Home Aviação de Ataque Israel quer comprar mais caças F-15 no lugar de mais F-35

Israel quer comprar mais caças F-15 no lugar de mais F-35

13601
91
F-15I
F-15I

Israel negocia compra US$ 11 bilhões em aeronaves da Boeing

Israel está considerando a compra de novos aviões de combate F-15 para a Força Aérea, como parte do maior acordo de defesa na história do país.

O negócio com a fabricante de aeronaves Boeing, no valor de US $ 11 bilhões, deve incluir três componentes principais: uma frota de caças, uma frota de helicópteros de transporte e aviões-tanque de reabastecimento aéreo. Os dois últimos componentes são especialmente críticos porque os atuais helicópteros de transporte e aviões de reabastecimento da Força Aérea de Israel estão extremamente desatualizados e exigem uma substituição imediata.

Semelhante aos acordos de aquisição de aeronaves anteriores nas últimas décadas, Israel usará ajuda de defesa americana para pagar pelas frotas. Espera-se que o acordo seja distribuído ao longo de aproximadamente 10 anos, a partir do momento em que o acordo é assinado e até a última aeronave ser entregue a Israel.

O Ministério da Defesa e as IDF têm trabalhado para concluir este acordo por algum tempo. O principal ponto de debate envolveu a questão de comprar ou não cada componente de um fabricante diferente ou de todos os três da mesma empresa – o que, em última análise, veio com melhores condições de pagamento, fornecimento e manutenção.

Até recentemente, os oficiais das IDF acreditavam que o F-35 seria o último caça tripulado israelense a ser comprado, tanto para preservar a vantagem qualitativa da Força Aérea sobre outros países da região quanto para minimizar os tipos de aviões que teria que operar – reduzindo despesas operacionais. No entanto, houve uma mudança de política e agora o plano é comprar outro esquadrão de F-15 avançados, como parte do acordo geral com a Boeing.

O jato, desenvolvido a partir do F-15 original, será completamente novo e será conhecido como o F-15IA (um acrônimo para Israel Advanced).

FONTE: Israel Hayom

91
Deixe um comentário

avatar
39 Comment threads
52 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
55 Comment authors
MSBSilent FlankerViniciusCristiano CorreaEduardo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Thiago Telles
Visitante
Thiago Telles

Ai ai ai…. A ficha caiu.

robertoandrade
Visitante
robertoandrade

Israel….na verdade…sobrevive graças ao guarda chuva americano…. econômico e militar…no mais… o lobby judaico junto ao governo americano… é enorme… enfim…quem vai arcar com essas compras maciças de aviões… é o contribuinte americano….

Antonio
Visitante
Antonio

Só que a situação no O.M. começa a assumir nova forma. A Turquia pediu para ingressar no BRICS. E já até sugeriu que o nome seja BRICST.
Paralelo a isso, a reunião serviu para assegurar a liderança da China e Rússia no grupo bem como mostrou a posição de maior cooperação da Índia com o grupo.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

E isso muda o que de tão substancial no OM? Sua fala leva a crer que Israel deixaria de ser importante para a política externa americana por causa da ascensão dos turcos…é isso? BRICs não passa de conversa fiada…Putin nunca deixou de ameaçar gerar a carne brasileira por causa desse brics. China e Rússia já estão, naturalmente, na vanguarda do grupo, sem novidades. Ou seja, você falou, falou e não disse nada, como são a maioria de seus comentários, balizados por questão ideológica.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Putin ameaça vetar a carne*…

Antonio
Visitante
Antonio

Evidente que muda muito. O BRICS é o núcleo do grupo. Na verdade, espera-se o engajamento de outros países, E Putin admitiu a possibilidade. Vc terá um de um lado Irã, Paquistão e Turquia. Esses que são os pesos pesados em matéria de território, população, economia e recursos. São todos países com economia relativamente forte e uma grande população. Todos com 80 milhões para cima. Agora, se vc acha que um país minúsculo com 8 milhões de hab. (apenas 6 milhões de judeus) e do tamanho de Sergipe é mais importante, aí é uma avaliação sua.

