Home Acidente Aéreo ‘Não há sobreviventes’ após acidente de avião ucraniano perto de Teerã

‘Não há sobreviventes’ após acidente de avião ucraniano perto de Teerã

1941
48

A televisão estatal informa que todos os passageiros do avião Boeing 737-800 que voava em direção à capital ucraniana Kiev morreram

Um avião ucraniano com 176 passageiros e tripulantes a bordo caiu perto do Aeroporto Internacional Imam Khomeini, em Teerã. A televisão estatal do Irã disse que todos os que estavam a bordo, a maioria iranianos, morreram.

Segundo a mídia iraniana, o jato Boeing 737-800 caiu no início da quarta-feira perto de Parand, um subúrbio a sudoeste da capital Teerã, logo após a decolagem.

O avião decolou do Aeroporto Internacional Imam Khomeini quando um incêndio atingiu um de seus motores, disse Qassem Biniaz, porta-voz do Ministério de Transportes e Rodovias do Irã.

O piloto então perdeu o controle do avião, fazendo-o cair no chão, disse Biniaz, segundo a agência de notícias estatal IRNA.

Funcionários do Aeroporto Internacional Boryspil, em Kiev, para onde o voo estava indo, disseram à AP que os passageiros desse voo geralmente são estudantes iranianos que retornam à Ucrânia após as férias de inverno.

Em comunicado, a Boeing descreveu os eventos como “trágicos” e disse que estava “pronta para ajudar de qualquer maneira necessária”.

Enquanto isso, o presidente da companhia aérea, Evgeny Dykhne, disse que o avião que caiu era um dos melhores da empresa e que havia sido inspecionado na segunda-feira.

O vice-presidente da empresa, Igor Sosnovsky, acrescentou que o avião atingiu uma altura de 2.400 metros quando o acidente aconteceu.

“As chances de erro da tripulação são mínimas”.

Na quarta-feira, o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia Prystaiko disse que havia 82 iranianos, 63 canadenses e 11 ucranianos a bordo, incluindo a tripulação.

Havia também 10 cidadãos suecos, quatro afegãos, três alemães e três britânicos”, afirmou.

O incidente ocorreu apenas algumas horas depois que o Irã lançou um ataque de retaliação a duas bases militares dos Estados Unidos no Iraque.

O Boeing 737-800 é um jato de dois motores, de corredor único, usado para voos de curto e médio alcance. Milhares desses aviões são usados ​​por companhias aéreas ao redor do mundo.

Introduzido no final dos anos 90, é um modelo mais antigo que o Boeing 737 MAX, que foi aterrado por quase 10 meses após dois acidentes fatais. Existem quase 5.000 Boeing 737-800 em uso em todo o mundo.

FONTE: Al Jazeera

Subscribe
Notify of
guest
48 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mosczynski
Mosczynski
5 meses atrás

O fato de cair depois da ação do Irã e o governo iraniano não entregar as caixas pretas já são evidências de que não existe coincidência. Falta pouco para darem um motivo razoável para os EUA voltarem o Irã para a idade da pedra lascada.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Mosczynski
5 meses atrás

A julgar pelas declarações de Washington. E os eventos atuais, então Trump já se fundiu.

Jorene
Jorene
Reply to  Mosczynski
5 meses atrás

Quem deve teme. O Irã e seu “magnífico” exército derrubou um avião civil. Nas filmagens postadas mostrando o avião caindo e explodindo, vê-se claramente que o Boeing cai em chamas. Mas Boeing não é Tupolev, pode ter falhas técnicas, mas cair em chamas, nananinanão !

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Jorene
5 meses atrás

Para tais declarações, são necessárias evidências convincentes.
Além disso, é duvidoso para Croyne que os poucos sistemas iranianos de defesa aérea fiquem na área do aeroporto civil. Nenhum vídeo inicial está disponível no momento. E no caso de um mau funcionamento, especialmente do motor, qualquer avião queimará o mesmo.

Tutu
Reply to  Evgeniy (RF).
5 meses atrás

Tem várias fotos que partes da fuselagem com várias perfurações.
Lembra o avião que foi abatido na Ucrânia em 2014, porém tem muito menos perfurações, o que no caso dele ter sido realmente abatido pode apontar para um míssil menor, talvez algo portátil.
Só especulação minha.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Tutu
5 meses atrás

Sim, eu vi. Mas os buracos ainda estão estendidos sobre a superfície do plano da asa.
Tudo acontece, é claro, mas devemos esperar por informações mais específicas.

Tutu
Reply to  Evgeniy (RF).
5 meses atrás

Como eu disse, só especulação.
Acho que a verdade vai vir a tona com a equipe de investigadores ucranianos que está se dirigindo para lá.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Jorene
5 meses atrás

Vocês são todos tolos? Caiu pouco depois da descolagem e seria abate como e porque? Foi falha óbvia, durante e/ou pouco depois da descolagem.

