Home Aviação Comercial Embraer entrega primeiro jato E195-E2 à AerCap e à Azul

Embraer entrega primeiro jato E195-E2 à AerCap e à Azul

2411
23
Primeiro Embraer E195-E2 da Azul

São José dos Campos – SP, 12 de setembro de 2019 – A Embraer entrega hoje o primeiro jato E195-E2 para a AerCap, maior companhia de arrendamento de aeronaves do mundo, e para a Azul Linhas Aéreas Brasileiras S.A., em cerimônia em sua sede em São José dos Campos. A Azul é a operadora de lançamento global do E195-E2, a maior das três aeronaves da família E-Jets E2 de jatos comerciais. A companhia aérea encomendou 51 aviões do mesmo modelo e receberá outras cinco unidades ainda em 2019.

“A entrega de hoje é uma ocasião muito importante”, disse John Slattery, Presidente & CEO da Embraer Aviação Comercial. “É a maior aeronave comercial que a Embraer já produziu. Os passageiros vão adorar o novo interior, e as companhias aéreas vão se impressionar com a extraordinária eficiência operacional. O jato é, sem dúvida, ideal para o modelo de negócios de tarifas reduzidas da Azul e para o portfólio da frota da AerCap. Estou orgulhoso de toda a equipe da Embraer que trabalhou tão duro para ver esse dia.”

A Azul operará o E195-E2 na configuração de classe única, com 136 assentos, em várias rotas domésticas e internacionais.

“Nos últimos 10 anos, a Azul revolucionou o mercado de aviação brasileiro. Ajudamos a dobrar o mercado doméstico, incluindo serviço aéreo a diversas regiões, cidades e comunidades que nunca tiveram voos antes, tudo graças às aeronaves Embraer E195-E1. Agora, com o E195-E2, estamos prontos para dar início a um novo capítulo na história da aviação brasileira. Não poderíamos estar mais orgulhosos de voar ainda mais alto com uma aeronave construída com tecnologia e inovação brasileiras”, disse David Neeleman, fundador e presidente do conselho da Azul. “O E2 representa um grande passo na transformação da frota da Azul, potencializando ainda mais a expansão de nossas margens”, concluiu Neeleman.

“Todos na AerCap estão entusiasmados por entregar o primeiro Embraer E195-E2 à Azul. Não temos dúvida de que essa incrível aeronave levará duas líderes brasileiras a um novo patamar. Desejamos à Embraer e à Azul todo o sucesso com o programa E-Jets E2 e estamos ansiosos em trabalhar com as duas empresas por muitos, muitos anos”, disse Aengus Kelly, CEO da AerCap.

O E195-E2 recebeu, em abril, o Certificado de Tipo de três órgãos regulatórios: a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a Administração Federal de Aviação (Federal Aviation Administration – FAA) e a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (European Aviation Safety Agency – EASA).

Testes em voos confirmaram que a aeronave é ainda melhor do que a especificação original. O consumo de combustível é 1,4% menor do que o esperado, chegando a 25,4% de economia por assento comparado com o E195 da primeira geração. Já os custos de manutenção são 20% menores e o E195-E2 é a aeronave mais ambientalmente amigável da categoria, operando com o menor nível de emissões e de ruído externo. A margem cumulativa para o limite de ruído ICAO Stage IV varia de 19 a 20 EPNdB, 4.0 EPNdB menor do que seu concorrente direto.

Assim como o E190-E2, o E195-E2 também possui os intervalos de manutenção mais longos no mercado de aeronaves com corredor único, com 10 mil horas de voo para atividades básicas de manutenção e sem limite de calendário para operações típicas do E-Jet. Isso significa 15 dias a mais para a utilização da aeronave em um período de dez anos, comparado à atual geração de E-Jets.

O E195-E2 apresenta novos motores de alto desempenho, asas completamente novas, fly-by-wire completo e um novo trem de pouso. Em comparação com a primeira geração do E195, 75% dos sistemas da aeronave são novos. O E195-E2 tem três fileiras adicionais de assentos. A cabine pode ser configurada com 120 assentos em duas classes ou até 146 em classe única.

A Embraer e a Azul também assinaram um contrato de longo prazo para um programa de suporte de peças reparáveis à nova frota da companhia aérea de jatos E195-E2. A Azul aderiu ao Programa de Pool de serviços da Embraer em dezembro de 2008, quando começou a operar os E-Jets da primeira geração, e mais recentemente ao Programa de Gestão de Manutenção. Com este novo contrato de suporte, a companhia aérea passa a ter cobertura para toda a sua frota de jatos Embraer.

A Embraer é líder mundial na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e conta com mais de 100 clientes em todo o mundo. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos e 1.500 aeronaves foram entregues. Atualmente, os E-Jets estão voando na frota de 80 clientes em 50 países. A versátil família de 70 a 150 assentos voa com companhias aéreas de baixo custo, bem como com operadoras regionais e tradicionais.

