Home Aviação Militar Klimov: ‘Exportar democracia’ é difícil para países com sistemas russos

Klimov: ‘Exportar democracia’ é difícil para países com sistemas russos

5164
157
Sistema de defesa aérea S-400 Triumf

Avaliando a tentativa dos senadores americanos de proibir a venda de aviões militares avançados F-35 a países com diferentes tecnologias militares, incluindo os sistemas de defesa aérea russos, o senador russo Klimov apontou a intenção original de Washington, dizendo que seria difícil impor a ‘democracia’ em países com S-400

Respondendo às perguntas da imprensa sobre o assunto, o Presidente do Comitê da Federação Russa para a Proteção da Soberania Nacional, Andrey Klimov, afirmou que o projeto de lei dos senadores norte-americanos se baseava em razões comerciais e políticas.

Klimov, avaliando o projeto de lei dos senadores dos EUA para proibir a venda de aviões de combate a estados que compram sistemas estrangeiros e armas que representam uma ameaça potencial aos F-35s, especialmente os sistemas de defesa aérea e antimíssil S-400 russos, Klimov disse que o projeto era apenas direcionado na promoção dos interesses dos EUA no mercado de armas. Ele observou que as razões políticas também foram eficazes na decisão.

“Se com o tempo a Sérvia tivesse os complexos S-400, toda a frota aérea da OTAN teria caído no território da Sérvia. É difícil impor a ‘democracia’ em países com sistemas russos”, disse Klimov.

‘Especialmente não contra a Turquia’

Para o senador russo, o projeto de lei não é dirigido contra a Turquia em particular, mas por causa do impacto da expansão do mercado global de armas e antecipar a proteção dos interesses políticos dos EUA.

O site americano Breaking Defense escreveu que os senadores dos EUA enfatizaram a proibição da venda de aviões de combate a países que comprem sistemas e armas estrangeiras que representam uma ameaça potencial aos caças F-35, especialmente os sistemas de defesa antimísseis S-400 russos.

O sistema S-400 da Turquia foi testado pela primeira vez em 16 de outubro. Três mísseis foram lançados como parte do teste atingiram os alvos com sucesso.

S-400 lançando míssil 48N6E2

FONTE: Sputnik News

Subscribe
Notify of
guest
157 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos
Marcos
2 meses atrás

Dependendo do desfecho de amanhã, sou totalmente favorável que o Brasil compre o S-400. A ameaça foi clara: sanção ou invasão

“E se vocês não pararem [de destruir a floresta], sofrerão significativas consequências econômicas”

“O presidente Bolsonaro deve saber que se o Brasil deixar de ser um guardião responsável da Floresta Amazônica, minha administração reunirá o mundo para garantir que o meio ambiente seja protegido”, 

Wagner
Wagner
Reply to  Marcos
2 meses atrás

Bom, enquanto esse governo fizer tudo o que o Trump mandar, ou seja, ferrar todo nossa parque primário (agricultura e indústria do aço e dos combustíveis) em prol dos EUA, talvez o Trump não faça o que o outro camarada lá diz que quer fazer. Mas atente: é muito perigoso acreditar que os EUA de Trump são amiguinhos do Brasil.

Carlos
Carlos
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Na minha opinião, na prática, quem ganhar nunca olhará para o Brasil como amiguinho, mas sempre como “ferramenta”. Talvez a diferença seja: “Se fizer o que eu mando, ok!”, “Não faz o que eu mando, aguarde…”.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Carlos
2 meses atrás

E por acaso eles estão errados? Eles estão mais do que certos em defender os próprios interesses. Até mesmo o Reino Unido e o Canadá são apenas ferramentas para os EUA. Aliás, países não têm amigos, têm interesses. O Brasil é o único que ainda insiste nessa de “A Argentina é nossa amiga.”, “A China é nossa amiga.”, “Brasil e Paraguai são países irmãos.”. Quanta besteira.

Wagner
Wagner
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Allan, escrevi algo similar no mesmo momento que você! Kkkk legal! Mas é exatamente isso, só no Brasil se encontra essa mentalidade tacanha e simplória de se achar que as outras nações e outros povos são “amigos” ou “irmãos”. E assim vamos sendo capachos ao longo da história.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Pois é.

Carlos
Carlos
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Prezado Allan Lemos, em nenhum momento eu disse que a China era melhor. Apenas descrevi o que vejo acontecendo, o que aliás, está dentro do contexto da frase “Países não têm amigos. tem interesses” que sabiamente você escreveu. E se me permite. Não entre nessa ideia de: concorda com A, então e contra o B. O mundo das políticas nacional e internacional não funciona assim, só na propaganda.

Luiz Antonio
Luiz Antonio
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

O Brasil é igualzinho àquelas “casas das primas”. Todo mundo é bem vindo se trouxer uns trocadinhos. É assim desde quando as caravelas apareceram pelas praias de Pindorama. E continuará assim “nam omnia saecula”.

Alex prado
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Exatamente. Existe só interesses e negócios, partir do momento em que um desses dois não importar mais… Dane-se.

Wagner
Wagner
Reply to  Carlos
2 meses atrás

Sim, concordo. E vou além, com tanto acesso que temos hoje à informação que a internet possibilita, já passou do tempo de se perceber que não tem amizade entre governos.

Mgtow
Mgtow
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Ora ora. Abriram os olhos agoraem relação aos EUA minion? hahahahaha

Mauro
Mauro
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Brasil tem duas fábricas da Gerdau nos EUA. Não sei se sabes disso, não estão sujeitas e taxação alguma. Fabricamos aço lá dentro.

Biden vai acabar com a indústria do petróleo e do Fraking.. vai dizer quem quer acabar com o que para um trabalhador do cinturão da ferrugem.

Muita desinformação… e na boa cara, quero que o Biden seja eleito… vão sentir muitas, mas muitas saudades mesmo do Trump. Falo sério.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Mauro
2 meses atrás

É lógico, né, a tarifa é para produto importado, não o que é produzido lá dentro. Mas mesmo assim todo mundo sabe que o aço americano é vagabundo, ninguém compra aquela porcaria, por isso a taxação dos EUA, eles querem reativar fábricas velhas e insalubres de aço, para dar emprego aos caipiras que votam no Trump.

Não que eu apoie o Biden, esse cara pode ferrar meus negócios com essa paranóia com a Amazônia, mas Trump não é nenhum santo.

