Home Força Aérea Brasileira Militar da Aeronáutica é preso com drogas em aeroporto na Espanha; Ministério...

Militar da Aeronáutica é preso com drogas em aeroporto na Espanha; Ministério da Defesa abre investigação

4667
239

Militar foi detido com 39 kg de cocaína em aeroporto de Sevilha. Bolsonaro afirmou que ‘caso seja comprovado o envolvimento do militar nesse crime, o mesmo será julgado e condenado na forma da lei’

Um militar da Aeronáutica brasileira foi detido na terça-feira (25) no aeroporto de Sevilha, na Espanha, por transportar 39 kg de cocaína em sua bagagem. O Ministério da Defesa e o presidente da República, Jair Bolsonaro, confirmaram a prisão.

A prisão ocorreu quando o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) pousou às 14h (horário local) no aeroporto da capital da Andaluzia. A aeronave servia como reserva para o presidente brasileiro que viaja em outro avião para participar da reunião do G-20 em Osaka, no Japão.

“O militar não estava na comitiva oficial do presidente. Ele era da tripulação que ficaria na Espanha, essa tripulação fica na Espanha para a troca de tripulações quando a aeronave do presidente lá fizesse sua escala”, afirmou à Rádio Gaúcha o presidente brasileiro em exercício, o general Hamilton Mourão.

A cocaína estava dividida em 37 pacotes de mais de um quilo. Fontes policiais disseram ao jornal espanhol “El País” que a droga não estava sequer camuflada entre roupas. “Em sua mala, havia apenas drogas”, afirmou uma porta-voz da força policial em Sevilha.

O militar se apresentou ante um tribunal nesta quarta-feira (26), acusado de cometer delito contra a saúde pública, uma categoria que inclui o tráfico de drogas na Espanha.

O comunicado do Ministério da Defesa afirma que o caso está sendo investigado e que foi determinada a instauração do Inquérito Policial Militar (IPM).

‘Será julgado’

Em uma rede social, Bolsonaro comentou o caso dizendo que os militares são pessoas formadas “nos mais íntegros princípios da ética e da moralidade” e que “caso seja comprovado o envolvimento do militar nesse crime, o mesmo será julgado e condenado na forma da lei”.

“As Forças Armadas não estão imunes a esse flagelo da droga. Isso não é primeira vez que acontece seja na Marinha, seja no Exército, seja na Força Aérea. A legislação vai cumprir o seu papel e esse elemento vai ser julgado por tráfico internacional de drogas e vai ter uma punição bem pesada”, declarou Mourão.

Investigação

O presidente Jair Bolsonaro faria escala no mesmo aeroporto de Sevilha na viagem rumo ao Japão, de acordo com a agenda oficial divulgada pelo Palácio do Planalto. Entretanto, a escala foi alterada para Lisboa e não há informações sobre os motivos da mudança. O G1 procurou o Itamaraty e o Ministério da Defesa, mas ainda não teve retorno.

O voo presidencial decolou na terça-feira à noite para Osaka, onde Bolsonaro participará da reunião de cúpula do grupo das 20 maiores economias do mundo (G20).

O presidente declarou, ainda, ter determinado ao ministro da Defesa, o general do Exército Fernando Azevedo e Silva, a “imediata colaboração com a Polícia Espanhola na pronta elucidação dos fatos, cooperando em todas as fases da investigação, bem como instauração de inquérito policial militar”.

O Ministério da Defesa e o Comando da Aeronáutica declararam em nota que “repudiam atos dessa natureza e darão prioridade para elucidação do caso, aplicação dos regulamentos cabíveis, bem como colaboram com as autoridades.”

FONTE: G1

239 COMMENTS

    • as leis anti-drogas japonesas são bem pesadas também, provavelmente essa prisão deixou alguns com as calças na mão´tanto é que o outro avião desviou a rota para PORTUGAL

      • Mathias. Não é que o avião previdencial mudou a escala do Japão para Portugal.
        Ambos os aviões ia para o Japão, mas fazendo escala antes na Espanha.
        Como ocorreu este problema com o avião secundário, que aparentemente pousou antes na Espanha, optaram por fazer a escala do avião presidencial em Portugal.
        Ambos os aviões continuam o trajeto até o Japão.

        • É melhor ser julgado na Espanha. Aqui corre o risco de ser absolvido. O que ???? Só 39 Quilos de Cocaína???? O perrela levava 500 Quilos. Absolvam esse valoroso militar. Talkey?

      • Mais o avião que desviou a rota, foi o presidencial, que vai continuar viagem até o Japão, creio que a mudança de rota foi para evitar o constrangimento de pousar o avião presidencial para abastecer no mesmo aeroporto que acabou de ter a prisão de um oficial brasileiro que estava no avião reserva do presidente

        • Creio que a mudança de rota foi para evitar o constrangimento de pousar o avião presidencial para abastecer, e encontrarem o resto da “encomenda” ilícita…
          Brasil!!!!!

          • Desde 2002 passamos vergonha perante o mundo…2006…

            Depois começou a operação que descobriu tudo perante o Brasil e o mundo…Ainda bem que havia o Moro…Se não, estávamos roubados!
            Mas escrevam o que vou dizer aqui:

            – Ah algo de estranho atrás desse caso e na ação desse elemento! Muito estranho!!

            1º) Esse cara, está desde quando viajando em comitivas para voos internacionais?

            2º) Como alguém, vai viajar com 39kg sem nem está disfarçado? A mala estava cheia mesmo, nem roupas havia, como diz a reportagem do G1 republicada aqui no site.

            3°) Fica evidente que havia uma maneira deliberada para que a droga fosse encontrada.
            Ou, esse cara, é um traficante antigo e possivelmente haviam receptadores acostumados e insuspeitos esperando, porém na hora, por algum motivo, algo deu ou saiu errado e essas pessoas não estavam lá para acobertarem ou darem cobertura a esse cara!

            O certo é, muito estranho um sargento da FAB, aproveitar uma viagem justamente desse governo, para cometer esse delito com 39 kg de entorpecentes!!! Tem coisa atrás disso ai!! Ah tem!

          • João Rodrigues, vc está insinuando que plantaram TRINTA E NOVE QUILOS de cocaína, aprox. 2 milhões de euros, só pra denegrir a imagem deste governo?

            É muito gado, pelo amor de Deus…

          • Daqui a pouco vão digitar que o sargento era em realidade um militante do PT disfarçado de militar, cunhado do Lula e que nem era brasileiro, mas sim cubano…
            🤗🤗🤗

          • Eu fiz objeções e ponderações, porém não acusei ninguém e nem dei nomes, que não fosse relevante para indicar o tempo do ocorrido…

            Se a carapuça coube sobre o viés ideológico ao qual vc tem simpatia, sinto muito!!

            Mas, a Venezuela aqui ao lado, para se mostrar a verdade, é um bom exemplo de: Como, porque e para que, um país se torna o narco estado!!

            E outra e me respeita, por que não te citei e muito menos adjetivei algo em ralação a vc!

            Vir me chamar de gado apenas por discordar dos meus pontos de vista, é no mínimo falta de argumentos e considerações com quem sabe interpretar texto!

    • Ahhhhh

      Va pa pqp

      Esse governo e seus apoiadores não tem moral nenhuma pra falar de patria ou de patriotismo

      isso é só discurso vazio pra fazer perseguiçao ideologica

      • Primeiro que o caso nada tem a ver com o governo ou com funcionários de dentro dele, você já começa errado aí.

        E segundo que com toda essa sua falta de educação, você realmente acha que tem alguma legitimidade para criticar alguém?

        • Não tem nada a ver com o governo!? É isso mesmo!? São 39kg de cocaína. Será que ele agia sozinho??? Por conta própria…
          O traficante era um militar e ainda por cima fazia parte da comitiva oficial!
          Não é qualquer militar que consegue chegar a essa função…
          Por que defender o indefensável???

          • Esse militar trabalha em comitivas presidenciais desde o governo Dilma, misturar o ato ilícito de um funcionário público com ato de um governo não tem nada a ver.

          • Amigo Bitencourt, a questão não é para quem ele trabalha oficialmente, esse sargento envergonhou todo o Brasil, colocou em duvida a disciplina de toda a fab, esse sargento possuía uma mala enorme só com cocaína, será que o senhor não consegue perceber que os outros tripulantes deveriam desconfiar dessa mala? tem que investigar todos que estavam no avião, todos que tiveram contato com eles no aeroporto e todos os oficiais responsáveis por estes militares, é muito importante que todos os indivíduos da quadrilha responsáveis por colocar a cocaína na mala sejam descobertos, e, se possível, até a fazenda de onde veio a coca.