Jorene
Jorene
Reply to  Peter nine nine
5 meses atrás

Vai que cola, Peter. Tenta de novo. rsrsrsrs

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  Jorene
5 meses atrás

Vídeo do aviso senado atingido por míssil:
https://youtu.be/Xu81zRh7i68

Gustavo
Gustavo
Reply to  Mosczynski
5 meses atrás

LEMBRANDO que quem abateu um avião civil (com 66 crianças a bordo) foram os EUA. 31 anos atrás.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Gustavo
5 meses atrás

Os EUA já abateram um avião civil iraniano por engano, os soviéticos abateram um avião coreano por engano, os ingleses quase abateram um avião da Varig na Guerra das Malvinas, os separatistas ucranianos apoiados pela Rússia já abateram um avião civil por engano. Infelizmente estas são fatalidades que podem ocorrer em conflitos, nenhum destes aviões foram abatidos por serem aviões civis, mas por erro de identificação, no caso da avião da Varig o piloto inglês chegou perto o suficiente para fazer uma identificação visual e com isso não houve o abate, mas se ele tivesse atirado de uma distância maior… Read more »

Denis
Denis
Reply to  Fabio Araujo
5 meses atrás

Acho que nem todos os casos são fatalidades.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Denis
5 meses atrás

O caso do avião coreano, o oficial soviético que pilotava o caça afirmou que ele sabia que o avião era civil – ele chegou a afirmar que identificou o avião como um boeing de passageiros e chegou a ver as fieiras de assentos, mas que para ele isso não fazia diferença porque um avião civil poderia ser convertido facilmente.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Gustavo
5 meses atrás

Gustavo,

Os EUA abateram por egano. A aeronave ao obedeceu as ordens para desviar o curso.
O Iran abateu por engano. Talvez no desespero ou por medo de que fosse algum jato de combate americano.

Mas a Russia abateu com um missil disparado de um Mig, contra um747 da Korean Air Lines em 1983, matando 267 pessoas.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
5 meses atrás

As fotos divulgadas pelo Irã dos destroços deixaram algumas dúvidas, existem nos destroços das asas e da fuselagens alguns buracos suspeitos e já surgem teorias que poderiam ser de AA! Mas por enquanto é só especulação! Quanto as caixas pretas o Irã falou que não vai entregar para a Boeing e que esta vendo para qual país poderá mandar as caixas para serem analisadas, se fizerem isso vai ser muito importante para as investigações!

Davi
Davi
5 meses atrás

Acabei de ler no R7 que o ministro ucraniano não confirma pane no avião.
Quem derrubou esse avião se não foi pane no equipamento?

Top Gun Sea
Top Gun Sea
Reply to  Davi
5 meses atrás

Foi o famigerado fogo amigo… 🤫

RENAN
RENAN
5 meses atrás

Muita chance de ser uma AA
Que derrubou

Bueno
Bueno
5 meses atrás

Coisidencia este acidente , logo no dia que o irão fez ataques a bases militares no Iraque

Al Jazeera fala que é acidente , o Irã diz que não entrega as caixas preta…
Todo isto acontecendo encima dos restos dos 180 mortos
O homem é cruel!

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Bueno
5 meses atrás

A chance de problema interno em um motor do Boeing 737-800 é extremamente rara, algo como “0,00000001%.

Tem um vídeo que dá para ver que o avião já estava razoavelmente alto e cai completamente em chamas, se fosse problema em um motor (o que já é raro) daria para a tripulação avisar e pousar já que ele pode voar só com um motor.

Lucas
Lucas
Reply to  SmokingSnake 🐍
5 meses atrás

https://www.youtube.com/watch?v=Vo7-DGm4tJc

Esse vídeo mostra bem isso.

Bueno
Bueno
Reply to  Lucas
5 meses atrás

Parece parte cortada do vídeo dos foguetes lançados do Irã contra as nas base dos EUA

Jorene
Jorene
Reply to  Bueno
5 meses atrás

Não parece não !

Jorene
Jorene
Reply to  Lucas
5 meses atrás

O avião cai em chamas e muda de direção duas vezes antes de explodir no chão. Não são partes dele que caem, pois muda de direção duas vezes. Foi atingido por míssil antiaéreo.

Mirade
Mirade
Reply to  SmokingSnake 🐍
5 meses atrás

Pode ser raro mas não é impossível. Acidentes ocorrem por diversos fatores contribuintes e é a junção de todos que determina a causa do acidente. O avião estava em chamas num vídeo mas poderia ser um mau funcionamento do motor ou de algum sistema que incendiou-se isso não é inédito na aviação.

Augusto
Augusto
5 meses atrás

Tragédias e mais tragédias. Isso que dá quando um bando de fanáticos e aloprados religiosos decide governar um país. Governo negar acesso às caixas pretas, Boeing cair em chamas e aparecer com as asas retalhadas de buracos, um dia depois de o Irã atacar… sei.

sagaz
sagaz
5 meses atrás

Ou será que o boeing achou alguma aeronave militar no caminho? Drone ou algo do tipo? Como nós brasileiros bem sabemos isso já aconteceu por aqui com os irresponsáveis criminosos daquele legacy sobre a Amazônia. Sem contar também que as aeronaves iranianas são da era do Da Vinci…

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  sagaz
5 meses atrás

Sagaz,

A aeronave era da Ucrania e foi entregue em 2016.