Wagner
Wagner
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Até onde eu saiba a Gerdau vendeu seus ativos nos EUA em 2018 para a Commercial Metals Company, incluindo no pacote as unidades na Florida, Tenessee, California e New Jersey, além de unidades de beneficiamento de vergalhões e distribuição de aço. Ao final de 2018 a empresa concluiu a venda de seus ativos ao redor do mundo todo. E quanto a Gerdau não ser taxada lá, o senhor saberia dizer como se dá essa operação? Saberia dizer também de onde vem o minerio de ferro que abastecia as unidades referidas? E qual a vantagem para o Brasil (em termos de… Read more »

Mauro
Mauro
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Sou economista: Cinco anos de graduação, especialização em Comex no Mackenzie, Mestrado e Doutorado na UNICAMP… não dá pra escrever aqui como isso tudo funciona …. sugiro ler a Folha de São Paulo ou os colunistas de O Globo,me parece que você joga nesse time. Mas pesquise sobre a diferença entre PIB (Produto Interno Bruto) e PNB (Produto Nacional Bruto), vais ter uma ideia de como funciona a produção globalizada e onde se gera a riqueza real. Vou repetir… torço muito para que Biden vença amanhã… Thomas Sowell já deu uma pista… será irreversível o que acontecerá com os EUA… Read more »

João Vitor
João Vitor
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Graduação em Economia dura quatro anos. Tem coisa errada aí, tá meio Decotelli isso daí…

Wagner
Wagner
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Bom, então me diz que empresa não é taxada nos EUA (oh come on Dr.!) e quais as fábricas da Gerdau estão funcionando nos EUA, as duas que você citou. Onde ficam? Nao achei nem na pagina da Gerdau, mas o senhor ao menos pode passar essa informação, não? E quanto à participação da Gerdau no PNB atual? E não, não leio a Folha nem o Globo. Essa dualidade rasa de pensamento que o senhor denota cansa. Ademais, obrigado pela dica entre PNB e PIB, ajudará a refrescar a memoria de muitos.

Caio
Caio
Reply to  Mauro
2 meses atrás

“Biden vai acabar com a indústria do petróleo” kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk ninguém conseguiu acabar com a indústria do cigarro, imagina a do petróleo.
ESSA FOI BOA, MELHOR DO AQUELA DO PAPAGAIO.
conspiracionismo de YouTube dá nisso. kkkkkkkkkkk.

Francisco Bastos
Francisco Bastos
Reply to  Caio
2 meses atrás

Deixe o papagaio fora disso. Ele já não está entre nós…

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Como é a história aí economista? sabia não que os EUA compram aço do Brasil? É esse aço que é taxado, não tem como o exportador aqui pagar tarifa para o produto que vai para lá, quem paga a taxa é quem compra de lá.

Edison Castro Durval
Edison Castro Durval
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Fabricas da Gerdau nós EUA gera emprego no Brasil??? Acho que não, já criar taxação, atrapalha sim o emprego no Brasil!

João Vitor
João Vitor
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Republicanos e Democratas fazem aquele joguinho de “good cop – bad cop” com o resto do planeta, o que interessa é a lei dos Estados Unidos que os autoriza a tomar o que quiserem a força num estalar de dedos. Os dois partidos bombardeiam países como se não fosse nada, como se não houvessem pessoas ali sob essas bombas….

Wagner
Wagner
Reply to  João Vitor
2 meses atrás

Exato. E os EUA fazem o mesmo joguinho good guy x bad guys ante seus oponentes de peso mundial e o pessoal cai nessa. Usando uma frase do Cmt. Robinson Farinazzo, não existe amizade em relações internacionais, existe interesse.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  João Vitor
2 meses atrás

Exatamente.
Republicanos e democratas são farinha do mesmo saco.
Estão lá para defender os interesses de apenas uma parte da população e as grandes corporações.
Apenas um é mais soft do que o outro.
E olhe lá.
Isso também demonstra o que a ‘democracia’ dos EUA.
O resto da população que se exploda.
Em tempo: Se Trump perder a eleição e não aceitar, veremos a faceta ‘República das Bananas’ dos EUA.

Caio
Caio
Reply to  João Vitor
2 meses atrás

Mas o povo da conspiração de vídeo, acredita que você está errado, acham que a luta é de anjos contra demônios. Deve ser atraso de maturidade, só pode.

Teropode
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Pois é , interessante que alguns se preocupam com o ferrar de nossa indústria primária , mas ao mesmo tempo ignoram que a industria setor terciário está sendo ferrado por produtos chineses a décadas , isto é típico das preocupações seletivas , um pode te decapitar , mas o outro não pode chutar sua canela ……

Wagner
Wagner
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Até onde eu saiba, o setor terciário da economia é o setor de serviços e comércio. Peço a gentilieza em demonstrar como o setor de serviços e comércio chines ferrou com o setor de serviços e comércio brasileiro sem levar em conta a degradação dos setores primários e secundários da nossa economia, realmente será interessante saber.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Setor terciário?
Desenvolva o raciocínio.

Teropode
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Corretor maldito 👿😠👿😠🤬🤬😤😡😠, me refiro só Secundário , pqp ,corretor traíra .

Kemen
Kemen
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Na politica não existem amiguinhos, existem aliados e existem interesses, e nós estamos a tempo abrindo mão dos nossos interesses econômicos (do Brasil) para atender aos interesses econômicos dos E.U.A.N., como brasileiro acho isso incompreensivel.__ Paises da U.E. também tiveram produtos sobretaxados, a U.E. respondeu com sobretaxas aos produtos dos E.U.A.N.__ O mesmo aconteceu com a China, ela também devolveu com a mesma moeda.__ Ai com a ameaça do 5G invadindo o mercado norte americano com a importação da tecnologia por empresas privadas norte americanas, o presidente, (imaginem só) acusou a Huawei de espionagem.__ Depois pediu ao Brasil para não… Read more »

leonidas
leonidas
Reply to  Kemen
2 meses atrás

Fala ai um aliado que respeita quem não sabe respeitar a si mesmo?
rs

Wagner
Wagner
Reply to  leonidas
2 meses atrás

Impossível!

Wagner
Wagner
Reply to  Kemen
2 meses atrás

É surreal o que se vive hoje o Brasil.

Kemen
Kemen
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Vai além da nossa imaginação, talvez até por coisas que não sabemos por serem segredo de estado.

