Home Abate Como foi o resgate do navegador russo do Su-24 abatido na Síria

Como foi o resgate do navegador russo do Su-24 abatido na Síria

9497
30

resgate de piloto russo abatido na siria 2

O capitão Konstantin Murakhtin, navegador/operador de sistemas de armas de Sukhoi Su-24M, escapou da morte após seu jato ser abatido por um caça F-16 turco. Ele ejetou-se sobre território mantido por rebeldes sírios hostis, tornando o esforço para salvá-lo uma missão incrivelmente perigosa. Seu companheiro, o tenente-coronel Oleg Pershin (piloto da aeronave) teria sido morto por militantes turcomanos no ar enquanto descia de paraquedas.

resgate de piloto russo abatido na siria 1

Murakhtin teve a sorte de descer em segurança, mas sua posição estava diretamente na linha de fogo cruzado entre o Exército sírio e os rebeldes. Ele ativou seu localizador e não pôde fazer mais nada além de esperar por ajuda.

Uma equipe de resgate formada por fuzileiros navais partiu da Base de Khmeimim (Aeroporto Internacional Bassel Al-Assad) minutos depois do Su-24 ser abatido pelos turcos.

“Nós partimos apenas 15 minutos após recebermos a informação da derrubada de uma de nossas aeronaves. A área fica entre Durin e as elevações turcomenas, onde combates ferozes vêm ocorrendo. Nós partimos com três helicópteros em direção ao provável local do incidente”, disse uma fonte próxima à operação de resgate ao noticiário RIA Novosti.

resgate de piloto russo abatido na siria 3

Ao se aproximarem do local de resgate os helicópteros foram recebidos por intenso fogo. Dois helicópteros retornaram à base e um terceiro foi abrigado a realizar pouso forçado enquanto era submetido a forte ataque. A bordo haviam 12 fuzileiros navais além da tripulação. Um fuzileiro naval, Aleksandr Pozynich, foi morto em ação ao sair do helicóptero para encontrar cobertura em uma colina nas proximidades. O helicóptero explodiu depois de ser atingido por um míssil anticarro lançado a partir do solo.

Militares sírios que estavam nas proximidades correram para ajudar os russos e deram cobertura. Os sírios veiram “na hora certa”, disse a fonte, e atuaram para extrair as tropas russas que enfrentavam intenso fogo.

Murakhtin, que ganhou o prêmio “Top Navigator” na maior competição de voo militar da Rússia no ano passado, disse que vai pedir para voltar ao trabalho assim que ele for declarado apto pelos médicos.

“Eu tenho que pagar a dívida para com o meu comandante”, disse ele.

FONTE: RT (tradução e adaptação do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

NOTA DO EDITOR: as imagens mostram claramente dois helicópteros do tipo Mil Mi-8M (possivelmente da versão Mi-8AMTSh), sendo um em solo e outro em voo, além de um Mil Mi-24 (possivelmente do modelo Mi-24P com canhões fixos de 30mm).

30
Deixe um comentário

avatar
29 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
22 Comment authors
soldatJosioneMARCOArthur DuvalRinaldo Nery Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
SpaceJockey
Visitante
SpaceJockey

Muito interessante, ja tinha visto esse video com legendas em ingles. Notem como os militares sírios acenam com a bandeira para não serem confundidos pelas tripulações dos helicópteros russos, não deve ser fácil a coordenação, mas parece que deu certo. pelo jeito os helicópteros receberam as boas vindas com muito “calor”…deve ter sido tenso. Segundo um periódico da aviação do exército que li uma vez, o fogo de pequenas armas automáticas é a maior ameaça para helicópteros, pois existem poucas alternativas para evita-lo. existem muitas medidas contra misseis e foguetes, mas contra pequenos projéteis de 7,62 pouco se pode fazer.… Read more »

Marcelo
Visitante
Marcelo

Os rebeldes não devem possuir esse armamento de cano antiaéreo pesado, senão os helicópteros teriam sido varridos do ar.

Marcelo
Visitante
Marcelo

Qualquer coisa maior que um homem deve ter sido varrido só mapa pela aviação russa.

Rafael
Visitante
Rafael

Os Russos agiram no extinto nesse c-sar ein , partirão 15 min depois do abate missão sem nenhum planejamento tiveram sorte em achar o piloto

vmax
Visitante
vmax

E é assim que funciona.
Na infantaria um ferido mobiliza até 3 outros.
Um piloto abatido mobiliza 12 e 1 morre. Podia até ter sido mais.
-ironic mode on-
Espero que essas duas mortes “insignificantes” tenham massageado o ego turco.
-ironic mode off-

Ric
Visitante
Ric
Dafranca
Visitante
Dafranca
_RR_
Visitante
_RR_

Creio que talvez os amigos aqui do site me possam dar uma luz, mas não consigo deixar de pensar que o esforço russo foi falho pra caramba, e como um todo… – Primeiro de tudo: entendo que o dia é inimigo da aviação em missão de ataque. – Exceto se for em casos extremamente específicos, como CAS ou uma situação para a qual o tempo de resposta é curto, não se atuaria durante o dia. E assim o seria para minimizar os riscos a aviação… Se um piloto se vir obrigado a voar em baixa altura, terá menos riscos de… Read more »

Marcos
Visitante
Marcos

_RR_, permita-me um comentário. A diferença dos Russos é esta, em toda a sua história, o principio utilizado é a força bruta. As tecnologias desenvolvidas por eles, em raras exceções, estiveram à frente das ocidentais. Por natureza, são um povo destemido, se não podem na tecnologia, vão em frente na força bruta mesmo.

