Home Aviação Comercial Indústria Aeronáutica Brasileira em 1981 – poster da revista Flap Internacional

Indústria Aeronáutica Brasileira em 1981 – poster da revista Flap Internacional

5102
47

Poster Indústria Aeronáutica Brasileira - 1981

Reprodução do poster “Indústria Aeronáutica Brasileira em 1981”, da revista Flap Internacional, em mais uma contribuição histórica do amigo e colaborador Roberto Santana.

Além das aeronaves da Embraer, da Neiva e da Aerotec, o poster também incluiu os helicópteros Gavião e Esquilo da Helibras, este com as cores da Marinha do Brasil.

O EMB-110 Bandeirante ainda era o carro chefe da Embraer, empregado pela Força Aérea Brasileira e por várias companhias aéreas, mas o projeto do EMB-120 Brasilia já estava no forno e voaria em 1983.

O jato de ataque AMX que aparece no poster ainda tinha um perfil preliminar, diferente do projeto definitivo que seria amadurecido depois de alguns anos.

O treinador turboélice EMB-312 Tucano ainda era um produto novíssimo, pois tinha voado em 16 de agosto de 1980. O Tucano acabou se tornando um sucesso de exportação e mais tarde foi usado como base para o EMB-314 Super Tucano.

Também aparecem os pequenos aviões comerciais da Piper que foram fabricados pela Embraer sob licença.

47 COMMENTS

  1. OFF-

    Vcs viram que vai ter um tal de Vintage Air Rally e vai passar por Bento Gonçalves (RS) , Caçador (SC) e Foz do Iguaçu (PR) ?

    • Se existe alguma dúvida basta perguntarmos a Força Aérea Francesa o quanto é bom o Avião.

      Chego a dizer que mais do que uma geração de pilotos da Força Aérea Francesa se formaram dentro de um Xingu (parte da instruções de aviões multimotores é feita no nosso Xingu).

  2. O fabricante Aerotec foi incorporado pela Embraer. O fabricante Neiva foi incorporado pela Embraer. Parece que não há lugar para os pequeninos na fabricação de aeronaves.

    • O princípio de Pareto (também conhecido como regra do 80/20, lei dos poucos vitais ou princípio de escassez do fator)[1] afirma que, para muitos eventos, aproximadamente 80% dos efeitos vêm de 20% das causas.

      Essencialmente, Pareto mostrou que aproximadamente 80% da terra na Itália pertencia a 20% da população.

      É uma rule of thumb comum em negócios, por exemplo, “80% das suas vendas vêm de 20% dos seus clientes”

      ————————–
      Boeing com Embraer……

      E isso é praticamente em tudo na vida.

    • Joli Le Chat 20 de Abril de 2018 at 17:33
      O fabricante Aerotec foi incorporado pela Embraer.
      O fabricante Neiva foi incorporado pela Embraer.
      O fabricante Embraer foi (será) incorporado pela Boeing.

  3. Eu servi na Segunda Esquadrilha de Ligação (2ª ELO) na BAeNSPA (Base Aeronaval de São Pedro da Aldeia) e vi a transição do T-25 Universal para o AT-27 Tucano, o Regente L-42 ELO. Só não vi aqui o Sêneca que ainda serviu por um bom tempo ainda.
    Mais tarde a 2ª ELO viria se transformar o esquadrão 3°/3° Grupo de Aviação em Campo Grande.

  4. De fato Roberto Santana, também acho o Xingu, junto com o Corisco, os mais bonitos. Uma vez fiz um vôo noturno “de saco” num Xingu, tive uma ótima impressão!

      • A Embraer era uma empresa desconhecida. A única coisa que havia produzido era o Bandeirante.
        Mais: era uma estatal. Gorda, pesada e ineficiente. Ineficiente do ponto de vista econômico.

  5. Prefiria essa Embraer, nossa, com vários projetos, a um elefante estrangeiro…
    Tantos países investindo na indústria e projetos nacionais…
    Turquia, Israel, Japão, Coréia do Sul, França…
    Não podemos entregar…
    Proteste…

  6. A Embraer é uma empresa privada, portanto seus acionistas podem vender suas ações para quem quiserem.
    Mas é por esse “eu sou contra”, contra isso, contra aquilo, que o Brasil está do jeito que está.
    O Brasil vive pelo “social”, seja lá o que for isso. Nossa Constituição impõe ao proprietário da terra um fim “social”. E ai?
    Sinceramente, gostaria que a Embraer tivesse seus acionistas, seus diretores, no Brasil.

  7. Nonato 20 de Abril de 2018 at 23:00
    “Prefiria essa Embraer, nossa, com vários projetos…”
    Essa Embraer quase foi à falência.

