Home Aviação de Ataque Frota de F-16 do Iraque não pode mais realizar missões de combate

Frota de F-16 do Iraque não pode mais realizar missões de combate

6166
86

O fracasso do programa de caças do Iraque destaca a corrupção na Base Aérea de Balad

O alardeado programa de caça F-16 do Iraque caiu em tal desordem que os pilotos não podem mais voar em missões de combate contra o grupo autoproclamado Estado Islâmico (EI) — um colapso na capacidade militar que destaca uma degradação mais ampla da relação de segurança do país com o EUA e os efeitos da corrupção generalizada.

Em mais de uma dúzia de entrevistas com o Iraq Oil Report, funcionários iraquianos e empreiteiros dos Estados Unidos detalharam vários esquemas criminosos e falhas de supervisão na base aérea de Balad, ao norte de Bagdá, onde os jatos estão estacionados.

Suas alegações levantam sérias questões sobre as práticas de trabalho da Força Aérea Iraquiana e da Sallyport Global Services, a empreiteira norte-americana responsável por fornecer alimentos, dormitórios, segurança e suprimentos de combustível à base.

FONTE: Iraq Oil Report

Subscribe
Notify of
guest
86 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo
Fabio Araujo
2 meses atrás

Dá pena ver esses pássaros parados por conta de corrupção.

Satyricon
Satyricon
2 meses atrás

Rapaz, se não tá funcionando lá, manda pra cá que a gente dá um jeito…

Rogério Loureiro Dhierio
Rogério Loureiro Dhierio
Reply to  Satyricon
2 meses atrás

Pelo amor de Deus… Não diga isso.
Kkkkkkkk

Mayuan
Mayuan
Reply to  Rogério Loureiro Dhierio
2 meses atrás

Lógico que não vai acontecer mas se fosse viável poderia ser a forma do Iraque finalmente pagar o calote que Saddam deu no Brasil.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Mayuan
2 meses atrás

Caro Mayuan. O Iraque forneceu petróleo ao Brasil durante a moratória, quando o país não tinha crédito para financiar suas importações de petróleo. Grande parte do petróleo importado foi pago por meio de exportações de produtos, incluindo os passat da VW. O Brasil só não parou por falta de petróleo porque o Iraque o forneceu a crédito e sem a incidência de juros.

Funcionario da Comlurb
Funcionario da Comlurb
Reply to  Camargoer
2 meses atrás

Eu lembro . Os passat’s para o Iraque tinham acessórios que os nacionais não possuíam. Tinham também um estofamento de veludo vermelho muito cafona!.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Funcionario da Comlurb
2 meses atrás

Olá FC. As exportações brasileiras de armas foram beneficiadas pela déficit que o Brasil tinha com o Iraque devido a importação de petróleo. As compras de armas brasileiras pelo Iraque serviam para equilibrar a balança comercial. Com as sanções as exportações de petróleo impostas ao Iraque e com a ampliacao da extração de petróleo no Brasil, a balança começou a ficar favorável ao Brasil que passou a ser essencialmente um exportados de alimentos ao Iraque.

Kemen
Kemen
Reply to  Satyricon
2 meses atrás

Nãããoooo. Nada de problemas com o Iraque, eles lá e nós aqui, hehehe bem longe.
Ali continua sendo terra de ninguém…nem dos sunitas, nem dos xiitas… nem dos armenios.

MÁRIO FILHO
MÁRIO FILHO
Reply to  Kemen
2 meses atrás

O Iraque do Saddam era ruim para 30% da população , depois dos eeuu terem feito a operação liberdade ficou ruim para 100 % .

Agnelo
Agnelo
Reply to  MÁRIO FILHO
2 meses atrás

Xiitas, q eram os q apanhavam, são de 65 a 70 % da população… fora o resto q não era sunita, vertente do islã de Saddam.
30% era o máximo q estava “bem”.

ivan leduc de lara
Reply to  Agnelo
2 meses atrás

Sadam se dizia sunita, mas era laico, por isso caiu, golpeado pela Irmandade Muçulmana, que comprou a OTAN.

