sábado, dezembro 3, 2022

Gripen para o Brasil

Acordos de defesa com outros países contribuem para desenvolvimento do Brasil

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Infográfico Gripen NG - imagem via Ministério da Defesa

Nos últimos meses, o governo brasileiro fez vários acordos de defesa para garantir a proteção do território nacional. Parcerias com países como China, Rússia, Suécia e França promovem o aumento da inovação tecnológica, capacitação de profissionais, desenvolvimento industrial e geração de empregos.

Para o chefe da coordenação geral de Defesa do Itamaraty, Rodrigo Baena, é preciso associar indústria de defesa ao desenvolvimento nacional. Ele também ressaltou a participação da indústria nacional nos projetos de defesa.

“Pensamos sempre em parcerias com países amigos para que haja transferência de tecnologia, de inovação e de capacitação tecnológica, tudo em função do desenvolvimento. Queremos que o País tenha ganhos efetivos para que o nosso próprio pessoal seja capacitado a desenvolver novos projetos e que o desenvolvimento desses projetos tenha, cada vez mais, a participação de empresas brasileiras. Também é importante o fato da indústria de defesa ser geradora de empregos de alta qualificação.”

Com a China, o Brasil está fazendo intercâmbio desde julho em áreas como Sensoriamento Remoto, Telecomunicações e Tecnologia da Informação. São iniciativas importantes para a proteção da região amazônica com o desenvolvimento de ferramentas como meteorologia, aplicativos e ações da Defesa Civil, além de fortalecer uma parceria antiga de satélites e observação da Terra.

A parceria de defesa com a Rússia é mais tradicional. Além dos helicópteros russos MI-35, utilizados pela Força Aérea Brasileira (FAB), em julho foi acordado desenvolvimento da cooperação bilateral na área de defesa antiaérea. Também foi feito o convite às Forças Armadas do Brasil para participar dos exercícios das Forças Armadas da Rússia.

A cooperação com a Suécia é mais antiga. Em dezembro de 2013, o Brasil comprou (SIC) 36 caças suecos do modelo Gripen, representando um salto tecnológico na frota de aeronaves da FAB. O acordo de defesa com a França é de 2008, que prevê a construção de quatro submarinos convencionais diesel-elétricos e um submarino de propulsão nuclear para patrulhamento da costa brasileira. Durante o projeto, cerca de 200 engenheiros foram à França para intercâmbio profissional. Além disso, há estaleiro sendo construído em Itaguaí, Rio de Janeiro, causando impacto na região com geração de emprego e renda.

FONTE: Blog do Planalto

- Advertisement -

18 Comments

Subscribe
Notify of
guest

18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
André Sávio Craveiro Bueno

Por conta da cooperação no programa do CBERS, já cooperamos com os chineses há cerca de 25 anos.

André Sávio Craveiro Bueno

Completando o escrito acima: em sensoreamento remoto

Mauricio Silva

Olá Poggio.

Olhando por outro lado, tal afirmação pode indicar o que vai acontecer num futuro próximo.
Por que não?

SDS.

Marcelo Pamplona

Boa noite a todos!

“A parceria de defesa com a Rússia é mais tradicional (???)…

A cooperação com a Suécia é mais antiga. Em dezembro de 2013 (???)…

O acordo de defesa com a França é de 2008(???)…”

Sassá Mutema approves!

Vão redigir mal um texto assim lá na Conchinchina! É só observar as assertivas postas e tentar (sem êxito) achar coerência temporal no exposto, coisa de “pré-Mobral”.

Isso que dá colocar “abarrotar o barco” com cargos de livre nomeação e exoneração (critério político, não técnico), sem concurso. Não conseguem, sequer, redigir um texto coerente.

Chama o Pasquale!

Sds.

Mauricio R.

“Com a China, o Brasil está fazendo intercâmbio desde julho em áreas como Sensoriamento Remoto, Telecomunicações e Tecnologia da Informação.”!

Cada vez que o Brasil solicita o uso do satélite, a parte chinesa; nega.

Carlos

“FONTE: Blog do Planalto”

kkkkrsrsrsrshahahaha…….. me poupem ……. kkkkrsrsrsrshahahaha..

Luiz Paulo

Olá Srs. Um Off nem tão Off assim.

Nada que já não tenha sido comentado pelos foristas daqui.