          • Sarg Uilha,
            Perfeito!!
            Tem sim que se investigar tudo e a todos que tiveram contato com esse traficante!!

            Se fizerem uma investigação em todos os contatos dele, certamente chegarão á fazenda!

          • Pelo tamanho da apreensão é óbvio que ele não estava sozinho nessa. Tem que investigar muita gente nessa comitiva e na Espanha também.

          • Sim, verdade amigo Almeida!
            Vamos torcer que tudo venha a tona e não fique dúvidas de absolutamente nada!!
            Doa a quem doer!
            O Brasil precisa expurgar esses sujeitos de comportamentos nefastos!!
            Não importa a instituição, é muito bom que coisas assim venham as claras!
            Certamente, em outras ocasiões essas pessoas estarão na cadeia, ao invés de pertencerem ás nossas respeitáveis Forças Armadas!

          • Michel

            Vou apenas ignorar o teu wishful thinking, não vale a pena discutir com gente conspiratória, que não traz prova ou fato novo algum, com acusações vazias e com comentários de viés ideológico tão descarado quanto o teu.

          • Michel, mentira, não fazia parte da comitiva coisa alguma! Ele fazia parte do grupo de apoio, nada mais que isso! É só ler a matéria! Ou vc não sabe ler ou não sabe interpretar texto!

            Pare de espalhar fake news para induzir as pessoas e pensarem errado e querer alimentar argumentos contrários, apenas por não fazer parte de seu “circo” ideológico!
            Vença com argumentos e com verdades! Pegue todas as noticias leia, assista e também ouça o comunicado da FAB e o GSI do Governo!!

            Se lhe falta argumentos acusatório eu te empresto aqui ao menos argumentos!!
            Existem outros fatos, apesar de lamentáveis, de trafico de drogas dentro das FA…E não foi só nesse governo!

            Porém, as cirandeiras do argumento fácil carregados de narrativas ideológica saem a divulgar tudo como se, os 8 tri que roubaram dos cofres público é pouca coisa!

            A hipocrisia e a ideologia assassina de reputações, andam juntas!

    • MMerlin

      ‘Espero que o nome do meliante seja divulgado. Isto sim é um desserviço a Pátria.’

      Já saiu o nome e a foto do meliante.
      Estava de camisa verde e amarela e fazendo arminha com a mão.
      Surpreso?

    • Eu acho que foi para evitar um constrangimento de pousar no mesmo aeroporto que acabou de acontecer tudo isso, mas isso também abre espaço para os maldosos insinuarem esse tipo de coisa. De qualquer forma isso é péssimo para a imagem do país

      • Caro Cristiano. Independente de nossas preferências políticas, o problema é como os órgãos de segurança e inteligência do Estado tenham falhado em identificar um criminoso na tripulação que conduz o presidente. Gostaria de ouvir os responsáveis por esses órgãos explicarem essa falha.

        • Ele não fazia parte da tripulação que conduzia o Presidente – acho que isso está bem claro no artigo – que explicita que ele estava em um avião auxiliar.
          Precisa saber exatamente qual é a função dele neste avião auxiliar para saber se houve omissão dos órgãos de segurança e inteligência.

          • Omissão, incompetência ou envolvimento? 39 kg é muita coisa e este cara foi apenas o “mula”. Deve ter muita gente graúda por trás disso. Não me surpreenderei se as “investigações” por aqui elegerem o mula como único culpado.

          • Li que ele era um comissário de bordo do GTE, e não passou pelo aparelho de raio-X, de uso obrigatório, da Base Aérea da FAB.

          • Se não me engano, quem checa as pagagense os passaportes na Ala 1 (antiga BABR) é a PF e a Receita Federal.
            Mas também acho que houve falha no recrutamento daquele militar.

          • No Brasil, ate pouco tempo atrás nem todo mundo passava pelo detector de metais no planalto, bagagem de militar não é revistada, mesmo não sendo mala diplomática.
            Nós países sérios, acho que só o precidente não é revistado e só malas diplomáticas ou com um belo e restrito ultra-secreto não é aberto.

          • Olá Jacinto. Ele estava servindo no avião presidencial de reserva, que faria o translado presidencial da Europa para o Brasil caso o avião principal tivesse algum problema, portanto ele poderia estar em contato direto com as principais autoridades do governo brasileiro. O fato do militar cometer um crime comum, é irrelevante por ser um caso de polícia. Agora, é grave a falha dos órgão de segurança (são vários) ignorarem a presença de um criminoso na equipe que presta serviço à presidência.

          • É complicado Camargoer. Existe algumas posições – inclusive na iniciativa privada – em que a pessoa é submetida a investigações que incluem o aspecto telemático (emails, navegação em internet, etc), econômico (contas correntes, investimento, participação em fundos, previdência, participações societária, patrimônio), telefônico, etc. A Kroll, por exemplo, faz isso (de forma legal) e eles descobrem tudo sobre o investigado. O problema é que, a depender da sofisticação do esquema criminoso – e 39kg é muito dinheiro, o que indica uma quadrilha estruturada – é muito difícil encontrar algo em investigação porque está tudo alaranjado. Ai você depende de um descuido da pessoa – o mais comum são sinais “aparentes de riqueza” como eles gostam de dizer. Não é por acaso que algumas das principais investigações do país começaram por denúncia de pessoas de dentro do esquema.
            Antes da Lava Jato, duas das mais importantes investigações (Caso Collor e Mensalão) só foram iniciadas após denúncias de pessoas que estavam dentro do esquema, respectivamente o Pedro Collor e o Roberto Jefferson. Se essas pessoas não tivessem denunciado estes esquemas, o mais provável é que estes esquemas jamais teriam sido descobertos.
            Em suma: fazer uma investigação na pessoa, se ele for criminoso profissional, dificilmente se obtém resultados. Na maior parte das vezes é necessário algum descuido ou uma dica.

          • Pelo visto era taifeiro, trabalha na cozinha. Ou seja, pagando bem podia colocar um veneno na comida e pronto.

          • É claro que ele faz parte da tripulação oficial. Na troca da equipe, faria a segunda perna da viagem a partir da Espanha. Se ele não fosse um militar da tripulação oficial, não estaria em uma das duas aeronaves oficiais que foram levar o presidente para um dos mais importantes encontros de líderes mundiais. Simples assim.

          • Inteligência e Combate é coisa de Americano, de Hollywood, não é da nossa cultura de bom mocismo, de descontração e corporativismo.

          • Ah, é??? Mas, que coisa!!! Então, além dos criminosos que estavam no avião, com toda essa droga, as autoridades portuguesas também estão todas envolvidas!!
            Hehehe….papel e tela de computador aceitam qualquer coisa que se escreva! E o bom da internet é que se tem o anonimato para se escrever o que se quer….mesmo sem a menor prova do que se acusa….não é, marcus???

          • Flanker, o Marcus estava lá, juntinho, até ajudou a carregar!!
            Se precisarem investigar, é só começarem por ele!!

        • A segurança do presidente está bastante falha. Ela não conseguiu sequer identificar que entre os vizinhos do presidente no tal condomínio da Barra há um traficante de armas e que o mesmo condomínio era frequentado por matadores de aluguel.
          Uma coisa é isso acontecer no condomínio onde nós pessoas comuns moramos. Outra é onde mora o Presidente da República. Esse caso agora só mostra como a segurança presidencial está falha.

          • Caro Fernando. O morador do condomínio que guardava armas parece ser um problema anterior ao mandato, mas concordo que o GSI parece mais preocupado com o passado do que com o presente.

          • Sim, tanto o traficante de armas quanto os matadores de aluguel são anteriores inclusive a campanha. Mas a partir do momento que um cidadão torna-se candidato a presidente, sua segurança precisa ser reforçada. Quando esse cidadão é o favorito para vencer as eleições, aí a segurança deve ser mais reforçada ainda.

            Tendo então o cidadão sido eleito e tendo sofrido um atentado durante a campanha, como o GSI é tão relapso em não verificar o que as pessoas da comitiva estão levando para bordo, mesmo que de um avião de apoio? Se entraram com 39kg de cocaína entram com explosivos também.

