Home Aviação Militar FAB reativa Comandos Aéreos

FAB reativa Comandos Aéreos

23185
97

Cerimônias ocorreram na quinta (02) e sexta-feira (03), no Rio de Janeiro (RJ) e Recife (PE), respectivamente

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, presidiu, nesta quinta-feira (02) e sexta-feira (03), as cerimônias de reativação dos Comandos Aéreos Leste (III COMAR), localizado no Rio de Janeiro (RJ), e Nordeste (II COMAR), em Recife (PE). O Comandante foi recebido pelo Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno.

O Major-Brigadeiro do Ar Luiz Guilherme Silveira de Medeiros e o Brigadeiro do Ar Cesar Faria Guimarães assumiram os cargos de Comandante do III COMAR e do II COMAR, respectivamente.

“É importante termos em mente a continuidade do Aprimoramento Operacional e Gerencial, com disposição e coragem para conduzir os ajustes necessários para o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de nossa Força Aérea Brasileira [FAB]. O Comando vai ter suas ações sempre baseadas nesse tripé: a representação regional, o apoio administrativo, por meio de suas organizações subordinadas e o suporte à atividade-fim da Força, o preparo e o emprego”, afirmou o Major-Brigadeiro Medeiros, em seu discurso.

Estavam presentes nos eventos, ainda, o Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira; o Comandante de Operações Aeroespaciais, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas; o Comandante-Geral de Apoio da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior; o Comandante de Preparo, Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar; o Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, Tenente-Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues; o Chefe de Logística e Mobilização do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente-Brigadeiro do Ar João Tadeu Fiorentini; o Diretor do Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Rafael Rodrigues Filho; Oficiais-Generais da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira; Comandantes, Chefes e Diretores de Organizações Militares da Aeronáutica, dentre outras autoridades.

O Brigadeiro Cesar, ao assumir o novo cargo, falou sobre o trabalho a ser desenvolvido. “Está sendo reativado o Comando Aéreo Nordeste – II COMAR, com uma visão holística, que permitirá exercer a supervisão das Organizações Militares (OMs) subordinadas, baseadas em indicadores de desempenho, bem como retomar a representatividade do Comando da Aeronáutica na região Nordeste.”

Os Comandos Aéreos terão suas atividades focadas na supervisão, coordenação e controle, na sua área de jurisdição, bem como na gestão administrativa das OMs subordinadas, por meio de indicadores de desempenho regionais e de tendência, de maneira a mensurar o alcance dos objetivos estratégicos e metas correspondentes.

O Tenente-Brigadeiro Damasceno falou sobre a importância da reativação das Organizações Militares, subordinadas à Secretaria de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica. “Nós iniciamos hoje a efetivação, execução e materialização dos ditames da Diretriz para o Aprimoramento da Reestruturação do Comando da Aeronáutica, que identificou a necessidade de nós voltarmos a ter um binômio de referência e de representação, territorialmente”, explanou o Oficial-General.

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Bermudez, destacou a relevância do Projeto Piloto. “Iniciamos o Aprimoramento da Reestruturação do Comando da Aeronáutica (COMAER), tão importante e necessário para a Força, que visa, entre outros aspectos, resgatar a referência e a representatividade da Instituição no nível regional, além da separação efetiva das atividades operacionais e administrativas das Organizações da FAB”.

Projeto Piloto – DCA 19-5/2020

Após a publicação da Diretriz para o Aprimoramento da Reestruturação do Comando da Aeronáutica (COMAER) – Projeto Piloto DCA 19-5/2020, em maio, a Força Aérea Brasileira (FAB) iniciou a Fase 1 do processo, que consiste na implantação do Projeto Piloto nos Comandos Aéreos Leste e Nordeste.

A iniciativa é fruto de um estudo realizado pelo EMAER, que apontou para a necessidade de resgatar a referência e a representatividade do COMAER no nível regional, além da separação efetiva das atividades operacionais e administrativas das Organizações da FAB.

