Home Noticiário Internacional Pentágono quer aumento de 50% em voos de drones até 2019

Pentágono quer aumento de 50% em voos de drones até 2019

429
5

MQ-9 Reaper com armamento - foto USAF

ClippingNEWS-PAWashington – O Pentágono está planejando um forte aumento nos sobrevoos diários de drones sobre zonas de conflito em todo o mundo nos próximos quatro anos, à medida que tenta atender a necessidade de comandantes militares por reconhecimento e ataques aéreos, disse um porta-voz nesta segunda-feira.

O capitão da Marinha Jeff Davis, porta-voz do Departamento de Defesa, disse que o número de missões de aeronaves não tripuladas, conhecidas como patrulhas aéreas de combate, cresceria em cerca de 50 por cento até 2019 – de 60 a 65 voos por dia para cerca de 90.

“Temos visto um firme sinal de demanda de todos os nossos comandantes de combate para aumentar esta capacidade”, disse Davis a repórteres no Pentágono.

Os drones são utilizados nos voos contra militantes do Estado Islâmico na Síria e no Iraque, no conflito no Afeganistão, contra grupos extremistas como al Shabab na Somália e para coletar inteligência no Pacífico.

O plano para expandir voos de drones como o MQ-1 Predator e o MQ-9 Reaper acontece apesar de recentes alertas de altos comandantes da Força Aérea de que a frota de drones e seus operadores estavam no limite.

Davis disse que, por causa destas preocupações, a Força Aérea buscou reduzir esse tipo de demanda sobre a frota, ao diminuir o número diário de voos de drones para 60, ante 65.

FONTE: Reuters

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
groo
groo
4 anos atrás

O filme “Good Kill” retrata a rotina de um operador de Pedator e o estresse causado pelas missões. O piloto (um ex-piloto de F-16) voa o drone a partir de uma base em Nevada e a rotina parece a de um escritório. Ele vai de casa para a base e da base para a casa diariamente. Em casa ele convive com a família e no trabalho ele mata terroristas. Isso diariamente em uma rotina sem fim. O filmes tem umas falas absurdas de quando ele se lembra da época em que voava F-16 mas no geral o filme é bom.… Read more »

Delfim
Delfim
4 anos atrás

Só que de vez em quando acertam alvos colaterais.

Renan Prado
Renan Prado
4 anos atrás

Gosto muito do Programa do John Oliver, ele consegue encontrar um meio termo entre informação, opinião e descontração.

A conversa dele sobre drones foi bem na ferida:

https://www.youtube.com/watch?v=K4NRJoCNHIs

Mauricio R.
4 anos atrás

OFF TOPIC… …mas nem tanto!!! Somente p/ registro, a baixa do serviço ativo do UAS RQ/MQ-5 Hunter: “Hunter was the army’s first UAS. It was first fielded in 1996, deployed to support NATO missions in Kosovo between 1999 and 2002, and then deployed at the start of Operation ‘Iraqi Freedom’ in 2003 and continued work there and in Afghanistan for many years.” “The UAS was mostly employed as an intelligence, surveillance, and reconnaissance (ISR) asset, but can be armed with GBU-44/B Viper Strike glide bomb and the earlier Viper Strike direct attack munition.” “Hunter’s nearly 20-year service life is impressive… Read more »

Mauricio R.
4 anos atrás

OFF TOPIC… …mas nem tanto!!! Parece coisa de pescaria, mas é uma rede de pegar drone, da polícia metropolitana de Tóquio: “The Tokyo Metropolitan Police Department is using multicopters equipped with large nets to catch in mid-air unauthorised unmanned aerial vehicles (UAVs) that may threaten public safety, a video posted by the NowThisFuture popular science media organisation demonstrated.” “The video posted on the organisation’s Facebook page shows a six-rotored UAV, similar to an MK Hexacopter, of the Tokyo police dragging a large net beneath it. The police UAV is flown over the flight path of the illicit UAV, capturing it… Read more »