Sergio Machado
Sergio Machado
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Antes de armar-se, deveria fazer o tema de casa e parar de por a bunda na reta. Deixar de incentivar queimadas, garimpo ilegal, aparelhar Ibama, ICMBio, desqualificar o INPE, falar abertamente em passar a boiada na desregulamentação ambiental, demitir quem fala que a Amazônia tem queimadas etc etc. Sem atitudes concretas, não tem como, parafraseando o vice Mourão, ” dominar a narrativa”. Há interesses estrangeiros? Sem dúvida, mas jogando sangue na água não dá pra reclamar de tubarão, nem por a culpa ” nos esquerdista”. Difícil entender tamanho amadorismo.

Wagner
Wagner
Reply to  Sergio Machado
2 meses atrás

Exatamente! Magistral seu comentario. Nao deviamos pensar em preservar a amazônia por causa de pressões internacionais mas sim porque é essencial preservá-la, meu Deus do céu! O mesmo para todos os biomas brasileiros. E parar também com esse papinho furado de “plantamos para alimentar o mundo”, se planta para ganhar dinheiro, ora bolas.

Teropode
Reply to  Marcos
2 meses atrás

Eita 😯🤣 , o extremismo realmente emburrece ambos os braços kkkkkkkkkk

Carlos
Carlos
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Pior… Essa coisa China = diabinho, EUA = anjinho e vice-versa é muito limitada. Enquanto alguns pensam assim, os negócios rolam aos milhões entre eles. Ah, isso vale para outros países.

Teropode
Reply to  Carlos
2 meses atrás

Por isso não sou favorável a alinhamentos ideológicos , defendo a terceira via , Brasil primeiro ….

Mgtow
Mgtow
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Vc é um dos propagadores do extremismo aqui no blog minion. Agora ta querendo pular do barco é´? Não adianta, sempre estarei por aqui para apontar quem é quem. Aqueles que vibraram com a entrega do brasil para os EUA por esse pateta que ta na presidencia serão sempre lembrados por aqui. E vc é um deles?

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Marcos
2 meses atrás

Exatamente. Se o Sleepy Joe quiser lacrar contra o Brasil, nós poderíamos retaliar comprando o S-400. Os EUA podem muito, mas não podem tudo. Duvido que eles iriam gostar de um equipamento desses operando no quintal deles. Mas também duvido que o capitão saiba jogar esse tipo de jogo geopolítico.

Bardini
Bardini
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Retaliar os EUA…
.
Essas crianças de hoje em dia. São tão engraçadas…

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Bardini
2 meses atrás

Bardini, é mais provável que crianças sejam aqueles que ainda acham que os EUA são onipotentes. Acha mesmo que os EUA simplesmente dariam de ombros caso o Brasil decidisse comprar o S-400? Meu caro, há tecnologias americanas no Super Tucano, há tecnologias americanas e britânicas no Gripen. O Brasil operando o S-400 significaria que haveria russos tendo acesso a dados de performance de componentes americanos e britânicos. Por quê você acha que a Casa Branca está se esforçando ao máximo para tentar fazer todos os países banirem o 5G da Huawei? Acha que eles não se importariam se nós preteríssemos… Read more »

Kemen
Kemen
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

E porque essa “retaliação” norte americana disfarçada de sobretaxa e limites de importação às nossas exportações para os E.U.A.N., não compramos os S-400, seria pelos 9K-38 e AH-2 Sabre?

Last edited 2 meses atrás by Kemen
João Vitor
João Vitor
Reply to  Bardini
2 meses atrás

Realmente… tá osso os comentários aqui…se o Biden levar essa a seção de comentários do “forças” vai virar um manicômio.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Bardini
2 meses atrás

Dá para retaliar sim, o Brasil é que não tem cérebros para tal.

Kemen
Kemen
Reply to  Defensor da liberdade
2 meses atrás

É a submissão politica atual, somos uma nação independente e soberana para todos os paises do mundo e muitos se esqueceram disso.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Defensor da liberdade
2 meses atrás

Sim e eles retaliam a retaliação. No final, quem tem um arsenal maior vence e o arsenal de retaliações econômicas dos EUA é muito maior do que o nosso.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Jacinto
2 meses atrás

Não precisa retaliação armada, econômica e guerra cibernética já é possível.

Kemen
Kemen
Reply to  Bardini
2 meses atrás

As crianças estão amadurecendo mais cedo com o passar dos anos, a realidade hoje é outra.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Se os americanos quiserem deixar a FAB no chão eles o farão.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Gabriel BR
2 meses atrás

Ninguém duvida disso, mas com o S-400, o custo de uma operação de SEAD aumentaria bastante.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

E desde quando os EUA precisam de SEAD para por a FAB no chão? O Brasil não produz turbinas de avião, não tem tecnologia para isso, e todos os aviões de combate no Brasil usam turbinas com componentes dos EUA. É só os EUA pararem de fornecer material de manutenção de turbina de avião que a FAB fica no chão.

João Vitor
João Vitor
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Vcs “trumpistas” não defendem um alinhamento com os EUA…defendem aliança com o Trump…esse papo de EUA “terra da liberdade” e não sei o que lá é baboseira, sempre soube, se o Biden ganhar amanhã vão tudo inverter a lógica e atacar os Estados Unidos… honestamente tenho preguiça de vcs cara….

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  João Vitor
2 meses atrás

Não defendo alinhamento automático com ninguém. Mas o Trump era a última esperança que o Ocidente tinha de reaver os seus valores, cada vez mais despedaçados pelos esquerdistas.

De quem você acha que é a culpa dos recentes ataques terroristas na França, que vitimaram inclusive uma brasileira? Dos muçulmanos? Claro que não, a culpa é do Macron e sua trupe, que os deixaram entrar em primeiro lugar.

Kemen
Kemen
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

A religião muçulmana nunca foi esquerdista, é até de direita, ela aceita o poderes do estado na mão de Sultão, Paxa, Xeque, Chá, Aiatolá, Imã, Mulá, Ulemá, Emir, Vizir, Marajá, Rajá.__ De resto alguns se aproveitam para doutrinar de forma errada terroristas, alegando que seriam preceitos de Maomé defendendo seus interesses, pura mentira, a religião muçulmana é pacifica, a sua interpretação é que é distorcida por interesses pessoais de terroristas, a religião católica na idade média também passou por uma fase de distorção à biblia, com a inquisição e a caça as bruxas, a perseguição aos judeus entre outras coisas..

João Vitor
João Vitor
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

“última esperança do Ocidente….” aaaah maluco que papo chato cara…vcs são absolutamente entediantes…mais cinco minutos de papo o cara vai falar em “Ordem dos Templários” e “Última Cruzada”….apostam quanto?