Maicon
Maicon
Reply to  Agnelo
2 meses atrás

Até onde me recordo quem sofria com Saddam não eram os sunitas, nem os xiitas, nem os alauitas, mas sim os curdos, a “minoria curda”, que deve ser esse percentual meramente ilustrativo que ele mencionou antes.

Jota Ká
Jota Ká
Reply to  Agnelo
2 meses atrás

Quem sofria sob Saddam eram os opositores (até os genros foram executados depois que o traíram).
Os apoiadores ou neutros, de qualquer etnia ou religião estavam na boa!
Para quem não lembra, seu lugar-tenente, Tarek Aziz, era um cristão.

mendonça
mendonça
Reply to  Jota Ká
2 meses atrás

perfeito ,tarek aziz era católico .

mendonça
mendonça
Reply to  Kemen
2 meses atrás

desculpa minha ignorância ,mas o que tem a armênia haver com o iraque ?

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Satyricon
2 meses atrás

Falando sério se os americanos dessem permissão para o Iraque vender esses F-16 teria fila de países querendo comprá-los!

Satyricon
Satyricon
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

Eu sei
Faz uma troca com A-29 seminovos, kkkkkkkkkk

Marcelo
Marcelo
2 meses atrás

Deve rolar muita corrupcao nos contratos com essas empreiteiras americanas. Ser humano eh ser humano, nao existe isso que americano eh mais honesto, dadas as condicoes, a corrupcao acontece. Halliburton tem fortes conexoes politicas tambem. Ou seja, invadem um pais, destroem e depois as empreiteiras vem pegar gordos contratos de reconstrucao ou militares como esse citado. Devem estar loucos de raiva porque na Siria nao vai rolar…

Claudio Melo
Claudio Melo
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

É. Na Síria não vai rolar.

Gabriel
Gabriel
Reply to  Claudio Melo
2 meses atrás

Na Síria não vai rolar? Só se estiver se referindo apenas a “empreiteiras americanas”.

Ou sinceramente acredita que russos (ou mesmo chineses, franceses, ingleses, etc) são diferentes?

São apenas lados diferentes da mesma moeda.

Simples assim.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Gabriel
2 meses atrás

sim, concordo, quis dizer sobre as empreiteiras americanas mesmo, no sentido em que colocar “boots on ground” lah nao vai gerar lucros para eles, vai ver por isso que se retiraram.

Ersn
Ersn
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Será que na longínqua década de 1960 no Vietnã do Sul rolava esse tipo de situação?.O que poderia explicar porque o exército deles estava em situação material e de manutenção caótica durante a ofensiva de 1975.

Last edited 2 meses atrás by Ersn
Camargoer
Camargoer
Reply to  Ersn
2 meses atrás

Olá Ersn. O governo do Vitnan do Sul era extremamente corrupto. Muito dos recursos disponibilizados foi apropriado pela famia do primeiro ministro mas também por oficiais inferiores. Esse problema está fartamente documentado.

Eduardo Lima
Eduardo Lima
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

O Iraque foi a Guerra de Dick Cheney! Fez a America enrica-se astronomicamente!

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Interessante e a parte do texto que diz que eles tem um contrato com a empreiteira para ela fornecer tudo para a base, ate a segurança. Acho que de força-aérea Iraquiana mesmo, só os pilotos e os comandantes. Então se rola corrupção, tem dedos da empresa americana nisso.

Claudio Melo
Claudio Melo
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Casos de corrupção nos contratos das F.A.s dos EUA são antigos. Lembro na década de 80 de tampas de vso sanitário de algum borbardeiro estratégico que saiu cada um por milhares de dólares. Alguns superfaturamentos eram uitlizados para financiar operações de guerra suja fora do escrutínio ds comissões do Congressso. Outros eram “otras cositas, mesmo”.

Claudio Melo
Claudio Melo
2 meses atrás

A verdade é que os iraquianos disseram para os EUA saírem do país deles. Se, para inviabilizar essa saída, os EUA tiverem que investigar corrupção, inclusive das emrpesas americanas prestadoras de serviços, é o que farão.