    • Se for vendida dá no mesmo. A empresa desaparece. A Golden Share é justamente para isso. O governo tem poder de veto em casos estratégicos.
      Inúmeros países investem em suas empresas e projetos próprios.
      Turquia, Japão, Índia, Israel, Coreia do sul, França, Suécia etc.
      Todos querem autonomia e desenvolvimento interno.
      Entregar uma empresa nacional em troca de uns poucos bilhões nas mãos de seus acionistas não vai melhorar a situação do Brasil.
      Só para começar vai gerar desemprego, vai derrubar nossa balança comercial e derrubar o PIB.
      E vamos passar a comprar aviões no exterior, gerando empregos para os EUA e dando lucro à Boeing.
      Essa venda não beneficia em nada o Brasil.
      Quem a defende não sei o que tem na cabeça. Por que defender algo que em nada vai beneficiar o Brasil.
      A Boeing quer porque é vantajoso para ela
      Os acionistas querem embolsar uma boa grana. Os executivos da Embraer idem.
      Já o Brasil não ganha nada com isso. Só perde..
      Cai a exportação e aumenta a importação, derruba o PIB e a balança comercial.
      Gera desemprego em setor de alta tecnologia.
      Isso é o contrário do que a maioria dos países estão fazendo.
      O Japão quer ter seu próprio caça furtivo, fabricado em grande parte por uma empresa nacional.
      Idem Coreia do sul.
      Índia, Israel, Suécia, Turquia investem pesado em projetos nacionais justamente para não ficarem dependentes de outros países.
      A Embraer é, grosso modo, a única empresa de alta tecnologia e de grande porte do país.
      Você quer que continuemos apenas vendedo milho, frango e porco para o exterior?
      Nenhuma nação seria age assim.
      A população precisa se mobilizar urgente.
      Assim como a reforma da previdência e outros temas foram para o espaço esse é mais um que pode ser derrubado.
      Quem é contra pode pensar em como promover a campanha a Embraer é nossa. Tornar trend Topic no twitter.
      Basta querer.

        • Já argumentei em sentido contrário.
          Se depois de todos esses argumentos continua defendendo algo que é contrário ao que qualquer país sério faria…
          Os suecos têm orgulho da Saab. Não querem comprar typhoon nem Rafale. Querem gripen. A França não quer typhoon nem F16… A Alemanha não quer F35… A Itália quer freem fabricadas pela Ficantieri.
          O Brasil levou anos para atingir esse estágio. Um sonho da década de 1960, que se tornou realidade, é que agora, em troca de uns 3, 4 bilhões de dólares, está para ser entregue a um pedrador que só tem a ganhar.
          Estamos prestes a perder a única grande empresa de alta tecnologia..
          Se isso para você não afeta o Brasil…

  8. bom ,, vamos pensar um pouco,,, digamos que sua familia tenha uma lojinha ,,, e sde repente , do nada , uma grande loja de rede apareça e le faça um agrande oferta de junçao a vc ,,, pois bem ,,, esta lojinha que foi criada pelo seu pai a muitos anosa , nao deve estar saendo sondada e atoa , com certesa ela esta atrapalhando os negocios da loja grande , seja na sua rua, bairro ou cidade que vc tem a lojinha.. a loja grande vai (e claro) le oferecer grandes vantagens pra vc aceitar se juntar a ela , agora e muita ingenuidade vc acreditar que vc crescera junto dela e se tornara socio de igual pra igual ,,, com o tempo vc vai ficar cada vez mais izolado, sem voz ativa , sem mando ate perceber que vc nao e mais dono do negocio , que foi engolido e so le resta pular fora enquanto e tempo.. kkkkkk e muita injenuidade acreditar que os euanos querem como socio porque acredita na nossa capacidade e inteligencia ,,,kkk
    escrevam : com o tempo eles vao levar nossa mao de obra especializada para la , e aqui so ficaram os apertadores de parafusos , so mao de obra produtiva ,,, como a chevrolet , a ford , e muitas outras montadores deles aqui… a embraeer sera uma montadora de avioes e so. para barrar um projeto de pais de 3 mundo , basta vc mostrar a cor do dollar pra eles e pa… ja era … daqui 20,30 anos me falem o que sobrou da embraeer. (obs ; e so o que penso , respeito muito a opniao de todos , principalmente a contraria) tiro esta minha ideia dos meus 45 anos de experiencia , assistindo a politica mundial deles contra nos. rss

  9. O real motivo de não quererem a venda da Embraer é porque ela é uma empresa que deu certo em um país que está todo errado.

  10. Acho gozado: as pessoas reclamam do Estado brasileiro, mas para tudo querem que o governo intervenha.
    Depois não sabem porque pagamos R$ 4,00 por uma gasolina que faz 11 km/l na estrada e no Paraguay se paga R$ 2,65 por uma gasolina que 14 km/l.

    • No que tem a haver uma coisa com a outra? Sao áreas e situacoes completamente diferentes.

      Mas ja to acostumado com a “viagem“ da galera aqui do fórum para tentar defender tudo quanto eh ideia sem noção.

  11. Não querem a venda da Embraer para a Boeing? Façam uma vaquinha e comprem a empresa.
    Juntem um milhão de brasileiros; cada um dá R$ 20 mil; pronto! A Embraer e nossa!