            Isso foi uma falha gravíssima do GSI

        • Camargoer, não tem como adivinhar que um militar possa se entusiasmar por uma proposta de fazer um serviço de mula.
          É um coitado que se empolgou em fazer este transporte, tenho uma sobrinha que levou 2 kg de cocaina para a Suiça e deu azar e foi presa lá, foi condenada a sete anos de prisão, mas só ficou presa um ano e assinou um acordo de expulsão, ela foi liberada e não pode voltar mais a comunidade europeia, se não terá que.cumprir o resto da pena.
          Ela ganharia uns 10 mil reais para levar a cocaina e traze uma mala de ecstasy, a famosa balinha das raves.
          Mas no final deu tudo certo, aqui no Brasil está limpa e voltou a estudar no curso de direito e agora passou no teste da OAB na primeira tentativa.

        • Exatamente, Camargo! Esse cara conseguiu burlar tantos órgão de inteligência assim? A PF, ABIN, GSI, inteligência da FAB, ninguém desconfiou? E se fosse uma bomba?Se fosse um agente químico letal? Muita gente falhou e agora a imagem da FAB e desses órgãos ficaram no chão, fora a segurança do próprio presidente!

        • Camargoer
          Excelente pergunta.
          Apesar do militar nao fazer parte da comitiva presidencial eu tbm gostaria de saber como o Serviço Secreto deixou uma mala dessa passar batida? E se esse militar fosse cooptado por uma celula terrorista e no lugar de drogas fosse explosivo plastico que transformaria o aviao numa bomba a ser lançada sobre o predio do G20? E se fossem segredos militares do nosso país?

          Mas vao dizer aqui: “que viagem… isso nao acontece aqui no Brasil” e eu pergunto: EUA, Israel, Russia, China “brincam” qndo se trata da segurança de um chefe de Estado?

          O fato é que a Segurança falhou miseravelmente.

      • Cristiano, mesmo concordando com você, o que aconteceu é um absurdo de escala mundial, esse traficante tem que ser punido exemplarmente, não podemos aceitar qualquer tipo de proteção por parte do governo ao traficante que fez parte do grupo presidencial, é obvio que nosso presidente não tem culpa direta no ocorrido, mas então esperamos uma resposta enérgica e publica ao ocorrido!

        • João Moita.
          O tráfico tem um poder de sedução muito grande.
          É muito dinheiro envolvido. E rápido.
          E pode afetar qualquer esfera. Até governamental.
          Domingo, saiu reportagem sobre o enriquecimento de Pinochet com o tráfico internacional de drogas.
          O então chefe da DINA, General Contreras, declarou ao Jornal La Nacion que Pinochet mantinha um laboratório em um quartel do Exército na localidade de Talagante.
          É jogo pesado mesmo.

  1. De tempos em tempos, algum militar da FAB é pego nesse esquema de enviar drogas para o exterior usando nossas aeronaves.
    Muita gente deve ter enriquecido na FAB fazendo tráfico internacional de drogas.
    Espero que seja expulso rapidamente e cumpra pena na Espanha. Nada de ficar preso em quartel no Brasil e recebendo o soldo em dia.

    • fora de dentro, como compras rotineiras superfaturadas, equipamento super faturado, uma vez vi uma reportagem da record sobre esses casos, que deram em nada

    • Receber soldo é o cúmulo. Um sem vergonha desses que se presta a denegrir a imagem do país não tem direito a receber nada que provenha dos tributos das pessoas que trabalham honestamente. Deve receber apenas água e trabalhar para receber comida.
      A falta de punição severa está na raíz de todos os males deste país.

    • A falta de punição efetiva estimula esses pilantras. Nada ilustra melhor essa tragédia nacional do que a Justiça autorizar, hoje mesmo, um senador em prisão domiciliar ir passar férias no Caribe… Como se luta contra tamanha imoralidade???

  2. O que chama a atenção, no caso atual, é a certeza da impunidade. Eram 39kg, sem qualquer disfarce, na bagagem do militar preso.

        • E como, provavelmente, os controles agora estão menos rígidos, tentou e se deu mal.
          Mas, por conta das autoridades de outro País, é claro.

    • Caro Pangloss. O que me chama a atenção é a falha dos órgãos de inteligência ligados à presidência desconhecerem as atividades criminosas de um membro da tripulação que conduz o presidente.

      • Com certeza Camargoer, já não é a primeira falha de segurança no que se refere ao Presidente, esta na hora dos responsáveis pela segurança e inteligencia do governo começarem a trabalhar! nosso inimigo é interno, dentro das forças armadas há inúmeros exemplos de criminosos escondidos atrás da farda! falo com a segurança de quem conhece a caserna de dentro para fora! desde de pequenos delitos e faltas, até alguém com 39kg de cocaína viajar no mesmo deslocamento presidencial! Absurdo!

      • Acredito que os órgãos de inteligência não façam um real pente fino. “Ah, é sargento da FAB, então é honesto” e nem aprofundam a investigação.

        • Caro Rafael. O GSI é ligado à presidência e tem a ABIN sob sua responsabilidade. Uma das funções do GSI é investigar todos os nomes indicados para órgãos superiores do executivo e todos os que prestam serviços em torno da presidência.

          • Camargoer
            Exatamente.
            Foi uma incompetencia e uma falha miseravel do GSI e do Serviço Secreto.
            Parece que o Governo Brasileiro, independente de qual partido politico esteja no comando, nao leva a serio as questoes de segurança de Estado.
            So vao levar isso a serio qndo algum terrorista escondido na Triplice Fronteira explodir o Palacio do Planalto ou o Gabinete Presidencial.
            O Servico Secreto fica “preocupado” demais com movimentos sociais internos em “feicebuque e tuiter” e esquece de realizar o seu principal trabalho.

      • Concordo plenamente!! Falha grotesca! Era droga…..mas, poderia estar carregando qualquer outra coisa……isso é mais uma, entre tantas, vergonhas para o país no cenário internacional!
        Deve ser o investigado à fundo e todos os envolvidos punidos exemplarmente….independentemente de quem sejam!

        • “Poderia estar carregando qualquer outra coisa…(sic)”. É isso aí Flanker, aeronaves da FAB já transportaram uma passageira que não constava na lista oficial da comitiva, namoradas e amigos de filhos em férias e a amante com uma mala cheia de dólares de um determinado ex-presidente e inúmeros casos registrados de uso indevido e desnecessário das aeronaves do GTE…Falta uma regulamentação séria sobre quem e em quais circunstâncias podem se utilizar dessas aeronaves. Sem falar em uma significativa redução dos meios do grupo.

          • Verdade, a impressão que se tem é que enquanto há severas economias nos recursos destinados as demais unidades, no GTE isso não ocorre. Desde controle de ligações particulares, ainda que locais, equipamentos de informática antiquados, iluminação deficientes nas salas, rancho com orçamento limitado, falta de material de expediente e por aí vai.

  3. Com essa mania brasileira de sair “distribuindo” passaporte diplomático pra qualquer um, seja pastor ou parente de político e presidente, imagine a quantidade de droga e coisas ilícitas que não entram por meio desses “vôos diplomáticos”.
    Tão imprtante quanto punir exemplarmente esse meliante, é fazer com que ele dê os nomes de quem sabia, quem colaborou e quem mais ganharia com isso. Aposto que ele revelaria várias coisas interessantes…

    • que faça isso na ESPANHA, pois aqui a justiça MILITAR anda meio instrumentalizada, vide o caso do pai de família fuzilado no RJ

      • É 100% de certeza que tem político envolvido nisso.
        E se tem notícia, essa caso vai se arrastar “em segredo de justiça”, igual o caso de um certo helicóptero, de um certo político mineiro…

        • Caro Wilber. Acredito que existam políticos envolvidos com o tráfico, assim como deve existir outros militares, policiais, juízes, banqueiros, industriais e donas-de-casa. Por outro lado, pode ser um erro considerar que todos fazem parte da mesma quadrilha ou organização criminosa. Pode ser que seja um grupo de militares, pode ser que seja um grupo familiar (tipo irmãos metralha…), pode ser que seja um grupo de conhecidos e vizinhos do mesmo bairro, pode ser até que seja um apenas uma “mula” que presta serviços como um “freelancer” de uma quadrilha. Acho que o grave foi os serviços de segurança e inteligência do Estado terem falhado.