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  João Vitor
2 meses atrás

Deus Vult.

gordo
gordo
Reply to  Marcos
2 meses atrás

Com a pauleira que já está tendo lá desde o assassinato do George Floyd parece ser apenas o aperitivo do que está por vir, e seja lá quem ganhe vai ter problemas internos para resolver.

Antoniokings
Antoniokings
2 meses atrás

O que o medo não faz, né?
Proibir a venda de aviões a países que têm sistemas russos.
Qual o efeito disso?
Diminuir as vendas de aviões americanos.
E isso em tempos bicudos que tendem a piorar.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Num é, cadê o livre mercado que os EUA dizem defender?

Emmanuel
Emmanuel
2 meses atrás

Biden é mais perigoso que um terrorista do hezbollah armado com uma ogiva nuclear no meio de Nova Iorque.

Wagner
Wagner
Reply to  Emmanuel
2 meses atrás

Não, não é.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Emmanuel
2 meses atrás

Biden é um lunático, se ele quer jogar toda a América latina para o lado da Rússia e China problema deles, já faz tempo que esses progressistas são um câncer para o ocidente mesmo.

Hélio
Hélio
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 meses atrás

Agora estão admitindo que progressista é o “ocidente”? Krá krá krá.

João Vitor
João Vitor
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 meses atrás

Não compreendi seu comentário.

Mirade
Mirade
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 meses atrás

Vc tem título de eleitor americano? Não então fica na torcida pelo Trump? Aquele que quer ferrar todo latino americano que ele tanto despreza. Trump é provável membro da KKK ele odeia latinos, negros e outraa minorias. Deixa de ser vira lata .

Kornet
Kornet
Reply to  Mirade
2 meses atrás

E Biden e o filho são membros do que^? Servem a quem?
Engraçado essa esquerda grita democracia ,liberdade,ele não ,mas todos são hipócritas,o Verdevaldo que o diga,caio fora do Intercept pq foi censurado,justamente por fazer uma reportagem contra essa coisa chamada de Biden.

Kornet
Kornet
Reply to  Mirade
2 meses atrás

E Biden e o filho são membros do que^? Servem a quem?
Engraçado a ….. grita democracia ,liberdade,ele não ,mas todos são mentirosos,o Verdevaldo que o diga,caio fora do Intercept pq foi censurado,justamente por fazer uma reportagem contra essa coisa chamada de Biden.
Engraçado meus comentários aqui são censurados,será que tem alguém de Cuba ou da CN na monitoração do site,rs.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 meses atrás

Toda a América Latina, exceto o Brasil, certo? Porque nesse governo, qualquer um que cite o nome da Rússia ou da China é logo rotulado como sendo comunista adorador de Fidel.

Mauro
Mauro
Reply to  Emmanuel
2 meses atrás

Biden vai destruir os EUA a partir de dentro. Os EUA serão destruídos de dentro pra fora com Biden no poder…. nem falar coisa com coisa ele é capaz.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Os EUA têm duas opções:
1) Trump com uma queda rápida e dolorosa;
2) Biden com uma queda mais lenta e menos dolorosa.
A queda é certa.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Errou tá invertido isso aí

Kemen
Kemen
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Permitir que latino americanos (inclusive brasileiros) residentes nos E.U.A.N. sem o Green Card formalizem sua condição e não separa-los de seus filhos norte americanos seria destruir os E.U.A.N. por dentro? __ Manter o Serviço de Saúde gratuito criado pelo Obama seria destruir o pais por dentro?__ Impedir a destruição das estátuas de Colombo, no território norte americano, alegando que isso propiciou o masacre dos indigenas no continente é destruir o pais por dentro?__ Proibir treinamento mortal da policia utilizado na prisão de suspeitos, impedindo sua morte prematura é destruir o pais por dentro?_**Vamos refazer nossos conceitos de decência e moralidade… Read more »

João Vitor
João Vitor
Reply to  Emmanuel
2 meses atrás

Um pouquinho exagerada essa visão aí heim meu parceiro….

O Trump elevou à China um status meio de nova União Soviética, ou seja, deu poder a ela. O Trump é um marketeiro vendendo a China.

Pensa comigo…se vc se isola na política externa e ao mesmo tempo dá o protagonismo pro rival vc vai se dar bem?

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  João Vitor
2 meses atrás

Isso! Não existe vacuo de poder. Se os EUA decidirem se isolar, algum outro Pais vai ocupar o espaço deixado! No momento é a China, seguida da Russia, e em terceiro, laaaá atrás a Europa (a melhor das 3 opções, na minha opinião). Com isto a China, por exemplo, está investindo na Africa, o que gerando uma dependência econômica deles para com a China. Se isso é bom ou ruim, somente os africanos podem responder. Quem eles tem como referencia cultural, econômica e de poder? Quem eles vão tentar seguir? Quem eles vão apoiar? Este papo de defender a civilização… Read more »

Caio
Caio
Reply to  Emmanuel
2 meses atrás

Se ele for tipo certos brasileiros que abaixam as calças para os gringos, você estará certo.

Hélio
Hélio
2 meses atrás

Para os defensores da “democracia ocidental”, basta o Biden vencer a eleição e o próximo país a se tornar uma “democracia” será o Brasil.

sub urbano
sub urbano
Reply to  Hélio
2 meses atrás

hehe

Agressor's
Agressor's
Reply to  Hélio
2 meses atrás

“O pior governo é o que exerce a tirania em nome das leis e da justiça” Barão de Montesquieu.

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Hélio
2 meses atrás

Sinceramente Biden ou qualquer outro.presidente tem problemas muito maiores do que o Brasil. Esse problema se chama China. Seria muita burrice dos EUA imporem sanções contra o Brasil. Só restaria ao Brasil fazer mais e mais negócios com a China, que já é de longe nosso maior parceiro comercial. Quem tem a perder com essa de sanções será o próprio governo americano. A Inglaterra acabou de barrar a venda dos caças FA50 para Argentina, o que com certeza levará a um alinhamento maior com a China. Resumindo, os EUA não vão querer o Brasil, Argentina e outros países Sul Americanos… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

China consegue o empeachment dele, Biden, fácil,

Sincero
Sincero
2 meses atrás

Com certeza exportar uma ditadura disfarçada com um apelo social tem funcionado muito mellhor. Ainda mais quando se tem um S-400.

Hélio
Hélio
Reply to  Sincero
2 meses atrás

Olhando para a situação da Líbia, Iraque, Síria e similares, tem funcionado muito melhor, mesmo.