FONTE: Força Aérea Brasileira

Subscribe
Notify of
guest
97 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Halley
Halley
3 meses atrás

Um passo p frente e milhares para trás, este é o lema das forças armadas. Meu apoio daqui em diante será pela redução do orçamento militar até a extinção deste câncer. Operacionalidade que se lasque, o que importa para os estrelados é ter alguma repartição pra comandar. Olhe só o tamanho da lista de “autoridades” presentes. Milico gosta mesmo é de desfile, sem batalha, e hastear bandeira em honra do país a qual usurpa

Marcilio lemos de Araujo
Marcilio lemos de Araujo
Reply to  Halley
3 meses atrás

Bom dia Halley, é uma vergonha esse aeroclube de Brasilia, os caras são até acima da média, quando vão para Brasília, são acometidos pelos prazeres da corte e se infestam de bestialidades.

Cleber
Cleber
Reply to  Marcilio lemos de Araujo
3 meses atrás

Finalmente alguem com bom senso aqui no site . Torco e quero muito a extincao das Forcas Armadas .Usurpadoras do dinheiro publico , dissuacao nada !

Cesar
Cesar
Reply to  Halley
3 meses atrás

Infelizmente assino em baixo, as forças armadas são uma piada no Brasil,não tem dissuasão, são forças extremamente antiquadas, torço pela extinção também………

Cristiano Salles (Taubaté-SP)
Cristiano Salles (Taubaté-SP)
Reply to  Halley
3 meses atrás

Concordo com você…, só por DEUS !!!, enxugar efetivo nada…, nenhuma ação que deixe a FAB mais enxuta e operacional…, só comemorações e atividades para Brigadeiros terem o que fazer…Tem hora que desanima…, quando troca os ministros das 3 forças, pensamos que vai melhorar, ai piora…, é mais cabides de emprego…, A única Força que tem os pés um pouco no chão e utiliza com cautela e com um mínimo de zelo o seu orçamento, é o exército, pois as outras 2 parecem ser Forças armadas do País das maravilhas (do filme, Mágico de Oz)

André Luís
André Luís
Reply to  Halley
3 meses atrás

Milico adora também uma ESTATAL.

Zorann
Zorann
Reply to  Halley
3 meses atrás

Halley… que comentário perfeito!! Realmente é um câncer e em nada contribui para a defesa do Brasil. Muito pelo contrário: é o desperdício completo de nosso dinheiro sem entregar nada em troca.

Nós precisamos de forças armadas e não disso aí.

Omar Dutra das neves
Omar Dutra das neves
3 meses atrás

Impressionante esta matéria, falou falou e não vi o objetivo deste projeto e o benefício para a povo brasileiro, chega destas papagaiadas, o povo ta passando necessidade e tdo mais, País ridiculo ou seja administradores executivos ridículos, mostra algum beneficio no combate a pandemia, executada pelas FORCAS ARMADAS!
SÓJESUS MESMO!

Welington S.
Welington S.
Reply to  Omar Dutra das neves
3 meses atrás

Ué? Como assim mostrar algum benefício no combate ao covid-19? Você não está acompanhando todo o trabalho das Forças Armadas não? Em que mundo tu vive? Aliás, cada País tem o povo que merece! A Polícia é a imagem de seu próprio povo. Vamos aprender a votar melhor; quem sabe essa imagem ruim em todos os âmbitos não mude conforme os anos forem passando…

Carlos p silva
Carlos p silva
3 meses atrás

Piada pronta. Só mais escrivaninhas e cadeirinhas para eles brincarem de força aérea…

Rafael Loose Ferreira
Rafael Loose Ferreira
3 meses atrás

Se deram conta que faltou cargo pra muita promoção… kkkkkkkk Que ridículo. Quando vai voltar as bases aéreas?

Fabiano
Reply to  Rafael Loose Ferreira
3 meses atrás

E triste quem foi um militar da aeronáutica saber o trazer de servi com orgulho hoje várias unidades ser feixaram com o passa dos anos .ficaram nas lembranças de muitos praças momentos únicos q estes políticos tiveram o prazer de tira e acaba com vários sonhos e projetos até hoje ser espera por justiça pelo aqueles q foram tirados de suas carreiras militar.

