segunda-feira, maio 10, 2021

Gripen para o Brasil

China revela o Z-8L, novo helicóptero de 15 toneladas

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O Exército de Libertação Popular da China (PLA) revelou seu mais recente tipo de helicóptero de transporte, o Z-8L, o primeiro da classe de 15 toneladas na China. O novo helicóptero é capaz de transportar um veículo de assalto todo-o-terreno e outro equipamento pesado. Espera-se que ele entre em serviço com tropas de assalto aéreo e desempenhe um papel importante em vários cenários, incluindo missões de assalto anfíbio, disseram especialistas na terça-feira.

Em sua primeira aparição pública oficial, um helicóptero Z-8L afiliado a uma unidade de voo de teste do PLA com base em Jiangxi passou recentemente por uma série de testes para carregar e içar um veículo de assalto todo terreno Bobcat para examinar a estabilidade e segurança do procedimento de transporte, relatou a revista Aerospace Knowledge de Pequim no fim de semana.

Desenvolvido na China e baseado no Z-8 original e sendo outra variante do Z-8 além do Z-8G, o Z-8L tem um corpo mais largo para que possa acomodar um veículo de assalto todo-o-terreno Bobcat dentro de sua cabine bem protegida, cujo tamanho é comparável à do helicóptero Mi-17 fabricado na Rússia, disse a reportagem da revista, observando que o Z-8L de tamanho maior é o primeiro helicóptero da classe de 15 toneladas do PLA.

Em comparação, o Z-8 original pertence à classe de 13 toneladas, e o outro novo helicóptero do PLA, o Z-20, pertence à classe de 10 toneladas.

O Z-8L tem uma fuselagem mais larga e mais baixa comparada à do Z-8G

Modelo da AVIC do Z-8L

Arte em 3D do Z-8L

Equipado com um novo tipo de dispositivo fotoelétrico e sistemas de autodefesa, incluindo receptor de alerta de radar e decoys infravermelhos, o Z-8L tem maior capacidade de sobrevivência, disse a revista.

O Z-8L será comissionado nas forças de assalto aéreo do PLA para melhorar o transporte abrangente das tropas e a capacidade geral de combate, disse a reportagem.

Além de operar em uma ampla variedade de terrenos, incluindo planícies, vales e planaltos, o Z-8L também pode participar de missões de assalto anfíbio cruzando o mar quando embarcado em navios anfíbios de desembarque e assalto, disse ao Global Times um especialista militar chinês que pediu para não ser identificado.

Vários Z-8Ls transportando veículos de assalto todo-o-terreno significam que as tropas de assalto vertical terão veículos para usar no momento em que estiverem com os pés no solo, o que lhes permitirá ganhar oportunidades táticas cruciais, disse o especialista.

O PLA tem dado grande importância aos helicópteros e táticas de assalto vertical em suas missões de desembarque anfíbio. Lançou dois navios de assalto anfíbio Type 075, também conhecidos como porta-helicópteros, desde 2019.

Além disso, vários tipos de helicópteros ligados ao 71º Grupo das Forças Terrestres do PLA praticaram recentemente decolagem e pouso, reabastecimento e reparo de emergência em um navio semissubmersível civil no Mar Amarelo, informou a China Central Television na semana passada.

O especialista naval Li Jie, baseado em Pequim, disse ao Global Times em uma entrevista anterior que os navios semissubmersíveis têm grandes conveses e podem servir como porta-helicópteros temporários, plataformas de pouso e centros de manutenção.

Em uma grande missão potencial em grandes ilhas ou recifes, eles podem ser desdobrados para se tornarem plataformas de retransmissão marítima para estender o raio de combate dos helicópteros, disse Li.

Z-8L (no alto) comparado ao Z-8G

Z-8G, Z-8L e Z-20

Comparação da largura da fuselagem do Z-8/18 original e do Z-8L

Veículo dentro do Z-8L

O Z-8G é mais alto

Z-8G

Z-8G

Z-8G

Z-8G

Família Z-8/SA321 que precedeu os Z-8G/L

FONTE: Global Times

- Advertisement -

64 Comments

Subscribe
Notify of
guest
64 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo

Deram um “tapa” no projeto, esta diferente dos outros da família Z-8, ficou até mais bonito.