Carlos Marques
Visitante
Carlos Marques

Absurdo. tolice também. Chega às raias do antisemitismo, falar em lobby judaico. Se fosse assim, o lobby árabe seria muitissimo .ais poderoso. Os Bush notoriamente tinham laços intimos com os Sauditas e sua familia real. Na verdade os ianques teem interesses estrategicos e compeomissos na defesa de Israel. E a tecnologia belica dos ianques é importante no desenvolvimento dos produtos americanos, como a tecnologia em misseis, avionicos, radares e outras.

AVISO DOS EDITORES. A DISCUSSÃO ESTÁ FUGINDO DO TEMA. LEIAM AS REGRAS DO BLOG.

https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

robertoandrade,

EUA e Israel são duas faces da mesma moeda. Quem não reconhece isso, jamais vai entender quão profunda é a relação bilateral.

MSB
Visitante
MSB

Na minha opinião Israel e praticamente um estado norte americano no oriente médio ..!!

Antonio M
Visitante
Antonio M

Quando o millennials não dá conta e chamam o tiozão para resolver a treta.

Brincadeiras à parte, esse é o problema de novas tecnologias que trazem novas doutrinas e leva tempo para amadurecerem.

E posso estar errado mas o F15 é um “especialista” enquanto o F35 multi-task mas, o cenário pede atuação de tal especialista.

Marcos10
Visitante
Marcos10

Com os EUA bancando integralmente a tal “compra”, eu também compraria.
Até ai tá fácil.

JT8D
Visitante
JT8D

Itália, Israel, aos poucos os envolvidos vão caindo na realidade …

Michel Lineker
Visitante
Michel Lineker

O que é essa “bola” atrás do canopi???

Marcos
Visitante
Marcos

É o R2-D2

jorge Alberto
Visitante
jorge Alberto

1ª coisa q pensei

kkkkkkkkkkkk

MGNVS
Visitante
MGNVS

kkkkkkkkk.. essa foi boa… R2D2!

Saldanha da Gama
Visitante
Saldanha da Gama

kkk kkkk kkkkk Não havia percebido, mas é ele mesmo!!! kkkkk

GripenBR
Visitante
GripenBR

😂

A6M Zero
Visitante
A6M Zero

O R2-D2 ahahha

lucas
Visitante
lucas

R2-D2… kkkk

Fellipe Barbieri
Visitante
Fellipe Barbieri

R2D2 …. KKKKKKK CHORANDO DE RIR

Michel Lineker
Visitante
Michel Lineker

Kkkkkkkkkk

Artur Souza
Visitante
Artur Souza

KKKK achei que eu tinha ficado maluco, mas pelo jeito tem mesmo um R2D2. KKKKKK

Marcius Diniz
Visitante
Marcius Diniz

Esta modificação é o alojamento da antena de comunicações por satélite via banda larga, e pode ser vista em principalmente em F-15B / Ds codinome “Baz”. Ela incorpora uma grande cúpula de comunicações por satélite, logo atrás da abertura do sistema de resfriamento ambiental, localizada na espinha dorsal do jato.
Fonte: https://foxtrotalpha.jalopnik.com/the-amazing-saga-of-how-israel-turned-its-f-15s-into-mu-1701606283

Antonio M
Visitante
Antonio M

O Brasil tem recebido material americano também via FMS (creio que não seja o caso do F15 para Israel) e EUA e Israel são aliados e este importantíssimo no Oriente Médio então fazem valer essa aliança que aliás, Israel devolve na forma de novos desenvolvimentos, inclusive a FAB se beneficia, enquanto o Brasil que poderia fazer muito mais, não o faz.

