Home Aviação de Transporte Exercício Culminating: KC-390 decola para os Estados Unidos

Exercício Culminating: KC-390 decola para os Estados Unidos

2594
46

A aeronave decolou da Ala 2 – Base Aérea de Anápolis com a tripulação e militares do Exército, além de carga de apoio ao exercício

A aeronave KC-390 Millennium decolou na madrugada desta terça-feira (12/01) da Ala 2 – Base Aérea de Anápolis rumo à Louisiana, nos Estados Unidos, para participar do Exercício Operacional Culminating até o próximo dia 5 de fevereiro. Embarcaram na aeronave 21 militares do 1° Grupo de Transporte de Tropa (1° GTT) e três militares do Exército Brasileiro que irão participar do exercício.

A primeira parada da aeronave foi em Boa Vista (RR) e, na sequência, o KC-390 realizou pouso técnico em Porto Rico, de onde seguiu para o Aeroporto de Alexandria, em Louisiana. De lá os militares se deslocam para Fort Polk, uma unidade do exército norte-americano, que será a base dos participantes.

O treinamento envolve o emprego de militares do Exército Brasileiro e do Exército dos Estados Unidos em diversas missões, entre elas, operações aeroterrestres com a participação das aeronaves KC-130J, C-17 e do KC-390 Millennium.

O embarque para a o Exercício Culminating é uma fase inédita na implantação da aeronave na Força Aérea Brasileira (FAB). “A primeira participação do KC-390 em um exercício operacional é o coroamento de três anos de implantação da aeronave na FAB”, destacou o Comandante do 1° Grupo de Transporte de Tropa (1° GTT), Tenente-Coronel Luiz Fernando Rezende Ferraz.

Após mais de um ano do recebimento do primeiro KC-390 pela Força Aérea Brasileira, o 1° GTT já está operando quatro aeronaves, as quais realizam missões fundamentais para o Brasil, como a atuação na Operação COVID-19 de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. “Tenho certeza que os militares estão prontos para cumprir as missões para representar bem o Brasil no Exercício Operacional Culminating”, complementou o Tenente-Coronel Ferraz.

De acordo com o comandante da Ala 2 – Base Aérea de Anápolis, Coronel Aviador Gustavo Pestana Garcez, houve uma preparação especial, não só dos militares, como também da aeronave KC-390 para participar do exercício. “Essa preparação mostra a capacidade da FAB de, em pouco tempo, formar tripulantes operacionais e deixá-los prontos para um treinamento com essa envergadura”, explica.

A preparação também contou com a participação efetiva de diversos órgãos, entre eles, o Comando de Preparo (COMPREP), que é responsável por estabelecer a doutrina e determinar os detalhes do treinamento; o Comando-Geral de Apoio (COMGAP) e a Comissão Coordenadora da Aeronave de Combate (COPAC), que foram fundamentais na preparação da aeronave e da logística necessária; além do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), que coordenou todos os detalhes determinantes para a participação no exercício.

A aeronave multimissão de fabricação e desenvolvimento nacional, foi concebida tendo como característica fundamental a interoperabilidade, de forma a integrar não só as missões da Força Aérea, mas também do Exército e da Marinha. No Exercício Culminating esse aspecto é colocado em evidência já no embarque no Brasil. A aeronave, que será utilizada para a realização de saltos dos militares do Exército, também está transportando os equipamentos que serão utilizados pelos paraquedistas brasileiros.

A Sargento Fernanda De Paula é uma das loadmasters da missão, militar responsável pela coordenação da carga, e explica como os equipamentos são alocados. “Estamos levando oito toneladas de carga, entre material para os paraquedistas e material do esquadrão. Nós preparamos a carga, de forma que o centro de gravidade da aeronave fique dentro do padrão de performance de voo”, explica sobre a organização no interior do KC-390, que possui um moderno sistema de paletização.

Além da função específica durante o traslado, o loadmaster também tem papel fundamental nos treinamentos executados no Exercício Operacional, pois são eles que se comunicam com os paraquedistas nos momentos prévios ao salto para passar informações sobre a aeronave. “Durante o treinamento, nosso maior desafio será a comunicação em uma língua diferente do português, já que a nossa função é passar aos paraquedistas tudo que nós estamos fazendo, por exemplo, comunicar os momentos de salto. Mas nos preparamos para esse momento e temos certeza que será bem executado”, ressaltou a militar.

KC-390 Millennium

O KC-390 Millennium e a tripulação vêm passando por fases de certificação e, após a conclusão de determinadas etapas, as tripulações passam a operar as diversas funcionalidades do avião até atingir a capacidade final de operação (Final Operational Capability – FOC), que estará disponível em todos os KC-390 Millennium da FAB.

FONTE: Força Aérea Brasileira

LEIA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
46 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ednardo curisco
ednardo curisco
3 dias atrás

Sucesso na missão!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
3 dias atrás

Sucesso na missão e que impressione os observadores internacionais e quem sabe consiga algum negócio!

