Home Noticiário Internacional Caças Typhoon da RAF interceptam bombardeiros russos ‘Blackjack’

Caças Typhoon da RAF interceptam bombardeiros russos ‘Blackjack’

903
22

Typhoon fighter aircraft from RAF Lossiemouth intercept two Russian military Blackjack aircraft SEP10th-2015-1

No dia 10 de setembro, a Royal Air Force acionou caças Typhoon da base aérea de Lossiemouth para interceptar dois bombardeiros russos “Blackjack” que voavam em espaço aéreo internacional.

Os pilotos da RAF identificaram visualmente os aviões russos e os escoltaram enquanto estes permaneceram em área de interesse do Reino Unido.

O apoio para reabastecimento em voo dos Typhoon foi dado pelos aviões-tanque Voyager da base de Brize Norton.

Typhoon fighter aircraft from RAF Lossiemouth intercept two Russian military Blackjack aircraft SEP10th-2015-2

Typhoon fighter aircraft from RAF Lossiemouth intercept two Russian military Blackjack aircraft SEP10th-2015-3

Typhoon fighter aircraft from RAF Lossiemouth intercept two Russian military Blackjack aircraft SEP10th-2015-4

FOTOS: RAF

22
Deixe um comentário

avatar
21 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
14 Comment authors
Clésio LuizGardusiMauricio R.Wellington GóesMatheus Augusto Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rinaldo Nery
Visitante
Member
Rinaldo Nery

A escala do Alerta lá deve ser bem apertada… Período Alfa o dia todo.

Clésio Luiz
Visitante
Active Member
Clésio Luiz

Ali do lado do Typhoon, tem 100.000 kgf de empuxo.

Marcelo
Visitante
Member
Marcelo

Como é lindo esse Blackjack…

Solskhaer
Visitante
Solskhaer

Que alvo lindo para um piloto descarregar tudo que tem de ar-ar!

Vader
Visitante
Member

Cópia do B-1…

costamarques
Visitante
costamarques

Como seria a interceptação caso o Tu-160 estivesse em formação com o SU-35?

Qual o procedimento em casos assim?

Alexandre Galante
Visitante
Member

O procedimento seria derrubar os Su-35 😉

joseboscojr
Visitante
Active Member
joseboscojr

Os americanos tinham um projeto de um B-1R que teria velocidade Mach 2.2, radar AESA e até 18 Amraams externamente. Ele seria um “caça” BVR puro já que não teria canhão nem mísseis SRAAM e muito menos seria super manobrável. rsrsss Ainda conservaria o RCS do “B” e toda a sua capacidade de ataque ar-superfície. Teria sido uma arma fantástica. Quanto ao combate aproximado, se ele se envolvesse em um, teria como desengajar a Mach 2.2 tendo em vista seu grande alcance em relação aos caças. Não que ele não pudesse ser armado com uma meia dúzia de AIM-9Xs. Se… Read more »

Rinaldo Nery
Visitante
Member
Rinaldo Nery

Em tempo de paz os procedimentos de interceptação são os mesmos, com ou sem SU-35: aproximação pelas 6 horas, preferencialmente 1.000 ft abaixo do interceptado. Depois de identificado, se for o caso, posição de interrogação na ala esquerda, relativa de 0 graus. Imagino que tenha sido o procedimento do Typhon.

joseboscojr
Visitante
Active Member
joseboscojr

Como o combate BVR é determinante no mundo atual, os Su-35 estariam voando bem a frente dos bombardeiros de modo a tentar negar uma distância de lançamento de mísseis aos defensores portanto, teriam que ser neutralizados primeiro para só então se chegar ao alcance de derrubar os bombardeiros. Fosse como na SGM onde os escoltas voavam juntos dos bombardeiros, estes seriam neutralizados preferencialmente no caso de um combate BVR, independente dos caças. Em geral um bombardeiro como o Tu-160 usa sua velocidade para escapar dos caças, além de uma suite de contra medidas completíssima, já que não conta com armas… Read more »

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Como dito pelo Vader, é uma cópia descarada do B-1B e por isto é tão bonito quanto, apesar de achar que o bombardeiro dos EUA seja mais refinado.

Quanto à sua escolta, acredito que o mais apropriado seja o Mig-31. O Su-27/35 o é de outras aeronaves como o Tu-22, Tu-95, Su-34 e Su-24.

