Home Forças Aéreas EUA enviam B-52 para o Estreito de Taiwan após exercícios militares chineses

EUA enviam B-52 para o Estreito de Taiwan após exercícios militares chineses

5661
37

A Força Aérea dos EUA (USAF) enviou dois bombardeiros B-52 e um MC-130J Commando II para as proximidades do Estreito de Taiwan na manhã desta quarta-feira depois que as forças navais e aéreas chinesas sobrevoaram a ilha duas vezes esta semana, disse o Ministério da Defesa Nacional de Taiwan.

O MC-130J voou de norte a sul ao longo do espaço aéreo sobre o Estreito de Taiwan, enquanto os B-52 voaram ao longo da costa leste de Taiwan, disse a porta-voz da Força Aérea do Pacífico, Maj. Victoria Hight. Eles foram “monitorados de perto”, disse o ministério da defesa em comunicado nesta quarta-feira.

O estreito de 110 milhas de largura separa a China continental de Taiwan, que Pequim considera como uma província.

O voo ocorreu depois que a China realizou exercícios aéreos consecutivos perto de Taiwan nesta semana.

No domingo, a China enviou bombardeiros, caças a jato e aeronaves de alerta aéreo que voaram pelo canal Bashi e pelo estreito de Miyako, informou no domingo um comunicado do Ministério da Defesa chinês. Vários destróieres e fragatas também estiveram envolvidos no exercício.

“A patrulha de combate das forças armadas chinesas é completamente legítima e é a ação necessária para lidar com a atual situação de segurança no Estreito de Taiwan e salvaguardar a soberania da China”, disse o comunicado do Ministério da Defesa chinês.

Na segunda-feira a China realizou exercícios aéreos e navais conjuntos nas águas da costa sudeste de Taiwan, incluindo exercícios de ataque ar-terra e de apoio de fogo, disse um comunicado do Ministério da Defesa na terça-feira.

Os caças chineses durante o exercício de segunda-feira cruzaram a “linha intermediária” do Estreito de Taiwan, aproximando-se mais de Taiwan do que da China continental, disse terça-feira um relatório do jornal estatal chinês Global Times.

O especialista militar chinês Song Zhongping disse ao Global Times que as manifestações “não são apenas avisos aos secessionistas de Taiwan, mas também demonstrações das capacidades do PLA para resolver a questão de Taiwan pela força”.

Song acrescentou que os exercícios chineses visam aprimorar habilidades “úteis em possíveis batalhas contra a força militar de Taiwan”, disse o relatório do Global Times.

A China fez uma “incursão profunda” pela última vez na linha intermediária do estreito em 2019, depois de 20 anos, disse Bonnie Glaser, consultora sênior do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais, em Washington no mês passado.

Os exercícios ocorrem um mês depois que Tsai Ing-wen foi reeleita presidente de Taiwan com a promessa de preservar a soberania da ilha, depois que o líder chinês Xi Jinping descreveu a unificação como “inevitável”.

FONTE: Stars & Stripes (tradução e adaptação do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

37 COMMENTS

  1. Bom isso não colocar medo na china, Taiwan tem ter bombas nucleares, além de bombas sujas que possam ser lançadas de submarinos, aí seria Invadir Taiwan e garantir que Pequim e Xangai sejam varridas do Mapa ou então que a população seja afetada com radiação por meio de bomba suja.

    • China não deixaria… Se ela desconfiasse disso o próximo passo seria invadir Taiwan e colocar a China em alerta de lançamento de misseis balísticos para os EUA… Estaríamos na mesma situação da crise dos mísseis de Cuba. Mas o uso de bombas sujas poderiam mesmo ser empregadas se Taiwan visse que a situação estava perdida e ae fariam a tática da terra arrasada com o máximo de vítimas das Forças Armadas da China.

        • Duvido disso. No final do dia vai só mais uma Ilha invadida. A China tomou o mar do Sul da China. Os EUA poderiam apoiar uma guerra de uma coalização asiática para acabar cos as ilhas chinesas mas não fez. Agora se fosse o Japao o invadido eu acreditaria numa guerra. Erro não ter deixado o Mccarthur não explodir Pequim

      • A diferença e que taiwan e a Cuba dos Chineses
        Obs. Ao contrário de cuba, Taiwan era parte do território Chines ate a revolução comunista.
        Mesma lingua, costumes, tradições enfim meemo povo só que divididos por ideologias politicas. Similar a Coreia.

    • China não vai invadir Taiwan ! Sua economia depende demais do ocidente. Da mesma forma, que russos e americanos evitaram qquer conflito na Siria… Repare que ficaram caladinhos, no caso Huawei !

      Na prática… É sempre assim !

