terça-feira, janeiro 18, 2022

Gripen para o Brasil

Noruega aposenta o F-16 enquanto o F-35 assume a defesa aérea nacional

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A Noruega aposentou o Lockheed Martin F-16 Fighting Falcon, com o Lockheed Martin F-35 Lightning II Joint Strike Fighter (JSF) oficialmente assumindo todas as funções de aviação de combate desde o início de 2022.

A Royal Norwegian Air Force (RoNAF) anunciou o marco em 6 de janeiro, observando que suas 57 aeronaves F-16AM/BM restantes, recebidas pela primeira vez em 1980, foram totalmente substituídas pelo F-35A, as primeiras de um total de 52 foram recebidas em 2015.

“Com densa neve em Evenes, o F-35 começou hoje a tarefa de cuidar do espaço aéreo norueguês. Ao mesmo tempo, o F-16 foi agradecido por 42 anos de serviço para a Noruega e a OTAN”, disse a RoNAF.

Conforme observado pelo RoNAF em seu anúncio, com a transição dois F-35As foram colocados em prontidão de alerta de reação rápida (QRA) de 15 minutos. Embora o F-16 tenha executado esta missão de Bodø, o F-35 o fará de Evenes.

Antes de assumirem seu papel nacional de QRA, os RoNAF F-35As voaram na missão de policiamento aéreo islandês da OTAN durante 2020–21.

FONTE: Jane’s

- Advertisement -

29 Comments

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos10

Aproveitando…. há excelente matéria na FlightGlobal sobre o caça de sexta geração da USAF, já indicando algumas capacidades da aeronave.

Nonato

Não vi nada demais na matéria.
Com todo respeito.
Mas cabe aos editores avaliar.

Nonato

Pelo que vi falou mais em inteligência artificial. E maior alcance e maior baia de armas. Inteligência artificial não ganha guerra. Você tem de ter melhores radares e mísseis. E se puder aumentar a furtividade inclusive para baixa frequencia e para o IRST. Dizer que o avião, usando IA, irá fundir informações de diversos sensores… que sensores que nem hoje existem… Esses loyal wingman que testam há anos e até agora nada. Aí a russia de repente já usa aquele drone 70… Tem que ter mais pragmatismo e pressa. Há vários caminhos inclusive aviões hipersonicos, lançados por foguetes, iguais naves… Read more »

Jadson S. Cabral

Já já os maria vai com as outras vêm aqui babar o F-35 e desfazer do Gripen, por causa da tal “fala” lá do general tailandês. É impressionante que desde que o surgiu os boatos de que um brigadeiro teria dito que a FAB estaria pensando no F-35, mais agora essa da Thailandia e mais um monte de murmúrio que vem surgindo sobre o custo do F-35 ser supostamente baixo que nego agora acha que o F-35 deveria ser a “escolha” da FAB. Quem cai nesse papinho é no mínimo muito inocente. Nem parece que o governo americano e a… Read more »

Bruno Vinícius

Claro, porquê a LM vai perder tempo e dinheiro para convencer os entusiastas aqui da trilogia que o F-35 é uma boa opção para a FAB, afinal, temos o poder de veto nas decisões de compra da Força Aérea…

João Fernando

O F16 é mais capaz que o Gripen. Fim

Marcos10

Na primeira imagem dá para ver bem onde vai o paraquedas da aeronave.
E estranho que os misseis vão na asa, notando-se quão fora do eixo o memso fica.

Barak MX para o Brasil

Engenheiro da Lockheed Martin.

Henrique

Se o F-35 mostrar todo o desempenho prometido e for usado por muitos países é possível que caças de 4 geração se “desvalorizem”, fiquem mais baratos? Se o F-35 for realmente muito melhor e for mais barato que um Rafale eu não vejo muito motivo pro francês alardear superioridade e vai se ver obrigado a abaixar o preço.

Marcos10

Há custos mínimos a serem cobertos, então pouco provável que baixem os preços.

Nonato

Esses aviões terão sempre que voar com aquele “refletor” para não entregar a assinatura radar aos russos?
Patrulhamento convencional não exige furtividade.
Pelo menos não a ponto de entregar um “segredo” militar.

Almeida

Estão voando com mísseis externos, isso já quebra boa parte da furtividade. E tem a aplicação do RAM, que pode ser propositalmente deixada de lado.

Teixeira

Olha a compra de oportunidade para o Brasil aí na solução de prateleira

Cristiano GR

Começou.
Eu falei… kkkkk

Last edited 10 dias atrás by Cristiano GR
Almeida

E pra piorar ainda vem outro falar da MB kkkkkkk

Elias

Melhor seria o f18 da Finlândia para a nossa marinha….

Cristiano GR

Daqui a pouco aparece uns dizendo que o Brasil poderia adquirir os F16… kkkk

Nonato

E por que não?

Leandro Costa

Custo de manutenção, capacidades, logística, etc. O que não falta é motivo.

Henrique

É melhor comprar mais Gripen. F-16 mesmo usado não deve ser muito + barato que o sueco.

Carvalho2008

Mas é por isto que os LIFTs não decolam nas vendas…temos de dar o braço a torcer que o bichano inundou o mercado de 2a mão….e com dois tapas, fica muito bom para quem está alinhado aos EUA…..de uma garibada e põe para voar noutra força….

Sérgio Luís

Um interceptador de mach 1.6 !?!
Limitado a 4 mísseis ar-ar?!
Pseudo furtivo!?!?
Ñ obrigado!
Prefiro aguardar o próximo projeto!

Last edited 10 dias atrás by Sérgio Luís
Johan

Se os Viggens Suecos interceptavam SR-71. Interceptação não é pelo ângulo das 06:00 como você pensa. Lembra das aulas de física no 2* grau? Velocidade inicial, aceleração, velocidade relativa e por aí vai?
Quatro mísseis ar-ar dá e sobra para interceptação. Você confundiu interceptação com persistência em combate ar-ar.

Inimigo do Estado

Os vikings estão pirados, um caça que nem chuva pode ver. Odin está decepcionado….

Leandro Costa
Johnny

Estranho nenhum militar argentino ter ido testar os F-16 noruegueses. Os caras testam tudo, não compram nada e quando se aventuram a comprar… vejam o fracasso do SEM (Super Etendard Modernizado ou SEM de sem voar mesmo).

Johan

Argentina virou exemplo negativo. Incompetência total. Não há dinheiro para nada e agora saiu notícia que não conseguiu renegociar com o FMI, ou seja, vai de mal a pior!

Jonas

Enquanto isso ,um ‘certo’ país Sul-americano, comprou vetores ainda “na prancheta” ,que serão totalmente entregues ,por volta de 2030/5😒

Albedo

Compremos imediatamente os F16 deles.

Últimas Notícias

Chile quer comprar aeronaves britânicas E-3D Sentry ‘AWACS’ aposentadas

Uma fonte disse ao UK Defense Journal que o Chile está procurando comprar “mais de uma” aeronave E-3D aposentada...
- Advertisement -
- Advertisement -