terça-feira, junho 15, 2021

Gripen para o Brasil

Testes bem sucedidos com bombas de guiagem dual da Lockheed Martin

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

mfc-paveway-ii-plus-dual-mode-photo-02-h-1250

A Lockheed Martin anunciou a realização de dois testes bem-sucedidos de suas bombas guiadas a laser (LGB) com novo sistema de orientação dual na Naval Air Warfare Center Weapons Division em China Lake, Califórnia.

Os testes demonstraram o funcionamento da nova óptica linear,  e subsistema de orientação e controle de atuação do GPS/Sistema de Navegação Inercial (INS), atendendo a todos os objetivos da missão.

Lançadas a partir de um F/A-18 Super Hornet, as duas bombas MK-82 (227 kg) com ogivas inertes, equipadas com kits de orientação Dual Mode Plus, atingiram alvos fixos bem dentro dos requisitos de desempenho operacional.

mfc-dual-mode-plus-photo-01-h

Eficaz contra alvos fixos e em movimento, a Dual Mode Plus vai melhorar a eficácia da missão, fornecendo capacidades de ataque de precisão em todas as condições meteorológicas em alvos “stand-off”. A Dual Mode mantém as dimensões físicas da LGB Paveway II e se integra facilmente com aeronaves que empregam as LGB Paveway II ou outras armas de ataque direto semelhantes utilizando interfaces convencionais MIL-STD-1760/1553 ou interfaces de armamento universais.

mfc-elgtr-photo-02-h-rotator
Enhanced Laser Guided Training Round

A Lockheed Martin é uma fornecedora qualificada de todas as variantes das três bombas LGB Paveway II série MK-80 (GBU-10 MK-84 [908 kg], GBU-12 MK-82 e GBU-16 MK-83 [454 kg]) e é a única fornecedora de bombas guiadas a laser de treinamento (ELGTR – Enhanced Laser Guided Training Round) e kits LGB Dual Mode.

A empresa já entregou mais de 150.000 munições de treinamento, mais de 75.000 kits LGB Paveway II e 7.000 sistemas dual-mode para a Marinha dos EUA, Corpo de Fuzileiros Navais, Força Aérea e 23 clientes internacionais.

mfc-elgtr-photo-03-h-rotator
Uma ELGTR acertou um alvo simulado em cheio

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
bosco123

Essa nota da Lockheed não diz qual a vantagem dessa nova versão da Paveway em relação às já existentes.
Bombas Paveway guiadas por laser/INS/GPS, capaz de atingir alvos estáticos e em movimento já existem há 10 anos.

Topol

Aqui no Brasil este M-60 com a bomba encravada ainda dava um caldo

Emerson R.B

kkkkkkkkkkkk lol , Tapor que maldade! XD

Emerson R.B

ops errata: “Topol” 11 de agosto de 2016 at 0:52

Jodreski

É engraçado pq o que ele falou não é nenhuma mentira!! rs

Claudio Moreno

Quase 10T a menos faz a diferença! Aliás o Exército de Libertação Popular (PLA) teria afirmado que vai investir mais no Type 96B com suas 42.8T. Deixando o Type 99 e 99A como segunda opção. Estes dois últimos muito caros em relação ao Type96B.

Quanto a competição penso que o Leopard 2A6 seria um bom competidor.

No passado parece que nosso EB foi convidado para participar, não sei se chegou enviar algum observador.

CM

Alexandre Galante

Bob, obrigado pela dica, postei lá no ForTe. Abs

Reportagens especiais

Uma morte espartana – testes de tiro real com mísseis ar-ar

Ninguém quer acabar sua carreira por baixo. Muitas vezes, os atletas profissionais vão se aposentar anos mais cedo para evitar...
- Advertisement -
- Advertisement -