        • Desde a década de 90 sabe-se do uso e aviões da FAB para o tráfico internacional de drogas. O pessoal acredita que o fato de um avião da militar ser, pelas leis internacionais, parte do território brasileiro o deixa a salvo deste tipo de coisa.

        • Acho graça nesses comentários. Se bobear o sujeito não tem certeza nem do que fazem as pessoas que vivem sob o mesmo teto que ele é tem certeza de quem está ou não envolvido num caso que acaba de ser divulgado. Vai trabalhar na NSA ô paranormal!

      • Camarada
        Vc está muitíssimo enganado.
        A Justiça Militar é rigorosíssima.
        Por “coisa q não dá nada” fora dos quartéis, lá a punição é mais dura. Com o bônus da redução de pena ser menor q a Justiça Comum.
        E quanto a situiação do RJ, o militar q atirou está preso.
        Já fiz parte daquela mesa do conselho e é duríssimo o negócio.
        No final, o militar ainda é expulso, perdendo seu soldo., obviamente.
        Sds

        • Nenhum militar que fuzilou os cidadãos no RJ está preso.
          “Por 11 votos a 3, os ministros do STM (Superior Tribunal Militar) decidiram na tarde de hoje conceder liberdade aos nove militares envolvidos na ação que resultou nas mortes do músico Evaldo Rosa dos Santos, cujo carro foi alvejado com 83 tiros em Guadalupe, na zona norte do Rio de Janeiro, e do catador de materiais recicláveis Luciano Macedo no dia 7 de abril. Com isso, eles responderão em liberdade ao processo em que são acusados das mortes.”
          Existem vários exemplos de penas brandas fixadas pela Justiça Militar e não expulsão dos envolvidos. Por exemplo, o sub-oficial que não acompanhou a transferência de combustível para participar de festinha na base na Antártida pegou dois anos de prisão em regime aberto, mesmo tendo causado a destruição da base e a morte de dois militares.
          Na Justiça Comum, um duplo homicídio culposo tem pena muito maior.

      • Conocrdo que ele tem que ser punido exemplarmente…..assim como outros possíveis envolvidos.
        Quanto ao caso do RJ, o processo está correndo…..e todos, literalmente todos, tem eireito à defesa e um julgamento…..e após, ainda direito à recursos infindáveis……o ex-presidente é um exemplo. Mesmo condenado em 1ª instância, depois no TRF4 e ainda depois no STJ, continua recorrendo….e há quanto tempo os crimes dele foram praticados? E há quanto tempo ocorreu o crime no RJ?
        Aqui no RS tivemos o caso do assassinato do menino Bernardo….há cinco anos….o julgamento dos acusados ocorreu somente agora. E o caso da boate Kiss? Há seis anos…..e somente agora, talvez, ocorra o julgamento dos acusados.
        Então, não queira usar esse caso, triste e totalmente reprovável, do RJ para fazer proselitismo político. Tudo irá acontecer, no tempo da justiça brasileira. Seja ela morosa ou rápida…perfeita ou imperfeita…..

        • Fankler, apenas apontei que os militares estavam respondendo em liberdade, refutando comentário de que estaria preso. Poderiam estar aguardando o julgamento presos, como muito assassinos ficam, dentre eles os do menino Bernardo.
          E apontei um caso em que a pena foi branda demais, o que afastaria a tese de que a JM é rigorosíssima.

  4. Kkkkkkkkkkkk o maior traficante é próprio Estado. É muito dinheiro envolvido, para quem acha que esses iluminados não entrem no jogo só por que eles têm um papel velho dizendo “agente da lei”, dentro de casa. Isso aí é só a ponta do iceberg, no fundo quem mais abastece o tráfico com armas e drogas são os próprios “agentes da lei”, afinal a eles é concedido o monopólio do uso da força e das armas. É muito poder concentrado nas mãos de uma pessoa só, ou um grupo.

    Pode ter certeza que tem mais gente envolvida, dos pequenos aos graúdos, cada um leva uma fatia da bufunfa, pois não é possível que uma operação logística complexa como a aeroportuária, onde há muita gente trabalhando, só uma pessoa esteja fazendo o esquema sozinha.

    • lembro de uma conversa flagrada muito suspeita de dois dos PASSAGEIROS em que um deles dizia que outro poderia ser preso na AUSTRÁLIA

        • Carlos, respeito sua opinião, mas não enxergo outra alternativa viável ao controle dessa atribuição pelo Estado… abraço…

          • Até entendo seu posicionamento, mas não gosto de um estado poderoso demais, isso abre margem para genocídios, perseguições entre outras coisas

          • Caro Carlos. Os EUA têm um dos governos mais poderosos do mundo em relação a vigilância de seus cidadãos e estrangeiros. Basta lembrar do escândalo das escutas da NSA revelado por Snowden. Os EUA também tem uma política rigorosa de encarceramento. Também tem as forças armadas mais poderosas e o setor financeiro mais influente do mundo. Os EUA tinham leis de segregação até 50 anos atrás e um problema com direitos civis e humanos que afeta a grande parte da população mais pobre e excluída. Por outro lado, países com Estados fracos com o Afeganistão, Etiópia, Líbia, por exemplo, são incapazes de fornecer e garantir os direitos básicos para a população. Por fim, os países escandinavos tem governos fortes, social democratas e são reconhecidos como os Estados mais democráticos do planeta.

      • Caro Fernando. Acredito que todas as instituições públicas e privadas tenham um ou outro criminoso ou corrupto. A corrupção é uma escolha pessoal não institucional (claro que PCC, milícias e máfia são organizações criminosas, mas falo das organizações legais e reconhecidas pela sociedade, como forças armadas, polícias, ministérios, universidades, empresas, bancos, prestadores de serviço, etc). Culpar uma instituição devido atos de pessoas é uma ingenuidade, um erro ou má-fé. Por outro lado, fico preocupado que os órgãos de investigação e inteligência do Estado terem falhado na análise dos profissionais em torno da presidência. O fato desse militar ser um criminoso é um caso de polícia. O fato dos órgãos de segurança e inteligência falharem é grave.

      • o problema é o descaso que esta sendo promovido, todas as autoridades que se manifestaram disseram a mesma coisa “o sargento vai ser duramente castigado” eu concordo que ele seja duramente castigado, mas ninguém está falando em investigar todo o esquema por traz da droga, aquele sargento não comprou toda aquela droga para cheirar durante a viagem, alguém entregou a droga para ele entregar para outra pessoa, tem que investigar tudo!

  5. Não foi o primeiro caso e infelizmente não será o último.
    Até os bebês do berçário da maternidade sabem que o crime organizado plantou seus membros em todos os poderes da República, Executivo, Legislativo e Judiciário, em todos os níveis, federal, estadual e municipal.
    Com as forças armadas e polícias não seria diferente, até porque possuem distintivo e porte de arma. E no caso das polícias, como atuam junto ao crime, podem circular sem levantar suspeitas.
    Solução?
    Não faço a mínima ideia, pois até mesmo em países como Indonésia, Irã e Arábia Saudita, onde existe pena de morte para o tráfico de drogas, o consumo e o tráfico continuam existindo.

    • Não é preciso nenhum especialista para constatar isso…É notório o envolvimento de grande parte dos juízes e do alto escalão do judiciário deste pais com facções criminosas…é notório juízes que atuam a serviço do crime organizado ou que vendam sentença pra bandido ficar solto…

      na classe política não é diferente…os grandes tubarões do trafico de drogas deste pais são a maior parte políticos…a maior parte é envolvida com o crime organizado e com trafico…seja por serem tubarões ou por buscarem curral eleitoral nas periferias…pois através das organizações criminosas que controlam as favelas eles conseguem angariar votos para suas campanhas eleitorais…

      vemos no pais ministros do STF ligados a facções criminosas e até candidatos a presidência envolvidos com o trafico de drogas…Não é preciso ser nenhum especialista para notar o envolvimento da classe dirigente deste pais com o crime organizado…Observem como as polícias são intencionalmente sucateadas, as leis brandas, infratores com inúmeras passagens e soltos a reviria…

    • O tráfico também impera nestes países por que os traficantes também corrompem as autoridades com subornos, patrocínios em eleições, extorsões, etc. Se engana quem acha que qualquer traficante nestes países vai para o fuzilamento. Só os pequenos que não tem grana o suficiente para o suborno, ou então queima de arquivo das facções. Os grandes circulam livremente sem serem incomodados.