Teropode
Reply to  Hélio
2 meses atrás

Naoy precisa ser ridículo para expor uma idéia .

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Sincero
2 meses atrás

Sinto-lhe informar do fim da ‘Pax Americana’.
Historicamente a mais curta e a mais atribulada..

RENAN
RENAN
Reply to  Sincero
2 meses atrás

Israel tem o Benjamin Netanyahu a quantos anos no poder?

Heinz Guderian
Heinz Guderian
2 meses atrás

Queria muito o S-400 aqui no Brasil, S400 + Pantsir. Teríamos a melhor AA do cone sul americano.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Heinz Guderian
2 meses atrás

Em 5 anos, se as coisas continuarem como vão, nem aposentadoria vamos ter amigo.

Alessandro
Alessandro
2 meses atrás

O pessoal sonha com os S-400 no Brasil, mas não fazem duas perguntas básicas, alguma vez a Rússia nos ofereceu a venda desses sistemas? Dos Pantsirs eu sei que já.

Temos $$$ para comprá-los? Pois com toda certeza apenas 1 sistema completo desses não deve ser barato de adquirir e manter, agora imagina ter que adquirir um número de sistemas que seja necessário para cobrir todos os pontos críticos espalhados pelo Brasil, sai o olho da cara!!!

Last edited 2 meses atrás by Alessandro
Teropode
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

Da Rússia eu gostaria mesmo é do SU34.

Canarinho
Canarinho
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

Se quisermos mesmo negociar um S 400, basta propormos uma troca de commodities, os russo topam qualquer negocio, de qualquer forma eles adorariam vender qualquer sistema de armas para nos para equilibrar a balanca comercial dos 2 países. Contudo voce tocou num ponto interessante, como somos um capacho (nao vou poupar neste termo, me perdoem quem se sentiu ofendido) dos nossos irmaos do norte, a ultima versão do S 400 poderiam nao nos ser vendida com medo de que entreguemos uma versao na mesma hora para os EUA fazerem engenharia reversa. Nesse jogo tudo isso é possivel Mas acredito que… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

alguma vez a Rússia nos ofereceu a venda desses sistemas? Ué, quando você sente vontade de trocar a sua TV, você vai até a loja comprar outra, ou fica esperando a Luiza Trajano ou o Ricardo Nunes virem até você para te oferecer uma TV nova? Se você quer comprar algo, tem que ir atrás, e não ficar esperando o vendedor ir até a sua casa. Temos $$$ para comprá-los? Claro que sim. Dinheiro nunca foi problema, mas sim a falta de vontade política. Uma compra dessas não é feita à vista, ela é parcelada em prestações a se perder… Read more »

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

Se nosso governo soubesse jogar,negociar,já teria comprado,até usando Rublos na transação,países com menos expressão política já fizeram isso,como os egípcios,que compraram 500 T-90MS por RUB156BI de Rublos…

Mas ousar não é nosso forte.

Ricardo Lacerda de Lacerda
Ricardo Lacerda de Lacerda
2 meses atrás

Se der um, nos aceitamos como terceirizados entrar em guerra com vizinho e queimar a amazônia, se der outro nos sofremos guerras e sanções por cometer o crime de queimar a floresta em questão. Saudades de 10 anos atras quando não tínhamos super armas nem de ditaduras nem de “democratas” e tais questões sequer entravam em cardápio de discussão!

Mauro
Mauro
2 meses atrás

Tem que fabricar a bomba, sabemos como fazer, se ainda não tem, que se faça e se teste uma no Cachimbo… aí fica logo todo mundo pianinho… ninguém fala grosso ou exige nada de quem tem a bomba… Sou a favor de esperar.. não acredito em nada do que sai no Estadão, Folha ou qualquer outra coisa dessa gente…leio uma manchete no Estadão, quando abro… é tudo segundo aquele cara que falou: “O que é bom a gente mostra, o que é ruim a gente esconde”… quem leva a sério isso??? Mas dependendo de como o quadro seja desenhado… o… Read more »

Matheus S
Matheus S
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Esse discurso de construção da bomba atômica brasileira são de pessoas que não entendem as consequências do desenvolvimento dessa arma nessa parte do mundo. Além de enfrentarmos sanções, ameaças e boicotes mundiais, isso levaria a uma corrida armamentista aqui na América Latina, uma das poucas regiões com a menor intensidade de conflitos entre países e consequentemente de uma louca corrida armamentista, basta o Brasil acenar essa possibilidade, a Argentina correrá atrás também para não ficar em uma posição inferior ao Brasil, o Chile consequentemente também entrará nessa corrida para não ficar inferior aos argentinos e assim sucessivamente transformando a região… Read more »

Mauro
Mauro
Reply to  Matheus S
2 meses atrás

E se o cara colocar a Quarta Frota na nossa costa, o que você sugere? atacar com Masup e A-29 ou ter algo com uma mensagem mais convincente?

Diplomacia do porrete se combate com porrete.

Astolfo
Astolfo
Reply to  Mauro
2 meses atrás

A Quarta Frota é uma divisão administrativa. Isso já foi discutido há muito tempo aqui. Mas em relação ao seu ponto: não, não adianta fabricar a bomba atômica. Como vamos mandá-la ao inimigo? Mal temos aeronaves capazes de fazer isso e, mesmo que tivéssemos, estaríamos praticamente atingindo o nível de tecnologia nuclear que uma potência do tipo atingiu em 1950. As pessoas que defendem o desenvolvimento de uma bomba atômica pelo Brasil desconhecem que o problema não é esse: é fazer um programa de mísseis balísticos capaz para entregar esse artefato ao inimigo. E isso é MUITO difícil, tecnologicamente falando,… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Astolfo
Canarinho
Canarinho
Reply to  Astolfo
2 meses atrás

Poderiamos usar misseis de cruzeiro, com armas nulcares para fins taticos com ogivas de pequeno porte, Ja seria um recurso valioso. Quanto a ogiva em si, um pesquisador senao me engano do IME ja conseguiu descrever a arquitetura básica por tras de ogivas padrão W87. Se quisermos usar meios balisticos, o motor VS 50, vindo em operação este proximo ano, acredito eu com pequenas modificações seja capaz de levar cargas úteis significativas. Seriamos um vetor interessantíssimo, e nao precisamos de um vetor intercontinental, um vetor que alcance ate centenas de quilômetros além mar para impedir um ataque por aquele meio… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Quem não entende que o Brasil precisa de uma bomba atômica é ingênuo ou ignorante. A verdade é que não importa se você tem forças armadas modernas ou não, a única coisa que te protege 100% são as armas atômicas.