Ivo
Ivo
3 meses atrás

Putz, sério isso????? O importante mesmo é ter departamentos, repartições, sedes, subsedes, puxadinhos, para os Oficiais Generais comandarem………verba para munição, peças sobressalentes, combustível, equipamentos decentes para o bem executar do serviço não tem rsrsrsrs…… É tudo para soldo, aposentadoria, bailes desnecessários, recepções de boas vindas, viagens do GTE, etc……. Tem hora que cansa de acreditar que um dia isso vai mudar.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
3 meses atrás

Desculpe a ignorância da pergunta, mas afinal, pra quê serve esses Comandos Aéreos?
Lí e relí o texto umas 3X, e não conseguí identificar, afinal, qual o papel desse Comando Aéreo.

Luiz Antonio
Luiz Antonio
Reply to  Willber Rodrigues
3 meses atrás

Bom dia. Tenho a impressão que o papel desse Comando Aéreo, no que se refere à eficácia da FAB é …NENHUM. Já pelo aspecto CABIDÃO é muito importante para aninhar desocupados funcionais. A FAB mudando para ficar a mesma coisa. Aguardem novas bases aéreas (sem aeronaves claro).

Last edited 3 meses atrás by Luiz Antonio
Oneraldo Barbosa de Medeiros
Oneraldo Barbosa de Medeiros
3 meses atrás

Vocês não falem mal das Forças Armadas, esse país só está de funcionando que a temos e nós temos tradição militar, vamos na história o ditador Solano López invadiu o Brasil e nós demos uma contra resposta com as forças armadas em 1865. Hoje não teríamos o rio grande do sul e o Mato Grosso, porque o Paraguai teria anexado.

Luiz Antonio
Luiz Antonio
Reply to  Oneraldo Barbosa de Medeiros
3 meses atrás

Minha sugestão é o que o Paraguai anexe o Brasil. Lá voce tem fake mas tem coisas boas tambem.

Meireles
Meireles
Reply to  Luiz Antonio
3 meses atrás

Lá Ronaldinho gaúcho conseguiu ficar preso por falsificação, sendo que tudo lá é falsificado, a América do Sul está uma bagunça.

No Brasil quem dita a ordem é o diabo com mão de ferro, ele serve a maçonaria formada pelos alto escalões dos cargos públicos, inclusive das forças armadas, e povo são os seus escravos que vivem se matando por migalhas.

Mas, estão reclamando porque? Vocês vivem bajulando os maçons, enquanto os homens do país só se preocupam com futebol, e as mulheres só se preocupam com as novelas, mas Deus disse o meu povo perece por falta de conhecimento.

Paulo
Paulo
Reply to  Meireles
3 meses atrás

Mais um escrevendo sobre mitologia e crendices (deus e maçons).

MMerlin
MMerlin
Reply to  Meireles
3 meses atrás

A história do Ronaldinho é bem mais embaixo e, segundo outro veículo de notícias militares, envolve até questões referentes ao Dario Messer.

Last edited 3 meses atrás by MMerlin
Dario Renato
Dario Renato
Reply to  Oneraldo Barbosa de Medeiros
3 meses atrás

Oneraldo, acho que aqui ninguém duvida da importância das forças armadas, o problema é não as temos. O que temos aparentemente são repartições burocráticas de assitência social uniformizadas.

Last edited 3 meses atrás by Dario Renato
Paulo
Paulo
Reply to  Oneraldo Barbosa de Medeiros
3 meses atrás

E desde quando as forças armadas adquiriram status de sacralidade?

Mota
Mota
3 meses atrás

Poder Legislativo, caro e ineficiente; Poder Judiciário também caro e ineficiente, ¨os deuses do Olimpo¨, Poder Executivo peculato é fichinha, dai você acha que as FAs poderiam no salvar e LÊ a materia acima…O ultimo que sair apague a luz…SOCORRO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Luiz Antonio
Luiz Antonio
Reply to  Mota
3 meses atrás

Nem precisa…já cortaram a energia por inadimplência.

ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
3 meses atrás

Lamentável retrocesso. Mais burocracia e menos operacionalidade. Mais despesas na área meio, menos na operacional. Mais cargos e funções para nada. Orçamento curto pela frente!

Paulo
Paulo
Reply to  ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
3 meses atrás

Lembre-se: as forças armadas são mais uma estrutura corporativa do Estado, que se locupleta do dinheiro do contribuinte.

Ou seja, nada de difetente do que ocorre há dezenas de anos.

calvario
calvario
3 meses atrás

Os comentários mostram a realidade das pequisas de confiabilidade nas forças armadas: em 13 comentários, 12 são contra e 1 a favor. Será que isso ocorreu após o apoio dos militares aos dois últimos governos federais?

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  calvario
3 meses atrás

Não acho que a participação deles no governo (ao qual eu também não concordo) tenha esse resultado, o problema é que são milhares de militares pra cuidar de umas dezenas de aviões, é muita gente sem função recebendo em dia pra muitos problemas sérios pra se resolver…

Luciamo menezes
Luciamo menezes
Reply to  calvario
3 meses atrás

Vc ja se alistou algum dia ? Se sim e serviu vc gostou de ser mandado ? Eu fui da aeronautica por 3 anos em 92…nós temos essa didátia …hierárquia e disciplina…se vc nao soube ou nao sabe a vida é assim…respeito pelas leis e familia e as armas nacionais..

Paulo
Paulo
Reply to  Luciamo menezes
3 meses atrás

Se você gosta de ser mandado, é um direito que lhe assiste. Muitos não gostam.

Além disto, seu comentário não tem nenhuma conexão com o que o leitor calvario afirmou.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Luciamo menezes
3 meses atrás

Existe uma diferença enorme entre ser mandado (eu prefiro a expressão “liderado”) e ser explorado.

ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
Reply to  Luciamo menezes
3 meses atrás

Fui militar de carreira da FAB por 10 anos. Depois parti para novos desafios. Por isso digo que sua fala é um desestímulo a quem se interessa pelo tema e nunca foi militar. O que precisamos é justamente o contrário. Pessoas que prestigiem o que há de bom nas FFAA e critiquem suas mazelas e contradições. Esse discurso de que só quem foi pode isso ou aquilo é excludente e infantil.
Sobre ser mandado, nunca gostei. Gostava de ser liderado.

Rafael
Rafael
3 meses atrás

Só os oficiais dessa foto juntos, devem somar um salário de pelo menos R$ 800.000 por mês de despesas. E quem paga a farra das mordomias desses cânceres é a população assalariada.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Rafael
3 meses atrás

Rafael, morei em Brasilia e te garanto que todos estes oficiais da foto trabalharam mais pelo país do que 513 deputados e 81 senadores, e os 10000 cargos dos gabinetes!!

Rafael
Rafael
Reply to  Marcelo Andrade
3 meses atrás

Tudo farinha do mesmo saco.

Lucas
Reply to  Marcelo Andrade
3 meses atrás

Uma coisa não justifica a outra. Quais grandes trabalhos esses oficiais realizam mesmo? 5 exercícios por ano?

Paulo
Paulo
Reply to  Marcelo Andrade
3 meses atrás

Você conseguiu produzir duas falácias em um parágrafo com quatro linhas.

1) Evidência anedótica. O seu testemunho não é prova do que você afirmou.

2) Falsa analogia. Os dois grupos podem ser igualmente ‘inúteis’, considerando a relação entre benefício e custo.