50 invenções israelenses
https://www.youtube.com/watch?v=UsFU6ZTIB9A

Celso
Visitante
Celso

Deus da a inteligência a Israel e Israel divide com o mundo. E mesmo assim o ingrato muito odeia Israel . Analisem .

Carlos Marques
Visitante
Carlos Marques

Chama-se antisemitismo. “No problemo”. Os cães ladram e a caravana passa. E uma pitadinha de inveja também…

AVISO DOS EDITORES: A DISCUSSÃO ESTÁ FUGINDO DO TEMA DA MATÉRIA. LEIAM AS REGRAS DO BLOG.

https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Ah claro, se por cada invenção que os diferentes povos criaram ao longo desses 10 mil anos de humanidade, a gente for dar um agrado financeiro, vou te dizer, vai faltar dinheiro no mundo. Essa invenções israelenses não são gratuitas, logo já estão muito bem recompensados.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

O F-35 não vai carregar o piano, isso é certo. Provavelmente vão aumentar a frota de F-15’s justamente porque as versões anteriores estão ficando velhas e os israelenses utilizam muito o Eagle.

Isso provavelmente pode fazer a USAF ficar ainda mais interessada na oferta da Boeing.

Fellipe Barbieri
Visitante
Fellipe Barbieri

Venhamos e convenhamos, o F-35 tá se tornando o rei da bola fora, eu acredito que ele vai vingar, mas sem o estrelismo que se esperava … Pergunte a um piloto israelense se ele preferiria estar em um F-15 ou em um F-35 enquanto combate um SU-30/35, acredito que o mesmo preferiria até um F-16 Block 60 do que o F-35 . Ainda bem o Brasil não entrou nessa, o Gripen é uma aeronave ideal para quem prescisa de um caça com tecnologia de ponta, simplicidade operacional e bom custo, tomara que venham os 126 caças .

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Você perguntou à um piloto israelense? Se sim, qual a resposta dele?

De onde você tirou o número de 126 Gripens para a FAB? Ou está pensando em 108 (3 x 36) para a FAB e o restante para a MB?

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

126?
O país que trabalhava com esse número era a Índia (em sua concorrência de caças mais recente), não o Brasil.

JPC3
Visitante
JPC3

Você perguntou?

Cada coisa que se lê

Fellipe Barbieri
Visitante
Fellipe Barbieri

É incrivel como existem pessoas que defendem o F-35 como se fosse a própria mãe . olhe novamente meu comentário, não estou criticando o F-35 em si, mas ele ainda é um avião imaturo que não esta pronto a ação, isso seria normal se não fosse o fato de já se ter gasto um oceano de dinheiro e ainda não ter sequer uma aeronave satisfatória . todas as previsões referentes ao F-35 se mostraram falhas . enquanto isso os paises vão de F-16 e F-15 que são confiaves e fazem o serviço . OBS : realmente eu troquei os 126… Read more »

Carlos Marques
Visitante
Carlos Marques

Os israelenses estao satisfeitissimos com os F35. Provavelmente porque ganharam todos eles gratis, gracas ao ” lobby judaico” eo ao “poder judaico internacional dos Sabios de Sião … Agora, foram israelenses que lutaram e morreram, sozinhos em 1948, 1967, 1973, 2006, 2008, 1012, Entebbe, Reator de Osirak….Nenhum soldado ianque morreu por Israel…Ja no Vietname lutaram 500.000 ianques. Esqueceu? Será que foi o “lobby vietnamita” que levou eles para lá? Cada uma…

AVISO DOS EDITORES: A DISCUSSÃO ESTÁ FUGINDO DO TEMA. LEIAM AS REGRAS DO BLOG.

https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Delfim
Visitante
Delfim

F-35 é caça de ataque, JSF significa Joint STRIKE Fighter.
Aí os israelis viram que é muito bom para fazer ELINT e até como AEW&C. Mas não é propriamente para superioridade aérea.
Como não tem F-22, vão de F-15 tunado mesmo.
.
PA publicou matéria em 2016 com a hora de voo do F-35 a mais de 67.000 dólares, quanto custa a hora de voo de F-15 ? Cavoc colocou em torno de 24.000 dólares.