Gabriel BR

Esse helicóptero é muito bonito

Vitor Freitas

Ate não parece uma copia do AgustaWestland_EH101

Antonio Renato Cançado

É porquê é uma cópia do S-92…

Karl Bonfim

Mais uma cópia chinesa, dessa vez uma mistura de Agusta Westland aw101 Merlin com Sikorsky S-92!

pangloss

Eu lembrei do Super Frelon francês.

Fabio Araujo

O modelo antigo parece!

gordo

Exatamente isso, o Super Frelon é fabricado na China como Z8 e agora ele ganha um upgrade agregando novas tecnologias a um bom projeto. As vezes me passa pela cabeça que as pessoas acreditam que copiar um helis ou caça é como copiar um CD ou fita k7 (devo estar ficando velho), isso é algo de uma ingenuidade ou maldade que não agrega absolutamente nada ao contexto. Seja lá como for essa maquina de copiar está fazendo um estrago a ponto de vermos manobras conjuntas no Oceano Pacifico dedicadas a China o que mostra a real dimensão do que é… Read more »

Antonio Palhares

Qual grande país nunca copiou nada ? Até para copiar se precisa de muito conhecimento e capacidade técnica. Para transformar em produto aquilo que é copiado.

Francisco Herês

Copiar é uma coisa, mas roubar não vejo nenhum mérito. A China tem departamentos estatais exclusivamente destinados a roubar planos dos outros países, são mestres em roubar. E com a ajuda das empresas que transferiram suas fábricas pra lá para aproveitar a mão de obra escrava, bingo, tá o resultado, bem feito para o ocidente.

Last edited 8 meses atrás by Francisco Herês
Antonio Palhares

Concordo contigo.
Porém, o jogo ai é esse mesmo.

Cristiano de Aquino Campos

Do jeito que você fala até parece que os EUA ou qualquer outro país ocidental nunca roubou por meio de espionagem, projetos, técnologias e informações de outros países.

JDSSJúnior

Esse aspecto que você colocou é importante, engenharia reversa não é algo simples e a lógica dela e agregar conhecimento a partir de modelos constituídos. Isso permite na fase posterior aperfeiçoar o modelo “copiado” e depois produzir as derivações “originais”. Essa é uma política industrial, acadêmica, científica e de defesa. É um agregado que oferece resultados. China trilha o mesmo caminho que Japão e Coreia trilharam, esses dois num contexto diferente onde se adquiriam as licenças para a produção…

Francisco Herês

Quem faz engenharia reversa tem de estar no mesmo nível, não se consegue obter nada de tecnologia se não sabe absorver o conhecimento. Mas a China, por ter nas última décadas ganhado de graça todas as fábricas ocidentais , aprenderam a montar e também a roubar dados pela internet.

Cristiano de Aquino Campos

Verdade e nós somos um exemplo disso já que mal conseguimos aproveitar a técnologia que nós é repassada. Tivemos que reaprender a construir navios e submatinos.

Cristiano de Aquino Campos

Observar que muitos projetos que chamamos de cópias, foram até fruto de repasse de técnologia légitimo pelo fabricante. Pelo menos a maioria das aeronaves. O olho do ocidente foi grande e os Chineses souberam usar o peso de ser o 3° mercado de aviação.
Burros somos nós que somos o 2° e só temos uma montadora de uma única marca de helicoptetos aqui.
E não investimos um único centavo em qualquer projeto de desenvolvimento de helicopteros.