JSilva
JSilva
3 meses atrás

Alguém que entenda dos meandros da FAB sabe explicar o que isso significa na prática? Porque de fora o que aparenta é que realmente são dois passos atrás… Ao ler uma das frases: “…Diretriz para o Aprimoramento da Reestruturação do Comando da Aeronáutica, que identificou a necessidade de nós voltarmos a ter um binômio de referência e de representação, territorialmente”, a primeira coisa que me vem à cabeça é: A FAB não consegue ter 5 bases operando caças de 1ª linha (Anápolis, Santa Maria, Santa Cruz, Manaus, Natal), quando é questionada fala em mobilidade, que os caças podem ser desdobrados,… Read more »

Paulo
Paulo
Reply to  JSilva
3 meses atrás

Significa mais custo inútil, ou seja, dinheiro do contribuinte indo pelo ralo.

Flanker
Flanker
Reply to  JSilva
3 meses atrás

Hoje a FAB tem unidades de 1a linha em Santa Maria, Canoas, Santa Cruz, Anápolis e Manaus. De resto, concordo no ponto do excesso de Comandos, Diretorias, divisões , subdivisões, etc, etc…..Não se enxuga a administração! Parece claramente haver sobreposição de funções , responsabilidades e atribuições. Nesse andar, NUNCA teremos Forças Armadas de verdade. Qual o efetivo da FAB? 70 mil? A frota não chega a 700 aeronaves…..Dá mais de 100 militares por aeronave! Sei que não se faz conta dessa maneira….mas, ilustra para se poder pensar…

Fabio Araujo
Fabio Araujo
3 meses atrás

O que falta é planejamento de longo prazo, fizeram um mudança no final de um governo antes de uma eleição, com a mudança do governo poderia acontecer o que aconteceu voltou ao que era antes.

auricelio
auricelio
3 meses atrás

Li vários comentários e cheguei a uma conclusão todos estão fartos de noticias administrativas gerenciais nesse caso dos comandos Aereos, e ficamos sempre cobrando pelo operacional, concordo em partes com os comentários, servi o exercito em 2003, e não gostei, exatamente por não ter muita ação, teve uma de ajuda humanitária em uma enchente que durou 3 meses e 90% dos recrutas fizeram parte, mais ai não vi necessidade do exercito ficar com isso, pois era apenas para montar uma ponte e em outra parte ficar com botes transportando pessoas, isso e serviço da defesa civil não do exercito, por… Read more »

Águia
Águia
3 meses atrás

Olá ! Com um orçamento de 1,5% do PIB para as forças armadas, nosso país está posicionado em 78o. lugar entre 178 países. É um dispêndio baixo, e não seria razoável ficarmos totalmente indefesos.

Nilson
Nilson
3 meses atrás

Israel tem menos de 50 efetivos por aeronave em sua força aérea, Brasil, mais de 110. Em termos de poder aéreo, não damos nem para o começo. Como explicar?

Oráculo
Oráculo
3 meses atrás

A verdade meus amigos é que a maioria absoluta dos Brigadeiros, Almirantes e Generais desse país não estão nem ai para operacionalidade das FFAA. Querem manter o status, o glamour e o poder que o oficialato concede. E nada mais do que isso. Assim chegamos ao momento ridículo em que nos encontramos. A FAB é hoje a maior empresa de Táxi Aereo de políticos do planeta.Os pilotos do GTE devem ser os que mais voam na força… Temos mais Brigadeiros do que caças. E não pensem que o Gripen vai mudar isso. Serão só os 36 encomendados pra dar um… Read more »

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Não sei de onde este pessoal tira essa conclusão? Desde quando o número de caças tem alguma coisa a ver com o número de Brigadeiros? Uma pena pois este Fórum há tempos era frequentado por quem gostava e entendia de assuntos militares!

Lucas
Reply to  Marcelo Andrade
3 meses atrás

Não tem haver, mas você não acha ridículo uma força aérea ter mais brigadeiros do que caças? Pra mim é uma grande piada de mal gosto. Aliás, as 3 forças são…

Paulo
Paulo
Reply to  Marcelo Andrade
3 meses atrás

Ao invés de choramingar, argumente contrariamente o que ele escreveu.

ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
Reply to  Marcelo Andrade
3 meses atrás

Lei C. Northcote Parkinson (A Lei de Parkinson), um clássico sobre gestão de corporações e pessoas. Verá que a relação entre meios operativos e pessoal (inclusive o número de generais, almirantes e brigadeiros) é um elemento-chave para determinar que temos umas FFAA de faz de conta (no quesito dissuasão).
Recomento a leitura.

Rico Zoho
Rico Zoho
3 meses atrás

De novo! Faltou cadeira para tanto brigadeiro que deram para trás.

Edson Parro
Edson Parro
3 meses atrás

Quais serão as tais Organizações Militares que estarão sob a SUPER Visão holística do II COMAR?

Cabral
Cabral
Reply to  Edson Parro
3 meses atrás

BASV, BAFL, BARF e BANT.

Cabral
Cabral
Reply to  Edson Parro
3 meses atrás

PARF, PANT

Mano Jô
Mano Jô
Reply to  Edson Parro
3 meses atrás

Tem algumas:

-> CCLeC – Comando da Compra de Lagosta e Caviar
-> PCOF – Pelotão de Criação e Organização de Festinhas
-> SCEmp – Superintendência de Cabides de Emprego

De cabeça eu só lembro dessas. Alguém pode me lembrar se tem mais?

Paulo
Paulo
Reply to  Mano Jô
3 meses atrás

Hahahaha.

Esta foi ótima.

Chesterton
Chesterton
3 meses atrás

Estamos pagando os nossos pecados com um desqualificado e desequilibrado no camando de tudo.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
3 meses atrás

O que não entendo é o cara frequentar um fórum militar e ser a favor de acabar com as Forças Armadas! Quer notícias só do exterior frequenta a Defense News!

Diego Leandro
Diego Leandro
Reply to  Marcelo Andrade
3 meses atrás

Concordo, simples e objetivamente.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Marcelo Andrade
3 meses atrás

É por aí. Muita dor de cotovelo aqui.

ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
Reply to  Rinaldo Nery
3 meses atrás

Acabar com as FFAA é uma sandice.
Mas, acredito que as criticas, quando fundamentadas, são importantes. Como disse o TB Rossato, nossa FAB possui efetivo maior que muitas forças aéreas com maior capacidade de combate. Seria interessante uma análise comparativa de efetivos e custos com pessoal versus capacidade dissuasória e meios operacionais com algum valor no cenário moderno.
Para a quantidade de meios que temos, há muitos oficiais generais nas três forças sem tropa para comandar e sem meios efetivos para nossa defesa.

Nilson
Nilson
Reply to  Rinaldo Nery
3 meses atrás

Na guerra das Malvinas, a Argentina abundava em efetivos. A Inglaterra com muito menos, porém com muita tecnologia …… . ?

Frederick
Frederick
Reply to  Marcelo Andrade
3 meses atrás

O delírio é mais profundo. Até onde entendi, a Inciativa Privada deveria fazer as vezes de defender o pais. Ai comprava mais aviãozinho e os “plastimodelistas” ficariam mais felizes.

Erikson
Erikson
3 meses atrás

Depois a FAB vem falar que não tem dinheiro para ajudar o exército nos rincões Brasil a fora, e corta a aviação asa fixa do EB, dizendo que é só passar mais verba pra ela, mas desse jeito não dá. Vão parar nos 12 Gripens assim.

Lucas
3 meses atrás

Falou e falou e no final não disse nada sobre qual a real importância desses dois cabidões de emprego…

Agnelo
Agnelo
3 meses atrás

Excelente!
Estava bem complicado. Com os COMAR coincidindo com os C MilA, volta a possibilidade de viabilizar melhor os CCj. Primeiro para o preparo, mas principalmente para o emprego.
Parabéns, FAB!

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Agnelo, nem tenta explicar.

Art
Art
Reply to  Rinaldo Nery
3 meses atrás

Exato. Nos EUA para ser promovido a general deve-se passar por um comando conjunto. No Brasil deveria ser assim também.