Anselmo da Costa Andrad
Anselmo da Costa Andrad
2 meses atrás

Lindo objeto de decoração!🤷‍♂️

Antoniokings
Antoniokings
2 meses atrás

Esses vetustos F-16!

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Se esses F-16 são vetustos, imagina o que se pode falar dos Mig-29…….eita falta de coerência e de conhecimento…….

Marcos Cooper
Marcos Cooper
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

VETUSTOS??? Foram comprados novos! Falta competencia nessa força aérea em operá-los e mantê-los.

Maicon
Maicon
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Meu amigo, eram aeronaves das versões F-16 C/D, em perfeitas condições de operação, só Israel teria assim melhor equipamento naquele teatro regional do OM, inclusive seis foram entregues ano passado, num total de 27 unidades. Tem coisa faltando nessa matéria, todos os 27 pássaros estão sem condições de voar? Por qual motivo concreto? Falta de verbas? Que tipo de manutenção estaria “errada” ou “insuficiente”? Eu como governante iraquiano, jamais compraria 27 caças de operação custosa como eles, para operar no Iraque, por falta de necessidade concreta para isso, ao que se saiba o Estado Islâmico, Hezzbolah, e similares não possuem… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Maicon
JuggerBR
JuggerBR
2 meses atrás

Bela maquina, mas nesse abandono governamental os americanos devem cuidar pra que eles não sejam simplesmente roubados pra algum país vizinho, como o Irã…

Gabriel BR
Gabriel BR
2 meses atrás

Podiam vender para a Colômbia

IBIZ
IBIZ
2 meses atrás

O que os americanos fizeram no Iraque foi criar um terreno perfeito para o crescimento da influência iraniana na região.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  IBIZ
2 meses atrás

E parece que a Base de Balad foi bombardeada há alguns dia.
Provavelmente por rebeldes iraquianos contrários à presença dos EUA no País.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

“por rebeldes iraquianos contrários à presença dos EUA no País”. Outra forma de falar terroristas financiados pelo Irã.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Sagaz
2 meses atrás

Terrorista é quem ocupa outro País contra a vontade do povo de lá, né?

Camargoer
Camargoer
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Olá AntonioK. Creio que terrorista é quem se opõe ao que ocupa outro país contra a vontade do povo. Melhor né?

Flanker
Flanker
Reply to  Camargoer
2 meses atrás

Quando os EUA derrubaram Sadam, a grande maioria do povo gostou da ideia……a situação que veio depois disso é que não agrada o povo iraquiano hoje. Na real, talvez com uma exceção ou outra, países majoritariamente muçulmanos não são muito afeitos à democracia e liberdades individuais como nós, ocidentais. Eles precisam de um ditador para chamar de seu, seja uma teocracia ou não.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Pois é, a missão era derrubar Saddam e restruturar o governo local e as forças de segurança. Essas missõee já foram compridas a tempos más cadê que eles vão embora.
No dia em que não tiver mais terrorista no oriente médio ou se o Iran virar um pais desarmado, pacifico e submisso, os EUA vão alegar que devem permanecer lá por causa do ladrão da esquina que esta terrivel.

Last edited 2 meses atrás by Cristiano de Aquino Campos
Funcionario da Comlurb
Funcionario da Comlurb
Reply to  IBIZ
2 meses atrás

Sim. Os EUA fizeram, outra vez , o que fazem de melhor: destroem um país, colocam um governo fantoche , vendem seus produtos/servicos e o caos se instala. Vide os exemplos históricos.

Ahh. Antes que venham os radicais : Não sou a favor de americanos, nem chineses, nem de russos, nem de nenhum outro país que não seja o Brasil.

AMSS
AMSS
Reply to  Funcionario da Comlurb
2 meses atrás

“e o caos se instala” então antes dos americanos chegarem não tinha problema nenhum? Existia justiça, respeito e bem estar social?