Francisco Herês

Sim, verdade, copiar não é NADA fácil, mas, peço vênia para acrescentar que CRIAR é muuuuuuuito mais difícil!!!!!! Isso os chinos não sabem fazer, sabem muito copiar dos outros(roubar?), é mérito deles e TAMBÉM das fábricas que se instalaram na China e ensinaram-nos a produzir tudo que eles jamais imaginariam, mas não fazem nada original como um F-22, F35…

gordo

Sr Francisco concordo, mas como falei devemos levar em consideração o contexto já que essa discussão não é algo exato, na melhor das hipóteses é uma equação diferencial com uma família de soluções. O contexto que Eu cito é o fato de a China lá no inicio dos anos 80 ser um fazendão e hoje segundo alguns copia caças de 5G e porta aviões nucleares, além de ter desenvolvido tecnologia 5G para a telefonia a ponto de embaixadores amigos ameaçarem com retaliação quem compra-la. Uma outra coisa que se deve levar em conta, algo muito comum na engenharia e até… Read more »

Ricardo da Silva

O engraçado é que a série Z-8 era a versão chinesa do Super Frelon, Depois veio o Z-18 com uma revisão cosmética do Z-8. Agora voltaram para o Z-8″L” (large?) em uma configuração alargada do Z-18.

Matheus S

Isso na realidade é uma assimetria de informações para causar confusão nas análises estrangeiras – um dos principais preceitos da Arte da Guerra. Esse helicóptero Z-8L sempre foi descrito como uma variante “larga” do Z-8G(também chamado de Z-18A por alguns), e o Z-8G é uma variante do Z-18. Por isso essa confusão toda. Então o Z-8L é muito mais largo e alto que o Z-8G, e apresenta uma grande melhoria em desempenho e design, o que definitivamente o torna um vetor de outra classe de helicóptero, embora tenha essa designação para confundir os analistas. Isso me parece ser semelhante ao… Read more »

Antonio Renato Cançado

Não, esse eles já tinham copiado…

Flávio Henrique

Foi feito sob licença lá….

Fabio Araujo

Realmente!

Juan soares

O veículo é um super frelon fabricado sobre licença desde os anos 80, basicamente eles podem fazer o que quiser com o helicóptero mas whatever vamos taxar como cópia

Rodrigo Martins Ferreira

Que feio a Sikorsky copiando projeto chinês ahahahaha

Luiz Trindade

Rapaz… O que a espionagem eletrônica de internet feita por hackers chineses não fizeram heim….

Paulo Neves

Super Frelon versão cabine estendida…

Marcos Cooper

Cópia do Merlin?
Pronto,falei…

Antonio Renato Cançado

Não, do S-92…

rui mendes

E é mesmo, a ser cópia, é do Merlin.

gari

Uns desses resolveriam a choradeira do EB pelo sherpa?

Antonio Renato Cançado

Não.

Antoniokings

Está difícil de parar a China.

Antonio Renato Cançado

É só os fabricantes processarem esses bandidos, que o que eles terão de gastar com advogados os parará na hora…

Defensor da liberdade

Vai denunciar para quem, para o todo poderoso? Já viu algum país com armas nucleares cumprindo qualquer legislação internacional que seja? Isso aí é para republiquetas bananeiras como o Brasil.

Daniel Alves

Perfeito….pessoal leva essa paixão por Ocidente e Oriente muito a sério. …

Daniel Alves

Bom dia. Amigos, acho engraçado as acusações contra os chineses, porque eles copiam. Creio que eles não se preocupam muito com isso, acho que o mais importante para eles é garantir que seu território jamais seja repartido entre as potências ocidentais e que sua população fique vulnerável as vontades dos “impérios” do Ocidente. Óbvio que não são “santos”, mas qual nação é? O nosso Ocidente que cresceu as custas de intromissão, promoção de golpes, invasão e exploração de outras nações? Chineses estão certíssimos. Nesse mundo ou vc é predador ou presa. O resto é coisa de torcedor . Ninguém é… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira

Se você fala que o que é feito no Ocidente é tão inferior ao que vem da Rússia e da China, por que eles copiam na cara dura um aparelho da Sikorsky ?

Tomcat4,2

CH-53 chinês !!!