    • Excelente sua análise e seu comentário. Ainda assim, a liberação das drogas também não é uma boa alternativa, pois o Uruguai só o que conseguiu com a liberação da maconha foi um estratosférico aumento dos índices de criminalidade, furtos, arrombamentos e assaltos, além, logicamente, do aumento de usuários.

      • Mas há outras experiências em outros países que estão dando certo. Compreenda que só liberar a maconha é mesmo que nada, visto que há outras drogas para serem disputadas pelo tráfico. Temos que avaliar também o funcionamento do sistema, pois pelo que andei pesquisando lá precisa de cadastro para comprar maconha, tem até limite de quantidade de compra para cada usuário. Não é um livre mercado, é uma troca de monopólios. Quem quer mais maconha e já estourou o limite acaba indo comprar no tráfico. Quem se recusa a fazer cadastro também compra no tráfico.

    • A solução, por mais absurda que pareça, é a descriminalização das drogas. É um assunto de saúde pública. Virou assunto de segurança nacional por causa da criminalização.

  6. Porque um mer… desse faz isso com o nome do Brasil viu, o cara ganha bem e mesmo assim pratica esse crime. Por mim mandava fuzila ele la mesmo, nem pra ser preso em outros países que tem pena de morte para traficantes.

    • Ganhar bem não ganha não. Mas isso está longe de justificar esse ato criminoso com a agravante de ter se dado a bordo de um avião da FAB. Provavelmente será expulso a bem da disciplina sem prejuízo de pena a ser imposta pela justiça comum no Brasil ou na Espanha. Se puder assistir ao filme “o gangster” verá coisa pior, em magnitude maior, ocorrida nos EUA durante a guerra do Vietnã. Nenhum país ou instituição está imune a prática criminosa de seus integrantes. Mas é exceção, felizmente.

      • Caro Johnny. A maioria da população brasileira, seja de funcionários públicos ou do setor privado, ganham pouco (pelo que lembro, o salário médio do Brasil é em torno de R$ 1,2 mil. E essa maioria é honesta. Por outro lado, é comum encontrar criminosos milionários.

  7. Imagine o esquema atrás disso. Quais os contatos, financiamento, pagamentos, logística etc..É óbvio que existem muitas estrelas nessa constelação. A notícia dá quase a entender que era uma ação solitária, de um meliante apenas, o que é errado. De quem pegou, para quem e como ia entregar, como passou pelos controles brasileiros são as primeiras perguntas. Toda a tripulação e pessoal de terra, mais os superiores, estão na jogada. Uma prisão apenas é jogar areia nos olhos.

    • Caro Gabriel. Estava pensado nisso. O militar faz parte da tripulação responsável pelo translado do presidente (entendo que é o avião reserva do trajeto Brasil-Europa, mas caso fosse necessário, esse militar estaria conduzindo o presidente durante 1/4 da viagem e durante todo o voo sobre o Atlântico). Imagino que existam pelo três instituições de Inteligência (sic) que falharam. 1) o GSI chefiado pelo Gen. Heleno (que tem ódio de corruptos), 2) o CIAER, que faz a inteligência da FAB, acho que chefiada pelo Brig Augusto Santos e 3) A Polícia Federal, sob a responsabilidade do ex-juiz Moro. Fico preocupado que ninguém soubesse que o militar é um criminoso, ou na pior hipótese, se soubessem nada fizeram.

      • Verdade, nesse caso temos uma falha de inteligência que levou o país a pagar esse mico.

        Ele já devia ter sido monitorado e preso bem antes disso. Ainda mais que esse cara é só parte do processo, alguém passou essa droga para ele e alguém ia receber isso. Os espanhóis não pegaram esse cara por simples sorte.

        • Um militar próximo à presidência assim que esteja envolvido em crimes pode ser sofres chantagens e pressões que, em última análise, colocam a segurança nacional em risco. O “mico” é o menos importante. Caso a polícia espanhola soubesse com antecedência, fico pensando se a inteligência deles seria melhor que a brasileira. Nesse caso, fico pensando nas outras coisas que eles sabem e nós ignoramos.

  8. Todas as instituições e esferas do poder do pais estão tomadas por corruptos e bandidos sendo impossível o Estado de Direito os enfrentar…vivemos em um país totalmente tomado por uma classe dirigente corrupta e inescrupulosa…os partidos se tornaram quadrilhas e as instituições se venderam aos políticos corruptos…a cada dia que passa o braziu cai mais em decadência…em um ritmo acelerado de volta ao primitivismo no processo civilizatório…Dá medo do futuro desse pais…Complicado…O que será das futuras gerações!!..

      • Também sou funcionário público, policial, e não estou à venda. Mas tenho que concordar com o comentário do “Cavalo-do-cão”. Tem cada coisa que a gente fica sabendo por comentários ou até por experiência própria que é de arrepiar os cabelos. E desgraçadamente, tem coisa que é melhor virar a cara pro lado, porque se quiser bancar de honesto e denunciar, é perigoso sofrer um acidente ou uma tentativa de assalto, ou coisa parecida.

        • Colega. São mais de 600 mil funcionários do executivo federal. Comparativamente, o número de casos de corruptos é baixo ao ponto de lembarmos os nomes de muitos deles. Caso o Estado fosse corrupto como dizem, seriam muitos casos. Quando tiver tempo, tentarei levantar o número de casos de servidores investigados e demitidos, mas tenho a impressão que são a exceção.

          • Isso é o que é descoberto, o que é registrado. Como se diz no interior, “se espremer sai mais leite”.

          • Caro Defensor. É impossível fazer qualquer diagnóstico sobre informações inexistentes, a não ser por meio de uma bola de cristal. Por outro lado, existem criminosos tanto no setor público quanto privado, no qual são encontradas fraudes, estelionatos, chantagens, desvios, sonegação, falsificações e suborno. A suposta existência de crimes não descobertos não tem qualquer utilidade. Por outro, a avaliação estatística dos dados registrados indicam desvios da normalidade que podem indicar a ação de criminosos. Os primeiros a usarem a análise estatística para monitorar fraudes foram as seguradoras inglesas no Sec.XIX.

    • Foi exceção, isso não ocorre costumeiramente. Nenhuma instituição está imune a prática criminosa de seus integrantes. Pode-se minimizar isso para que ocorra em pequena escala como nas Forças Armadas Brasileiras. No próprio judiciário, apesar dos salários elevados, vimos o juiz que ficou com o carro e o piano do Eike Batista, além de Nicolau dos Santos Neto (Forum trabalhista de SP), Paulo Medina (STJ), Carreira Alvim (TRF-2), Rocha Matos e por aí vai.

  9. Devemos deixa-lo em Espanha e que lá seja julgado , condenado e cumpra pena , aqui vão querer aliviá-lo. Também seria necessário uma vistoria em aviões militares que saem do Brasil , não é a primeira vez que isso acontece e, já deve ter acontecido por diversas vezes , aproveitando viagens ao exterior , onde suas bagagens não são vistoriadas . O Vagabundo levou um Saco de Cimento cheio de Pó !

    • É melhor ser julgado na Espanha. Aqui corre o risco de ser absolvido. O que ???? Só 39 Quilos de Cocaína???? O perrela levava 500 Quilos. Absolvam esse valoroso militar. Talkey?

  10. Eles ainda nem foram julgados, estão respondendo o processo em liberdade, que nada tem a ver com absolvição.
    “Ninguém é culpado até que se prove o contrário”, prisão em segunda instância e condenação em terceira, “trânsito em julgado”.
    Em 99 ocorreu outro caso de tráfico internacional de drogas, por um major reformado, foi JULGADO e CONDENADO à 16 anos de prisão.
    Existe muita diferença entre as justiças militar e civil, na primeira “o buraco é mais embaixo”.

    • infelizmente sou obrigado a discordar, vide o caso do músico que foi fuzilado pelo EB aqui em Guadalupe e os ministros militares votaram por relaxamento da prisão, uma ação TOTALMENTE desproporcional e olha que conheço bem a região e sei que ali realmente não é uma área muito tranquila.
      A Justiça espanhola não deve afrouxar não, ele com certeza deve cumprir pena lá pois não é de corpo diplomático, disso tudo só tenho um lamento a fazer: Pena que não foi na Indonésia.