Greyjoy
Greyjoy
Reply to  AMSS
2 meses atrás

Podia não ser essas mil maravilhas e Saddam tinha sua parcela de louco, mas o que o Ocidente precisa entender é que nossa democracia não funciona em certos países. O Iraque não melhorou depois da guerra. A Líbia então nem se fala. Até tráfico de escravos voltou lá.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Greyjoy
2 meses atrás

Olá Greyjoy. Acho que os EUA nunca tiveram a intenção de apoiar a democracia no Iraque. Talvez ela funcionasse sim. Ele funcionava no Iran antes dos EUA patrocinarem um golpe de estado na década de 50. Aliás, a democracia também estava se consolidando no Brasil e no Chile na década de 60, quando os EUA patrocinaram golpes de estado nestes dois países. A lista continua.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Camargoer
2 meses atrás

A democracia nunca esteve perto de se concretizar na AL nos anos 60 nem no Ira nos anos 50.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Augusto L
2 meses atrás

Caro Augusto. Desde o fim da segunda-guerra, a democracia tem sido definida pelo Estado de Direito, pelo respeito á soberania dos povos e pela garantia dos direitos humanos. A América Latina caminhava nesta direção até ser varrida por uma série de golpes de estado para a instalação de ditaduras militares. O caminho da democracia foi retomado nos anos 90 (mas desde deposição do presidente paraguaio e hondurenho parece que se perdeu novamente esse valor). O golpe de estado no Iran no início da década de 50 e a interferência da CIA nas eleições italianas foram as primeiras ações antidemocráticas dos… Read more »

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Camargoer
2 meses atrás

Camargo.
O problema é que a maioria das pessoas não estudam história e não sabem contextualizar os fatos.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Augusto L
2 meses atrás

Dá uma lida ou pesquisada pela internet antes de falar isso amigo.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Camargoer
2 meses atrás

Engraçado e que muito se fala nas reformas de base que o presidente João goulart queria aprovar no congresso nacional como se fosse uma revolução comunista e por isso tiveram que tomar o poder. Más se você for ler as propostas se por ventura ele as aprovasse no congresso com a maioria de oposição a ele, não chega nem perto do quê todos os governos fizeram desde então, até o atual.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  AMSS
2 meses atrás

O ocidente e mais especificamente os EUA querem que os países façam coisas do tipo e exemplo: Chegar na China e falar para os seis 2 bilhões de Chineses para de falar mandarim ou cantonês e falar só ingles pois e melhor. Independente deles falarem essas linguas há mais de 3 mil anos.
Óbvio que não rola.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Funcionario da Comlurb
2 meses atrás

Então, ate hoje eu não entendo o motivo de os EUA terem bases fixas próprias aos montes em países aliados e ate mesmo auto-suficientes em defesa. Quando em caso de necessidade, suas forças nucleares respondem no mesmo dia a um ataque e as convêncionais em no máximo 15 dias estão do outro lado do mundo indo por mar.
Alguem acha mesmo que a China invadiria o Japão, o coreia do norte a coreia do sul e a Russia toda a europa ocidental em menos de 15 dias sem resistência?

Teropode
Reply to  IBIZ
2 meses atrás

11 / 9/2001 , foi obra de sunitas , a consequência foi tira- Los da administração do Iraque e Afeganistão , o Irá aumentou sua influência no Iraque e no Afeganistão , um jogo de xadrez legítimo .

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Coisa similar a que esta acontecendo em hong kong. Os Ingleses devolveram a Ilha para a China más não aceitam o dominio do país para o qual devolveram a Ilha. Mesmo o povo de lá falando a mesma lingua. E que nem vender um carro e não deixar quem comprou dirigir.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  IBIZ
2 meses atrás

Essa guerra foi boa para todos, menos para os EUA, ainda tem gente que defende a Iraq Freedom

Pedro
Pedro
2 meses atrás

Lembro da “modernizaçao” dos T-72 iraquianos nos anos 80 e 90! O ditador liberou os recursos onde um dos filhos ficou a frente do projeto. Quando Sadam caiu e puderam investigar, a tal modernizaçao foi apenas uma pintura externa! Os recursos foram desviados pelo próprio filho.
Na Siria qdo eclodiu a guerra civil entre governo e terroristas, uma qtda substancial dos veiculos e meios Sirios estavam inutilizados devido ao fato do $ para manutençao ter sido desviado.

