Home Aviação de Ataque LCA Tejas Mk1A: Índia seleciona radar e suíte EW da IAI/Elta Systems

LCA Tejas Mk1A: Índia seleciona radar e suíte EW da IAI/Elta Systems

2649
15
LCA Tejas

A estatal indiana Hindustan Aeronautics Limited (HAL) assinou um acordo com a Israel Aerospace Industries (IAI)/Elta Systems para 83 radares de varredura eletrônica ativa (AESA) e um número igual de conjuntos de guerra eletrônica (EW) para serem instalados na variante Mk1A do Tejas Light Combat Aircraft (LCA) de desenvolvimento autóctone.

Fontes do setor disseram as Jane’s que o acordo para os radares ELM-2052 e “ELL-8222WB” foi assinado “silenciosamente” no final de outubro, depois que a IAI/Elta apareceu como a proposta mais barata dos dois sistemas compatíveis.

Os produtos IAI/Elta foram selecionados entre sistemas das rivais Thales e Saab, que também responderam ao pedido de cotação da HAL em dezembro de 2016 para radares AESA e suítes EW.

As melhorias no caça Tejas

A Força Aérea Indiana (IAF) informou que os esquadrões de MiG-21 e MiG-27 deverão ser substituídos pelo Tejas Light Combat Aircraft (LCA) e não por caças médios multifunção (MMRCAs) como o Rafale.

O comandante da IAF disse que estava analisando a incorporação de 12 esquadrões do caça Tejas Mark 2, além de dois esquadrões de Tejas Mark 1 e quatro esquadrões da versão melhorada, Tejas Mark 1A.

Isso somaria 18 esquadrões de caças Tejas de todos os tipos, tornando-se a aeronave mais numerosa da IAF, ainda mais que os 13 esquadrões de caças Sukhoi Su-30MKI.

O primeiro esquadrão de Tejas, chamado de “Flying Daggers”, já está sendo preenchido com caças Mark I que saem da linha de produção da HAL – embora muito mais lentamente do que o planejado.

O Tejas Mark 1A está atualmente em desenvolvimento com cinco melhorias especificadas sobre o Mark 1. Elas incluem um “radar ativo de varredura eletrônica (AESA), um míssil ar-ar com capacidade “além do alcance visual” (BVR), um jammer de autoproteção, capacidade de reabastecimento ar-ar e um sofisticado “software defined radio” (SDR). O Ministério da Defesa iniciou uma encomenda para 83 caças Mark 1A.

LCA Tejas
LCA Tejas do modelo biposto
Cockpit do LCA Tejas biposto
Cockpit do LCA Tejas biposto

FONTE: Jane’s

15
Deixe um comentário

avatar
8 Comment threads
7 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
13 Comment authors
HMS TIRELESSBavarian LionJoao Moita JrMauricio R.Alfredo Araujo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Henrique de Freitas
Visitante
Henrique de Freitas

Só de olhar a quantidade de displays disponíveis….faltou algum tipo de otimização no cockpit. Chance no stress do piloto perder o foco eh grande. Varios campos visuais simultâneos.

Pedro
Visitante
Pedro

Ainda é assim na maioria dos aviões…

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Li que a força aérea indiana não gostou pois estavam planejando usar o Meteor e a MBDA disse que não iria fazer a integração do Meteor com radares israelense ou russos, só o fariam se fosse com radares de origem européia! Vão ter que usar o I-Derby que tem um alcance de 100 Km contra o alcance de 200 a 250 Km do Meteor! Mas para o Tejas o I-Derby já deva ser suficiente já que os caças de primeira linha serão os Rafale que usarão o Meteor!

nonato
Visitante
nonato

Poderiam negociar com os israelenses para aumentar o alcance do i Derby

Alfredo Araujo
Visitante
Alfredo Araujo

Quem sabe instalar uns tanques conformais né ? rs

Mauricio R.
Visitante

Os hindus tem seu próprio míssil BVR, o Astra.

nonato
Visitante
nonato

De acordo com a Rafael, 80% do desempenho do meteor, por um terço do preço.

Delfim
Visitante
Delfim

Os 20% podem significar vida ou morte.

Julio
Visitante
Julio

E com esse notícia, bye bye Meteor no Tejas.

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Bom pelo o visto a novela a novela agora tem 83 capitulo.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Tio Jacob tem dado uma força para os Hindus, aí a fila começou andar…..

Joao Moita Jr
Visitante

Eu ainda penso que no Brasil deveria ter nascido um projeto muito similar ao Tejas, ou seja, mesmo não sendo páreo a F-18 ou Su 35, é uma plataforma de dar respeito e com muitissimo potencial.

Bavarian Lion
Visitante

Esse caça é horrível.
A questão é se será menos ruim que o FC-1 (JF-17).

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Nem de longe! o caça sino-paquistanês é bem melhor resolvido.

Delfim
Visitante
Delfim

Os hindus ainda estão nessa ?