Matheus S.
Matheus S.
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Não. Precisamos ter a capacidade de construir a ogiva nuclear assim como os meios militares de entregar por via terrestre, aérea e naval. Isso é bem diferente de ter meios nucleares ativos nas forças militares. Ninguém aqui é ingênuo a ponto de achar que a posição do Brasil é segura diante de tanta pressão internacional, mas abrir uma frente com uso de ameaça nuclear é algo totalmente desnecessário e que pode desencadear uma corrida nuclear na América Latina e você não é capaz de entender a consequência dessa abordagem diplomática e militar.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Matheus S.
2 meses atrás

Ah sim, e quando eles quiserem invadir a Amazônia, eles vão esperar até que o Brasil termine de desenvolver a bomba atômica. Mas que ideia de jerico rsrsrs. É tipo sair para comprar um cadeado depois que alguém já estiver dentro da sua casa pegando suas coisas. Meu caro, os países da america do Sul tendo armas nucleares não são uma ameaça tão grande quanto os americanos e europeus ameaçando a Amazônia. Aqueles não desejam parte do território brasileiro, mas estes sim. É só fazer as contas. Quem não percebe isso só pode ser ingênuo ou ignorante, porque não entende… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Allan Lemos
Edison Castro Durval
Edison Castro Durval
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Sei não meu caro, ter a arma nuclear, diz ao seu inimigo que ele pode lhe atacar com a mesma arma.
A única retaliação que eu enxergo e o Brasil ameaçar o mundo com o uso das suas armas contra a Floresta amazônica, caso invadam o país queimamos a floresta, pois hoje não teríamos como lançar uma bomba contra ninguém.

Matheus S.
Matheus S.
Reply to  Mauro
2 meses atrás

A Quarta Frota vai ficar onde sempre esteve, em Jacksonville. Não se preocupe.

RPiletti
RPiletti
Reply to  Matheus S
2 meses atrás

Com Covid me parece que já há um boicote involuntário… falta tudo para nossa industria. Quanto a corrida armamentista na AS, não há atualmente parque industrial igual ao paulista por estas bandas. Esquece los hermanos, com a contínua pretensão sobre as Falklands eles não terão nada que chegue próximo de um estalinho de São João, quiçá uma nuke.

Canarinho
Canarinho
Reply to  Matheus S
2 meses atrás

Matheus me permita fazer algumas colocações. A questão da bomba, haja visto o contexto que tem se desenhado nesses ultimos tempos é questão de sobrevivência. Isso é inquestionável. Sejamos práticos, a força é a ultima instância de poder, queira voce ou não Sofremos sanções? Óbvio que sim. Estariamos pagando um preço por termos uma soberania de fato. Nada vem de graça. E ja passou da hora do Brasil e sua população como um todo passar por este processo para amadurecermos como sociedade quanto a nossos valores e lugar no mundo. Ou e isso ou tudo leva a crer que perderemos… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Matheus S
2 meses atrás

Além de enfrentarmos sanções, ameaças e boicotes mundiais E daí? A Rússia sofre com sanções há anos, mas isso nunca os impediram de fazer nada. Eles sabem que a soberania vem em primeiro lugar. isso levaria a uma corrida armamentista aqui na América Latina, Isso merece mais um “E daí?”. O que importa, para nós brasileiros, é a segurança e soberania do Brasil, não a de outros países. Se a Argentina quiser fabricar uma bomba atômica, que seja, eles não são os inimigos do Brasil, e nem o Chile. Os nossos inimigos estão no outro hemisfério, lançando ameaças não tão… Read more »

Bardini
Bardini
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Bombas atômicas não são armas ofensivas, mas sim defensivas.”
.
QUE???
.
“Chilenos e argentinos armados com esse tipo de armamento não seriam uma ameaça, eles jamais ameaçaram a nossa integridade territorial.”
.
Claramente não conhece nossa própria história… que triste.
https://epoca.globo.com/tempo/noticia/2015/09/historia-secreta-do-fim-da-corrida-nuclear-entre-brasil-e-argentina.html

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Bardini
2 meses atrás

QUE??? É um erro muito comum achar que armas nucleares são instrumentos ofensivos, mas é justamente o oposto. Ninguém faz uma bomba atômica para atacar o oponente, apesar do que possa parecer, esse não é o objetivo, mas sim dissuadi-lo de tentar qualquer coisa contra você. “Construí um míssil nuclear que consegue atingir o alvo a mais de 10 mil km de distância. Sua capital vai virar pó se você ousar a me agredir.” Entendeu? É esse status a maior vantagem de uma arma nuclear, a dissuasão do seu oponente, que não estará disposto a chegar as vias de fato… Read more »

Bardini
Bardini
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Rapaz, tu precisa ler a respeito do emprego tático de munições nucleares…

glasquis 7
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Toda arma é um objeto de dissuasão, seja ela ofensiva ou defensiva.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Bardini
2 meses atrás

Claramente não conhece nossa própria história… que triste.

Colega, quando, no passado recente, a Argentina almejou algum pedaço do território brasileiro? Toda a nossa rivalidade com eles acabou há muito tempo atrás, e não envolvia disputas territoriais, tal qual Israel/Árabes, Índia/Paquistão, China/Índia. Muito menos questões religiosas, mas sim uma mera desconfiança mútua.

Repito, não seriam um problema. A ameaça a nossa soberania está nas falas de Macron, Al Gore, Biden e tantos outros.

Bardini
Bardini
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Existiu grande rivalidade entre Brasil e Argentina entre as décadas de 60 e 80…
Isso é história básica. Dá um google e você acha facilmente vários relatos e estudos retratando a época.

Matheus S.
Matheus S.
Reply to  Bardini
2 meses atrás

Não adianta. O cara quer armas nucleares, não podemos fazer nada.

Kemen
Kemen
Reply to  Bardini
2 meses atrás

Rivalidade ao ponto de trocarem terroristas presos.