Ersn
Ersn
2 meses atrás

Acho que esse tipo de situação explica porque em 1991 a Força Aérea do Iraque parecia ser uma força eficiente e competente no papel mas na prática foi o que foi visto na CNN.

pangloss
pangloss
Reply to  Ersn
2 meses atrás

Prezado Ersn, as forças armadas iraquianas já tinham provado tudo o que eram capazes de fazer – e, sobretudo, tudo o que jamais foram capazes de fazer – na guerra com o Irã, travada entre 1980 e 1988.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Ersn
2 meses atrás

Olá Ersn. O colapso da URSS era recente, o que pode ter prejudicado a logística dos exércitos iraquianos. Durante a guerra Iran Iraque, eles tinham uma logística funcionando, suprimentos e peças de reposição. O Iraque enfrentou um exército maior, mais moderno e bem equipado na Guerra do Golfo.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Camargoer
2 meses atrás

O que tem a logistica Soviética com as forças armadas Iraquianas que eram armadas e equipadas pelos EUA durante a guerra Iran x Iraque?
A União Soviética apoiava o Iran na epoca.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
2 meses atrás

Caro Cristiano. O exercito do Iraque durante a invasão do Kwait tinha helicópteros soviéticos, caças soviéticos (Mig e Sukhoi), tanques soviéticos.

MFB
MFB
2 meses atrás

Brasil representado no Oriente médio???

J R
J R
Reply to  MFB
2 meses atrás

Até onde eu sei, a manutenção na FAB anda bem…

Maicon
Maicon
Reply to  MFB
2 meses atrás

Provavelmente a FAB faz melhor manutenção do que qualquer força aérea da AL, visite um dia o PAMA em SP, os caras fazem milagres.

Lyw
Lyw
2 meses atrás

Iraque, um exemplo de país para onde os USA levaram “democracia” para seu povo…

Antonio Palhares
Antonio Palhares
2 meses atrás

A invasão do Iraque foi um dos crimes mais hediondos praticados contra um país. Destruíram toda infraestrutura do país. Os sítios arqueológicos que eram patrimônio da humanidade, todo aparato administrativo do estado.
Foi dito que seria para levar a civilização e democracia. O resultado é isso ai.
Deixaram um país fragmentado. Roubaram -lhe o petróleo. Lhe colocaram uma dívida de guerra impagável. E por aí vai.

Teropode
Reply to  Antonio Palhares
2 meses atrás

Não , não , não , após vc o 11 de setembro a promessa foi ceifar o maior número de sunitas possível , e isso aconteceu um a CIA implantou a discórdia na região com maestria .

sergio ribamar ferreira
Reply to  Antonio Palhares
2 meses atrás

Concordo com o Sr. Antonio Palhares. “Como destruir um país e se apropriar dele.” Os insurgentes que todos dizem “terroristas’ estão lutando pelo seu país. O estrangeiro que é o invasor. os Russos no Afeganistão depois os americanos e posteriormente estes no Iraque. São exemplos para certo país que considera outras nações como amigas. Não há amizades e sim interesses. “Aliados de momento”; inimigos quando interesses de um está em desacordo. Um país que não se desenvolve econômica e tecnologicamente em todos os níveis, e com recursos disponíveis será sempre a ‘bola da vez”. Grande abraço

sergio ribamar ferreira
Reply to  sergio ribamar ferreira
2 meses atrás

Esqueci: e diminui com a corrupção dos suas autoridades impondo eis duras para àqueles jamais conseguirá se desenvolver. Uma vergonha. reitero saudações ao senhor Antonio Palhares e demais comentaristas.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  sergio ribamar ferreira
2 meses atrás

Ribamar.
Graças a Deus que podemos pesquisar e chegar na verdade dos fatos.
Nada que não seja feita de acordo com a verdade não aguenta a prova do tempo. E tem uns torcedores que isso não enxergam.
Um fraterno abraço.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  sergio ribamar ferreira
2 meses atrás

O Imperio Britânico e o exêmplo do que os EUA fazem. Dêem um olhada na história da Invasão Inglesa na India e na China ou a sua relação com o Egito na crise de Suez.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Antonio Palhares
2 meses atrás

Olá Antonio. A destruição do patrimônio histórico é algo sistematicamente ignorado.

