ

[Quase OFF] Acabei de retornar da exposição do Gripen na FGV em Botafogo. O bicho é muito imponente, e com os Meteor em baixo das asas se tem a noção do salto gigantesco que a FAB está dando. É pólvora de respeito! O responsável pela apresentação da aeronave é um tenente aviador muito educado e gente boa (Lucca, se não me engano), piloto de F-5 no Jambock. Enchi o cara de perguntas e me respondeu todas com muito boa vontade. Uma delas é se o Jambock um dia receberá alguns Gripens para chamar de seus, e ele me afirmou que… Read more »

20220404_145657.jpg
Pedro Fullback

Sabe me dizer que para visitar o cockpit precisa fazer o agendamento ? Infelizmente estão todos esgotados.

737-800RJ

Sim, precisa! O acesso ao cockpit é feito depois da conferência na entrada, onde verificam seu nome na lista e te dão uma pulseirinha.

Meireles

Ainda está sem o IRST, esse projeto tem muitos panos pretos.

Francisco AMX

só uma coisa…de novo… cadê o IRST?

BK117

Cansou de ficar no avião e agora é porteiro do Jabba the Hutt em Tatooine.

Se você estiver falando sério, ele estava instalado, mas foi removido para traslado. Equipamento sensível. Relaxa, que vai ter.

images.jpeg
Sérgio Luís

Cadê os IRTS?!?!?!
Ñ vão dizer que não pode molhar na chuva!!
Espero que seja instalado antes de voar!

JT8D

Eu acho que esqueceram de montar. Liga lá pra Saab e avisa eles

Sensato

Não consigo acreditar que uma pessoa pergunte uma coisa dessas a sério.

Sérgio Luís

Sabidao, o equipamento descolou e caiu no ralo do portão! Dá uma olhada lá pra nós!

Last edited 9 meses atrás by Sérgio Luís
Sérgio Luís

Liguei e me disseram que foi a chuva que dissolveu a cola.

JT8D

Chega a ser divertido ver o nível das dúvidas de alguns. É uma mistura de ignorância com chatice que dá até dó

Flanker

O que mais irrita é a insistência…a repetição!! Eu acredito que fazem só pra trollar, mesmo…não é possível serem tão desinformados assim!!

Sensato

Queria acreditar que estão aqui apenas por diversão e não por motivos bem menos inocentes.

francisco

O carcará (a águia do sertão) chegou.

Bruno

Uma pergunta, estes caças deveriam ter aquele sensor infra vermelho IRST na frente, ou isso será instalado posteriormente?