        • Sim, não era dele. Mas, ele cometeu crime também. Além disso, c@gou para o cargo que ocupava e para a farda que envergava. Esse teu relativismo é bem característico do senso comum brasileiro.
          Ah…..pobre de uma mula, vírgula!!! Ninguém é obrigado a fazer isso. Fez porque quis, sabendo que era crime, em benefício próprio, usando da facilidade de seu cargo, dentro de uma aeronave que serve à presidência da república. Pobre mula?! Haha….conta outra……

        • Eu que tenho um leve TOC ficaria incomodado de comprar somente 39kg, compraria 40kg, onde será que esse 1kg está hein?!?
          Já vi reportagem afirmando que esse sargento serve ao GTE a anos, tendo voado com três outros presidentes e gravíssimo o fato dele ter sido o único que não passou pelo Raio X obrigatório a todos os membros da FAB na Base de Brasília.

          • Caro Rafael. São duas possibilidades. A primeira seria que ele se envolveu com o tráfico de drogas DEPOIS de integrar o GTE. A outra é que ele estaria envolvido com o tráfico ANTES de integrar o GTE. Nos dois casos, era obrigação do GSI/Abin identifica-lo e impedi-lo de servir ao gabinete da presidência. Não importa se a incompetência dos serviços de inteligência são antigos ou começaram no atual governo. O GSI falhou.

        • Caro Walfrido. Exato. Como nenhum serviço de inteligência não detectou os sinais comuns de enriquecimento, movimentação financeira incompatível e outras suspeitas em um militar servindo o gabinete da presidência?

          • Porque eles esperam…depois montam empresas de shows aéreos…e vão morar nos EEUU….hehehe…tem outros exemplos, muitos mais…

      • Existe um tratado de extradição entre o Brasil e a Espanha, não creio que a pena será cumprida por lá, até porque a pena para tráfico de drogas no Brasil é surpreendentemente rigorosa.

  11. A não conferência de bagagens de autoridades e comitivas oficiais é a carteirada típica de país onde alguns são mais iguais que outros.

    A Força Aérea promoveu esse vexame ao país, parabéns Brigadeiros pavões, ineptos em alguns casos e carreiristas em tantos outros que, por exemplo, aceitavam desmandos em vôo na cabine de comando do avião presidencial da passageira Dilma. De que forma a Força comandada por estes senhores aplicava e aplica medidas de inspeção e controle de bagagens e segurança para com os passageiros do GTE? Hoje foi droga pega na Espanha, quanto mais não há cruzando nossos céus em aviões com o brasão da FAB? Quantas malas com dinheiro não declarado, ouro, diamante (como do Sérgio Cabral) já não foram levadas por aviões oficiais? Alguém pode dizer que a legislação não permite ação das FFAA mas só da PF, errado, os meios que são das FFAA seguem suas normas, do contrário esta liberada a entrada de bombas ou passageiros quaisquer.

    Muita gente enrolada com a justiça vive voltando pro país cheio de malas não checaveis. Isso é aceitável em 2019? Se não é constrangimento ao cidadão comum passar por scaner que o “vê” nú, por que é constrangimento a PF ou Força Aérea pedir pra “autoridade” abrir a mala?

    • Nem a nação mais rica do mundo consegue, é o maior mercado consumidor de drogas pesadas do mundo, imagine o Brasil. Perca de tempo, dinheiro e vidas inocentes.

      • Caro Defensor. Aproveitando que você citou os EUA, eu acredito que os serviços de segurança deles seria capaz de identificar um militar envolvido com o tráfico antes de indica-lo para servir o gabinete da presidência.

      • Caro Johnny. Um narcoestado seria caracterizado pela institucionalização do tráfico, algo que nem o Brasil, nem o México, nem a Venezuela, nem a Colômbia seriam. Não consigo lembrar de algum do que seria um narcoestado.

        • Discordo.
          A Colômbia chegou lá.
          Por aquelas bandas, o sujeito só é eleito se tiver as bençãos dos narcotraficantes.
          E o México esteve bem próximo com Governantes sendo ameaçados até com desvio de investimento(lavagem de dinheiro) para outros países.

      • Johnny.

        Esse é o grande problema.
        Se chegam a transporta em avião presidencial, imagine o resto.
        É tipo, a ponta do iceberg.

  12. Só expõe o completo amadorismo que é o estado brasileiro e como o entorno do presidente é frágil! Seguir simples protocolos de segurança evitaria isso, como inspecionar a mala dos membros da tripulação em solo brasileiro! Mas nem isso fazem ou se fazem é por gente de dentro dessa quadrilha, que com certeza o rapaz não está sozinho e nem foi a primeira vez que fez isso! Agora a dúvida é quem vai investigar aqui ? A aeronáutica ? MPM ? Pelo tanto de coca que esse cara tava levando estamos falando de cifras milionárias e muita gente graúda envolvida!!!

  13. fica uma duvida preocupante :se tripulantes passam esse tipo de coisa sem ser revistado ,então qualquer entidade criminosa pode plantar uma bomba ou ate mesmo sequestrar o avião facilmente apenas fazendo contatos com pessoal interno que ao que parece deve esta sendo negligente nas investiaçoes da vida pessoal dos tripulantes do avião PRESIDENCIAL.

  14. Isto é fato recorrente. Anos atrás aconteceu com um Hércules da FAB na Espanha que é rota de entrada de drogas para Europa. Como que um vagabundo desse leva 39 kilos de cocaína num avião presidencial e ninguem percebe ? Devia levar um sarrafo.

    • Caro Antonio, fico pensando se existiriam outros servidores criminosos no gabinete da presidência que estão atuando sem p GSI ou DPF para atrapalhar.

  15. O capiroto faz a panela mas não faz a tampa e um dia casa cai, agora seria bom divulgar as mensagem do celular do sgt traficante.

  16. Mas gente, não vamos alimentar nosso complexo de vira-lata, pois o país mais rico do mundo, com a maior e mais rica força aérea do mundo já viveu dias piores quando foi noticiado que caixões de combatentes do Vietnã chegavam em terras americanas, sob a bandeira do país, carregados de drogas, isso até hoje gera muito debate e serve para dirimir o país com o resto do mundo, mas não desculpa nem alivia a culpa, o dolo e a responsabilidade, pela omissão e falta de fiscalização e rigor no cumprimento de normas ou da falta das mesmas.

    • Cristiano. Acho que o caso é grave pela falha de segurança. O caso não é complexo de inferioridade, mas de revisão dos procedimentos de segurança e até afastamentos dos responsáveis por esses órgãos.

    • Caro Gabriel. Os militares e os policiais federais são pagos, treinados e mantidos pelo poder executivo. Os problemas de segurança sobre quem pode estar próximo à presidência continua sendo do GSI. Portanto, terceirizar os serviços representa um novo custo (porque os militares e policias da PF continuarão sendo pagos) e continuarão sendo aprovados pela GS/Abin. A falha está nos órgãos de inteligência do executivo; os problemas irão se repetir caso os procedimentos desses órgãos sejam mantidos.

      • Ainda assim vale a pena, amigo.
        Esse tipo de coisa é séria demais para ficar na mão dessa gente incompetente. Obs: Errei o nome da companhia. O nome correto é G4S ( A maior companhia de segurança privada do mundo, de origem inglesa.)

      • Esses funcionários públicos podem ser realocados para outras funções e até mesmo para outras repartições…muito melhor ter veteranos das melhores e mais experimentadas forças armadas e Agências de inteligência do mundo.

        • Caro Gabriel. O problema não é a experiência do pessoal, mas a falha do GSI em aprovar os nomes. Caso fossem contratados terceirados, eles continuariam sendo avaliados pela GSI. Se o GSI tem um problema no protocolo de segurança, esse problema continuará existindo mesmo com os terceirizados.

  17. Num país sério, só não e revistado o chefe de estado, mala diplomática ou protegida por um belo aviso de ultra-secreto. Aqui não se revista quase nada e ninguem.

  18. Não acredito na participação de um figurão pois esta saberia que haveria revista. Acho mais provavel que o sargento achou que lá colo cá, não o revistariam só porque ele era militar ou só porque a mala estava num avião oficial.

  19. Há se fosse na iniciativa privada já estava demitido por justa causa. Serviço público é uma mae mais uns anos esse bandido vai fica mamando no contribuinte, tá certo em contingênciar orçamento mesmo….

