Home Aviação de Transporte KC-390: 1° Curso de Emprego da Aviação de Transporte

KC-390: 1° Curso de Emprego da Aviação de Transporte

1981
24

Ala 2 capacita militares do Grupo Kilo. O Grupo é responsável pela implantação da aeronave KC-390

A Ala 2, em Anápolis (GO), realizou, no período de 30 de abril a 15 de maio, o 1° Curso de Emprego da Aviação de Transporte (CEAT). O foco principal foi preparar os tripulantes do Grupo de Implantação da aeronave KC-390, o Grupo Kilo.

O CEAT capacitou oficiais e graduados de diversas especialidades em ações de Força Aérea características da tarefa de sustentação ao combate, entre elas, assalto aeroterrestre; evacuação aeromédica; infiltração e exfiltração aérea; transporte aéreo logístico; Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN); salto livre operacional; lançamento aéreo de material; aproximações e decolagens táticas.

“Essa capacitação faz parte do processo de preparação operacional dos militares, permitindo o desenvolvimento da concepção operacional e de emprego desse novo vetor, que dará projeção ao poder aeroespacial, como prevê a Doutrina Básica da Força Aérea Brasileira e a Estratégia Nacional de Defesa”, explicou o coordenador do curso, Capitão Daniel Elias Souza.

O curso contou com 15 militares das mais variadas aviações que constituem o Grupo Kilo. O Sargento Antônio Agacy Monteiro Cavalcante foi um dos alunos e vai atuar na aeronave como Operador Especial Nível Três, que tem a função de operar os sensores e fazer o reabastecimento, entre outras coisas. “O curso foi muito importante porque nivelou conhecimento e qualificou sobre as missões da Aviação de Transporte”, ressaltou.

A primeira aeronave deve ser entregue à FAB no segundo semestre deste ano. O KC-390 tem como proposta ser um novo padrão dentro dos requisitos da categoria. Confira aqui mais informações sobre a aeronave.

FONTE: FAB

24
Deixe um comentário

avatar
11 Comment threads
13 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
Rinaldo NeryWalfrido StrobelFlankercwbSpace Jockey Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

O pessoal já deve estar esfregando as mãos de vontade de operar a nova máquina! Ehehe..

Gonçalo Jr.
Visitante
Gonçalo Jr.

Todas as vezes que o KC390 vem para ALA 5 vou vê-lo. E sempre que vejo acho ele maior ainda não sei porque. A imagem que passa é de um avião muito robusto. E ele é mesmo, como vimos.

By the way, notícias sobre a aeronave que saiu da pista?

Gustavo
Visitante
Gustavo

gostaria de saber, porque acreditava que ela seria uma das duas entregues pra FAB esse ano.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Gustavo, sobre as entregas, respondi ao Alisson mais abaixo.

Marcos10
Visitante
Marcos10

A certificação civil fica pronta agora. As demais certificações, específico para uso militar, vão ocorrer durante os próximos dois anos.
Se tudo estiver dentro do cronograma,as duas primeiras células deverão ser entregues à FAB ainda no mês de junho.

Gabriel Bittencourt
Visitante
Gabriel Bittencourt

Falando em Ala 2, qual é o grupo de defesa anti aérea desta base ? Quais equipamentos ? Sdss

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

3° GAAAD, equipado com o Igla.

Alisson Mariano
Visitante
Alisson Mariano

Acredito que não seria… Acho que vai sair da linha de produção.

Alguem confirma?