Humberto
Visitante
Humberto

Dificil comparar custo da hora, pois depende da metodologia. Nesta abaixo, o custo do F-35 já não é tão alto assim.
https://www.businessinsider.com/price-military-aircraft-per-flight-hour-2016-8

JPC3
Visitante
JPC3
Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Eles vao comprar avioes tanques : vai sobrar algum para o KC390?
Os F15IA vao de WAD…adivinhem de quem?

Delfim
Visitante
Delfim

Lógico que não. Com FMS e ajuda de custo, comprar de outro lugar ?
Só compraram o M-346 pq os EUA não fazem um LIFT moderno.
.
WAD da Elbit, lógico.

Humberto
Visitante
Humberto

Creio que os aviões reabastecedores serão 767 convertidos, talvez o KC 46A (chuto que será a primeira opção), pois a hora de voo e a capacidade de carga são bem melhores que a do KC 390, veja bem, isto não é demérito algum para o KC 390. Israel está em um processo de modernização e recebimento de C-130, não acho que vão ser um cliente do KC 390 a médio prazo.
Quanto ao WAD, melhor esperar mas tem toda a lógica que seja a da Elbit.

Laerte Marcelli
Visitante
Laerte Marcelli

F15 é show!

Agnado Souza
Visitante
Agnado Souza

Caramba ….. Multitarefa x específico. São diferentes, mas a última versão do F15 (apenas exportação) realmente é um avião bom e atual?

Everton Matheus
Visitante
Everton Matheus

A galera(por covardia) vem aqui e fica dando ao F-35 o papel de Deus ou achando que todos os aeronaves fossem aposentadas para que ele assumisse as responsabilidade, e ai acabam desmerecendo o produto com chacota. Mas na FAB não temos somente piloto de F5, e nem teremos apenas pilotos de Gripen. Precisamos entender mais os cenários e os possíveis campos de batalha, e o F-35 tem suas vantagens, mas essas vantagens não irão cobrir todas as necessidades de uma Força Aérea. E claramente existem competências que o F-15 abrange melhor que o F-35. E o fato de não poder… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

hum…
De duas uma – se Israel mudou a opçao entao a coisa do F35 é séria e no momento o F15 sai mais em conta ou… alguem ali esta levando uma “grana” por fora para mudar a opcao ja que recentemente houveram denuncias de corrupcao e propina nos Gabinetes Israelenses.
Israel nunca brinca em assuntos de defesa.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Essa foi genial Marcos. Rsrsrsrs.
R2D2, como se fosse um segundo co-piloto.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Senhores,

A IAF vai operar dois esquadrões de F-35 (50 aeronaves) e vai comprar mais 25 F-15 e criar o F-15IA.

Serão 3 esquadrões de jatos combate voando o que existe de mais avançado.

Isso não significa que o F-35 JSF seja um fiasco. É apenas um mix entre o Hi F-15IA Hi e F-35 super Hi.

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Israel paga 30%, o tio Sam paga os outros 70% do valor da compra…

Lucas Schmitt
Visitante

O pessoal fala que adquirir caças de várias origens é ruim pois a manutenção é totalmente diferente e tudo mais, mas se vc equipar um esquadrão com apenas um tipo de caça, por exemplo, equipar Santa Maria com Su-30 ou F-15, e o restante das bases aéreas com gripens, isso seria mesmo um problema?