Antonio palhares
Antonio palhares
Reply to  Camargoer
2 meses atrás

E pensar que o que conhecemos como civilização começou naquele lugar. É muito triste saber que um país “civilizado” cometeu um crime desse. Comparável somente ao que fez o exercito islâmico na cidade de Palmira na Síria. Ou na antiguidade. O incêndio criminoso da biblioteca de Alexandria. E temos que conviver com isso.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Camargoer
2 meses atrás

Tenho que te corrigir amigo, tem diferênças nessa hiatória. Quem destroe o patrimônio hiatórico e cultural de milénios e o estado Islamico que e radical ate para os Islãmicos. Os países civilizados e ocidentais só roubaram esse patrimônio deles para vender para ricos usarem como decoração de suas mansões.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
2 meses atrás

Caro Cristiano. O desastre sobre o Museu de Bagdá é incalculável. Durante os anos sob o regime de Saddan, havia uma preocupação com o passado histórico do país. Com o colapso do Estado iraquiano, os museus foram saqueados e artefatos históricos destruídos ou contrabandeados. Os registros (um artefato só tem sentido histórico se existir um registro) destruídos ou vandalizados. O Talibã cometeu crimes em nome da fé. O patrimônio histórico no Iraque foi destruído em vão, pelo inominável.

João Bosco
João Bosco
2 meses atrás

Bom…. para muita gente achando que o nosso país é cheio de corruptos, má noticia: não somos os unicos!!!!!KKKK

Marcos Cooper
Marcos Cooper
Reply to  João Bosco
2 meses atrás

Mas fique sussi. Ainda somos os campeões nessa modalidade.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcos Cooper
2 meses atrás

Caro Marcos. Uma boa referência sobre corrupção seria a lista publicada pela Transparência Internacional. Afirmar que o Brasil é um campão em corrupção é tão equivocado quando dizer que não existe corrupção no país. Há países piores que o Brasil e há muita coisa para ser feita para combate-la.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
2 meses atrás

2003: “Vamos levar paz, democracia e justiça ao Iraque”

2020: denúncias de corrupção nas relações EUA/Iraque

Kkkkkkkkkk

Carlos Campos
Carlos Campos
2 meses atrás

Falcões engaiolados, coisa triste de se ver.

Luiz Floriano Alves
Reply to  Carlos Campos
2 meses atrás

Saddanachou que as potencias não iriam se desgastar ao enfrentar um exercito calejado, como o do Iraque. Dai que invadiu o Kuwait, se apoderando de empresas de petróleo de grande poder. Fez o que Morales fez com a Petrobras, na Bolívia. No caso boliviano, Morales contava com o beneplácito do “Cumpanhero”. E a boa paz dos brasileiros, acostumados. qie somos, a serem roubados por wquem deveria zelar por nossos interesses..

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
2 meses atrás

Manda aqui pro Brasil essas Naves, , 🙂

Jodreski
Jodreski
2 meses atrás

Com certeza para alguém ver os F-16 nas cores Iraquianas foi um sucesso! Se eles voam eu não sei… o que importa é os cheques não serem voadores.

Last edited 2 meses atrás by Jodreski
Daniel Botura
Daniel Botura
2 meses atrás

Existe algum “documento”, sobre o desempenho do “Cascavel” em combate……………………………

Adriano
Adriano
2 meses atrás

Depois dos calotes que os iraquianos deram em vários fornecedores de armas de vários países, dentre eles nós, o que levou (junto a outros fatores) à extinção da saudosa Engesa, alguém ainda se arrisca a vender armas para os iraquianos

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
2 meses atrás

Por aqui também quase tudo não vai pra frente por conta da corrupção…