Alisson Mariano
Visitante
Alisson Mariano

Era pra ser uma resposta à postagem do Gustavo… Acho que esqueci de clicar no reply.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Até onde sei, as primeiras entregas para a FAB serão de aeronaves atualmente na fase final de montagem, pois os protótipos continuarão realizando testes e certificações adicionais.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

PS – vi agora que o Marcos, mais acima, também respondeu nesse mesmo sentido.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Segundo a nossa engenheira, que não deu mais o ar da graça, esses prototipos são levados a situações tão extremas que quando acaba a fase de ensaios eles tão no bagaço… partindo dessa premissa, SE a campanha de ensaios estava na fase final acredito que vai ter pouco impacto no cronograma.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Minha resposta tbm era pro Gustavo…podia jurar que cliquei no reply… mas tbm serve para a matéria num todo.

cwb
Visitante
cwb

Esse avião poderia ser adaptado para gunship,tipo as versões spectre do hércules,
se fosse desejo da FAB,ou se a célula suporta essa adaptação?
Obrigado pela atenção.

Flanker
Visitante
Flanker

As duas aeronaves que estão programadas para serem entregues nesse ano à FAB, são aeronaves de série e não protótipos. Isso foi informado pela Embraer e pela FAB, em mais de uma oportunidade. Nenhum aeronave tem, como entrega inicial, um protótipo. Como o prorio nome diz, protótipos são aeronaves de desenvolvimento e experimentação. Os dois protótipos (ou um), que tiveram suas entregas anunciadas para a FAB, o serão no final das entregas. Um exemplo é o Gripen, cuja primeira aeronave será entregue no ano que vem, mas será uma aeronave de série, mesmo que seja usada, inicialmente, para desenvolvimento e… Read more »

cwb
Visitante
cwb

Bom dia trilogia!
Seria possível adaptar o kc-390
para versões gunship como o hércules e outros aviões?Sei que é fora do tópico,mas seria outra aplicação possível para ele.
Abraço

Marcos10
Visitante
Marcos10

Possível é!
A questão é se vale a pena. Quanto para desenvolver? Quantidade de aeronaves a serem envomendsdas.?

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

O correto não seria iniciar as entregas pelo Gordo no RJ, não entendi este grupo de implantação estar em Anápolis.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Porque o 1° GTT já foi transferido pra lá, porque as instalações lá são melhores, porque não é aeródromo compartilhado, porque a qualidade de vida para os militares em Anápolis é infinitamente superior, porque a BdaInfPqdt será transferida pra lá ou Goiânia, porque Anápolis está no centro do Brasil, e porque na Ala 2 as coisas funcionam melhor que no Rio. Nunca ouviu falar da Força Aérea Carioca?

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Walfrido e Rinaldo, Só para complementar e ajudar na discussão, a transferência do 1º GTT (Esquadrão Coral) para a Ala 2 foi informada no Diário Oficial da União pela Portaria Nº 406/GC3, de 29 de março de 2018, para entrada em vigor em 12 de junho (mês que vem). Segue matéria publicada aqui: https://www.aereo.jor.br/2018/04/04/fab-transfere-1o-grupo-de-transporte-de-tropa-para-a-ala-2/ Eu também acredito que a lógica, já que se trata de uma reestruturação em que coincidem no tempo tanto a transferência de uma unidade (o Esquadrão Coral, para Anápolis) e a entrada em operação de uma nova aeronave (KC-390), que a introdução desse novo avião de… Read more »

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Não tem nada a ver com coincidência de implantação. Anápolis é melhor, e conta com a simpatia do AltCom. A Ala 2 é uma das mais bem organizadas da FAB. Passei 7 anos lá.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Ok, Rinaldo, a questão da Ala 2 ser prestigiada já estava em seu comentário, mas ressalto que o foco do meu é outro: os motivos para um esquadrão de C-130 (Gordo) continuar no Rio e outro (Coral) mudar para Anápolis reequipando-se com o KC-390, frente à possibilidade inversa que interpretei no comentário do Walfrido.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Realmente, entendi pela questão de manter os C-130 no Gordo praticamente colado no PAMA-RJ enquanto o Coral fica usando o novo avião.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

É claro. Lembrar que “transporte de tropa” é o DNA do 1° GTT, como já diz a própria designação da UAE. O DNA do Gordo é TAL (Transporte Aéreo Logístico ). E alguém vai ter que “enterrar” o C-130, e nada mais lógico que alguém que esteja ao lado do Parque.