Sobre AerCap

A AerCap é líder global em arrendamento de aeronaves, com 1.373 aviões próprios, gerenciados ou encomendados, com US$ 43,1 bilhões em ativos totais em 30 de junho de 2019. A AerCap possui uma das carteiras de pedidos mais atraentes do setor. A AerCap atende aproximadamente 200 clientes em cerca de 80 países com soluções abrangentes de frota. A AerCap está listada na Bolsa de Valores de Nova York (AER) e tem sede em Dublin, com escritórios em Shannon, Los Angeles, Singapura, Amsterdã, Xangai, Abu Dhabi, Seattle e Toulouse.

Sobre a Azul

A Azul S.A. (B3: AZUL4, NYSE: AZUL) é a maior companhia aérea do Brasil em número de voos e cidades atendidas, com 854 voos diários e 114 destinos. Com uma frota operacional de 129 aeronaves e mais de 11.000 funcionários, a Companhia possui 225 rotas em 30 de junho de 2019. Em 2019, a Azul conquistou o prêmio de melhor companhia aérea da América Latina pelo TripAdvisor Travelers’ Choice e, em 2018, foi eleita a melhor companhia aérea pela Kayak Flight Hacker Guide, e também foi classificada como a melhor companhia aérea regional da América do Sul pelo oitavo ano consecutivo pela Skytrax. A Azul também foi a companhia aérea mais pontual do Brasil em 2018 de acordo com o ranking mundial da FlightStats. Para mais informações, visite www.voeazul.com.br/ir.

Sobre a Embraer

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer completa 50 anos de atuação nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança, Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer

23
Deixe um comentário

avatar
11 Comment threads
12 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
18 Comment authors
GILBERTO MARTINS LOUREIRORinaldo NeryDANIEL FORTUNATO DE ARAUJORafaelsrsEvandro Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Aviãozinho lindo esse! A EMBRAER como sempre caprichando em eficiência e estilo.

Delfim
Visitante
Delfim

Bela pintura.

Vicente Jr.
Visitante
Vicente Jr.

Tem fotos do interior??

Ironcop
Visitante
Jonas Silberstein
Visitante
Jonas Silberstein

Esse avião é belíssimo e com essa pintura, nesse tom e grafismo, ele fica ainda mais bonito. Mais uma prova que avião bonito voa bem. Que máquina fantástica, parabéns à Embraer e o seu time de engenheiros que criaram esse avião. Orgulho de um produto nacional de uma empresa nacional.

nonato
Visitante
nonato

Era nacional

Rafaelsrs
Visitante
Rafaelsrs

Engrosso o coro do Nonato: A Boeing deve estar exultante de ter vendido mais um avião!

Guilherme
Visitante
Guilherme

A Azul tem é que abaixar os preços dela. Estão caros demais. E parabéns para a Azul e para a Embraer pela aeronave.

FernandoEMB
Visitante
FernandoEMB

Concordo que estejam caros… Mas se mesmo assim, os aviões voam cheios, eles não tem o porque baixar. Lei do mercado.

Guilherme
Visitante
Guilherme

Concordo com você, FernandoEMB. O que falta, na verdade, é mais companhias aéreas operando no Brasil. Isso iria baixar os preços.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Falta uma reforma tributária, reduzir o preço do querosene (40% dos custos de uma companhia) e desonerar a folha de pagamentos. Qualquer outra companhia novata enfrentará os mesmos desafios. Custo Brasil. Ninguém sobrevive com essa história de passagens a 100 reais.

André
Visitante
André

Uma pergunta, porque as asas do avião não são pintadas?

Juvenal
Visitante
Juvenal

As asas não são rígidas como a fuselagem. Elas têm um certo nível de deflexão, pintá-las iriam atrapalhar.

FernandoEMB
Visitante
FernandoEMB

São pintadas sim. Só que é uma pintura padrão em cinza.

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Where’s Sukhoi Superjet 100?

Juvenal
Visitante
Juvenal

O Último grande jato made in Embraer.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Quais componentes da anv são Made in Embraer ?

Fernando EMB
Visitante
Fernando EMB

Fuselagem (maior parte), as asas, boa parte do interior, os trens de pouso, os pilones, a fiação, painéis do cockpit, a tubulação.

Evandro
Visitante
Evandro

O Fly-by-wire e os winglets também são feitos pela Embraer e suas subsidiárias

Fernando EMB
Visitante
Fernando EMB

Quanto ao FBW, o software (a lógica, as leis de controle, sua arquitetura) são da Embraer. O hardware é de fornecedores.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

Off Topic:

Enquanto isso, os funcionários da Boeing continuam jogando o nome da empresa na lama. Agora são as amarras de carga no porão da aeronave KC-46, se soltando em pleno voo. Foram suspensas transporte de carga e passageiros na USAF:

https://www.flightglobal.com/news/articles/usaf-bans-passengers-cargo-from-boeing-kc-46a-460845/

DANIEL FORTUNATO DE ARAUJO
Visitante
DANIEL FORTUNATO DE ARAUJO

Que avião bonito!
Estou ansioso para poder voar nesse modelo.

GILBERTO MARTINS LOUREIRO
Visitante
GILBERTO MARTINS LOUREIRO

Os KC390 para Portugal ainda serão construídos pela EMBRAER? Tenho minhas dúvidas.