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
Reply to  Fabio Araujo
3 dias atrás

Negocio nos EUA nem sonhe! Porém quanto mais vista ao mundo, maior facilidade de alguém comprar!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  DOUGLAS TARGINO
3 dias atrás

Nesse tipo de exercício sempre tem outros países participando e/ou como observadores, estou pensando nesses e não nos americanos, após os exercícios esses observadores sempre mandam relatórios para casa!

Silva
Silva
3 dias atrás

Moro perto da pista de pouso do aeroporto de Goiânia, por sorte visualizei duas aproximações do KC-390. Não pode ser o maior cargueiro do mercado, mas é bonito e bastante parrudo.

Registro, inclusive, que na primeira vez o trânsito até parou para vê-lo.

Uma bela aeronave em seu estado de arte, todos requisitos para ser um sucesso do que já é.

Santos 2020
Santos 2020
3 dias atrás

Que essa missão seja coroada de sucesso e a troca de experiência seja proveitosa a todos os participantes.

Funcionário dos Correios
Funcionário dos Correios
3 dias atrás

Incrível como esse KC-390 é um avião imponente e lindo.

Carvalho2008
Carvalho2008
3 dias atrás

Teste

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
3 dias atrás

Esse avião ficaria um pouco brasileiro se tivesse motores brasileiro! O motor é americano e quase todos os seu componentes são americano! É basicamente o avião americano montado aqui! Certo?

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Reply to  Yuri Dogkove
3 dias atrás

Aliás, o Brasil tem capacidade para desenvolver e fabricar motores?

Last edited 3 dias atrás by Yuri Dogkove
João Fernando
João Fernando
Reply to  Yuri Dogkove
3 dias atrás

Ter tem, mas tem vontade?

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Reply to  João Fernando
2 dias atrás

Na verdade, a “falta de vontade” é a desculpa para a “incapacidade”! E tenho dito.

Flanker
Flanker
Reply to  Yuri Dogkove
3 dias atrás

Os motores do KC-390 são fabricados pela IAE, que é uma joint-venture entre empresas dos EUA, Reino Unido, Japão e Alemanha.

RICARDO
RICARDO
Reply to  Yuri Dogkove
3 dias atrás

Tipo do comentário recorrente aqui no PA e amplamente discutido … será que alguém poderia “desenhar” para ele a resposta ???

jose
jose
Reply to  RICARDO
3 dias atrás

comentário desnessário e arrogante

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Yuri Dogkove
3 dias atrás

E avião é só motor né… Yuri, seu comentário é tão “infantil” que não me dá vontade de responder.

Pedro Bó
Pedro Bó
Reply to  Yuri Dogkove
3 dias atrás

Poucos países produzem turbinas e motores aeronáuticos. Até os chineses, tão badalados por alguns comentaristas, tem dificuldades na área.

Junior
Junior
Reply to  Pedro Bó
3 dias atrás

Depois de anos investindo pesadamente, só agora eles começam a ver uma luz no fim do túnel, ou seja, ainda há a necessidade de investir mais alguns bilhões de dólares pela frente para e chegar em algo minimamente moderno e aceitável

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Reply to  Junior
2 dias atrás

A fake news só se propaga quando ela vai de encontro a pessoas que não se preocupam minimamente de se informar! https://www.defenseworld.net/news/26455/China_Replaces_Russian_Engine_in_J_10C_Jet_With_Locally_made_WS_10_Taihang#.YAA9h-hKjcs

Pedro Bó
Pedro Bó
Reply to  Yuri Dogkove
2 dias atrás

O WS-10 não é um modelo iniciado do zero. Ele aproveita tecnologia do GE F-101 adquirida nos anos 80. Portanto, já se vão mais de 30 anos de desenvolvimento.

Ressalto, ainda, que a dificuldade em se desenvolver turbinas e motores aeronáuticos não reside na parte mecânica, mas sim na usinagem de seus componentes, que precisam ser resistentes à fadiga e fluência.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Yuri Dogkove
2 dias atrás

É o comentário mais ignorante sobre aviação que eu já vi aqui. É quase que ‘avião voa por magia negra, certo?’

GFC_RJ
Reply to  Yuri Dogkove
2 dias atrás

Meu querido,

Veja este artigo e se atualize um pouquinho sobre indústria. Ah… bem vindo ao séc. XXI!

https://braziljournal.com/marcos-lisboa-licoes-da-saida-da-ford-do-brasil

Abraços.

Tomcat4,2
Tomcat4,2
3 dias atrás

O bichão bruto, sucesso na missão!!! Que máquina viu!!! Vai lá mostrar pro KC-130 que ele pode se aposentar tranquilo pois o “piano” continuará a ser transportado e muito bem transportado!!!!

Rodolfo
Rodolfo
3 dias atrás

Um avião desse porte não tem autonomia pra fazer Brasil – EUA sem escalas. Era mais fácil ter embarcado os militares num 737 max da gol que vai direto.

Pablo
Pablo
Reply to  Rodolfo
3 dias atrás

os paraquedistas foram num avião fretado, e o KC, além de participar do exercício, está levando 8 toneladas de equipamentos entre material para esquadrão e paraquedistas.

