Home Aviação de Ataque Usuários estrangeiros do F-35 gastam milhões para impedir que o caça compartilhe...

Usuários estrangeiros do F-35 gastam milhões para impedir que o caça compartilhe seus segredos

21129
80
F-35 da Noruega

Os operadores poderão bloquear os sistemas do F-35 de enviar dados de volta para os Estados Unidos, mas outras preocupações de segurança podem permanecer

A Lockheed Martin recebeu um contrato multimilionário para trabalhar em um “firewall” que permitirá aos operadores do F-35 Joint Strike Fighter evitar a transferência de informações potencialmente sensíveis que os sensores do jato e os computadores coletam e enviam de volta para os Estados Unidos via Internet para uma rede baseada em nuvem.

O desenvolvimento ocorre quando os parceiros estrangeiros no projeto se tornam cada vez mais preocupados com os dados que a aeronave está coletando e armazenando, mas as preocupações permanecem quanto a violações de segurança ou se os links para o sistema são cortados, especialmente no meio de uma crise.

O Pentágono anunciou o contrato, que veio através da Marinha dos EUA, o serviço que atualmente está no comando do principal Escritório do Programa Conjunto F-35 (JPO), em 17 de agosto de 2018. A empresa de defesa sediada em Maryland deve receber mais de US$ 26 milhões – todos financiados pelos parceiros internacionais do programa – para criar o que os militares americanos chamam de sistema de gerenciamento de dados soberanos (SDM) para o Sistema de Informações de Logística Autônoma (ALIS) do Joint Strike Fighter. O contrato cobre o trabalho até junho de 2020, mas não está claro se uma versão final da nova configuração de transferência de dados estará pronta para uso operacional até lá.

“Esse esforço proporciona aos parceiros internacionais do F-35 a capacidade de revisar e bloquear mensagens para impedir a perda de dados soberanos”, explicou o anúncio de contrato diário do Pentágono. “Além disso, o esforço inclui estudos e recomendações para melhorar a arquitetura de segurança do ALIS.”

Como existe agora, o ALIS coleta uma imensa quantidade de dados nos sistemas da aeronave, que supostamente ajuda as equipes de terra a identificar e corrigir problemas. Ele também envia essas informações de volta aos escritórios do F-35 JPO e da Lockheed Martin para que os especialistas possam ver se as peças estão se desgastando conforme o esperado ou se há pontos de falha comuns e desconhecidos que podem precisar de algum tipo de modificação ou atualização a linha. A Lockheed Martin também envia correções críticas de software via ALIS.

Mas ele também lida com pacotes de dados de missão. Quando os jatos retornam à base, o pessoal no solo extrai essa e outras informações adicionais que os sensores da aeronave podem ter gravado durante a surtida para debriefing e outras análises. Isso poderia incluir uma série de segredos de segurança nacional, incluindo registros da trajetória de voo e do perfil da missão do avião, dados de comunicações, imagens de vídeo, assinaturas eletrônicas e locais de radares e outros emissores amigos ​​e inimigos, além de detalhes sobre as táticas, técnicas e e procedimentos.

Houve uma preocupação em separado de que, uma vez que qualquer informação acabasse nos servidores da Lockheed Martin, ela poderia estar vulnerável a um ataque cibernético, seja diretamente contra a empresa ou contra um dos muitos subcontratados espalhados por 45 estados e Porto Rico. Os testes em 2017 revelaram que as vulnerabilidades conhecidas em redes relacionadas ao F-35 não foram analisadas, de acordo com a mais recente revisão de rotina do programa do Gabinete do Pentágono do Diretor de Teste e Avaliação Operacional.

FONTE: The Drive

80 COMMENTS

  1. Não posso dizer que não foi uma jogada inteligente, só confirmou ainda mais que a os “aliados” dos americanos são na verdade estados fantoches. E se o caça não estiver em local pra se conectar à internet? Vai ser impedido de decolar e na tela vai aparecer aquele T-Rex do Chrome pros pilotos jogarem enquanto passam o tempo? Isso é um tapa na cara da soberania desses ditos aliados, que ainda parecem aceitar de bom grado em sua maioria…

    • Os aliados (fantoches segundo você) dos EUA são países como Austrália, Noruega, Japão, Israel e Coreia do Sul. Já os aliados (nações soberanas e altivas segundo o seu raciocínio) de China e Rússia são países como a Síria, a Venezuela e o Zimbábue.

