Home Aviação de Caça Nota do Comando da Aeronáutica sobre o incidente com o A-29 em...

Nota do Comando da Aeronáutica sobre o incidente com o A-29 em Natal (RN)

6247
29

O Comando da Aeronáutica informa que foi realizada uma ejeção do assento traseiro de uma aeronave A-29, na tarde desta terça-feira (03/03), no Rio Grande do Norte, durante uma missão de treinamento. O militar envolvido na ejeção foi resgatado, passa bem e está sendo submetido à avaliação médica.

O procedimento ocorreu dentro dos padrões de segurança e o piloto da aeronave, que ocupava o assento dianteiro, retornou à Ala 10 – Base Aérea de Natal, realizando o pouso normalmente.

A Aeronáutica iniciou as investigações para apurar os possíveis fatores que contribuíram para a ocorrência.

DIVULGAÇÃO: CECOMSAER – Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Kommander
Kommander
7 meses atrás

Como já disse no outro post, ao menos isso serviu para vermos que os assentos do ST funcionam! Hehe

Hélio
Hélio
Reply to  Kommander
7 meses atrás

Na verdade, lá por 2010 o ST passou por problemas nos assentos, quando ejetavam sem acionamento. Um piloto chegou a morrer quando o assento se acionou no solo.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Hélio
7 meses atrás

Desconheço esse fato. Aonde foi?

737-800RJ
737-800RJ
7 meses atrás

Soldado ejetando porque pensou que a aeronave estivesse “caindo”…
Essa estória está muito mal contada ou essa é a maior trapalhada da história da aviação militar brasileira. Tô tentando ficar com a segunda opção, mas meu apreço por teorias conspiratórias me faz gostar da primeira.

Daniel
Daniel
Reply to  737-800RJ
7 meses atrás

Resta saber se os custos deste suposto susto do camarada ficará por conta do Abreu, ou melhor, para nós contribuintes.

Humberto
Humberto
Reply to  Daniel
7 meses atrás

Sua mae pagará, Daniel.

Edmar souza
Edmar souza
Reply to  Daniel
7 meses atrás

Tá preocupado com o ptejuízo?
E a vida do piloto? Tem importancia não?
Brincadeira….

Lucas Skywalker
Lucas Skywalker
Reply to  737-800RJ
7 meses atrás

Na Matéria fala que é um soldado, não piloto, que voava de saco. Saco é o jargão usado para quem pega carona no assento traseiro. Eu mesmo já voei de saco no xavante. O piloto do xavante fez diversas manobras assustadoras porque era um treinamento de bombardeio. Antes da decolagem foi instruído para só acionar o assento no caso do piloto ordenar abandono da aeronave.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
7 meses atrás

Lembrei de um “causo” da época do T-27, quando a Embraer estava promovendo a aeronave e antes de ela se tornar um sucesso de vendas. Reza a lenda que um piloto da Embrear conduzia um militar do Oriente Médio no assento traseiro para um voo de familiarização, ainda no solo (eu acho), quando de repente o piloto da Embraer escuta um barulho ensurdecedor. O convidado havia se ejetado sem o menor aviso. Depois do ocorrido e questionado sobre o que tinha acontecido, o militar simplesmente respondeu “fui instruído para verificar se o assento ejetável realmente funcionava, antes da assinatura do… Read more »

Marcos10
Marcos10
Reply to  Clésio Luiz
7 meses atrás

Piloto iraniano em voo próximo a Pirassununga. Realmente aconteceu e ele foi instruído a ejetar para testar o assento.
Os iranianos ficaram alojados em Pirassununga por conta que os iraquianos também apareceram por aqui para também testar o Tucano, e estes ficaram em SJC.
Foram separados, pois os dois países tinham acabado de encerrar a guerra.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Marcos10
7 meses atrás

Foi em Lagoa Santa, não Pirassununga.