JT8D
JT8D
3 meses atrás

Estamos nos tornando um país de castas

Okido
Okido
3 meses atrás

Pro oficialato o fim das FFAA é os próprios oficiais. Ególatras, politicos carreirista, limitados intelectualmente que se acham o suprasumo do Brasil. Sua visao de hierarquia de República bananeira exala desprezo pelo povo, pelos interesses nacionais. Desde o golpe da contra a monarquia são o atraso do país, o que há de mais cafona e retrógrado. São como os militares norte coreanos, é só trocar as medalhas até os joelhos por comandos, aditamentos, assessorias parlamentares, ao STF, ONU e afins… operacionalidade é um detalhe inconveniente, a desproporção de oficiais para um país sem guerra há gerações é um sinal evidente… Read more »

Frederick
Frederick
Reply to  Okido
3 meses atrás

E a sua sugestão é…?

LeoL
LeoL
3 meses atrás

As forças armadas são importantes para o país agora precisam de uma grande reestruturação especialmente a Marinha e a Fab. Não tem nenhuma lógica terem 80000 membros cada uma, teria que cortar uns 50% no mínimo. Só para comparar a força aérea do Reino Unido não chega a 40000 membros e tem 3 vezes o número de aviões operacionais.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  LeoL
3 meses atrás

E a população é infinitamente menor…

LeoL
LeoL
Reply to  Rinaldo Nery
3 meses atrás

Não sei o que teria a ver a população do país, então a atividade fim das forças armadas na sua opinião é empregar a população ? Até onde sei em todos os outros aspectos eles tem uma força aérea infinitamente superior com a metade do pessoal.

LED
LED
3 meses atrás

Só para lembrar que a volta dos COMAR é para desfazer uma pseudo reestruturação a toque de caixa feita por um ex cmt que inclusive fez uma carta aberta contra a aviação de asa fixa para o EB. Este sim, deveria ser chamado para explicar todas essas invencionices…

Last edited 3 meses atrás by LED
ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
Reply to  LED
3 meses atrás

A carta aberta não foi contra a aviação de asa fixa para o EB, mas sim pela racionalidade de custos e meios. A FAB já os possui e usa pouco. Para que o contribuinte precisa custear mais essa?
Sobre a reestruturação feita, foi um processo longo e racional que, infelizmente, enfrenta retrocessos como esse noticiado acima.

LED
LED
Reply to  ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
3 meses atrás

Você é militar?

ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
Reply to  LED
3 meses atrás

Fui militar da FAB por 10 anos. Qual a razão da pergunta

LED
LED
Reply to  ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
3 meses atrás

Pode Ler um comentário que fiz abaixo, aí terá a ideia da pergunta! Se você fosse da Força, entenderia, nas entrelinhas, o primeiro comentário (tópico) que fiz. Mas, infelizmente, não sabe.

ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
Reply to  LED
3 meses atrás

Amigo, fui da FAB, como disse. Isso, entretanto, é irrelevante.

Zorann
Zorann
Reply to  LED
3 meses atrás

Mais um corporativista pra defender a “gangue” do Exercito, contra a “gangue”da FAB ou vice-versa. Como se ambos não fossem igualmente culpados pela situação que enfrentamos.

Este é o tipo do comentário que só corrobora a necessidade de se estudar a unificação das forças armadas, para acabar de uma vez com este tipo de mentalidade.

LED
LED
Reply to  Zorann
3 meses atrás

Você é militar?

Padilha
Padilha
Reply to  LED
3 meses atrás

LED, o cara ser militar ou não é irrelevante para a discussão. Contra argumente os argumentos apresentados

LED
LED
Reply to  Padilha
3 meses atrás

Prezado, bom dia. Com todo respeito, entendo que você deveria ver o tipo de comentários que ele faz no fórum. Eu vi, pairou, então, essa dúvida. Sabe, tenho visto há muito tempo os fóruns da trilogia e, nesses últimos anos, nossa… quanta m¨&*%, escrita por gente que nunca nem tirou serviço de 24h num quartel, ou, ao menos, que fez uma tarde de ordem unida armada no sol, opinando sobre assuntos militares que nem faz ideia… imagino então o desconhecimento desses sobre o que é, por exemplo, servir na Amazônia, com todas as dificuldades logísticas… Não vou apresentar “argumentos” para… Read more »

Last edited 3 meses atrás by LED
Eron
Eron
3 meses atrás

E viva ao cabide de empregos!

