Home Aviação Comercial Coronavírus afeta fabricação aeroespacial na China

Coronavírus afeta fabricação aeroespacial na China

2068
44
Linha de montagem da Airbus na China

Por Jens Flottau

FRANKFURT – O surto de coronavírus está começando a afetar a produção aeroespacial com vários fabricantes ocidentais fechando temporariamente as instalações na China.

Mais importante ainda, a Airbus decidiu prolongar as férias do Ano Novo Chinês para trabalhadores em sua fábrica de Tianjin e, portanto, interrompeu a montagem final de aeronaves da família A320 no local. Atualmente, Tianjin está produzindo seis aeronaves por mês, 10% da taxa global mensal de 60 aviões de corredor único da Airbus.

A Airbus China está “observando os requisitos do governo chinês para que as equipes trabalhem em casa e está facilitando o uso de equipamentos de TI para que funcionários de todos os locais, incluindo Tianjin, não precisem viajar para o trabalho sempre que possível”, informou a empresa em comunicado. “Com relação ao impacto nos negócios, as restrições de viagens domésticas e mundiais da China estão apresentando alguns desafios logísticos. As instalações da linha de montagem final de Tianjin estão atualmente fechadas. A Airbus está constantemente avaliando a situação e monitorando qualquer impacto potencial sobre os efeitos na produção e nas entregas e tentará mitigar através de planos alternativos sempre que necessário.”

A interrupção não poderia ocorrer em um momento pior para a Airbus, pois ainda está longe de ter se recuperado dos atrasos na produção ocorridos em sua principal fábrica de aviões de corredor único em Hamburgo, Alemanha. O CEO da Wizz Air, József Váradi, disse ao Aviation Daily que seus A321neos estão chegando rotineiramente seis meses atrasados ​​como resultado, impactando severamente o planejamento de rede da companhia aérea. O CEO da Airbus, Guillaume Faury, disse no final de 2019 que a Airbus levará até 2021 para voltar a um cronograma confiável.

A Airbus planeja aumentar a produção em sua linha de montagem em Mobile, Alabama, para sete por mês em 2021 e a produção global para 63 ao mesmo tempo.

O Grupo Safran também foi afetado. A empresa estendeu férias para seus 2.500 trabalhadores na China até o início da próxima semana, por enquanto. A Boeing possui um centro de montagem de 737 em Zhoushan, mas ele já tinha sido afetado pela interrupção da produção do MAX.

FONTE: Aviation Week

Subscribe
Notify of
guest
44 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
gordo
gordo
8 meses atrás

Vai afetar toda a cadeia industrial Chinesa, vão paralisar fabricas por semanas e ai temos um quadro desaceleração, melhor perder um mês de produção do que comprometer a população inteira e quebrar de vez. Para Nós que estamos estagnados e somos exportadores de matéria prima esse surto cai como uma bomba, a China é nosso principal parceiro comercial e responsável direto pelo pouco que nossa economia ainda anda.
A paulada vai ser forte.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  gordo
8 meses atrás

A expectativa é que a crise de saúde esteja totalmente debelada até abril e que o impacto na economia seja de 0,6 p.p.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Kings,

Já é tarde demais. Abriram a caixa de Pandora.

Se bobearem, êsse novo vírus vai colocar a China de joêlhos.

francisco Farias
francisco Farias
Reply to  Tadeu Mendes
8 meses atrás

O problema é o Brasil. Com o carnaval o coronavirus vai chegar aqui aos montes. Salve-se quem puder.

Teropode
Reply to  gordo
8 meses atrás

Comovente o pedido de desculpas , oficiakmente ja são 620 mortos , mas tendo em vista a mania de mentir , acreditam que este numero ja ultrapassa as 9 centenas .