    • Caro Privatiza. Acho no mínimo uma ingenuidade achar que alguns funcionários de empresas privadas não usariam os recursos da empresa para fraudar, sonegar, contrabandear, falsificar, traficar ou roubar. Se fosse um funcionário de uma empresa aérea que estivesse levando drogas em sua bagagem, o crime seria o mesmo. Para quem gosta de cinema, além de “O Gangster” ainda tem “Jack Brown” do Tarantino.

      • As na área privada existe demissão e perda da função na pública tudo é mais enrolado.
        Existe corporativismo forte na área pública.

        • Caro Privatiza. Na iniciativa privada o caminho mais simples para a diretoria e engravidar a filha do presidente. As decisões no setor privado podem ser muito mais arbitrárias do que no setor público..por outro lado, o que você chama de enrolação no setor público e seguir estritamente a lei e as portarias. Na governo você só faz o que é permitido. No setor privado você só não faz o ué é proibido.

  20. Estou achando engraçado a indignação de muitos, desejando que o pobre coitado seja até condenado a morte, se fosse na Indonésia.
    Foi um iludido que achou ser fácil ganhar um dinheiro fazendo o serviço de mula.
    Ele vai ser condenado e cumprir uma parte da pena e ser liberado dentro de uns dois ou três anos e depois será expulso.
    Ele vai continuar a receber o salário até ser expulso e depois sua mulher vai receber o salário como se ele tivesse morrido, para fins salariais o expulso é declarado morto e a “viuva” recebe normalmente até o fim da sua vida, é o que prevê a lei no caso dos militares.

  21. Isso me lembra outro caso em que pegaram uma corverta da MB com o hangar do helicóptero lotado de muamba vinda de Miami.
    Agora investigar o que?
    Aceita que dói menos.
    Ou irão inocentar mais esse militar como fizeram com os que executou o músico no Rio, o que desviava verbas de Alcântara etc etc etc ?

    • A condenação deverá se dar na Espanha então melhor você treinar seu espanhol e perguntar para o orgão responsável de lá. Após isso deverá haver a extradição pois o Brasil tem tratado desta natureza com a Espanha.

    • Me lembro do Minas Gerais, pouca antes de ser descomissionado da MB, ter sido filmado com os hangares lotados de muamba (os almirantes reclamaram da FAB porque “desconfiaram” que foram os fabianos que filmaram)! 🙂

  22. “Ovelhas negras” existem em todos os lugares, organizações, postos, não existe o “cidadão acima de qualquer suspeita” nem deputados, senadores ou mesmo presidentes, por isso existe a lei e a justiça, para descobrir e localizar os meliantes transgresores das leis. Espero que os fatos sejam apurados e se confirmados sigam os caminhos legais.

    • Caro Kemen. O problema é que os filtros de segurança do GSU não descobriram nem localizaram nada. Foi um flagrante da polícias espanhola.

      • Pois é Camargoer, passamos essa vergonha internacional porque não foi examinada a bagagem dos integrantes e ajudantes da comitiva aqui no Brasil, repito novamente “não existe cidadão algum acima de qualquer suspeita” é imprescindivel verificar o porque esse sargento embarcou a sua bagagem com tanta facilidade, a droga não estava nem oculta, foi só abrir a mala…
        Tem mais gente envolvida? Qual era o destino da droga? Quem iria recebe-la na Espanha?

      • Me dou a liberdade de manifestar uma opinião, acho que deveria ter ocorrido uma declaração do porta voz da presidencia ou do nosso presidente dizendo da atitude tomada pela presidencia, tal como: “Solicitamos à aeronautica uma investigação militar detalhada sobre essa ocorrência”.

  23. Depois de vários fatos estranhos acontecendo à volta do Presidente, todas as possibilidades devem ser investigadas. Se culpado o militar, pau nelle.

    • uma queda no meio do oceano Atlantico e ninguem iria saber a verdadeira causa ,espero que o nosso presidente tenha noção do risco que estava correndo com a segurança incopetente

      • Se bem que nesse caso o cara teria que ser xiita suicida e acreditar naquelas trocentas virgens que o aguardariam do portão de desembarque do além…

      • Caro Elton. Plantar uma bomba no avião presidencial é um caso extremo. Preocupa-me o caso de plantar uma escuta, acesso a informações críticas sobre os processos de privatização ou de licitações, etc. A sorte foi pegarem um sargento pé-de-chinelo.

  24. A culpa toda agora é de um sargento pé-de-chinelo. Ninguém do alto escalão, seja da aeronáutica, seja do governo, tem participação, né? sei…

    • Pode ter gente graúda, sim. Esse sargento trabalhou também, na mesma função, para Temer e Dilma…..logo, pode respingar nesse governo e nos dois anteriores….

    • Poxa vida, será que se houvesse um superior envolvido não haveria um cuidado maior em camuflar a droga ou acondicioná-la em outro lugar que não a bagagem de mão do sujeito?? Duas certezas na minha modesta opinião: 1.a Ele agiu sozinho e estava certo que não haveria revista; e 2.a Esse cara deve ter faltado ao psicotécnico na prova de admissão.

    • Caro 100nick. O sargento é culpado de crime de tráfico. Os responsáveis pela segurança do presidente são culpados de negligência.

  25. No atual momento em que vive o país, com uma guerra declarada da mídia progressista contra o governo conservador.
    Este fato será exposto até sua exaustão, com o único objetivo de prejudicar o atual governo e os militares.
    Sinceramente não vejo como uma ação criminosa de um lobo solitário. Provavelmente tenha peixe grande envolvido.
    Vamos aguardar as cenas do próximo capítulo.
    E ver qual caminho esta investigação irá tomar.

    • Caro Antunes. O que menos importa é o viés ideológico do presidente. O GSI deve proteger o presidente em exercício. O resultado da investigação é um problema da polícia. A falha do GSI, DPF e CIAER pode ser uma questão de segurança nacional.

    • ‘Este fato será exposto até sua exaustão, com o único objetivo de prejudicar o atual governo e os militares.’

      E precisa?

      • Caro Antunes. Pelo contrário. Esse problema precisa ser exposto e discutido para que seja descoberto os problemas na segurança presidencial. O presidente não tem nada a ver a não ser que ignore isso e não mude a cúpula dabGSI por exemplo

  26. Infelizmente esse tipo de envolvimento não é tão atípico assim. Um caso que gerou menos repercussão na época, mas que surpreende de igual forma, foi do caminhão do EB, apreendido pelo Denarc da PC-SP com 3 TONELADAS de maconha em 2016, com pelo menos 3 cabos envolvidos. Agora imaginem o tanto de coisa que acontece e nós não ficamos sabendo.

    http://g1.globo.com/hora1/noticia/2016/08/militares-sao-presos-por-transportar-maconha-em-caminhao-do-exercito.html

    • Ainda teve aquele caso do tenente do exército pego com vários fuzis com numeração raspada no ano passado. Esses fuzis certeza que não eram para uso do EB.

  27. Alguns aqui interpretam os fatos de uma forma tão idiota, que dá até vergonha. Parem de querer transferir a responsabilidade pelos atos de X para Y.

    01 militar cometeu o crime. Ponto. É isso, até que se prove mais do que isso. Não tem como querer estender a responsabilidade. Tem uns insinuando que o Presidente é traficante internacional de drogas. Outros dizendo que a FAB tem responsabilidade. Outros falam em esquema de tráfico.
    Deixem que os fatos sejam investigados, antes de falar essa besteirada toda.
    A investigação dirá se há outros militares e civis envolvidos, se houve omissão da FAB no caso e outras extensões de responsabilidade.
    Mas até o momento, 26/06, 19:17, é um militar que cometeu um crime e irá responder de acordo com a legislação. Fora disso, é discurso político e imbecil.

    • Caro Felipe. O militar cometeu um crime, foi descoberto e será processado. É um fato. É um caso de polícia. O problema é a falha de segurança do GSI/Abin, MinJus/DPF, e FAB/CIAER. Independente de quem seja o presidente, os órgão de inteligência são responsáveis por saber que pode ou não estar próximo do gabinete da presidência. E se ai invés de cocaína fosse uma escuta? E se ao invés de tráfico, fosse uma armadilha contra um auxilar da presidência? E se ao invés de um avião, fosse o gabinete da presidência? E se ao invés de colocar algo no avião presidencial, fosse um documento confidencial vazado? E se ele tivesse clonado o celular corporativo de alguém do gabinete da presidência? O que menos importa é a polícia espanhola flagrar um traficante de cocaína.