Até mais!!! 😉

joseboscojr
Visitante
Active Member
joseboscojr

Ta mais pra cópia do B-1A.

cvn76
Visitante
Member
cvn76

Creio que em caso de guerra, não aconteceria nada disso…

Decolando de uma base aérea perto de Kaliningrad, por exemplo…seriam somente 1500 km de alcance para um míssel KH-55M atingir Londres…

Isso sem precisar sair do espaço aéreo russo!

Esses vôos sobre o Reino Unido ou Escandinávia, são somente vôos de testes, para testar a reação do inimigo e para desviar do verdadeiro foco….

Marcelo Pamplona
Visitante
Member
Marcelo Pamplona

Prezados editores;

OFF TOPPIC:

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2015/09/1681886-russia-desafia-poder-militar-aereo-norte-americano.shtml

Sds.

Sobre o tópico:

Pode ser cópia do B1… mas o “disgramado” é bonito! 🙂

joseboscojr
Visitante
Active Member
joseboscojr

Eu acho que o EI é cria do islamismo e das intermináveis lutas tribais e diferenças doutrinárias e filosóficas seculares, na região.
Mas se lhes agradam achar que o culpado da dor de cabeça é a azeitona da coxinha depois de dois dias de bebedeira, fiquem a vontade.

joseboscojr
Visitante
Active Member
joseboscojr

Editores, por favor, deletem meu comentários das 19:25 que foi colocado no post errado.
Perdão!!

Matheus Augusto
Visitante
Matheus Augusto

“Quanto à sua escolta, acredito que o mais apropriado seja o Mig-31. O Su-27/35 o é de outras aeronaves como o Tu-22, Tu-95, Su-34 e Su-24.” Wellington, na verdade o mig-31 dificilmente seria usado como escolta de bombardeiro, pois sua função é exatamente o oposto, é um interceptador de alta performance, feito para abater bombardeiros inimigos em grande altidude e usando de sua altíssima velocidade, se um B1, B2 ou coisa do tipo entrasse no espaço aéreo russo, esses são os responsáveis para lidar com a ameaça, o mig-29 também não seria uma boa escolta devido ao seu curto alcance,… Read more »

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Matheus Augusto, verdade, você está certíssimo!

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“Mas quando uma cópia é superior ao original, ela deixa de ser cópia.”

E aonde foi que as 16 células da cópia, passaram a ser melhores que as 95 células veteranas de combate do original???
Essa aeronave passa mais tempo sendo remendada, que voando.

“Acho que nenhum Typhoon se atreveria se colocar entre, ou melhor, se meter entre um Sukhoi e um Tupolev.”

O “Typhoon” existe justamente p/ se meter c/ o “Flanker.”

Gardusi
Visitante
Gardusi

Roberto Santana, Sem querer me meter na rusga ou questionar o teor de seu comentário (até porque não tenho o mesmo conhecimento), mas o nome Flanker acabou sendo adotado pelo próprio fabricante. Achei até curioso e gostaria de saber mais sobre isso. Mas o fato é que existem fotos do Su-35 com o texto “Super Flanker” escito na fuselagem. Também há material promocional com a mesma referência. No mais, acho “aceitável”, ao menos para nós entusiastas leigos que se iniciaram com as revistas de aviação dos anos 80, conhecer os aviões do antigo Pacto de Varsóvia pelos nomes códigos. Claro… Read more »

Clésio Luiz
Visitante
Active Member
Clésio Luiz

Roberto, na época da URSS existiam apelidos para os aparelhos, dados pelas tripulações, mas não de forma oficial obviamente. Eram nomes dados pelas tripulações, como Bicudo, Jaca, BUFF, Viper, etc. E existiam pinturas individuais nas aeronaves, mas era bem mais raro que no ocidente, obviamente. Tem um tópico no fórum da Key Publishing com um monte de imagens de aeronaves soviéticas com todo tipo de pintura especial. Se quiser te mostro depois. Já quanto a chamar de cópia certos aparelhos acho errado. Um americano, Greg Goebel, que mantem o site Airvectors, costuma tocar no assunto com a seguinte frase: requerimentos… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Roberto Santana 16 de setembro de 2015 at 8:24 # Além de intolerante, pedante, enrolou, enrolou e não respondeu nada. Sua frase: “Mas quando uma cópia é superior ao original, ela deixa de ser cópia.” Sua resposta: “…dizer que isso seja uma cópia é ignorância do assunto, que, sinceramente acho que seja o seu caso, pois você deixa isso perfeitamente claro, ou má fé, que pelo tom de seu comentário, parece também ser,…” A tdo o momento quem se refere a aeronave como “cópia”, é vc mesmo. Vc não é mais nem melhor que ninguém, não passa de um ________.… Read more »