Antonio Renato Cançado

S-92

rodrigo

Acho que a Sikorsky teve seus projetos hackeados…

rui mendes

A primeira construção de um helicóptero parecido a esse, foi do EH-101Merlin, da Agusta-Westland.

Tiger 777

Antes de criticar a China, veja como está o Brasil…

Pedro

Pelo menos vc tem internet livre e pode andar na rua sem ter que pedir permissao e o melhor de tudo: o churrasco aqui é de boi e nao de escorpiao e barata. Se estas achando ruim comuna, vc tem a Venezuela e a Venezuela do Sul para se mudar.

ADRIANO MADUREIRA

Tem certeza que ele é comuna meu caro?!

Agora se a pessoa discordar ou criticar algo ou governo, já é taxado de comunista, vai se tratar meu amigo, você parece ser mais um desses doentes que não aceita o contraditório.

É ele não está errado, é quanto ao Brasil?!

Não conseguimos nem construir um VLS de vergonha para levar nossos mini-nano satélites, somos consumidores de tecnologia estrangeira, temos bons produtos, alguns podem ser promissores, mas muitos não recebem apoio governamental no tocante aquisição e são preteridos pelas três forças que adquirem produtos estrangeiros.

JuggerBR

Pergunta: a engenharia nacional teria condições de desenvolver uma família de helicópteros como os chineses? Se sim ,porque não fizemos?

Pablo

Muito vai ser gasto em desenvolvimento e fabricação, depois procurar mercado, o que não é fácil frente a grande concorrência na área.
É como o caso do nosso KC-390, foi desenvolvido com requisitos da FAB mas também pensando na saída de serviço dos hércules em um futuro próximo, o que acarretará mercado e não ficará apenas com 30 unidades fabricadas para a FAB.

ADRIANO MADUREIRA

Acredito que há, empresas como embraer, helibras, Avibrás certamente teriam condições de apresentar tal projeto de aeronave, mas será rentável?

Halley

Capacidade se desenvolve. Mas falta uma visão de nação. Os indivíduos do brazil perderam a vontade do crescimento coletivo. Projetos que demandem empenho coletivo estão fadados ao fracasso.

Antonio Renato Cançado

IGUALZINHO ao Sikorsky S-92…

rui mendes

Que por sua vez, é igualzinho ao EH-101 Merlin.

Jodreski

Muita gente critica os chineses mas uma coisa é um fato: eles estão evoluindo em todas as frentes…
Tem muito chão, água e ar para chegar nos EUA? Com certeza!
Mas outra certeza é que eles nunca estiveram tão perto…

Caio

B prático o bichão. Por aqui precisamos de helis de ataque os planos parecem que morreram na praia ou estou enganado?

sub urbano

Tremam diante do poder da China.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

Tremam mesmo! Porque se eles exportarem suas práticas políticas, até pensar nas palavras liberdade e democracia, passará a ser punido com prisão e até morte.

Rodrigo Martins Ferreira

Tremer pq copiaram o S92 ?

rui mendes

Que por sua vez copiou o Merlin da Agusta-Westland.

Rodrigo Martins Ferreira

Só por que os dois são quadradinhos ?

Pelo menos os chineses foram espertos e não copiaram a Kombi.

Art

Sacanagem a AW copiar o Z-8 e fazer o Merlin trimotor. kkkk

Arariboia

Pra mim é um cruzamento entre o mi-38 russo, com o S-92 e o Merlin. Resultado é esse trem aí.

Carlos Alberto Soares

A Saga continua:

Control C Control V

Italo Souza

Uma clara expansão de meios, parece que se tornou ideal diversificar os meios disponíveis.

ALTAIR IGNEZ DE SOUZA

qualquer semelhança com modelo ocidental é mera coincidência kkkkkkkkk

leonidas

Parece uma mistura de Super Frelon com S 92…rs

Reportagens especiais

Os AMX da FAB no Red Flag 98-3

Os AMX (A-1) brasileiros também mostraram sua capacidade no Exercício Red Flag, em Nellis nos EUA. Em agosto de 1998,...
- Advertisement -
- Advertisement -