Lula e sua aposentadoria através do Rafale. Os ‘Âmis’ também achavam isso,rs.

http://veja.abril.com.br/noticia/mundo/para-fonte-da-stratfor-compra-de-avioes-e-submarinos-era-plano-de-aposentadoria-de-lula

Sds.

Blackhawk

Luiz Paulo,
É engraçado ler os americanos falando em suborno, sendo que naquele país o lobby é até legalizado.

juarezmartinez

E´verdade caro Blackhawk, porém lá está no contrato,o lobista ganhar x%, aqui a venda é SUPERFATURADA, para que politicos e alguns militares usurpem do caixa desta nação em proveito próprio.

Não é toa que o filho do Molusco comprou um jatinho de 25 milhõe de dólares,e que ex militares envolvidos na compra dos helis russos estão vivendo na Bahamas hoje.

Lá deve existir também o “purfa”, a diferença é que lá se politico ou militar for pego com a boca na botija vai para cadeia, não importa se é presidente, senador, general, almirante ou brigadeiro.

Grande abraço

Luiz Paulo

BlackHawk

O Juarez já respondeu, mas acrescentando e resumindo, lá é legal, regulado, e em regra seguido. Aqui é ilegal, desregulado, e rola solto até pra licitação de folha de papel…

De forma geral, lá existe uma maturidade institucional anos luz daqui. Mesmo que se legalizasse não mudaria muita coisa… o jeitinho predomina em todo canto.

Sds.

eduardo pereira

Bom dia pessoal, sobre o assunto em questão, o roubo no Brasil seja em qualquer instancia vem desde cedo e desde as classes mais pobres e vai subindo e chegando aos detentores do poder que muitas vezes vieram destas classes mais pobres, o oportunismo para se obter vantagem infelizmente é herança de uma colonização de exploração (que ainda continua,digo de passagem, em pleno século XXI ). Isso só acabará com investimentos reais em educação de qualidade para as crianças de hoje que serão os políticos, professores (desde que venham a ser valorizados como devem),empresários e enfim as mãos ,pés e… Read more »

wwolf22

e como ficou aquela parceria da Embraer com a Boeing para explorar a venda do KC 390 e seus equipamentos ?!?!?!

Blackhawk

Caros Juarez e Luiz:
Não me engano de que aqui no Brasil é uma maravilha e não existe corrupção. Mas o bom-senso me conduz a acreditar que nem la nos EUA é também essa maravilha. Creio ser muita ingenuidade pensar que lá, apenas pelo lobby ser legalizado, não existe suborno.

abraço

juarezmartinez

Blackhawk, leia corretamente o que eu escrevi, eu disse: Lá também deve haver isto, porém quando pegos vão para a CADEIA, não mportando cargo ou patente, entendeu.

Grande abraço

Antonio M

Existe corrupção em todos os países sim mas, a educação, a legislação e sua aplicação fazem a diferença. Países que sofreram com guerras, pragas, fome, calamidades etc passam isso de geração em geração e são cientes de que se não tiveram um padrão altamente aceitável de conduta não sobreviverão como nações. Nos EUA especuladores como Madoff e Allen Stanford foram presos e condenados. Vi agora um reportagem com Allen Stanford e o mesmo compareceu ao juri com roupa de presidiário e algemado. Vão dizer que é apenas show mas no Brasil o meliante tem direito até de não ser algemado.… Read more »

Antonio M

Uma outra bobagem no “lindo” gráfico do Gripen; que eu saiba o canhão de 27mm é interno, e não em casulo externo como mostra a figurinha ……

Luiz Paulo
7 de setembro de 2014 at 12:56

Desculpe, dupliquei o seu link por não resistir em fazer a bricandeira ……

Rinaldo Nery

Pra entender um pouco da nossa corrupção endêmica, os livros do Laurentino Gomes (1808, 1822 e 1889) são bem interessantes.
Falando da matéria, seria bem interessante participar desses exercícios na Rússia, visto que adotamos o padrão OTAN de operações combinadas.
Como deve ser por lá?

Últimas Notícias

VÍDEO: Documentário ‘Highway’ sobre operações aéreas em rodopista na Tchecoslováquia, em 1980

O documentário "Highway" foi filmado pelo Checoslovak Army Film no outono de 1980 durante um exercício militar entre os...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -