Home Aviação de Caça Futuros pilotos da aeronave F-39 Gripen passam por preparação física

Futuros pilotos da aeronave F-39 Gripen passam por preparação física

4983
30

Aviadores do 1º Grupo de Defesa Aérea, na Ala 2, passam por avaliações da Comissão de Desportos da Aeronáutica

“O ser humano não pode ser o fator limitante na utilização do vetor aéreo de combate em sua máxima performance”. A partir dessa premissa os militares da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA) trabalham para desenvolver treinamentos físicos específicos para os futuros pilotos da aeronave F-39 Gripen, caça da Força Aérea Brasileira (FAB) que será entregue em breve.

Um grupo de seis militares da CDA, todos com doutorado na área de saúde, realiza estudos para confeccionar Cadernos de Instrução com programas de treinamento físico específico para cada demanda de atividade operacional desenvolvida não só para os pilotos de Caça, mas também para os demais grupos operacionais da FAB: pilotos de Transporte, Patrulha e Reconhecimento; pilotos de Asas Rotativas; e militares dos Grupamentos de Artilharia Antiaérea.

Em abril de 2018, o Grupo de Trabalho Fox, responsável pela Gerência Operacional da Aeronave F-39 Gripen no Comando de Preparo (COMPREP), solicitou à CDA uma avaliação preliminar dos pilotos e um cronograma de atividades com a finalidade de atender os requisitos físicos necessários solicitados pela Força Aérea Sueca para o curso do novo vetor de combate da FAB.

A Tenente Educadora Física Alini Schultz Moreira ressalta que, inicialmente, foi realizada uma revisão de literatura para contextualização científica da demanda fisiológica exigida do piloto de Caça em voos com aeronaves de alta performance. Em seguida, foi feita uma visita técnica durante o Exercício Operacional BVR (do inglês, Beyond Visual Range) 2018, na Ala 2, em Anápolis (GO), para observação in loco da atividade aérea em questão.

“Ficou evidenciado que, em voos de combate, o piloto é submetido a altos estresses fisiológicos repetitivos, com curtos intervalos de tempo, que envolvem predominantemente a força muscular para um emprego eficiente da manobra anti-G (do inglês Anti-G Straining Maneuver), completa o Tenente Educador Físico Renato de Oliveira Massaferri.

Segundo a Tenente Educadora Física Daniele Gabriel, após definidas as principais valências físicas, foi montado um plano para avaliação precisa e individual e, que ao mesmo tempo, pudesse ser aplicada com a máxima otimização da infraestrutura disponível e facilmente reprodutível em todos os Esquadrões de Caça da FAB.

Os pilotos do 1º Grupo de Defesa Aérea, na Ala 2, passaram pela bateria de avaliação entre os dias 6 e 11 de junho de 2019. No dia 12, os resultados foram apresentados e os treinos específicos começaram a ser desenvolvidos para um programa de treinamento individualizado de 16 semanas. O planejamento inicial abrange um mínimo de três avaliações por ciclo, sendo uma inicial para prescrição, uma intermediária para ajustes e uma final para verificar o efeito da intervenção e proposição de um novo ciclo de treinamento.

Voar caças de última geração como o Saab Gripen não é para qualquer pessoa. É preciso possuir o preparo e as condições físicas para voar com segurança e suportar as elevadas cargas G que esses aviões produzem, quando realizam manobras de combate aéreo

FONTE: Força Aérea Brasileira

SAIBA MAIS:

Subscribe
Notify of
guest
30 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
PauloOsk
PauloOsk
1 ano atrás

Os pilotos da Fab treinam naquelas camaras de força G?

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 ano atrás

Os Mirage IIE e F-5E eram limitados a 7,5 G. O Mirage 2000 foi o primeiro caça 9G operacional da FAB, mas como os anteriores, só atingia tais valores de forma temporária.

O Gripen E será o primeiro caça da FAB de 9G sustentado (no que o F-16 foi pioneiro), então é impontante manter essa rapaziada no topo da forma física. Não é moleza não:

https://www.youtube.com/watch?v=jDre5G6eGWM

MMerlin
MMerlin
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

Ótimo vídeo Clésio.

Charles
Charles
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

pqp….Depois desse vídeo desisti da carreira de piloto militar. Melhor mesmo ficar nos videogames…até pq minha rinite não permitiria rssss….brincadeiras a parte….show o vídeo Clésio. Muito boa tua colaboração

Negrão
Negrão
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

É impressão minha ou a força G tende a aumentar em guinadas para bombordo?
Ou será que é proporcional ao raio e velocidade nas guinadas? Percebi que as guinadas a bombordo são mais velozes…
Considerando as qualidades desse caça, relacionadas às variáveis impostas aos pilotos, pergunto: Qual a média de vida útil dos pilotos desse vetor?

Maurício Vaz
Maurício Vaz
1 ano atrás

Vamos lá rapaziada, o bichão tá chegando =P

ELTON R
ELTON R
1 ano atrás

o pessoal tem que ralar ,porque o melhor avião da FAB vai prescisar dos melhores e mais bem preparados pilotos.

BILL27
BILL27
1 ano atrás

Outro dia vi um video do Rafale tentando engajar o F-22 …A respiração do piloto dava ate agonia .o cara tava no limite ,é uma situação muito desgastante e o cara tem q ta com o preparo e mdia .não é pra qq um não

Observador
Observador
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Tá aí um vídeo que eu gostaria de ver. Se possível envia o link.

BILL27
BILL27
Reply to  Observador
1 ano atrás
Top Gun Sea
Top Gun Sea
1 ano atrás

Não sou de sentir inveja mas, da inveja, isso dá! 💪🛫

carcara_br
carcara_br
1 ano atrás

Os aspectos técnicos das aeronaves são sempre lembrados, mas sem preparo físico dos pilotos os jatos acabam subutilizados, bom trabalho pro pessoal!

willhorv
willhorv
1 ano atrás

meu ceticismo…mas vou ser realista!
6 pilotos!??
Eles andam de carro juntos? Ou moram em mesmo anexo? Andam de avião juntos? Ou….comem no mesmo refeitório!?
Preocupante isso não!

Marcos
Marcos
Reply to  willhorv
1 ano atrás

6 pilotos? “Um grupo de seis militares da CDA, todos com doutorado na área de saúde”

São 6 militares/médicos que vão trabalhar com os pilotos

Pode ser 30 ou 300 pilotos, não foi informado. Eh hein

Alex Stelio
Alex Stelio
Reply to  willhorv
1 ano atrás

Cara você precisa urgentemente aprender a interpretar um texto. De onde você tirou que são seis pilotos? A matéria é clara, são seis militares, doutores em saúde, que estão trabalhando na preparação física dos futuros pilotos. A matéria não diz quantos pilotos são.

Negrão
Negrão
Reply to  Alex Stelio
1 ano atrás

Essa geração de cotistas não é fácil!

Top Gun Sea
Top Gun Sea
Reply to  willhorv
1 ano atrás

Cara, não entendi o que você quiz dizer com isso maletoso!?

MMerlin
MMerlin
Reply to  willhorv
1 ano atrás

Independente da matéria expor que os 6 militares estão relacionados a área da saúde.
Digamos que fossem 6 pilotos. Qual a preocupação no seus questionamentos? Um ataque terrorista que os aniquile?
Não sei como é o setor militar, mas no setor privado, é feito um treinamento avançado com uma porção específica do total, e depois a responsabilidade do treinamento e repassado aos novos instrutores.

Gustavo
Gustavo
Reply to  willhorv
1 ano atrás

O esquadrão deve contar com o dobro de pilotos ao número de aeronaves. Isso não é um problema.

willhorv
willhorv
Reply to  willhorv
1 ano atrás

Mea culpa….li a chamada e comentei rapidamente.
Desculpem!

Mosczynski
Mosczynski
1 ano atrás

Uai, a FAB nunca fez isso antes? Quer dizer que até gordinho antes podia dar um piloto num Mirage ou Hércules?

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Mosczynski
1 ano atrás

A meteria tem seu valor jornalístico, todos somos leigos em determinados assuntos, salvo isso tbm achei uma informação bem banal, se houvessem adquirido uma câmara para teste de força G ou um novo uniforme de combate que lidasse melhor com isso….

Alex Stelio
Alex Stelio
Reply to  Mosczynski
1 ano atrás

A FAB sempre preparou seus pilotos, o que a FAB está fazendo é prepará-los ainda mais, já que nunca tivemos um avião capaz de sustentar 9G.

francisco Farias
francisco Farias
Reply to  Mosczynski
1 ano atrás

Esses gordinhos dessa foto vão ter que ralar muito par aperder essas barriguinhas.

Joao Argolo
Joao Argolo
1 ano atrás

Com um caça desse nem precisava pedir pra me preparar fisicamente. Vê se eu ia querer sair nas fotos barriado? (como se diz aqui)

Carlos
Carlos
1 ano atrás

Tudo “I” no TAF rs

Mauro
Mauro
1 ano atrás

Exceção feita ao Cap Forneas, nosso baixinho marrento, o resto é tudo caboco gordo fora de forma.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Mauro
1 ano atrás

Não posta bobagem.

Marco Ferreira
Reply to  Mauro
1 ano atrás

AAHAHAHAHAH Não mesmo. Dos que conheço (incluindo o FEA) não são gorditos não paê. Menos é mais parça. E como Prof de ed. física eu confirmo que o protocolo é esse mesmo, tem que preparar o organismo pra aguentar a demanda física intermitente exigida na aviação. Não é que não fora feito antes, mas sim é importante ressaltar que os tempos são outros, a FAB tem investido em pessoal (temporário) qualificado em várias áreas, então nada mais justo do que uma equipe dessas no Grupo Fox. Eu mesmo já cansei de planejar séries de exercícios que os pilotos pudessem fazer… Read more »

Ivanstop
Ivanstop
1 ano atrás

Uma vez eu li uma reportagem sobre os primeiros pilotos que iriam ir para França para treinarem no Mirage III, que teve um deles que mesmo tendo sido aprovado no exame médico da FAB ele ainda pagou do próprio bolso uma série de exames complementares pq ele tinha medo de chegar lá na França e não deixarem ele pilotar o avião por qualquer motivo que não tenha sido detectado antes.