      Agora compare o índice de desenvolvimento desses países e depois me conte!

      • Que palhaçada, por que não fala do Iraque, do Afeganistão, da Arábia Saudita? Se esses países que você citou são alguma coisa, isso de deve a cultura milenar que eles tem. Já eram potências muito antes dos EUA se tornarem alguma coisa. O alinhamento com os EUA não faz nenhum país se desenvolver. O que faz os países se desenvolverem é a vontade dos povos, nada mais que isso.
        Essa comparação entre aliados dos EUA e desenvolvimento até parece aquela relação entre liberdade econômica e IDH. Só querem ser país de filhos bonitos.

        • Nisso você tem razão, se alinhar ao EUA não faz ninguém melhor e também não faz ninguém pior. É uma pena que ainda existam pessoas que acreditam que se alinhar aos EUA fará uma diferença significativa para pior (os tal “vassalos”). O que o tireless quis dizer foi exatamente isso e usou os exemplos de países alinhados com os EUA onde se você muito bem, aliás, todos os 25 melhores IDHs do mundo são alinhados com os EUA (muita coincidência, não).

          De qualquer maneira lembre-se que a ~60 anos Coreia do sul estava no mesmo nível de desenvolvimento da Coreia do norte, aí uma se alinhou com os EUA e a outra com a URSS e veja como cada uma está hoje.

          Lembre também que até a década de 90 o Iraque de Saddam Hussein era alinhado da URSS.

      • Tireless.
        Em nenhum momento quis dizer que Rússia ou China são “vassalos” melhores, citei os americanos pq a reportagem fala deles, além do mais, acho que nenhum país depende de Rússia ou China tanto quanto a UE ou Israel dependem dos EUA

  2. Sou leigo, e me desculpe a ignorância da pergunta, mas…deixe-me ver se eu entendí:
    A LM recebeu um cheque em branco pra desenvolver o F-35, recebe mais cheques em branco pra concertar cada um dos problemas dele, e acaba de receber mais um cheque de milhões de dólares pra criar um “firewall´´ pro F-35?
    “O contrato cobre o trabalho até junho de 2020, mas não está claro se uma versão final da nova configuração de transferência de dados estará pronta para uso operacional até lá.´´
    Rapaz, eu queria ser ser acionista da LM agora…

    • É isso aí Willber. Contrato de pai pra filho. Com direito ao pai arranjar emprego na Lockheed, depois de dar baixa nas forças armadas, como foi flagrado um ex-USAF algum tempo atrás.

      • O programa do F-35 foi uma verdadeira mina de ouro para Black Hole Martin e seus acionistas. Quem comprou ações dessa empresa a uns 10/15 anos atrás, hoje deve estar milionário

  3. Deixa eu jogar um pouco de sal na ferida aberta: os Marines estão tendo que usar para-raios móveis para proteger os F-35 nas bases aéreas no Japão, porque o bichinho depois de todo esse tempo, ainda não pode ver um Lightning perto dele:

    http://www.thedrive.com/the-war-zone/23086/marines-need-special-lightning-rods-to-shield-their-f-35s-in-japan-from-thunderstorms

    Além de terem colocado o nome de Su-57 (22+35) no PAK-FA, eu sugiro que aos russos que coloquem o apelido “Molniya” (relâmpago em russo) nele, para completar a trolagem…

    • E dai, os F-35 não participam de missões d combate ainda, so de missões ISR/Elint, o mostrou que em bases preparadas a solução, e como ele só faz ISR/ELINT, não vai atuar em bases avançadas.

  4. Quem poderia imaginar que aquele antigo boato de que se o Brasil comprasse o F18 ele repassaria dados para os EUA se tornaria verdade com o F35?
    E o mais doido é que os compradores do caça tem pagar um adicional ao fabricante para não serem hackeados pelo próprio fabricante!

  5. Todos os caças a serem construidos daqui para frente de qualquer país são como computadores que voam e que enviam informações a seus fabricantes se assim eles desejarem inclusive o nosso caça sueco. Se nosso país tivesse capacidade de produzir caças desse nível e se nos tivessemos interesses globais como tem os States tambem fariamos o mesmo e todos dariam um bom motivo. O amigo de hoje pode ser o inimigo de amanhã. Vide o Irã.