Mauro
Mauro
5 meses atrás

Realmente caiu pegando fogo, uma bola de fogo com objetos incandescentes se desprendendo durante a queda.
Não é comum esse tipo de acidente, decolar e se transformar numa bola de fogo.
Ou artefato interno ou foi atingido.
Tem uma grande parte com um buraco, num local onde seria raro ter um dano, mas tem um furo e um rasgo, este furo nota-se que foi algo de fora pra dentro, é o leme do avião, bem no meio tem um furo.
Outras partes também estão com esse tipo de dano, ao que parece serem furos.

André
André
5 meses atrás

Acho que não fizeram isso de propósito, o Irã não tem histórico de abater aeronaves civis, ainda mais eles não tem nenhum motivo de fazer isso com um avião ucraniano.

Jorene
Jorene
Reply to  André
5 meses atrás

Claro que não fizeram de propósito. Foi por incompetência mesmo.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
5 meses atrás

OFF – Na GloboNews estavam falando das chuvas fortes e alagamentos na região serrana do Rio de Janeiro e mostrou as instalações da GE CELMA, unidade manutenção de turbinas, inundada. Deu pena de ver as turbinas nos suportes e a sala inundada e com correnteza!

Chesterton
Chesterton
5 meses atrás

Pela quantidade de canadenses na aeronave e pelos furos nas asas e estabilizador vertical já dá para ter noção do que foi. Estava olhando a quantidade de voos no flight radar ontem mesmo no horário dos ataques e havia várias aeronaves desviando do espaço aereo do iraque mas no irã estava carregado de aviões.

Hawk
Hawk
5 meses atrás

Coincidências existem sim, infelizmente todos os passageiros morreram. Quanto a caixa preta, tem uma equipe da Ucrânia indo para lá, quem sabe eles entregam. Mas agora o terremoto não foi coincidência! Os EUA usaram o HAARP!!!Eu acredito nos youtubors especialista em táticas de COD e BF!

Sérgio Luís
Sérgio Luís
5 meses atrás

Existem algumas perfurações na fuselagem condizentes com estilhaços!
Essa aeronave foi abatida sim!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
5 meses atrás

Estão começando a aparecer no twitter várias fotos de um fragmento de um míssil antiaéreo do sistema TOR, que no Irã só é usado pela IRGC, que segundo os autores das fotos foi encontrado próximo ao local de queda do avião, ainda não foi comprovado que as fotos são atuais e que são realmente de um local próximo ao local da queda, mas isso só aumenta a suspeita do avião ter sido atingido por AA.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
5 meses atrás

Segundo a revista Newsweek oficiais de inteligência dos EUA e do Iraque confirmaram que o avião ucraniano foi abatido pela defesa aérea iraniana.

https://www.newsweek.com/iranians-shot-down-ukraine-flight-mistake-sources-1481313

Jorene
Jorene
Reply to  Fabio Araujo
5 meses atrás

Alguma duvida ainda ? Só mesmo para os defensores do aiatolá.

Jorene
Jorene
5 meses atrás

O Boeing nem tinha explodido ainda e o governo iraniano já explicava que “caiu por problemas técnicos”, depois recolheram os destroços, depois disseram que o Boeing tentou retornar, depois disseram que não iam entregar as caixas pretas, putz ! Nem sabem mentir…

Jorene
Jorene
Reply to  Jorene
5 meses atrás

Pior que isso é dizer que os misseis que atingiram as bases no Iraque não mataram ninguém por que miraram alvos militares para não matar. rsrsrsrs

carcara_br
carcara_br
5 meses atrás

Novamente um avião possivelmente abatido numa zona de guerra, e novamente ucraniano. Sem tirar a responsabilidade dos autores do disparo em si, mas qual o problema das companhias aéreas de lá, voar sobre zonas de conflito é irresponsável e extremamente perigoso…

Jacinto
Jacinto
Reply to  carcara_br
5 meses atrás

Carcará,
Se você se refere àquele que foi abatido poucos anos atrás sobre a Ucrânia, ele não era ucraniano, mas malaio. Aliás, em avião malaio eu não piso: um foi abatido na Ucrânia e outro sumiu no índico.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Jacinto
5 meses atrás

Jacinto, de fato, mas vale a afirmativa. Voar sobre zonas de conflitos é absolutamente injustificável, ainda mais na aviação que segue regras de segurança tão rígidas.

Renato B.
Renato B.
Reply to  carcara_br
5 meses atrás

O problema é que aquela região virou área de conflito de repente.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Renato B.
5 meses atrás

Não sei se isto se mantém já que horas antes da queda várias empresas suspenderam seus voos na região, todo mundo sabia que viria algo desde o dia do assassinato do general lá.

Jacinto
Jacinto
5 meses atrás

Surgiu um vídeo de veracidade não comprovada que demonstra o momento em que o míssil teria atingido a aeronave… mas repito: de veracidade não comprovada,.