Home Indústria Aeroespacial Embraer entrega primeiro E-Jet à SkyWest

Embraer entrega primeiro E-Jet à SkyWest

542
1

Jato E175 da SkyWest nas cores da United Express

São José dos Campos – SP, 28 de março de 2014 – A Embraer entregou nesta quinta-feira, dia 27, em cerimônia na sede da Empresa, em São José dos Campos, o primeiro jato E175 à SkyWest Inc. (SkyWest), baseada em Utah, nos Estados Unidos. Esta aeronave faz parte do pedido firme assinado pela empresa aérea para 40 jatos E175. A SkyWest Airlines vai operar os aviões para a United Airlines sob a marca United Express. Os E175 estão configurados em duas classes de serviço, com 76 assentos.

O contrato prevê ainda outros 60 pedidos firmes reconfirmáveis, condicionados à assinatura de novos acordos de compra de capacidade (CPA-Capacity Purchase Agreement, em inglês) por parte da SkyWest com empresas aéreas dos EUA. Além disso, estão contempladas opções para mais 100 jatos E175, elevando o potencial total do pedido para até 200 aviões.

Em um acordo adicional com a Embraer, a SkyWest tornou-se o cliente-lançador do jato E175-E2, encomendando 100 aviões com outras 100 opções adicionais, com entregas começando em 2020.

Cerimônia de entrega do jato E175 para a SkyWest

A SkyWest é o maior grupo aéreo regional do mundo e controla a SkyWest Airlines e a ExpressJet Airlines. Ambas as companhias aéreas têm uma longa história com a Embraer e foram algumas das primeiras clientes do turboélice EMB 120 Brasilia. Mais de 40 aviões deste modelo continuam voando nas rotas da SkyWest Airlines, principalmente no oeste dos Estados Unidos. A ExpressJet Airlines opera 251 aeronaves da família ERJ 145 e é a maior operadora do modelo no mundo.

Como líder no segmento de jatos de 70 a 130 assentos, a Embraer continua a investir na família de E-Jets, atualmente utilizada por cerca de 65 companhias aéreas de 45 países.

DIVULGAÇÃO: Embraer

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Fernando
Luiz Fernando
6 anos atrás

Lindão, mais ainda com os winglets que logo serão substituídos pelos novos wingtips.