Humberto
Visitante
Humberto

Problema é, mas não dá para dizer que seria insolúvel (A FAB utilizou o Mirage, F-5 e o A1 e o mix funcionou, pode ter ficado custoso, planejar, desenvolver e manter 3 programas distintos, mas funcionou). Particularmente acho que o F-15 levaria muita vantagem sobre o Su, pois sendo um avião ocidental, em tese seria mais compatível com o Grippen. Além da manutenção, existe toda uma doutrina de uso, além das linhas para as peças de reposição, facilita e muito se forem do mesmo pais. Grippen tem grande parte dos seus componentes dos EUA e Grã-Bretanha. O F-15 é muita… Read more »

Robsonmkt
Visitante

Pelo o que a matéria dá a entender a questão da opção pelo F-15 tem mais a ver com questões comerciais (mais desconto e facilidades por comprar um pacote do mesmo fornecedor) do que por uma opção tática ou estratégica.
Ou seja não é uma depreciação do F-35.

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

O F-35 esta custando quase 50% mais caro que F-15.

E um caça complementa o outro.

Sendo o F-35 mais adequado para ataques profundidade devido à furtividade.
Porém o F-15 eh superior em outras coisas.

Gabriel
Visitante
Gabriel

O F-15 é o melhor caça de superioridade aérea do mundo actualmente….decisão mais do que acertada!

Wagner
Visitante
Wagner

Israel não brinca em serviço.

OSEIAS
Visitante
OSEIAS

perceberam que Israel tem interesse em aviões tanques? Será que a Boeing ofertará nossa KC?

nonato
Visitante
nonato

Por que não compram o F 15 X com 22 mísseis ar-ar?
Ou quem sabe o silent eagle?

Fresney
Visitante
Fresney

Pergunta de sempre: De onde eles tiram tanto dinheiro??

Jr
Visitante
Jr

Não tiram, os EUA vão bancar a maior parte dessa compra

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
Visitante
FABIO MAX MARSCHNER MAYER

Eles não gastam com supersalários do Judiciário, com aposentadorias milionárias no serviço público. O primeiro ministro não tem 4000 funcionários no palácio. As filhas de militares não recebem pensão vitalícia. As leis tributárias são simples, a burocracia contida, o que favorece o empreendedorismo e consequentemente, aumenta a arrecadação. Daria para ficar o dia todo aqui listando razões pelas quais eles tem dinheiro para o que realmente importa, no caso, a segurança do país!

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Israel tá seguindo o caminho certo, o que eles tem de capacidade de Jamming já ajuda os 4°G o F35 acredito que seja no primeiro dia de conflito, atacar alvos primordiais como bases de radar, pistas de pouso, portos, centro de comando, abrindo caminho para o F15 e F16 terminar o serviço.

SmokingSnake 🐍
Visitante
SmokingSnake 🐍

F-15 tem perna bem longa, somado a aviões tanque, o objetivo só pode ser de ir a qualquer canto do Irã porque Israel mesmo é minúsculo.

Nilton L Junior
Visitante
Nilton L Junior

Parece que aquele super especial pica da galaxias vai ser mesmo o F-15

Antonio
Visitante
Antonio

E aumenta a lista de países que não estão lá muito interessados nisso:
Rússia, Índia, Israel, Itália, Bélgica e Inglaterra (que eu me lembre).

JPC3
Visitante
JPC3

A Rússia não está interessa porque não tem dinheiro e possui uma doutrina mais defensiva. Israel não deu nenhum sinal de que vai reduzir as encomendas do F-35. A bélgica quer uma aeronave mais barata para a função de defesa e não de penetração A índia, ao contrário do que você diz, está muito interessa em possuir um caça stealth, até criticou o sukhoi por ser inferior nessa área. Os blogs são sobre a aviação, não tem cabimento esses comentários que todos aqui sabem que são orientados por ideologia ou sentimento anti americano. A Rússia não tem dinheiro para ter… Read more »

JPC3
Visitante
JPC3

Acho estranha essa linha de raciocínio. A Índia diz que o Su-57 é inferior ao esperado e não atende os requisitos, então se conclui que os indianos é que são indecisos e chatos? O avião é perfeito…Os indianos é que estão errados e não sabem o que querem…. A Itália pensa em reduzir as encomendas para economizar daí se conclui que o F-35 é que é ruim? É uma completa falta de dialética e total uso de dois pesos e duas medidas nas argumentações. Quando os clientes do F-35 disserem que ele fica abaixo das expectativas, como fez a Índia… Read more »

Antonio
Visitante
Antonio

Oferece para o Chile. Quem sabe se interessam.