      E… Se quisessem, ja teriam feito ! E quem realmente quer guerra, não manda aviso !

      • Ha um forte comercio entre os dois , familias de ambos os lados , tá facil resolver a situação, basta a China deixar de usar a cn como escudo , se fizetem isto deixarão de ser hipócritas pois para a CS o norte é uma província faminta e rebelde , portanto nao adianta apontar o dedo para taiwan e esquecer as 2 coreias , alem disso desconfio que os EUA nao colocou isto na mesa porque para eles é interessante ter este engodo wue justifique sua presença na região e esta ameaça ajuda vender armas .

  2. Eu acho que se a coisa fosse realmente séria, os EUA não enviariam B-52 e C-130 para lá. Afinal de contas, são aeronaves indefesas num local como aquele. Ou não?

  3. Com todo o respeito mas Taiwan está dormindo demais, eles estão esperando oq para ter sua ARMA NUCLEAR? A China mandar um oficio com um desenho bem bonito com a inscrição: “Prezados camaradas taiwaneses vamos invadir seu país a força e tomar tudo, com amor República Popular da China”

    Estão de brincadeira né, vão confiar nos americanos pra fazer sua defesa? Eu duvido que o congresso americano vai aprovar qualquer medida extrema contra a China que coloque em risco milhões de civis americanos, e a vida de soldados americanos por uma ilha.

    Quero muito estar errado, mas no máximo vão chorar lá na ONU, criar alguns embargos (não demais senão afeta a economia dos dois países) mandar uns navios e aviões em volta pra dizer que estão se importando, e vai ficar por isso mesmo.

    Enquanto isso o povo Taiwanês vão sentir todo o “amor” da China pela sua rebeldia.

    Agora se eles tivessem ogivas nucleares a coisa seria muito diferente.

    ACORDA Taiwan!!! Faz sua arma nuclear, se a Coreia do Norte pode, pq vcs tbm não podem? Não esperem, façam!!

    • Cara.. O maior sonho do Trump é que a China faça uma besteira dessas ! E eles sabem disso !

      Só as sanções econômicas que viriam.. Afundaria os chineses, altamente dependentes de exportações para para o ocidente.

      So com a brincadeira da Huawei e de sobretaxas, diversos fabricantes ja anunciaram que sairão da China.

      Na prática a coisa é complicada.. Até o Putin usa Windows XP no seu computador pessoal.

      • Chris, os aliados pensaram que Hitler e o regime nazista só blefavam, e deu no que deu, sei que os autores e o tempo são diferentes, mas nunca duvide da capacidade do ser humano de fazer mer…. Taiwan é uma questão de honra para os comunas.

        “O especialista militar chinês Song Zhongping disse ao Global Times que as manifestações “não são apenas avisos aos secessionistas de Taiwan, mas também demonstrações das capacidades do PLA para resolver a questão de Taiwan pela FORÇA”.

    • Alessandro… Não é tão simples e nunca será. Se Taiwan fizer um movimento qualquer, pois mais pequeno que seja, em ter armas nucleares, China invade Taiwan e apresenta esse pretexto no conselho de segurança da ONU ainda acusando o ocidente de ter facilitado a produção da mesma. Veja que Cuba para se defender de uma possível e improvável invasão norte-americana na ilha concordou com Kruschev em instalar misseis soviéticos nucleares em Cuba. E quase que o mundo vai para saco… O tempo de Taiwan ter sua arma nuclear passou. Agora é contar com o que sempre contaram para a China não invadir Taiwan. Triste e dura a realidade mas é essa!

      • Luiz eu entendi perfeitamente o seu ponto de vista, e até concordo com vc, mas Taiwan precisa por necessidade de SOBREVIVÊNCIA arranjar uma maneira na surdina pra criar sua bomba atômica, talvez eles tenham mesmo perdido o tempo para fazer isso, mas vai por mim, esses comunas não estão de brincadeira, a história mostra isso, se os taiwaneses não fizer algo a respeito disso será o fim da liberdade para eles num futuro em breve, e os comunas nem fazem mais questão de esconder isso, falam a toda hora publicamente que vão tomar a força.

    • Pode ter certeza de que o governo chinês está combatendo a epidemia e atendendo as pessoas somente por conta do medo que uma epidemia descontrolada causaria à sua economia….economia essa que é a única preocupação do governo chinês. A vida do povo é o de menos. Olha o que eles fizeram com o médico que descobriu o início da epidemia. Primeiro o calaram e puniram e depois tentaram esconder sua morte. Não se esqueça que a China é uma ditadura de esquerda. E todas as ditaduras, sejam de esquerda, direita, centro, tem aversão à imprensa livre, direitos políticos e civis da população e tem muito pouco, ou nenhum, compromisso com a verdade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here