Home Asas Rotativas Saab fornecerá sistema IDAS-2 para o helicóptero Dhruv da Índia

Saab fornecerá sistema IDAS-2 para o helicóptero Dhruv da Índia

2720
3
HAL Rudra
O HAL Rudra é a versão armada do helicóptero Dhruv para o Exército Indiano

A Saab recebeu uma encomenda subseqüente da Hindustan Aeronautics Limited (HAL) para o conjunto de autoproteção IDAS-2 para o helicóptero Dhruv do Exército Indiano. O pedido é de aproximadamente MSEK 350 (US$ 38,4 milhões).

O pedido inclui o IDAS-2 (Integrated Defensive Aids Suite) e a produção será realizada nas instalações da Saab em Centurion, na África do Sul. As entregas começarão em 2019.

“Este pedido subsequente confirma nossa parceria de sucesso com a HAL e estabelece ainda mais a Saab como um parceiro local para a indústria indiana”, diz Anders Carp, chefe da área de negócios da Saab Surveillance.

O IDAS foi projetado para fornecer autoproteção de plataforma para aeronaves de asa rotativa e fixa em ambientes de ameaças sofisticados, diversificados e densos. Alcançou excelente sucesso operacional com uma lista crescente de clientes na Europa, Ásia, África e Oriente Médio. O produto está em uso operacional em muitos países em helicópteros, aviões de transporte comercial e também em caças.

“O sistema tem um longo histórico de sucesso com capacidade comprovada em muitas plataformas aéreas. Essa ordem reforça nossa posição como fornecedora de sistemas de alta tecnologia para as forças armadas indianas”, diz Trevor Raman, chefe da Saab Grintek Defence.

A Saab atende o mercado global com produtos, serviços e soluções líderes mundiais em defesa militar e segurança civil. A Saab tem operações e funcionários em todos os continentes do mundo. Através de um pensamento inovador, colaborativo e pragmático, a Saab desenvolve, adota e aprimora novas tecnologias para atender às necessidades de mudança dos clientes.

FONTE: Saab

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leandro Costa
Leandro Costa
2 anos atrás

Interessante o fato de ser produzido na África do Sul. Mostra bem o quanto o Brasil pode lucrar com a parceria com a SAAB.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Leandro Costa
2 anos atrás

Estas empresas globais produzem onde dá mais lucro.

Caio Ribeiro
Caio Ribeiro
2 anos atrás

Igual ao que está instalado nos H225M brasileiros!