  12. acabei de dar meu pitaco aqui e li num jornal mineiro que a embraerr discute com a boeing o direito de ter um representante no vomando da nova empresa a ser criada ,, e pelo que disse o jornal, a boeing nao aceita isso ,,, entao a embraerr vai levar o caso na comiçao do governo brasileiro que esta a discutir a negociaçao entre as duas ,,, outra coisa que li e que na nova empresa a ser criada a embraeer detera 20 por cento e a boeing 80 por cento de dominio , nada mais justo , ja que a boeing e muuuuito maior que a emb e com certesa investira mais neste negocio nao e ?? agora nao ter um cabeça da embraeer no comando e muito estranho e dificil de entender para um leigo como eu. (nao citei o jornal aqui por nao ter permiçao deste site ) mas se permitirem citarei. (a fonte)

    • Pra vc ver que negocinho bom esse que a embraer ta pra fazer, o famoso cara-c*. Nem precisa dizer com qual o lado brasileiro vai entrar ne?

  13. A Embraer na mão do brasil já deu o que tinha que dar sabem por que ?não existe investimento forte em P&D a própria força aérea faz poucas compras e as companhias aéreas nacionais preferem comprar da Airbus e Boeing do que da Embraer

    • Concordo contigo, cade os EMB na GOL e LATAM???? Muito “diz-que-diz” para pouca efetividade.

      É uma pena sim a EMBRAER ser vendida, também fico sentido, porém não podemos nos ater por um simples “sentimento de posse” em uma área em que o futuro é mais do que nebuloso.

      Vamos imaginar o cenário mais provável entre os dois gigantes da industria:

      A Airbus já enche o saco da Boeing no Mundo tudo e com a linha de aviões da Bombardier poderá complementar a sua linha de produção e avançar ainda mais em todos os mercados que atua através de sua capacidade de produção e financiamento de suas vendas. O que restará a Boeing, “Perder a partida” e se render? Claro que não a Boeing terá que atender o mesmo mercado da Airbus e para isso mesmo terá duas opções, ou cria uma nova linha de aviões (não seria difícil, seria um pouco caro e perderiam alguns anos de disputa de mercado) ou compra um possível rival da antiga Bombardier e entra imediatamente com armas eficientes para combater a Airbus nesse mercado?

      Agora analise as chances da EMBRAER nesse cenário. A chance de perder mercado para a Airbus é mais do que concreta, a chance de perder o que lhe restará de mercado para a Boeing daqui a 10 anos é muito mais do que provável.

      Dado o cenário de médio prazo catastrófico é mais do que razoável (para os acionistas) que o negócio seja concretizado agora, momento em que a EMBRAER ainda é uma uma empresa atraente.

      Para os mais novos, informo que esses processos de aquisição acontecem sempre. Os mais fortes acabam engolindo os mais fracos e quando os fracos não se deixam engolir normalmente acabam morrendo a minguá. Apenas traçando um paralelo, os com um pouquinho mais de idade lembraram de uma famosa fábrica de TV´s genuinamente nacional que tinha grande parte do mercado de TV´s no Brasil na década de 70. A fabrica Colorado Rádio e Televisão S.A – o seu produto maior era a “Colorado RQ”, nome baseado em seu slogan publicitário maior – “Prestígio e categoria com reserva de qualidade”. A qualidade era boa, o mkt era eficiente e a briga com os gigantes foi levada adiante (diz a lenda que as nossas TV´s nacionais não deviam nada em relação as marcas mundiais).

      Resumo da história: em 1979 a marca deixou de existir, historia antiga com poucos registros, mas o que me falaram é que eles foram incapazes de resistir a um movimento orquestrado de preços entre Philips, Philco e Telefunken que sistematicamente faziam um rodizio de preço para minar a Colorado.

      Seria a Embraer uma Colorado (com os seus ótimos Colorados RQ) a lutar contra a Boeing e Airbus daqui a 10 anos?

  14. Participei um pouco da história deste poster, primeiro trabalhei na Aerotec que fabricava o Uirapuru e eu montava os cones de cauda do Sertanejo, Seneca e Minuano para a Embraer, depois trabalhei como ilustrador dos manuais da Embraer por que 30 anos!

  15. Um ponto definitivo sobre a EMBRAER: Ela vai ser vendida para Boeing e ela vai acabar como uma empresa brasileira de aviação. As outras discussões são pura balela e perda de tempo. O nosso querido imortal vampiresco Presidente já bateu o martelo. Eu pessoalmente sou contra mas o que dizer para uma empresa que nem minha é?!? Ahhhh é do Brasil! Não. Não é! Foi mas não é mais! Infelizmente é mais uma consequência de um povo inculto e que não sabe votar… Aliás… Quando dizem que nós somos uma democracia, nós não somos. Somos uma pseudo-democracia aonde nós somos “OBRIGADOS” a votar! Sim, OBRIGADOS! Democracia é quando se tem a opção de votar ou não e isso nós não temos! Se o fizermos (não votar), pagamos multa e temos uma séria de consequências!
    Parabéns para nós coitados brasileiros. Como diz um ditado, cada povo tem o governante que merece!

    • Se não formos “obrigados a votar” quem irá as urnas serão os políticos, seus parentes e o pessoal do “bolsa qualquer coisa” e continuaremos nas mãos do populismo!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here