      • E se…e se…e se. Não falei nada contrário a isso. Houve falha? Pode ter havido. Mas vamos deixar a investigação avançar antes de ficar transferindo responsabilidade de A para B.

    • Para os neofascista chorarem, que para defender a quadrilha nova tem que atacar a antiga hehehe, ou seja quem não presta continua até hoje nas forças armadas mas só agora depois de pego no ilícito é que algo esta sendo feito.
      Leio seus comentário e vejo que embora tenho divergências, que são coerentes mas não hipócrita.

  28. Tem que fazer uma descarrego, uma benzimento, uma lavagem, porque esse avião é de uma zica danada.

    Primeiro levava um cachaceiro
    Depois uma anta
    Depois um vampiro
    e agora levava uma mula

    E bobo de quem pensa que tem droga SÓ NESSE AVIÃO da FAB dos vários que vivem viajando pra europa e EUA.

    https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2019/04/12/tribunal-militar-cassa-posto-e-patente-de-major-por-trafico-em-avioes-da-fab.htm

    para os papagaios que repetem a palavra “pátria” o tempo todo, militar é a coisa mais confiável do mundo. Mas já passou da hora de fazer um limpa alí dentro. Tá cheio de bandido fardado envergonhando a força

      • Engracado que para muita gente, essa historia de “processo legal” e’ altamente seletiva. Quando e’ militar, sim, tem que haver um processo legal. Mas quando e’ um negro/favelado, ai cabe a policia fazer a acusacao, julgamento e execucao na hora. Capitao Nascimento neles.

        • Pedro aqui no Brasil o processo legal tem lado e preço infelizmente, esse episódio tem que ser muito bem investigado, o sgt traficante deve fazer parte de algum organização para ter essa quantidade de droga e sua carreira virou pé né.

    • Se bem que Sérgio Cabral, Lula, Pezão, Zé Dirceu, Eduardo Cunha, Palocci, João Vacari, Gim Argello, Delúbio Soares, entre outros causaram prejuízo maior aos brasileiros de modo que sentenciar um sargento e encarar o pelotão de fuzilamento por 39 kg de droga parece um tanto desproporcional.

      • Caro Johnny. Acho que o problema é outro. É a falha no GSI em proteger a presidência. Pode ser que esse problema seja antigo ou não. O problema da cocaína e da polícia e já está sendo investigado. O foco deve ser a falha de segurança ao redor da presidência

  29. Moro na fronteira com a Bolívia, no MS, aqui a FAB aparece apenas para sair em fotos e filmagens durantes as “cinematográficas Operações Ágata” que ocorrem anualmente, fora isso, vejo aeronaves passando o dia todo, 365 dias do ano livremente, voam baixo para burlar o tal radar, que se eles soubessem, estão nem ai, afinal de contas, “deixam acontecer”, alguns ganham muito com isso.

  30. Guardadas as devidas proporções, lembrei do filme “o gangster” com o Denzel Washington, Cuba Gooding Jr e o Russell Crowe. Os caras traziam enorme quantidade de droga, sistematicamente, em vôos que traziam os corpos dos militares mortos no Vietnã para os EUA.

    • Olá Johnny. Guardadas as devidas proporções é um filme bem legal, mas acho “Um dia de treinamento” como um melhores filmes que já assisti.

      • De fato, tenso mas muito bom. Só acho que o gangster tem mais a ver com o tema por se tratar de aviões das forças armadas usados no tráfico de drogas. Um dia de treinamento eram policiais, mas um ótimo filme sem dúvidas.

  31. 39kg de cocaína não dura 10minutos numa festinha rave espanhola , se bem que esta cocaína era para a Holanda .cara a FAB foi transformada em táxi aéreo e transportadora de drogas durante a segundo mandato do FHC , multiplicou s capacidade com os vermelhos , tem dedinho dos amigos cubanos nisto ai.

    • Caro Mattos. E um problema de segurança nacional que afeta a presidência da república, não tem nada a ver com o presidente. E problema institucional não político.

  32. Aí fica a pergunta, para que serve o GSI e a ABIN? Como não sabiam de tráfico de drogas DENTRO DO AVIÃO PRESIDENCIAL? Matar um presidente brasileiro deve ser a coisa mais fácil do mundo.

  33. Na boa, não era nem para esta notícia estar aqui. Foi uma decisão pessoal, não é algo institucional, apesar de usar um avião militar.

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Isso

      Passe o pano pra bandido

      Ta bonito

      Em pensar que há algum tempo o pessoal vociferava contra tudo quando o governo era outro

    • Caro Eron. A decisão de fato era dele e será ele quem irá responder ao processo. Isso e notícia de pagun policial. O grave foi que os serviços de inteligência do Estado falharam na proteção ao presidente e falharam na proteção nacional. Essa é a noticia de primeira página. Vale auditoria, CPI, etc

  34. Esse indivíduo traiu a pátria, a FAB e a confiança de todos os oficiais e graduados do seu esquadrão. No meu tempo, após a conclusão do inquérito e comprovação dos fatos, fazíamos uma formatura onde retirávamos as insígnias do indivíduo, o entregávamos as autoridades civis e a tropa fazia meia volta, dando as costas para o transgressor. Hoje não podemos fazer mais isso, em nome do politicamente correto. Vai demorar para concluir o processo de expulsão, pois devido ao direito de ampla defesa, os inquéritos ficaram mais extensos. Esse desnecessário acabou com a carreira dele, manchou indelevelmente a dos companheiros próximos e maculou tudo aquilo que mais prezamos, ao fazer o que jurou combater. Já trabalhei inteligência e vi como os transgressores são “criativos” para burlarem todos procedimentos que adotamos. Eu tinha um, odiado por quem era escalado comigo: quando eu era o chefe, abria a minha bagagem a frente de todos e determinava que os demais fizessem o mesmo.

  35. Instituição, seja igreja ou forças armadas, séria, é aquela que investiga e pune quem é corrupto.

    Instituição que diz que não erra é só hipócrita e mentirosa.

    As forças armadas não têm de se postar como moças impecáveis surpresas e envergonhadas.

    Têm de bater firme no peito e dizer que vai punir severamente qualquer bandido.

    • Caro Ednardo. A questão criminal é um problema da polícia e da justiça. Toda instituição pode ser vítima uma ou outra vez da ação de um criminoso inflittado. O problema foi a falha no GSI de permitir que alguém tilagafo ao tráfico servisse ao gabinete da presidência. Sinais de riqueza incompatível, lavagem de patrimônio (de quem é a casa onde mora? Para aluguel? Tem imobiliária?) O carro é próprio? Perfil de gastos incompatível? Pagar com dinheiri, etc… Ou pior, está com dúvidas? Relação com traficantes ou empréstimos ilegais estorcivos? Etc… Qualquer serviço de inteligência médio sabe como monitorar pessoas sem violar leis ou torturar. A falha está nessa etapa.

      • Não vejo problema em ter um traficante desses servindo. Não há instituição humana sem maus elementos. Normal.

        E certamente não é prática comum nas forças armadas essa canalhice.

        Mas sinto muito endeusamento próprio entre militares como se lá não houvessem ovelhas negras.

    • Pois é edinard curisco. Daqui a pouco vão dizer: “Deixem o garoto.” “Foi só um deslise.” “Acontece”…
      O ministro da educação parece que já resolveu esse caso.
      É complicado.

  36. Ainda não mataram o cidadão de bem eleitor do Bolsonaro?
    Quais os critérios que a direita brasileira adota para defender a morte de um bandido?

  37. Pessoal!
    NÃO há falhas no processo de identificação de gente desonesta e/ou problemática.
    O que há no Brasil é o acobertamento dos delitos. Compadrio, amiguinhos que indicam gente que sabem serem meliantes e de caráter fraco. Indicação para empregos não passa pela meritocracia e SIM pelo pistolão.
    Até no ceio militar viceja essa praga lusitana da capitania hereditária.
    Vamos abolir MESMO a monarquia no Brasil?!

    • Caro Marcelo. Funcionários do segundo escalão, reitores, funcionários de atividades críticas são sempre avaliados pelo SGI (ou eram). Isso é padrão (ou era). Essa avaliação não tem caráter ideológico, mas de segurança, exatamente para evitar esse o outros problemas parecidos.

  38. Acreditamos que um sargento, pastor evangélico que faz arminha, agiu sozinho traficando 39 kg de cocaína…
    Acreditamos sim, amiguinho.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here