Oganza
Visitante
Oganza

Lá no fundo e depois de centenas de comments sobre esse resgate, acho que o problema não foi o profissionalismo e nem a falta dele, tb não foi alguma possível deficiência no adestramento… O problema aki me parece mesmo a falta de doutrina ou mesmo uma melhor adequação de suas táticas as modernas doutrinas C-SAR.

Pois eles simplesmente executaram o que aparentemente eles treinam… infelizmente o resultado não foi 100%.

Isso me faz pensar sobre o resto do aparato russo: Em que patamar eles estão na absorção e implementação das modernas doutrinas de operações militares?

Grande Abraço.

Jeff
Visitante
Jeff

Pessoal, apenas um caso aqui para ilustrar: . ” 07/08/2011 0:00 / Atualizado 03/11/2011 17:20 CABUL – O ataque ao helicóptero Chinook que custou a vida de 30 militares americanos e oito afegãos, no sábado, continua cercado de mistério. Entre os mortos estavam 22 homens da Equipe 6 dos Seals – a força de elite que matou Osama bin Laden no Paquistão em 2 de maio. O governo americano não confirma nem desmente a versão de que o helicóptero militar teria sido derrubado por talibãs. Mas, segundo o jornal “New York Times”, o Chinook voltava de uma operação de ajuda… Read more »

Carlos Martins
Visitante

Acho que o caso ai foi realmente falta de planejamento como o RR disse, o Fencer executou a missão totalmente ok, mas o CSAR por falta de doutirna ou no calor do momento fez o errado. Não falando que os americanos não fazem errado, Lone Survivor e Blackhawk Down tá ai pra isso, porém em ambas o resgate final foi bem planejado, o único erro em ambos foi subestimar o inimigo, que surpreendeu, no caso dos Russos ai eles subestimaram e não fizeram um planejamento adequado, Lone Survivor foram horas até vir, Blackhawk Down tb não foi fácil (até por… Read more »

Pablo Vilarnovo
Visitante

Para mim o que ficou claro é a ineficácia desses helicópteros russos pesados para funções de CAS. Abatidos por tiros de 7,62mm??? Sério?

cvn76
Visitante
Member
cvn76

E também teve o caso do F-16, não me lembro se foi holandês ou norueguês, que caiu no Afeganistão por causa de uma aranha!

Arthur Duval Versiani Passos
Visitante

A HISTÓRIA do resgate do navegador é outra, essa ai é só a parte que trata do resgate dos ocupantes da aeronave de azas rotativas que fez o pouso forçado na frente de contato, pelo que li, teve guerra eletrônica, forças especiais mistas, compostas por militantes do Hesvolla,soldados Sírios, comandados por um General da Guarda Revolucionária Iraniana, com apoio aéreo Russo, esse comando de 24 combatentes atravessou a linha de frente e resgatou o sobrevivente que se encontrava a uma profundidade de 6 km no território inimigo, tudo isso sob o manto protetor da noite e da guerra eletrônica que… Read more »

Wagner Bragante
Visitante

A respeito do monte de críticas que o resgate dos pilotos russos tem levado, me posiciono contra as mesmas, além de perceber uma visão muito estreita de alguns participantes do fórum em relação ao que é um conflito armado. Num TO tão nervoso e difuso quanto o Sírio, não vejo como possibilidade sequer remota um resgate fácil. Além do mais, a chance dos pilotos serem capturados e/ou mortos pelos rebeldes (que estavam pertinho) era grande demais, o que provavelmente levou à busca dentro das “duas horas de ouro”. Piloto morto e corpo capturado = propaganda + milhões de dólares em… Read more »

costamarques
Visitante
costamarques

Insurgência é a palavra! treinar com tropas armadas e doutrinadas é uma coisa, a Rússia treina a anos para combater a OTAN e a OTAN treina a anos para combater a doutrina Russa, agora a Chinesa também. Na insurgência é complicado para todos, é cabra saindo do esgoto de buraco jogando pedra, mandando criança com bombas amarradas na cintura etc, os americanos tem tido bastante experiência em ambientes assim, acredito que a Rússia só teve no Afeganistão a muito tempo atrás e não sei se faz parte do treinamento deles esse tipo de insurgente. Aos ex militares ou especialistas faço… Read more »

Wagner
Visitante
Wagner

Parabéns aos russos pela operação. Nem sempre tudo ocorre como deveria. E os norte americanos sabem muito bem disso. Com certeza no pentágono ninguém dúvida da tenacidade ou profissionalismo russos.