Junior
Junior
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Quanta besteira, o Paquistão tem bombas nucleares, tem mísseis para lança-las e nem isso impediu dos americanos de invadirem o seu território sem os mesmos saberem, mataram Bin Laden e se mandaram depois, quando os paquistaneses ficaram sabendo os americanos já estavam longe, mas mesmo assim quer brincar de fazer bomba nuclear, pergunta para os Norte Coreanos e Iranianos como esta a economia e a vida deles depois das sanções pesadas impostas justamente pela desconfiança que a comunidade internacional tem sobre o programa nuclear de ambos, se sem sanções o dólar já tá chegando perto de 6 e a inflação… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Junior
2 meses atrás

Até porque invadir um país com dois helicópteros e tomar parte do território de uma nação soberana são exatamente a mesma coisa,não é?

glasquis 7
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Não, não é a mesma coisa mas, ninguém entra em Israel, Alemanha, Espanha, Itália, Rússia ou EEUU com dois Helicópteros e mata um cidadão local sem aviso e sai vivo pra contar a História.

Já disse em outra matéria do Forte sobre o Brasil assinar o tratado de não proliferação de armamento nuclear. Bomba atómica não garante seriedade ao país, o que garante são as estruturas das suas instituições. Mesmo por que acho muito improvável, no mundo atual, alguém usar armamento nuclear contra outra nação.

glasquis 7
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Não almejam território, almejam posição. Submeter o Brasil militarmente daria a Argentina a liderança indiscutível na região. Isso combinado a educação, cultura e IDH, poderiam impulsioná-la a ser, novamente, uma potência regional e voltaria pro primeiro mundo.

Wagner
Wagner
Reply to  glasquis 7
2 meses atrás

Liderança indiscutível da argentina na região?

glasquis 7
Reply to  Bardini
2 meses atrás

O Chile nunca foi ameaça pro Brasil. É absurda essa colocação.

Edison Castro Durval
Edison Castro Durval
Reply to  Matheus S
2 meses atrás

Além do que você falou ter a bomba é colocar um alvo nas costas, pois tanto os EUA quando a Rússia, não deixariam um país com a bomba livre do ataque de retaliação, no dia do Armageddon!

Last edited 2 meses atrás by Edison Castro Durval
Matheus S
Matheus S
Reply to  Edison Castro Durval
2 meses atrás

A Suíça não desenvolveu armamento nuclear justamente por isso, eles seriam alvos de ataque em caso de uma guerra nuclear. E isso sem falar no custo que envolve os armamentos nucleares.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Matheus S
2 meses atrás

problema é que se a gente pensar nos vizinhos, os outros países tão se lichando a Argentina tá falida, falida, nunca vai ter condições de fazer uma bomba atômica, o Chile tá retrocedendo com os socialistas mudando a constituição. não existe essa corrida armamentista, o Brasil não tem como foco os Vizinhos, era a França agora EUA.

glasquis 7
Reply to  Carlos Campos
2 meses atrás

“ o Chile tá retrocedendo com os socialistas mudando a constituição.” Cara não fala do que tu não faz nem ideia. Quem muda a Constituição no Chile são os chilenos não os socialistas e isso se deve á desigualdade. O Chile, embora tenha um bom IDH, tenha um ótimo saneamento básico assim como educação, saúde e segurança, é um dos países mais desiguais do continente. Não há como mudar a desigualdade por que a constituição tem mecanismos que impedem isso e por isso, pra anular estes mecanismos é que se propõe em mudar a constituição, pra permitir uma sociedade mais justa,… Read more »

Wagner
Wagner
Reply to  glasquis 7
2 meses atrás

Pois é glasquis 7, tem gente que teria dificuldade em dizer quem foi Pablo Neruda e Bernardo O’Higgins mas acredita que entende a constituição e os problemas chilenos.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Mauro
2 meses atrás

se a bosta do VLM, tivesse pornto, assim como o 14X, poderíamos ter uma míssil sujo, cheio de urânio enriquecido a uma porcentagem que deixaria a área atingida inabitavel por 100 anos, além de matar milhões com cancer.

_RR_
_RR_
2 meses atrás

Vixi… Olha… Pra mim, mais efetivo que qualquer arma russa, é a cultura que permeia os povos que não se deixam penetrar pela democracia ocidental. Árabes e persas, de uma forma geral, e muito embora tenham absorvido muito da cultura do Ocidente, mantém suas raízes mais ou menos intactas a pelo menos 1300 anos. E mesmo quando eram governados pelas ditaduras laicas nascidas no século XX, ainda mantiveram uma estrutura social completamente afeita ao credo que os rege. Enfim, arrasar exércitos médio-orientais é “fácil”… O difícil é fazer aquela conquista de corações e mentes que tanto é necessária para a… Read more »

Edison Castro Durval
Edison Castro Durval
Reply to  _RR_
2 meses atrás

Não misture árabes com persas eles não se gostam.
O povo árabe se encontra muito ligado a tribos, são um povo acostumado ao absolutismo.
O povo Persa vive um meio caminho, tem a democracia com a eleição de um presidente, mas vive sobre um absolutismo religioso.

Vai demorar nascer no meio desses dois povos uma real democracia.

Last edited 2 meses atrás by Edison Castro Durval
PauloR
PauloR
2 meses atrás

Os fanboys bugaram. Se o Biden vencer é capaz do Xi virar ídolo deles

Matheus S
Matheus S
Reply to  PauloR
2 meses atrás

Bugaram nada. É bem capaz de defenderem a invasão da Amazônia por conta do atual presidente. Não espere muita coerência desse pessoal. Agora, se o presidente do Brasil fosse outro, nesse caso concordo com você, Xi e Putin seriam postos em uma posição “messiânica”.

Caio
Caio
Reply to  Matheus S
2 meses atrás

Postura igual aos seguidores do governo atual. Estes boleiros discutindo política, vão acabar com o Brasil.

Matheus S.
Matheus S.
Reply to  Caio
2 meses atrás

Ficou “ofendidinho”, ficou?

Cadillac
Cadillac
Reply to  Matheus S
2 meses atrás

Exato. Pra essa gente aí mais vale dar a amazonia para os estrangeiros só porque não gostam do presidente.

Mauro
Mauro
Reply to  PauloR
2 meses atrás

Biden na verdade não será um problema para o Brasil, será antes de tudo, um problema para os EUA.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Na realidade, a eleição de Biden pode resolver um bocado de coisas no Brasil.
Vão nos pressionar pesado pela Amazônia, e em contrapartida nosso governo decidirá pelo 5G chinês em retaliação. À partir dai, será um morde assopra continuo (morde no meio-ambiente, assopra no comercial, como no alumínio e no etanol), tentando sobrepujar a influência chinoca.
Se Brasília souber jogar as cartas que tem, podemos nos dar bem.
Ou não

sj1
sj1
Reply to  Satyricon
2 meses atrás

Exato, essa é a discussão de alto nível que deveria estar ocorrendo aqui.

