terça-feira, junho 15, 2021

Gripen para o Brasil

Força Aérea dos EUA compra alvos adicionais Boeing QF-16

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

F-16 estocados no AMARG são convertidos em drones QF-16 pela Boeing

A Boeing recebeu uma modificação de contrato de US$ 24,6 milhões para fornecer 18 alvos aéreos em grande escala Boeing QF-16 para a Força Aérea dos EUA (USAF).

Os alvos aéreos QF-16 em escala total, ou FSATs, são jatos F-16 aposentados convertidos para apoiar os programas de treinamento de combate da próxima geração da Força Aérea. As plataformas não tripuladas estão sendo adquiridas para substituir a frota de QF-4 Phantom como uma melhor representação de ameaças aéreas modernas.

Segundo o contrato com a Força Aérea, a Boeing fornecerá 18 aeronaves além de 18 garantias de quatro anos para os drones.

Drone QF-16

O Departamento de Defesa dos EUA diz que o trabalho será realizado em St. Louis, Missouri, e deverá ser concluído até o final de abril de 2027.

A Boeing recebeu todos os fundos no momento da concessão da modificação. O projeto será gerenciado pelo Centro de Gerenciamento do Ciclo de Vida da Força Aérea.

Os Estados Unidos são o único cliente principal para o QF-16 da Boeing.

FONTE: UPI

- Advertisement -

2 Comments

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
wwolf22

a Embraer nao teria capacidade para fazer o mesmo com os Mirrage ?? F5 ?? xavante ??

Vader

wwolf22, presumindo que a FAB queira gastar sua meia dúzia de Phyton?

Reportagens especiais

Poder Aéreo nos Estados Unidos: Fort Worth Aviation Museum – parte 2

Em nossa visita ao Fort Worth Aviation Museum no Texas tivemos uma grande surpresa: esbarramos com o "mockup" do caça-bombardeiro "stealth"...
- Advertisement -
- Advertisement -