  6. Nessa semana aconteceu um negocio bem interessante no meu escritório. Mostrei a um amigo, usando o meu celular, um video no youtube de um cadeado de liga de aluminio com titanio sendo “destruido” quando exposto ao metal “Galio” (liquido).

    O engraçado que no dia seguinte ao abrir o “seu celular” o meu amigo acessou o Youtube e estava lá uma recomendação para ver um filme de um “cadeado sendo destruído por infiltração de Gálio”?

    Será que o celular (o Android e o Google) de meu amigo “ouviu” a nossa conversa e entendeu que o meu amigo estava interessado naquele assunto e sugeriu o video para ele ver? Ou foi apenas uma super coincidência???? Estamos bolando um teste no final do dia de hoje, ele vai abrir um video qualquer no youtube do celular dele (assunto que não é de meu interesse), vamos assisti-lo e comentá-lo… quero ver se amanhã o meu celular vai recomendar esse video (ou o tema) para ser assistido.

    Tudo isso para falar: “claro que as informações serão repassadas, não tenho duvida nisso”.

    Obs.: Se o teste que iremos fazer der certo volto nesse comentário no final de semana

    • O que aconteceu é que seu amigo é seu contato em e-mail, agenda telefônica, whatsapp, etc., e, por isso, recebe as indicações do conteúdo que você viu e vice-versa.
      Eles não ficam “escutando e identificando” pra sugerir simplesmente porque isso é um caminho muito mais difícil que outros mais eficientes.
      De qualquer modo, não há mais privacidade como outrora.

    • Cara ,esse lance do video ,da forma que vc descreveu ,só pode ter sido coincidencia …ou voces são seguidores no google + ou algo do tipo ,voces tem o perfil de seguidores e tals ,se não for assim ,não tem como …Ao não ser que este video do cadeado ,no caso deve ser o video do aerea secreta ( eu tbm assisti dias atras ) estava na lista dos videos em alta .

    • Quem gosta de filmes de ação já deve ter visto o filme Ultimato Bourne, é um filme de 2007 baseado numa série de livros com o mesmo nome, sendo que o livro Bourne Ultmatum é de 1990.

      Se vcs prestarem atenção nele vão ver que é citado a NSA e a capacidade de se ouvir simplesmente tudo o que se fala em qualquer celular.

      Então, o que nos anos 90 do século passado era só ficção em um livro, hoje é a realidade. Sim, as empresas catam todas as informações (cliques, likes, geoposição, textos de mensagens, e-mails e etc…) suas para lhe oferecer produtos e serviços. Resta saber se realmente para por ai, eu duvido muito.

  7. Me corrijam se estou pensando m… Quer dizer então que se qualquer inimigo possuir um dispositivo de pulso eletromagnético e usar durante uma provavel guerra todos os F35 caíram como pedras no chão? Ou as outras aeronaves tambem podem ser desativadas usando tal dispositivo. Ou esse dispositivo é so obra de ficção?

  8. É isso aí, computadores: ruim com eles, pior sem eles.

    O que confirma que nossos gripens já não vem assim TB (já que tem muitos produtos americanos) ou que os próprios Sukhois tb já não fazem o mesmo?

  9. LM cobrando para corrigir uma insegurança que a LM colocou em um caça que a LM está vendendo… pq será que não estou acreditando ?

  10. Anunciei aqui esta capacidade do f-35, de além do que foi mencionado na reportagem, , ser ”negado ”. O uso da Aeronave, para missões, que Não for autorizado pelos EUA, inclusive em tempo de guerra. E um equipamento que acaba com a soberania de um pais, e expõe os pilotos a uma catastrófica operação/missão não autorizada. Alem de outras “ordens”.

  11. Depois da ‘trairagem’ com a Turquia e as pressões espúrias para que países soberanos não comprem armas russas ou chinesas, o que devemos esperar dos americanos?
    Não são confiáveis e os países estão percebendo isso

  12. Sacanagem da LM. Os primeiro a relatarem esse problema de X-9 foram os noruegueses e foi objeto de artigo aqui no canal.
    Por sorte e falta de dinheiro não entramos nessa. Mas está claro que se os EEUU não permitirem o F-35 não sai do chão. Gastar uma fábula de dinheiro para uma aeronave que só pode voar na retaguarda ou espaços aéreos controlados, com mais de 300 já entregues e nenhum ainda foi testado em combate – já que não há nenhuma comprovação real de já terem participados de nada… não sei não..