Junior
Junior
Reply to  gordo
8 meses atrás

Não é só nas exportações de matéria prima que o Brasil esta sendo afetado, já começa a faltar matéria prima na Motorola, SamgSung e hyundai Brasil, a tendência é que as coisas piorem se esse surto não arrefecer logo

francisco Farias
francisco Farias
Reply to  Junior
8 meses atrás

O pior é o carnaval que está chegando. Quantos infectados chegarão em nosso pais?

marcus
marcus
Reply to  gordo
8 meses atrás

Como o nosso controle na fronteira é falho, não demora muito teremos casos aqui no Brasil.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  gordo
8 meses atrás

Gordo,

O problema é o seguinte, como não existe e nem vacina, o corona vírus vai seguir dizimando a população, ou seja, êste processo de reação em cadeia vai durar mêses.

Ou descobrem uma vacina ou o número de mortes vai sêr na casa dos milhões.

Renato B.
Renato B.
Reply to  gordo
8 meses atrás

Na pior das hipóteses o surto vai arrefecer com o fim do inverno. Porém, vai apertar a economia mundial. Imagino como deve estar a vida de um trabalhador que ganha por hora trabalhada em Wuhan depois de todos esses dias preso em casa.

francisco Farias
francisco Farias
Reply to  gordo
8 meses atrás

Este é só um exemplo de como a população civil é importante em qualquer conflito armado. Sem eles não há produção de bens e consequentemente as forças armadas não se sustentam.

Augusto
Augusto
8 meses atrás

Há fontes confiáveis apontando que o surto é muito pior do que o fechado regime chinês permite divulgar. A situação é tão absurda que o médico que primeiro divulgou o surto foi preso pelo regime fascínora simplesmente por alertar seus colegas de profissão, acabou sendo infectado e faleceu hoje. E tem gente aqui que bate palmas para o expansionismo da China.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto
8 meses atrás

A notícia da morte do médico foi desmentida hoje.
Daqui a dois meses, ninguém mais vai estar falando sobre isso.
Será algo parecido com o SARS.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Primeiro a morte dele foi anunciada por dois jornais, depois o Hospital Central desmentiu a morte para depois o próprio Hospital Central confirmar a morte.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Fabio Araujo
8 meses atrás

Estranho o governo saber da morte primeiro do que o próprio hospital, vai ver que a morte dele não foi de vírus já que o médico estava ganhando fama demais e tinha desafiado o governo…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fabio Araujo
8 meses atrás

Parece que o médico morreu mesmo.
A atualização dos números seria: 31.161 casos com 636 mortes.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Quanto à morte, ou não, do médico , se ocorreu mesmo só será confirmada se o governo chinês quiser. Quanto ao resto do teu post, vai repetindo para ti mesmo, na frente do espelho……quem sabe, ao menos pra ti, seja verdade…..lá pela milésima vez que repetires…..

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Kings, Se daqui a depois mêses ninguém mais vai falar sobre isso, é porquê já deverá ter morrido todo o mundo. Anota no seu caderninho,. existe a probabilidade de que o número de infectados na China, já está chegando a casa dos cem mil . Quando houve a pandemia do H1N1, a gripe suína, a qual matou mais de duzentas mil pessoas,. a China impôs quarentena como está fazendo agora. Quando SARS se tornou outra epidemia, a China também não impôs quarentena. Como não existe cura para os pacientes infectados pelo corona vírus, o que êles estão fazendo é encurralar… Read more »

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

kings não cansa de passar vergonha defendendo o indefensável eoaihoeaeha

Lucianno
Lucianno
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Antonio,
milhares de pessoas morreram com o SARS (como a China é uma ditadura cruel ninguém sabe de fato o total). Mas vidas humanas não importam para os socialistas. É preciso esquecer logo para não prejudicar o partido.

No link abaixo tem uma reportagem onde entendemos o que é a China:
https://www.gazetadopovo.com.br/ideias/pardais-canibalismo-china-mao/

Cláudio Severino da Silva
Cláudio Severino da Silva
Reply to  Lucianno
8 meses atrás

Prezado Lucianno: a notícia abordada pela Gazeta de Povo é só para assinantes. Não terias como transcrevê-la?