SpaceJockey
Visitante
SpaceJockey

Pessoal, lembrem-se que foi uma operaçao de COMBATE REAL ! Existiam OPONENTES do outro lado, logo é natural a ocorrencia de BAIXAS, assim como aconteceu com os americanos em outros carnavais. O cara saiu do helicóptero e alguem o atingiu, simples assim. Não se pode criticar a operação a esmo. Todo país que se preza tem meios de C-SAR para resgatar pilotos abatidos, inclusive isso motiva o piloto de combate, a idéia de que uma vez caído não se medirá esforços para resgatá-lo, do contrário duvido que haveria pilotos motivados. A Russia nesta ocasião não teve muita escolha, e como… Read more »

SpaceJockey
Visitante
SpaceJockey

continuando: se ao menos o local fosse de floresta densa ainda poderia se esconder e esperar o anoitecer…mas não nestes arbustinhos esparsos, nem sei como conseguiram resgatar o outro.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Costa Marques, isso chama-se “combate assimétrico”, e é o que mais ocorre no mundo atual. A maioria das FFAA do mundo treina para isso, principalmente os norte americanos. Os russos viveram isso quando invadiram o Afeganistão, nos anos 80, na Chechenia, na Geórgia e na Ossetia do Sul. Quanto ao resgate, óbvio que faltou um melhor planejamento, mas, era resgatar os pilotos ou eles seriam mortos (um acabou sendo). Devemos lembrar que ali tinha tudo: rebeldes, turcomanos e exercito sírio. Difícil saber quem é quem num espaço geográfico pequeno. Lá de cima fuca difícil saber quem é quem. Arthur Duval,… Read more »

Pablo Vilarnovo
Visitante

Poggio – Mas o problema era a doutrina de emprego e não a aeronave. Os Apaches se mantiam estáticos como se estivessem engajando tanques soviéticos adentrando a Alemanha (afinal de contas, foi para isso que ele foi criado e suas equipes treinadas). Depois adotaram as mesmas táticas dos Cobras dos Marines que utlizavam seus helis como quase uma aeronave de asa fixa, sempre em movimento, não mais estáticos. O problema desses helis russos pesados para esse tipo de ação é que são pouco ágeis, grandes demais (maior alvo). Em minha opinião, deveriam ter utilizado o Ka-52 ou o Mi-28 e… Read more »

Arthur Duval
Visitante
Arthur Duval

Bom Rinaldo Nery, não sou especialista em radio frequência muito menos em guerra eletrônica ou meios ópticos-eletrônicos, reportei a matéria que li em br.sputinknews.com. Mas relembrando o fato ocorrido +/- um ano e meio atrás quando um simples su 24 do mesmo tipo que foi abatido pelos f16 turcos jungeou um destróier Estado Unidense no mar Negro, tal fato ocorrido foi o suficiente para o vaso de guerra atracar em uma base aliada e posteriormente se retirar do mar Negro. Voltando os olhares pra Turquia, posso dizer que a resposta dada a Russia, por ter lançado mão de meios de… Read more »

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Bem, em Alcântara mandamos um E-99 pra vigiar o espectro eletromagnético. O Operações do Esquadrão era eu.

MARCO
Visitante
MARCO

Vocês esquecerem que os Russos não estavam preparados para um ataque da Turquia. Por isso, os SU-24, estavam voando sem AR-AR. Afinal, de que lado os turcos estão?
Parabéns aos russos pelos resgate heroico.

MARCO
Visitante
MARCO

Vocês esqueceram que os russos não esperavam esse tipo de comportamento dos turcos. Por isso, os SU-24, estavam voando sem AR-AR. Parabéns aos russos pelo resgate heroico.
Afinal, os turcos estão de que lado?

Arthur Duval Versiani Passos
Visitante

E ai a tragedia foi falha técnica, ou existe a possibilidade de sabotagem, em uma oportunidade conversei com um engenheiro do IMPE amigo dos que se foram, e ele me disse ter conhecimento de US fotos-satélite de antes e depois da explosão da base de lançamento tiradas por um satélite dos USA, naquele momento lá posicionado. Mas voltando a faca fria, quando o conflito na Síria começou a Rússia apenas se limitou a fazer melhoras suas capacidades comunicação e detecção de ameaças incrementando seus radares, não duvido nada que eles não tenham dispositivos que desconheçamos tal qual o grande irmão… Read more »

Josione
Visitante
Josione

O possível despreparo do russos no C-SAR como apontado aqui em alguns cometário é explicado pela necessidade de não permitir que um piloto russo vivo caíssem nas mãos terrorista para ser exibido como prêmio, no que diz respeito, ou eles (os russos) o resgatariam o quanto antes, ou morreriam tentando… essa de planejamento é coisa de cinema quando se trata de teatro de guerra, prova disso é a retirada americana de Saigon na guerra Guera do Vietnã, que ocorreu enquanto os vietnamitas já estavam as portas da embaixada americana.

soldat
Visitante

Graças ao exercito Sírio o segundo piloto Russo foi salvo apesar da torcida dos pro-Âmis para que o piloto fosse morto.

Fato muito comemorado pelos rebeldes moderados apoiados pelos Âmis.

Mais o Urso dará o troco com certeza!!!!!!