EVERTON SBRISSE
EVERTON SBRISSE
Reply to  Clésio Luiz
7 meses atrás

Que militar corajoso, eu no lugar não verificaria isso não.kkkk

Sergio
Sergio
Reply to  EVERTON SBRISSE
7 meses atrás

Nem eu….tá doido???

Guilherme Poggio
Reply to  Clésio Luiz
7 meses atrás

Clésio, tenho essa notícia de jornal em algum lugar. Vou procurar nos meus alfarrábios e se encontrar publicarei aqui.

Sagaz
Sagaz
7 meses atrás

Quando aconteceu em solo em outro país que não lembro qual não havia esse tipo de comentário, mas quando acontece no país da pessoa o dedo coça para ridílicularizar… a vitalatice é uma epidemia

Sergio
Sergio
Reply to  Sagaz
7 meses atrás

“num intendi” !!!!! ??????

MFB
MFB
7 meses atrás

Tinha que ter uma mula para fazer um test drive não programado no assento. O bom é que a tropa sabe que funciona realmente KKK

Emerson GS
Emerson GS
7 meses atrás

Assento ejetor passando no teste da FAB.
Boa recuperação para o militar.

Mauro
Mauro
7 meses atrás

Sobre o piloto estrangeiro que ejetou de um Tucano.Também li sobre isso, mas na época saiu em revista de grande circulação, que a ejeção foi acidental, e não “teste”.

Caiu assustado e foi socorrido inicialmente por um proprietário rural que falava inglês e o acalmou, foi dessa forma que chegou a imprensa que era um piloto de um país do Oriente Médio testando um T-27.

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
Reply to  Mauro
7 meses atrás

Esclareçam por favor. No caso da ejeção no A-29, todo o canopy se desprende ou apenas aquela parte em que foi ejetado o assento, visto haver uma divisão no canopy?

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Wellington Rossi Kramer
7 meses atrás

Isso varia de aeronave para aeronave. Alguns quebram o canopi, outros tem que ejetar o canopi antes, pois o mesmo é muito espesso para ser quebrado pelo assento, caso do F-16, por exemplo.

Entre os que quebram o canopi, alguns possuem no próprio canopi material explosivo para facilitar (em forma de uma fina corda, como a que vc vê no AV-8B Harrier), já outros usam “chifres” no assento para realizar a quebra, caso do A-29.

Vivaldo José Breternitz
Vivaldo José Breternitz
7 meses atrás

É permitido transportar um soldado como passageiro?

Caloro
Caloro
Reply to  Vivaldo José Breternitz
7 meses atrás

Apenas Ministros!

Sergio
Sergio
Reply to  Caloro
7 meses atrás

…de preferência do Supremo….e de preferência que o comando da ejeção seja feita pelo piloto….e que de preferência o ejete a 300 milhas náuticas mar a dentro em região povoada por tubarões tigre…e que de preferência…..

Vivaldo José Breternitz
Vivaldo José Breternitz
Reply to  Sergio
7 meses atrás

É isso!!!!! Abs

Victor Sardinha Bexiga
Victor Sardinha Bexiga
Reply to  Vivaldo José Breternitz
7 meses atrás

Sim, se for para testar o funcionamento do sistema de ejeção.

REGIEL CHARLES DA SILVEIRA
REGIEL CHARLES DA SILVEIRA
7 meses atrás

EXCELENTE.

Nicolas_RS
Nicolas_RS
7 meses atrás

Traduzindo a nota da FAB: Bla Bla Bla

Podiam ser mais diretos, ‘Estamos investigando’.

Top Gun Sea
Top Gun Sea
7 meses atrás

Nunca saberemos a verdade! Isso vai ficar como um procedimento ou teste de ejeção. O cenário, a altura da aernove, ejeção do segundo piloto, o pouso normal são detalhes que fortalecem a veracidade ou a operação. E si assim o é, o resultado foi o esperado.