Home Aviação Militar Demonstrador Valkyrie XQ-58A completa voo inaugural

Demonstrador Valkyrie XQ-58A completa voo inaugural

5813
21
Valkyrie XQ-58A
Valkyrie XQ-58A

BASE DE FORÇA AÉREA DOS EUA WRIGHT-PATTERSON, Ohio — O demonstrador XQ-58A Valkyrie, um veículo aéreo não-tripulado de longo alcance e alta velocidade subsônica, completou seu voo inaugural em 5 de março de 2019 em Yuma Proving Grounds, Arizona. O Laboratório de Pesquisa da Força Aérea fez parceria com a Kratos Unmanned Aerial Systems para desenvolver o XQ-58A.

Este esforço conjunto está dentro do portfólio da Low Cost Attritable Aircraft Technology (LCAAT) do Laboratório de Pesquisa da Força Aérea, que tem o objetivo de quebrar a trajetória crescente de custos de aeronaves taticamente relevantes. Os objetivos da iniciativa LCAAT incluem projetar e desenvolver o UAS mais rapidamente, desenvolvendo melhores ferramentas de projeto e amadurecendo e alavancando os processos de fabricação comercial para reduzir o tempo e o custo de construção.

Desenvolvido para ser independente da pista, a aeronave se comportou como esperado e completou 76 minutos de voo. O tempo para o primeiro voo demorou um pouco mais de 2,5 anos a partir da adjudicação do contrato. O XQ-58A tem um total de cinco voos de teste planejados em duas fases, com objetivos que incluem a avaliação da funcionalidade do sistema, desempenho aerodinâmico e sistemas de lançamento e recuperação.

“O XQ-58A é o primeiro exemplo de uma classe de UAV que é definida por baixos custos de aquisição e operação, proporcionando capacidade de combate revolucionária”, disse Doug Szczublewski, gerente do programa XQ-58A da AFRL.

FONTE: USAF

21
Deixe um comentário

avatar
10 Comment threads
11 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
14 Comment authors
R_CORDEIROWilliam MunnynonatoFulcrumKemen Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Davi
Visitante
Davi

Daqui há quarenta anos será considerado o pai dos caças não tripulados.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

É o futuro próximo.

Hawk
Visitante
Hawk

É o filme “Stealh” se concretizando, kkk….
Sério, será a nova “onda de caças”, todos pilotos ficam em terra!
Não se pode ir contra o progresso, além do mais, um caça desses abatidos, pode custar uns milhões, mas não vidas.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Enquanto isso na Rússia e China, nem o stealth está operacional, imagina um não tripulado…

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Tabem

Fulcrum
Visitante
Fulcrum

Amanhã aparece o debut da versão chinesa, pra não deixar batido. haha

William Munny
Visitante
William Munny

Enquanto isso no Brazil a FAB voa de caça da década de 70… Quer no crédito ou no débito? kkkkk

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Interessante também é o nome Valkyrie que é a designação dos aviões transformáveis em robôs do animê Macross .
Sinceramente não creio que acabarão com as aeronaves tripuladas não .

Bosco
Visitante
Bosco

Senhores, Na verdade essa aeronave aí tá mais pra míssil que pra drone ou caça. O Valkyrie não deverá pesar mais que 2 t e levará uma carga de 500 kg em compartimentos internos, com alcance de 4000 km para uma missão suicida. Esse drone é baseado no drone “alvo” BQM-167A. A versão de produção talvez eleve essas números para 5000 km e uma carga de 1000 kg numa missão suicida. O lançamento deverá ser via rampa com auxílio de foguete e o pouso com uso dos trens de pouso ou recuperação via cabo. Essa aeronave é uma forma de… Read more »

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Hummm. Interessante análise.

A.K. for T-7
Visitante
A.K. for T-7

Você está confundindo o UTAP-22 com o XQ-58A, que é o protótipo final do XQ-222. São projetos, características e realidades operacionais totalmente diferentes. Nenhum dos dois tem como missão primária a operação no modo suicida, se bem que podem ser usados nesse modo para proteger a plataforma tripulada no caso de ataque por mísseis AAé ou mesmo em combate AA. A missão principal é a penetração com sensores de reconhecimento e aquisição de alvos para distribuir informação na rede de combate tripulada/não tripulada, empregar armas como as compactas SDB em missões SEAD, e mesmo colocar-se à frente do pacote para… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

AK, Não tô confundindo não. Não disse que ele é suicida e sim que pode eventualmente ter uma missão sem volta. Não quer dizer com isso que ele vá se chocar contra o alvo, apesar de acreditar que o faria caso houvesse um alvo. Esse é o tipo de drone que hoje eles denominal de “eventualmente descartável”. Sei que sua missão primária será ISTAR, apesar de ter um potencial ofensivo. O “X” já nos informa que não é a aeronave terminada. Em relação a prover atualização para mísseis ar-ar acho difícil tendo em vista ser uma aeronave barata. Só um… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco
A.K. for T-7
Visitante
A.K. for T-7

A ideia não é prover atualização para as armas ar-ar, e sim transportar as armas ar-ar de longo alcance, ficar à frente do pacote, e lançar as armas a comando das aeronaves tripuladas, que ficam lá atrás, fora da NEZ do adversário, só controlando os UCAV transportadores/lançadores e tirando vantagem da potência dos seus radares para atualizar os mísseis lançados pelos UCAV de uma distância segura.

O UCAV em si é só um transportador/lançador e link de dados, sem capacidade de radar avançado próprio.

Bosco
Visitante
Bosco

Ah! Você disse que me equivoquei em dizer que é baseado no BQM-167.
Com certeza o UTAP-22 é diretamente baseado no BQM-167 mas o XQ-58 também o é só que revestido com uma célula stealth e dotado de compartimento interno de cargas e trem de pouso. Daí ter levado só 2,5 anos pra ser feito.
Mas nisso eu concordo que forcei a barra e retiro o que disse.

Bosco
Visitante
Bosco

Ops: quis dizer 500 lb e 1000 lb e não em kg.

Kemen
Visitante
Kemen

“Alta velocidade subsônica”, o que isso quer dizer exatamente? Base WRIGHT-PATTERSON, nos céu azul claro sem nuvem alguma de agosto, setembro e outubro em Ohio, é comum ver aviões da USAF voando em grande altitude, um maravilhoso espetaculo para os olhos.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Perto de Mach 1.

Kemen
Visitante
Kemen

No maravilhoso museu nacional da Força Aérea em Dayton – Ohio tive a oportunidade de ver um F-117, era proibido tocar ou tirar fotos, tirei fotos escondido mas não saiu nenhuma na revelação, também era proibido tocar mas toquei e me chamaram a atenção (como todo bom brasileiro), a fuselagem aparentemente era de material parecido Valkyrie XQ-58Acom fibra de vidro em tom esverdeado, sera que o Valkyrie XQ-58A por ser subsonico utilize o mesmo material na fuselagem que o F-117 ? O museu é maravilhoso, a única resalva que faço é que para eles o pai da aviação foram os… Read more »

R_CORDEIRO
Visitante
R_CORDEIRO

Aguardando algum jornal da China ou do Irán com a notícia de um super chocrivel uav mega armado matador de porta avioes e invisível aos radares e tb aos olhos de todos.