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Augusto
8 meses atrás

No caso da SARS não construiram um hospital em questão de dias. Também acho que esse treco deve ser pior do que está vazando de noticias.

Espero estar redondamente enganado.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Augusto
8 meses atrás

Na verdade eu fiquei surpreso, pois a China permitiu a entrada de observadores internacionais para acompanharem as medidas de contenção, e hoje ainda soltaram um pedido de desculpas formal ao falecido médico. Bem mais do que eu esperava deles.

Junior
Junior
Reply to  Leandro Costa
8 meses atrás

Novos tempos, creio que depois desse surto o governo de lá vai mudar os protocolos e prestar mais atenção quando alguém alertar sobre tal coisa

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Junior
8 meses atrás

Eu não apostaria nisso, mas é uma possibilidade sim.

gordo
gordo
Reply to  Junior
8 meses atrás

Também acho que vai ocorrer essa mudança, mas de forma discreta e gradual. É uma Pais praticamente desenvolvido e isso implica em politicas sanitárias adequadas. O governo Chines provavelmente vai começar a restringir animais vivos em mercados e feiras, a carne consumida será proveniente de abatedouros certificados etc… Conheço pessoas que foram para lá e ficaram surpresas com o nível de desenvolvimento que encontraram nos grandes centros, coisa de cidades de Países de primeiro mundo em termos de serviços públicos e privados. Já havia comentado e repito novamente, a China construiu 1000 leitos em menos de duas semanas, aqui nossa… Read more »

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  gordo
8 meses atrás

Procure sobre “gutter oil” no YouTube e mude de ideia sobre o avanço das leis sanitárias na China!

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Augusto
8 meses atrás

Augusto,

O médico morreu. Segundo êles pôr causa do vírus.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
8 meses atrás

Esse Corona Vírus veio para quebrar a China, espero que desenvolvam logo a vacina e controle essa epidemia antes que vire uma pandemia.

OSEIAS
OSEIAS
8 meses atrás

Vamos ver agora se os chineses mudam seus hábitos alimentares e acabem com essas feiras de amimais vivos e melhorem suas condições sanitárias. Pois estão amargando prejuízos em seu crescimento e afetando até sua defesa e seus programas militares.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  OSEIAS
8 meses atrás

Isso é verdade.
Já não há necessidade de grandes parcelas da população ficar comendo esses pratos bizarros como morcego, rato, cobra, ninho de passarinho, insetos e outras ‘iguarias’.
Em que pese que alguns destes pratos sejam considerados medicinais, pela medicina tradicional chinesa, existe sempre o risco de contaminação e doenças.

JuggerBR
8 meses atrás

Leiam essa reportagem, a coisa é tão feia que não estão dando conta de fazer o teste, logo tem centenas ou milhares de mortes sem o diagnóstico, a mortalidade é maior do que o anunciado.
https://www.bbc.com/portuguese/internacional-51383844

nonato
nonato
Reply to  JuggerBR
8 meses atrás

Essa reportagem é preocupante.
Se o governo chinês não estiver usando toda sua estrutura para atender a população, então a situação pode se tornar uma catástrofe, com a morte de milhões de pessoas.
Uma coisa é haver a transmissão.
Outra é não dar assistência a quem está doente.
Como está a situação na província?
Se não tem trem nem ônibus.
Se muitos estabelecimentos estão fechados, onde comprar comida? Máscaras, remédios?
Gasolina. Tirar dinheiro no banco…
Está parecendo com a greve dos caminhoneiros no Brasil.
Faltava gasolina, comida…

Lucianno
Lucianno
Reply to  JuggerBR
8 meses atrás

Com certeza a situação é muito pior do que informado pela ditadura chinesa.