  13. O avião é um espião ambulante e os clientes terão de arcar com o custo de amordaça-lo? A história do F-35 fica mais surreal a cada dia….rsrsrs…
    Os hackers russos e chineses vão fazer a festa!

  14. E a gente ria da Lacoste, que dizia que o F-35 teria um chip que poderia até impedir missões por parte de aliados dos EUA que contrariassem seus interesses, ou até mesmo fossem usados contra os EUA.

  15. Aonde está o SU-57 na versão STOVL da Rússia? Esqueça
    Aonde está o J-20 na versão STOVL da China? Nunca.

    A LM está há anos luz a frente em tecnologia aeronáutica, se comparado ao resto do planeta.

    Mas os paranóicos da esquerda, que vem fazer proselitismo ideológico aqui no blog, são analfabetos em ciência e tecnologia. O que êles aprenderam em suas escolas aparelhadas por subversivos, é sómente, anti-americanismo, anti-semitismo, anti-sionismo, anti-capitalismo e anti ocidentalismo. Essa gente se assusta com um livro de matemática, ciência ou computação. O que êles gostam mesmo é de teoria política para pé de chinelo devorador de pão com mortadela e cachaça.

    Os dados transmitidos dos F-35 para os computadores da LM, são para o gerenciamento funcional de sistemas e subsistemas do caça. É tipo de telemetria digital para monitoramento operacional.

    Estão mais que certos em augumentar a proteção da transmissão de dados de um super computador com asas, como é o caso do F-35.

    • Histórico de escândalos é até pouco, provavelmente foi a empresa mais corrupta do planeta.
      É fácil demais mais calar as críticas usando o espantalho da esquerdalha, a guerra fria acabou e para quem não sabe quem foi Nixon ( e sobretudo o gênio do Kyssinger) que abriu as portas do anfiteatro internacional para ingresso da China comunista. Imaginem uma presidente brasileiro apertando a mão do Mao Tsé-Tung . Kkkkkk, vocês iriam espernear até chorar. Sempre por mero exercício, imaginem o Chefe de Estado tupiniquim ir para Europa cumprimentar o Putin e convidar ele para o G7 , veríamos com certeza outra cena patética de desespero. E mais vamos supor que Brasil espionasse empresas, autoridades políticas, agências governamentais e milhões de cidadãos norte-americanos. Já imagino o teor dos comentários, séria com certeza a maior ofensa do século, a lesão pôr excelência aos direitos e liberdades dos indivíduos, uma ameaça a soberania alheia. O Brasil seria etiquetado como estado canalha, não confiável , não merecedor de respeito pelos anglofonos. Ou que tal o governo e agências governamentais grampear concorrentes de empresas nacionais em licitações no exterior e repassar esses dados para o aparato industrial brasileiro ou para empresas de paises “amigos” . Os casos Embraer, Petrobrás, Airbus, o Sivam… docet , só não sabe quem não quer e finge não ver.
      Não é necessário ser um esquerdalha , é suficiente ter um pouco de amor e orgulho, sobretudo possuir um mínimo de honestidade intelectual.
      A qualidade da aeronave não é em questão- mas não deixa de ser um contrato sui generis onde os parceiros devem arcar com os custos de defeitos e problemáticas que a própria empresa criou- , o questionamento é sobre a confiabilidade do fornecedor.

      • Thiago
        Comentario mais que sensato, perfeito.

        Infelizmente aqui na Trilogia, se o seu comentario vai contra o senso comum da casta PRO-EUA-ISRAEL logo a pessoa ja é taxada como “esquerdalha, comunista, petralha, antissemita” e outros adjetivos pejorativos msmo que o seu argumento seja logico e totalmente imparcial.

        E o pior é que alguns ainda se acham “donos” do site e senhores da “verdade absoluta”, pois se nao vier dos EUA ou Israel entao “nao presta” ou “solta pecinha”. E a implicancia nao é so com a Russia ou China, os PRO-EUA-ISRAEL fazem pouco caso do material de defesa ate de paises alinhados como a França e Turkya e de paises neutros como a Suecia e Africa do Sul.

        Essa é a tipica mentalidade obtusa e conservadora dos saudosistas da Ditadura Militar Brasileira, que na opiniao deles “salvou” o Brasil do comunismo sovietico, ou seja, pessoas doutrinadas a nao pensarem fora da caixa, seguindo ordens como se gossem cavalos que usam viseira numa unica direcao e ainda vivendo decadas no passado.

