Home Aviação de Caça Typhoons da RAF são acionados pela quinta vez em missão da OTAN

Typhoons da RAF são acionados pela quinta vez em missão da OTAN

2685
9

Os jatos de combate Typhoon da Royal Air Force baseados na Lituânia foram acionados pela quinta vez para interceptar aeronaves russas na costa do Báltico.

Os Typhoons do 6 Squadron RAF, sediados na RAF Lossiemouth, interceptaram uma aeronave russa IL-78 MIDAS de reabastecimento em voo que estava operando no Mar Báltico e era uma missão de policiamento aéreo da OTAN.

O Wing Commander, Stu Gwinnutt, o comandante da ala aérea da 135 Expeditionary Air Wing, que atualmente está na base aérea de Siauliai, na Lituânia, conduzindo a missão da OTAN, disse:

“A interceptação de hoje, embora rotineira, é um sinal contínuo de porque é necessário implantar a Missão de Policiamento Aéreo da OTAN aqui, para garantir que todos os usuários aéreos nesta região possam conduzir suas atividades de maneira segura e profissional”.

A atual missão de policiamento aéreo do Báltico da OTAN vê a RAF trabalhando ao lado de um destacamento da Força Aérea Espanhola na Base Aérea de Siauliai, na Lituânia, e um destacamento da Força Aérea Francesa na Base Aérea de Amari, na Estônia. Os três Aliados da OTAN são, portanto, capazes de reagir a qualquer violação no espaço aéreo da OTAN a qualquer hora do dia ou da noite.

O Reino Unido opera em apoio à OTAN para tranquilizar nossos Aliados e faz parte dos compromissos mais amplos da OTAN do Reino Unido na região. Isso inclui liderar o Grupo de Batalha da OTAN implantado na Estônia e fornecer tropas ao Grupo de Batalha liderado pelos EUA com sede na Polônia como parte da missão de Presença Avançada da OTAN.

FONTE: Royal Air Force

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz
Clésio Luiz
3 meses atrás

Acho que o Typhoon é o primeiro caça “decente” da RAF desde o Hunter nos anos 1950. O Lighting tinha alcance e armamento extremamente acanhados para um caça de peso e porte do Phantom. Este tinha alcance e armamento, mas a RAF acabou arrastada pela RN para uma versão inferior ao F-4E em termos práticos. O Tornado F3 era um peixe fora d’água entre os caças de 4ª geração da época. Já o Typhoon não tem grandes defeitos. Tem performance semelhante aos seus pares, o alcance é decente, possui canhão orgânico e é bem armado. A única “deficiência” fácil de… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Clésio Luiz
Guilherme Poggio
Reply to  Clésio Luiz
3 meses atrás

Clésio, eles optaram por interceptadores (Lightning, Phantom II e Tornado ADV) nessa época e não genuínos caças.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Guilherme Poggio
3 meses atrás

Todos os caças da época, de todas as nações, nasceram como interceptadores. O problema é que como interceptador o Lighting tinha perna curta e pouco armamento. Era equivalente a um Mirage III, Draken, F-104 ou MiG-21, mas pesava o dobro e não chegava perto das capacidades do F-4 ou mesmo F-106. Isso é o que deu colocar uma aeronave originalmente de pesquisa em operação como caça. Tanto é que jogaram a toalha e compraram o Phantom pouco tempo depois dele entrar em operação. Já o Tornado foi o F-111 do Reino Unido. A USN conseguiu se livrar do F-111B, a… Read more »

Felipe
Felipe
Reply to  Clésio Luiz
3 meses atrás

Teve Tornado ADV que encontrou MiG-29 iraquiano e se deu mal…

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  Clésio Luiz
3 meses atrás

O ‘defeito’ é que é caro de operar e manter… E os ingleses já estão catando moedinhas pra Royal Navy se manter operacional…

Nilton L Junior
Nilton L Junior
3 meses atrás

Foram tiraram foto e foram embora, baita interceptação, esta mais para um mesmo reconhecimento o que sem dúvida não deve deixar de ser feito, nem que seja um teco teco.

Matheus
Matheus
3 meses atrás

Tem que “interceptar” aeronave Russa indo pra território Russo (Kaliningrado)?.
Me parece mais encheção de saco mesmo.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
3 meses atrás

Cada um no seu papel, o provocador e o provocado. Ações protocolares dos aviões envolvidos casada com uma ação de MKT da RAF.

Antunes 1980
Antunes 1980
3 meses atrás

Esse russos são chatos demais.
Ás vezes até parece um jogo de cartas marcadas.
Rússia e Estados Unidos jogando o mesmo jogo desde a época ds guerra fria.
A Rússia serve apenas como uma falsa ameaça, para que o Ocidente não pare de comprar equipamentos contra o ” perigoso agressor”.
A teoria que nunca falha… A Tese vs Antítese.