Zorann
Zorann
3 meses atrás

Esta notícia nem é nova. A cerca de um mês eu havia comentado a respeito disto em outra matéria. É uma vergonha, um desrespeito com o contribuinte. Já passou do momento de se questionar como as Forças “Mal” Armadas gastam nosso dinheiro. Porque o orçamento é enorme e nada entregam. Talvez um orçamento impositivo, onde conste o que deve ser mantido e operado naquele ano fiscal, resolva parte do problema. Não se deve deixar nas mãos dos militares a decisão sobre como gastar seu próprio orçamento. Eles não tem a vontade, nem a capacidade e muito menos a responsabilidade necessária… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Zorann
3 meses atrás

Entra com uma Ação Civil Pública. Faça alguma coisa ao invés de lamuriar aqui.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Rinaldo Nery
3 meses atrás

Junta com o Wellington Góes.

Zorann
Zorann
Reply to  Rinaldo Nery
3 meses atrás

Olha o mi.mi.mi…. mais um corporativista para defender os “seus” em detrimento dos interesses da maioria. Tomando as dores, como se eu tivesse comentado me dirigindo a você. Vai brincar de aviãozinho

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Zorann
3 meses atrás

Vai ler meu comentário pra você lá no Naval.

Zorann
Zorann
Reply to  Rinaldo Nery
3 meses atrás

Também te respondi no naval.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Zorann
3 meses atrás

Estuda e tenta entrar para a AFA, aí, daqui há uns 30 anos de serviço, você vem aqui conversar, o”entendido” Se conseguir permanecer os 4 anos no curso, é claro!!!

Zorann
Zorann
Reply to  Marcelo Andrade
3 meses atrás

Acredito que seja ou tenha sido um dia militar. Olha o exemplo que você está dando, a imagem que você está passando: uma imagem de uma pessoa intransigente, que não consegue discutir nada civilizadamente, sem apelar para a “carteirada”; a imagem de alguém que se julga superior aos demais, só porque usa/usou farda, como se isto fosse atestado de alguma coisa. E você acha que alguém quer ser assim? Eu não quero e nem tenho mais idade. Mas a imagem que você passa é a de uma pessoa inflexível, intolerante, que se acha superior às demais, a caricatura perfeita do… Read more »

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Rinaldo Nery
3 meses atrás

Dá-lhe Cmte!!! Estes imbecis de teclado que são “violentados e roubados” de 2 em 2 anos elegendo bandidos !!

ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
Reply to  Rinaldo Nery
3 meses atrás

Um cidadão não tem legitimidade processual para ajuizar ações civis públicas. Mas pode criticar e exercer seu direito de discordar do que acha que está equivocado.
Uma ação popular (que seria, em tese cabível, seria muito complexa e certamente duraria anos).
Estamos num espaço de discussão. Certamente não concordaremos em tudo, mas emitir opinião é legítimo e respeita-la também.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Zorann
3 meses atrás

Deixa o Rodrigo Maia, o Alcolumbre e o STF administrarem o orçamento, o “entendido!

José Flávio
José Flávio
3 meses atrás

Os países comunistas , ligados à nova ordem mundial , estão armados até os dentes : China , Coreia do Norte , Rússia e mais alguns . O mundo ocidental Cristão tem o direito de se defender e atacar : basta ler a história! Agora nossas forças armadas tem que mostrar hombridade e altruismo . E concordo que ficamos muito tempo vendo a banda do comunismo passar , na inércia e esquecendo os valores verdadeiros, se é que temos ainda , do povo brasileiro.

Frederick
Frederick
Reply to  José Flávio
3 meses atrás

Em relação às ponderações até aqui sobre a reorganização, essa é uma das falas mais próximas à lucidez.

Last edited 3 meses atrás by Frederick