JPC3
Visitante
JPC3

E o que você acha que o Chile vai usar depois 2030?

JPC3
Visitante
JPC3

E nem precisa precisa, ele já tem 11 compradores. Ao contrário de outros que nem o país que fabrica tem certeza se vai comprar

Eduardo Ramos
Visitante
Eduardo Ramos

11 Bilhões de Dólares daria para adquirirmos navios, caças, aviões, helicópteros e equipamentos para o exercito, país serio e preocupado com a sua existência é outra coisa.

TigerMike
Visitante
TigerMike

Eduardo, só o ralo do PROSUB já drenou R$21 Bilhões (USD 5.5Bi) do dinheiro do contribuinte:

(https://www.gazetadopovo.com.br/politica/republica/atrasado-pela-crise-projeto-do-submarino-nuclear-ja-recebeu-r-21-bilhoes-e90fokmu0z2izjatxgako3n3p)

E até agora nada de submarino na água.
Das nossas 3 forças, a Marinha é a pior disparado na relação o que gasta vs. o que entrega.

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Com a ajuda dos outros é mole. Um dia desses Israel estava pedindo penico ao FMI.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
Visitante
FABIO MAX MARSCHNER MAYER

O Brasil pediu penico ao FMI por 50 anos consecutivos, e mesmo assim, nunca conseguiu ter forças armadas nem próximas das de Israel. Ademais, Israel pega dinheiro do FMI e o paga, é um empréstimo.

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

E a ajuda financeira para a área militar de Israel vinda dos EUA? É empréstimo também?

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Não he emprestimo. Nunca houve.

Anderson
Visitante
Anderson

Muito interessante e acertada a decisão de Israel, vejamos:
1.F15 nunca foi abatido, extramamente confiável, capacidade incrível de armamentos, enfim o melhor vetor 4++;
2.F35 tem a grande vantagem da tecnologia stealth, mas é muito e em muitos outros quesitos inferior ao F15 (capacidade de armamento, manobrabilidade, etc). O F35 desenvolverá a doutrina stealth na Força Aérea de Israel que em determinadas missões quando enfrentar baterias ante-aérea Russa deverá mostrar-se eficiente.
Isarel de garante!

Ricardo da Silva
Visitante
Ricardo da Silva

Xiii,
O F-35 Aardvark II israelense subiu no telhado ?

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Eu sempre afirmo que esse F-35 Natimorto é:
Limitado!
Chamuscado! ( S-200 Sírio)
Ruim de dogfhigt! (Perdeu pro F-16 com 2 tanques de combustível)
Não é privativo! ( Todos F-35 sai da Lockheed com dispositivo que envia os dados de vôo direto pro pentágono toda vez que volta de uma missão) isso é um absurdo!!!!
E outra coisa a furtividade é utopia!!

Humberto
Visitante
Humberto

Puxa vida viu.
Os militares das melhores forças aéreas do mundo estudam a vida inteira e tem como função a defesa do pais. TODOS são otários e você é a última cereja do bolo, por que será que eles não leem as suas afirmações?

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Uai então fale para os israelenses e italianos comprarem só F-35! Liga lá dá tempo!!!
As viúvas do F-35 estão começando a chorar!

Eduardo
Visitante
Eduardo

De boa Israel não deve estar cogitando o F35 porque a LM não deve ter possibilidade de entrega imediata da quantidade que eles querem, só isso.

Silent Flanker
Visitante
Silent Flanker

Sergio: se a furtividade é uma utopia, então o Su-57 e o J-20 são pura fantasia?