        Infelizmente isso atrapalha demais o site pois respeitar a diferença de opinioes é fundamental num debate.

        • Olá MGNVS,
          Eu entendo o ponto de vista de alguns comentáristas mais antigos e respeito, se hoje eu tenho a possibilidade de comentar e consultar essas páginas também é mérito deles que apoiaram e seguiam o blog/revista quando eu nem sabia o que era um LPD ou CH-47 chinook. Contudo para mim determinadas posições ideológicas/ alinhadas são prejudiciais para a geopolítica brasileira. Pior são as ofensas insensatas ao nosso pais apenas por não seguir a linha ditada por Washington. O meu desejo é que o Brasil faça o que os EUA fazem , não o que eles dizem.

          • Thiago

            Concordo plenamente com essa parte do seu comentario:

            “Contudo para mim determinadas posições ideológicas/ alinhadas são prejudiciais para a geopolítica brasileira. Pior são as ofensas insensatas ao nosso pais apenas por não seguir a linha ditada por Washington. O meu desejo é que o Brasil faça o que os EUA fazem , não o que eles dizem.”

            Eu tbm penso dessa forma, que o Brasil faça o que os EUA fazem e nao o que eles dizem.

            Independente de ideologia, no meu ponto de vista os Países Nórdicos sao o modelo a serem seguidos, visto que nenhuma Ditadura presta, seja ela de esquerda ou de direita.

            E o Brasi se tornando uma potencia regional estaria em vantagem em relacao aos EUA pelo fato de nao praticar uma geopolitica intervencionista igual eles fazem.

            O Brasil ainda promoveria a estabilidade no Cone Sul e Costa da Africa em contraponto a crescente influencia chinesa naquele continente e no nosso tbm.

            Mas infelizemente o maior inimigo do Brasil é o proprio brasileiro junto com os politicos corruptos de diversos partidos.

            Pois aqui mesmo no blog voce ve brasileiros alinhados a diversas potencias estrangeiras que sequer sabem que eles existem e pior, potencias estrangeiras que nao tem o menor respeito pelo nosso país mas que tem muitos fans borrabotas por aqui.

        • Adoro ler o que o “isentão” MGNVS escreve. O pior é que ele acredita nele.
          Ele já disse a mesma coisa tantas vezes que até eu já tô acreditando que ele é isentão de verdade.
          *”Um mentira repetida mil vezes torna-se verdade”
          Você tá quase conseguindo MGNVS. Eu tô pra pular fora do barco e deixar você aí com seu discurso patético de que os outros é que são “doutrinados”.
          Aliás, me mostre um programa partidário que demonize a Rússia ou a China. Eu posso mostrar alguns que claramente demonizam os EUA e Israel.
          É cada uma que a gente tem que ler logo pela manhã. rsrsssss

          • Bosco
            Em que momento seu nome foi citado em meu comentario?

            E mais, qual motivo da sua replica agressiva se o seu nome nao foi citado?

            Gosto muito dos seus comentarios tecnicos e eles agregam bastante conhecimento ao blog, qnto a ideologia, vc tem o direito de seguir qual vc quiser, voce so nao tem o direito de desrespeitar a minha pessoa e nem a minha opiniao pois eu sempre te tratei com respeito e cordialidade mesmo quando nao concordo com algum comentario ideologico seu.

            Agora se vc nao tem educacao suficiente para participar de um debate democratico onde surgem divergencias de opinioes entao o problema é seu e nao meu.

            Eu tento ser imparcial e nao levar nada para o lado pessoal, inclusive os seus deboches tolos e infantis.

            Se vc se sente bem atacando assim uma opiniao diferente da sua, seja feliz sendo assim pois é so isso que vc tem para mostrar, ou seja, o pior de vc mesmo.