No link abaixo tem uma reportagem muito interessante onde podemos entender o que é a China:
https://www.gazetadopovo.com.br/ideias/pardais-canibalismo-china-mao/

Demolidor
8 meses atrás

Essa epidemia já está impactando a economia Brasileira a governo reduziu a expectativa de crescimento de 2,6% para 2,1 % isso se traduz em milhares de vagas de emprego a menos e se a epidemia continuar é possível que a taxa de crescimento do PIB caia ainda mais , vamos ver se o governo consegue procurar alternativas para reduzir o impacto na nossa economia

Nilton Reis Jr.
Nilton Reis Jr.
Reply to  Demolidor
8 meses atrás

@Demolidor Se não fosse o coronavirus seria o brahmavirus, esse crescimento de 2,5% é o maior chute da história da ex-república! hahahahahahahahahaha

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nilton Reis Jr.
8 meses atrás

Pois é.
A indústria brasileira caiu 1,9% em 2019, antes do problema do coronavirus;
Além do País mostrar um crescimento pífio e que já está perdendo fôlego, ainda temos mais essa pá de cal na indústria brasileira.
O processo de desindustrialização é evidente e acelerada.
Devemos torcer para o Brasil aumentar as exportações de carne bovina para a China, pois assim, talvez, eles parem de comer morcego.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Discurso diversionista……mas, de ti não esperava nada diferente! O Basil e todo seu caudal de problemas é mais que conhecido e sabido! E tu usa esse discurso para encobrir, ou ao menos tentar, o problema gigantesco que a China está enfrentando….Volto a dizer, continua repetindo esse teu mantra para ti msmo….assim você acha que é verdade. Na realidade, tu és uma de duas coisas: um doente, que só vê aquilo que quer ver ou um mal-intencionado……provavelmente seja uma mistura dessas duas coisas.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
8 meses atrás

Deixa de mimimi.

Primeiro foi o ‘tira ela que melhora’.
Depois foi a Reforma trabalhista, Previdência e agora o coronavirus.
Tem sempre uma desculpa.
Não adianta.

nonato
nonato
8 meses atrás

Vamos torcer para não fugir do controle e tudo voltar ao normal.
Mas seria importante o mundo não ficar tão dependente da China.
Passar a produzir no Brasil, por exemplo.

André Castro
André Castro
8 meses atrás

Na empresa que trabalho, usamos alguns tipos de toner para impressão que são importados da China, tem versão nacional porém a preços astronômico, os fornecedores dizeram que foram avisados que poderia haver falta do produto devido ao corona vírus, na duvida compramos, um pouco mais.

francisco Farias
francisco Farias
8 meses atrás

Primeiro caso de coronavirus na America Latina (na Argentina) foi confirmado. O BRASIL com o realização do carnaval corre o risco de sofrer uma epidemia incontrolável. Quantos turistas infectados virão para o Brasil? só Deus sabe.
Se o governo brasileiro tivesse coragem suspenderia a realização do carnaval ou proibiria a vinda de turistas.
è caso de saúde pública. Ainda não foi descoberto nenhum remédio contra o coronavirus.

Flanker
Flanker
Reply to  francisco Farias
8 meses atrás

Não é NA Argentina. É UMA pessoa argentina, que está em um navio de cruzeiro, no Japão.

Señor batata
Señor batata
8 meses atrás

Pra quem tá achando qua a situação está feia, vale pensar duas vezes. Hoje a América latina é uma região razoavelmente propensa a sofrer com pandemias, td graças a estrutura deficiente dos países e a um grande estoque de potenciais vírus ainda não mapeados. Na região amazônica existe especial preocupação tanto com relação à vírus ainda restritos aos animais como por vírus q já podem ter contaminado humanos (a título de exemplo o hiv já infectava humanos nos anos 50 em tribos na região central da África antes de se espalhar). Quem sabe nossa pandemia caseira não está no forno.… Read more »