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

“Poxa vida viu!”
Leia mais!

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Meu comentário de ontem não apareceu ainda.

Sergio Luis, coming é que você me faz um comentário to fora da realidade. Não adianta esperniar e nem chorar.

O JSF-35 é o que há de mais avançado no mundo atualmente.

Nenhum F-35 foi chamuscado por nada. Aquelas baterias antiaéreas russas não enxergam o F-35. Não inventa mentira. Seu sonho nunca irá se materializar.

Os russos, os sírios e iranianos que se cuidem.
Bombs away.

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Tadeu
Com todo respeito a Idade e opinião,mas eu só tenho uma opinião sobre essa aeronave f-35 e nada mais! Não “temos”como afirmar ou prever se o mundo vai adotar o F-35 “Naty” como símbolo de tudo que é bom em aeronave!
Lembre-se aqui todos temos direito de opinar sobre o que lemos! Esse negócio de criticar opiniões é perca de tempo!
Você tem as suas e eu tenho as minhas!
Relax!

Humberto
Visitante
Humberto

Tadeu, Não perca tempo respondendo para ele. Ele deve ser daqueles que acreditam no que o Sputinik posta, que o Donald Cook ficou cego e os marinheiros americanos (que não se suicidaram) pediram baixa. hehehehe Concordo que o F-35 é o que há de mais avançado, o Su 57 nem de perto chega a tecnologia empregada no primeiro, mas também acho que o budget do programa F-35 descarrilhou a muito tempo. Quem não tem um adversário para se preocupar, deve estar coçando a cabeça. Hoje, a Síria nem é sobra do que era a 5 anos atrás, lembro ter lido… Read more »

Vinicius
Visitante
Vinicius

Assim como precisaram de ‘imagens de radar’ para ‘detectar’ o Su-57 na síria não é? Aí ficam inventando um monte de teorias da conspiração para tentar desmerece-lo a qualquer custo, até mesmo dizer que o mesmo voou em paralelo com aviões comercias afim de disfarçar seu RCS. Se estivesse em voo comercial e avistasse um Su-57 do meu lado ou tiraria um foto ou usaria as redes sociais para compartilhar minha emoção.

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Isso mesmo!
Cada qual com o seu qual!
Até porque eu não crítico opiniões!

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Sugestão
Leiam também mais artigos em outros idiomas isso ajuda abrir a viseira do capacete do f-35 ! Outra coisa o Su-57 é outro embuste!
Sem ressentimentos!

Cristiano Correa
Visitante
Cristiano Correa

O f35 é um caça que pode ser um mito como o f22 no futuro, se resolverem seus pepinos, por mais que os EUA aperfeiçoem, sempre aparece um problema, gastaram-se trilhões no projeto e ainda tem problemas, acredito que Israel optou pelo f15 mais pela confiabilidade em supostos dogfight pois sabem que o f35 em furtividade é infinitamente superior, porém em combate real onde a furtividade acaba seria como um pombo encarar um bem te vi. furtividade funciona muito, mais suponhamos que uma frota de su 35 aparecessem contra uma turma de f35 em campo aberto e tendo visualização? O… Read more »

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Prezado Humberto,

Concordo práticamente com quase tudo o que você disse, mas existe;pelo menos na minha cabeça, uma ameaça latente, fruto de uma uma futura aliança militar trilateral entre a Russia, Iran e Turquia.

O F-35 terá um papel esratégico fundamental na equação de forças de um potencial conflito entre Israel e essa aliança.
A Siria embora não seja nada, ela poderá ser o estopim.. Os F-15IA vão entrar nessa jogada como uma espécie cavalaria aérea, baixando o porrete pesado, e com os F-35, fazendo ataques cirúrgicos.

Saudações.

Vinicius
Visitante
Vinicius

Onde chega o ‘ufanismo’ não é?