        • Eu já falei isso algumas milhares de vezes mas não custa repetir. Eu não sou “fã boy” americano. O que eu sou é “anti-pensador-coletivo-das-esquerdas”.
          Eu sou automaticamente desalinhado com tudo o que o pensador coletivo das esquerdas propaga como sendo o certo. Pra saber como eu penso é só imaginar o que a Maria do Rosário ou o Jean Wilis ou a Gleisi Hoffman ou a Manuela ou a Jandira Fegali ou a Erica Kokay ou o Brasil 247 “pensam” sobre um determinado tema. Eu penso o oposto.
          Não acho que dessa turma possa vir nada de bom.Eles são falsos, enganadores, se fingem de defensores dos oprimidos mas os utilizam como buchas de canhão para chegarem ao poder. São piores do que os imperialistas e capitalistas que dizem odiar, porque estes pelo menos não se passam por virtuosos.
          Mesmo porque fui “esquerdinha” a minha vida toda até me decepcionar com o primeiro mandato do Lula… pra nunca mais. Na faculdade, em pleno regime militar, andava com camisetinha do Che e cantava “Pra não dizer que não falei das flores” feito um abestalhado, achando que ia salvar o mundo, mas não ajudava minha mãe a lavar a louça de casa. Desisti de hipocrisia. Passe a lavar a louça e a entender que não há salvação pra Terra, mesmo porque o ser humano não merece. E se há, não está nas mentiradas esquerdistas pra enganar trouxas.
          O dia que o “pensador coletivo” mudar de lado (isso acontece com frequência) e passar a demonizar a China, a Rússia, a Coréia do Norte, o Irã e a adorar os EUA e Israel, eu passo a odiar os EUA.
          Simples assim!
          Capisce??!!

        • Nossa como o Tiago e o MGNVS acertaram na mosca, doeu até em mim. Reply esperado, calo dói mesmo.. Afinal como diz o Bush “ou estão com o USA, ou estão contra”.

  16. Kkkkkkkkkkkkkkk os turcos se deram bem no veto, pois se livraram desta banheira chipada até os pneus. O avião simplesmente só decola se o pentágono permitir! Americano fazendo banheira desde a segunda guerra mundial! O meu vizinho comprou um Ford Focus, 2 meses de uso e o carro já deu problema no câmbio, enquanto que o meu Jetta alemão tem 2 anos de uso e só viu oficina para trocar o óleo!

        • Defensor ,
          Explica aí! Afinal, você acha que o F-35 presta ou não? Porque se você acha que ele não presta, que é uma barca furada, não há o que os usuários temerem quanto a ele ser chipado. Já se você aceita que eles possam ser chipados e isso causar dano à soberania dos usuários é porque você considera que o caça é realmente um produto de qualidade superior.
          As duas juntas não dá. Você está conflitando consigo mesmo sem ninguém precisar fazer força para contradizê-lo. rsrssss
          Você tem que se decidir para que a gente possa saber qual a sua linha de raciocínio.
          Um abração Defensor da “Liberdade”.
          *Também acho que o Lula deva ser liberto. Já ficou um tempo e tendo em vista sua idade avançada e sua saúde já pode ir pra casa com a tal tornozeleira.

  17. Já pensou você está no ar em um dogfight um SU-35, MiGs 35, Rafales eaeronaves chinesas e aparece a mensagem na sua tela dizendo:
    “Você não pode efetuar este disparo de míssel sem a permissão de Washington, por favor contacte o suporte ligando para 1-900-333-777 e escolha o idioma no qual deseja falar com um de nossos atendentes, a LM agradece”

  18. Só quero saber quem deixou a LM criar e ter controle do ALIS….pq quem fez isso simplesmente vendeu o país…pois o EUA ou outro país não assinar o cheque a LM retirar o suporte e pode mexer em sensores primordial para operar a aeronave em segurança!!! Além de acabar com a estratégia do blefe!!! (os EUA esqueceram da SGM e da guerra fria) fora que eles não poderam garantir que a LM não vai repassar informações… tô achando que a democracia lá tá deixando os loucos governarem todas as instâncias!!!!

  19. Entao varios países participam e investem milhoes no desenvolvimento de um caça que depois de pronto vai acabar repassando dados sensiveis para a empresa que o desenvolveu e tbm para o país de origem?
    E o melhor, os países do projeto vao ter que pagar para que a empresa que fabrica o caça faça um firewall para impedir que ela mesma nao tenha acesso aos dados?
    Parece piada de portugues…

  20. Espertos esse caça nunca será usado contra a vontade americana. Nao importa em qual força ou lugar do mundo esteja, ele está a serviço dos EUA de um jeito ou de outro.

  21. se tiver componente Chinês “beluga voadora” para evitar que o Tio Sam saiba de mais….já era… os “xinas” lançam no dia seguinte ..uma cópia…rs

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here