MestreD'Avis
MestreD'Avis
Reply to  Pablo
3 dias atrás

“Embarcaram na aeronave 21 militares do 1° Grupo de Transporte de Tropa (1° GTT) e três militares do Exército Brasileiro que irão participar do exercício.”
Podem não ter embarcado todos mas leva pessoal também

Pablo
Pablo
Reply to  MestreD'Avis
3 dias atrás

do exercito, se nao me engano, foram 3 militares
o resto era da FAB

Wagner
Wagner
Reply to  Rodolfo
3 dias atrás

não tem uma versão que pode fazer revo? Seria uma grande oportunidade de demonstrar…

GFC_RJ
Reply to  Wagner
3 dias atrás

A questão não é essa… Mais 150 militares participarão do exercício e isto não cabe no KC-390. Ademais, uma coisa é transportar carga a longa distância, outra é transportar pessoas. Se o transporte de pessoas nesses aviões fosse coisa normal, eu já teria andado de Globemaster ou Hércules de carreira à rodo. Mas eles não existem e não é à toa. Então… transportar pessoas em tempos de paz, vai em avião civil que é próprio pra isso. O KC-390 transporta a carga e vai participar dos exercícios. Não vejo problema algum na operação. Acho que tem um pessoal que procura… Read more »

Wagner
Wagner
Reply to  GFC_RJ
2 dias atrás

Apenas quis confirmar a capacidade do revo e mencionar que – como é de praxe observadores internacionais nesses exercícios – provavelmente estarão de olho em todas as etapas (inclusive a logística), sendo uma oportunidade pra demonstrar outra capacidade (revo) do KC-390. Em nenhum momento critiquei a decisão do vôo comercial para efetivo pessoal, tão pouco quis “caçar pelo em ovo”. Me desculpe se o comentário causou desconforto.
Tá cada dia mais difícil tecer comentários ou questionamentos hoje em dia…

GFC_RJ
Reply to  Wagner
2 dias atrás

Caro Wagner,

Relaxa, rapaz. O pelo em ovo não foi relativo a você não. Duvida é normal. De boa, também não sou profissional, só entusiasta.
Apenas pra galera aí que diz “aimm… mas o voo não foi diretommm”, “ih, mas o motor é americanããã”, “ah, mas eu queria armaduuu”…
Parecem esposas: se não tem motivo pra reclamar, sempre arrumam um.

Abs.

Flanker
Flanker
Reply to  Wagner
3 dias atrás

Todos os KC-390 da FAB, como o próprio indicativo KC demonstra, tem a capacidade de abastecerm e ser reabastecidos em voo.

Joli Le Chat
Joli Le Chat
Reply to  Rodolfo
3 dias atrás

.

Last edited 3 dias atrás by Joli Le Chat
Joli Le Chat
Joli Le Chat
Reply to  Rodolfo
3 dias atrás

Olha aqui no mapa o alcance do avião com máximo payload (agora com a imagem no comentário):

(partindo de SBBR, alcance máximo de 1450nm)

map.gif
Last edited 3 dias atrás by Joli Le Chat
Matheus
Matheus
Reply to  Joli Le Chat
3 dias atrás

Alcance Excelente. A parada em San Juan deve ter sido mais pra questões alfandegárias mesmo. Partindo de BBB iria até AEX tranquilamente.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Matheus
3 dias atrás

BVB.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Rinaldo Nery
3 dias atrás

BBB é Big Brother Brasil. kkkkkk

Matheus
Matheus
Reply to  Rinaldo Nery
2 dias atrás

Hahahah nem me atentei ao erro, Coronel! Saudações.

Billy
Billy
3 dias atrás

Exercício que se transformou em coisa alguma…

jose
jose
Reply to  Billy
3 dias atrás

exportação de coronga de lá prá cá e vice-vesa. já morreram dois generais, 4500 cidadaõs por dia no eua e 1200 aqui, e as forças armadas com essa programação bovina de novo normal, e todas as instiuições estão funcionando normalmente. esse exercício deveria ser cancelado. até quando esta insanidade?

Salomon
Salomon
Reply to  Billy
3 dias atrás

Hã?

Flanker
Flanker
Reply to  Billy
3 dias atrás

Como assim?

Farley Diego
Farley Diego
3 dias atrás

https://youtu.be/wq_gLV8dm4o – Veja como foi o pouso do KC-390 nos Estados Unidos para o Exercício Culminating

Last edited 3 dias atrás by Farley Diego
Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
2 dias atrás

Belo avião americano!

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Yuri Dogkove
2 dias atrás

Yuri, comentarios assim só mostram o quanto você não sabe nada deste mundo. Imagino que tenha não mais que 10 anos de idade. Porque se tiver… Puxa, bom correr atrás de algum especialista que possa analisar seu caso.

Last edited 2 dias atrás by Fernando EMB
Matheus
Matheus
Reply to  Fernando EMB
2 dias atrás

Deixa ele, Fernando! Nem perco meu tempo mais. Tem um pessoal que gosta de viver na ignorância.