RPiletti
RPiletti
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Com Biden ou Trump, o problema deles continuará…

Kemen
Kemen
2 meses atrás

Isso por causa do S-400, até desconfio que esse sistema é um perigo real para os F-35 (caiu a ficha).__ Imaginem só quando terminarem o projeto do S-500.__ Admiro o povo norte americano, pena que eles não tenham uma real democracia, onde o desejo da maioria do povo as vezes não determina o presidente.__ Se o atual presidente perder a eleição é possivel que arme uma verdadeira palhaçada judicial onde a maioria dos juizes da Suprema Corte é republicana (6 x 3), decidir coisas que não estão na Constituição vai depender apenas da opinião própria de cada juiz.__ A politica… Read more »

André Luís
André Luís
2 meses atrás

Boa tarde, pessoal. Amanhã é Trump na cabeça. Preparem a pipoca para assistir ao choro dos progressistas rothschildianos. Vai ser divertido…rs!

Brincadeiras à parte, anotem este bilhete: o resultado das eleições americanas vai ficar ENROLADO de sair. Vai dar uma boa novela mexicana.

Att.

Mauro
Mauro
Reply to  André Luís
2 meses atrás

Liguei meu celular hoje nesta manhã fria em São Paulo e a primeira coisa que fiz foi entrar no Dow Jones… 1.75 de alta… parece que sabem de algo interessante que não chega ao cidadão comum e nem a bolha da imprensa publica pois quebra a narrativa… não vejo ninguém acompanhando Biden… uma dúzia de gente assistindo com aqueles círculos de manter distância.. e com Trump são 150 Km.. isso mesmo… 150 Km de carreata. .. não tem lógica esse cara estar na frente..

Agnelo
Agnelo
Reply to  Mauro
2 meses atrás

Tenho ouvido muito de algo parecido de amigos q residem nos EUA.

Kemen
Kemen
Reply to  André Luís
2 meses atrás

“Boa tarde, pessoal. Amanhã é Trump na cabeça.” __ Bom dia, o Bolsa iria decretar feriado nacional.__ kkkkkkkkkk

paulof
paulof
2 meses atrás

O problema da Turquia não deveria ser a compra do s400 e sim a utilização de jihadistas árabes (sírios em sua maioria) em áreas que estão apoiando um lado do conflito, além de uma “guerra fria” com a Grécia.

Paulo Sollo
2 meses atrás

Apesar de não ser o assunto da matéria, a discussão sobre os interesses americanos em relação ao Brasil que se estabeleceu demonstra algo muito bom: que todas as fantasias em relação a “amizade e parceria” com os EUA estão desabando de forma irremediavel devido às posturas dos dois cães loucos que estão disputando a presidência de lá. Nenhum presta para nós, nenhum presidente americano jamais prestou para nós, assim como os dois candidatos que disputaram o 2º turno presidencial no Brasil eram os extremos piores. E como o Tramp disse que a Venezuela pertence a eles, e Biden acha que… Read more »

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Paulo Sollo
2 meses atrás

Há alguns aqui que realmente acreditam em namoro,casamento,assim como o nosso capacho em chefe

Kemen
Kemen
Reply to  Paulo Sollo
2 meses atrás

“Com a vitória do Biden e suas ameaças veremos o que o nosso paspalho anencéfalo idólatra do tramp vai fazer.”

Kkkkkkkkkkkkkkkkk

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Paulo Sollo
2 meses atrás

Bolsonaro só faz medo a ele mesmo quando se olha no espelho. O centrão meteu pressão e ele cedeu, colocou um monte de apaniguados do centrão no governo, e ainda um PGR e um ministro no STF, recebeu aplausos de Renan Calheiros e cia, inacreditável! E será assim até 2022.

Agressor's
Agressor's
2 meses atrás

“A tirania, na Idade Média, começou pela liberdade. Tudo começa por ela” Jules Michelet.

Antunes 1980
Antunes 1980
2 meses atrás

Sou contra a aquisição de sistemas russos.
Independente de sofermos sanções ou não.
Não é a hora de gastarmos “fichas” nisso.
A questão passa além.
Devemos investir tudo na nossa capacitação bélico nuclear. Somente assim os países irão nos respeitar.
Como o Irã está a passos largos para conseguir esta tecnologia, deveriamos buscar parceria com eles.
Do contrario, nenhum país ocidental irá nos prover tal conhecimento.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Antunes 1980
2 meses atrás

Para quê se juntar ao Irã?! Será que nossos técnicos e engenheiros são tão estúpidos que realmente necessitam de ajuda exterior para adquirir tecnologia nuclear?!

Oque falta é vontade política,dinheiro e CORAGEM para peitar e seguir em frente em tal programa.

Temos que andar com as próprias pernas ao invés de esperar que alguém nós leve nas costas,falam de respeito?! Do Brasil ser respeitado?! Então temos que caminhar ao invés de necessitar de uma mão a nós puxar.

RENAN
RENAN
2 meses atrás

O Brasil deveria investir pesado no vls e evoluir para um ICBM.
Com tecnologia dual capaz de colocar satélite em órbita ou colocar mísseis em qualquer lugar do planeta.
Essa é a única forma de proteger nossa nação se tiver 200 ICBM com capacidade global ninguém pisa aqui pois saberá que será retalhado.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  RENAN
2 meses atrás

tem que se acelarar, acredito que se der para colocar o 14X sem o motor para fazer um planador hipersônico com capacidade intercontinental, carrregado de urânio enriquecido a 10 por cento, ou até resíduo de Angra, seria o suficiente para colocar respeito em cima da mesa, afinal Imagina Paris ou Washington inabitável por 1 seculo.

RENAN
RENAN
Reply to  Carlos Campos
2 meses atrás

O 14 x é um projeto de extrema importância estratégica ao Brasil. Com um orçamento ridículo.
Acredito que a falta de verbas para este projeto é proposital. O Brasil deveria arrumar um fundo de investimento na ordem de 100 milhões de dólares para este projeto. E tirá-lo do protótipo, tornando uma realidade.

sj1
sj1
Reply to  RENAN
2 meses atrás

Ese projeto tem um prazo de uns 20 anos pra ficar pronto, só a partir daí pra começar a pensarem em transforma-lo em arma

RENAN
RENAN
Reply to  sj1
2 meses atrás

Dinheiro poderia acelera seu desenvolvimento