sábado, setembro 25, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Cruzex: fotógrafo do Poder Aéreo é barrado na entrada da Base Aérea de Natal-RN

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

marca_fab

Mais uma vez o site Poder Aéreo é prejudicado tentando fazer o seu trabalho junto à Força Aérea Brasileira. O jornalista/fotógrafo Valter Sousa Andrade que está a serviço do site Poder Aéreo/revista Forças de Defesa na cobertura da Cruzex deste ano, foi barrado hoje na entrada da Base Aérea de Natal-RN.

A alegação apresentada foi a de que apenas um profissional de cada veículo poderia participar da cobertura. Porém, o profissional foi devidamente cadastrado para a cobertura do exercício e outros veículos estão fazendo a cobertura com mais de um profissional.

Nosso fotógrafo Valter conversou hoje pela manhã com a assessoria de imprensa da FAB presente na Base Aérea de Natal, mas durante todo o dia seu acesso à base não foi permitido e o mesmo ficou na sala de espera sem poder trabalhar.

Nosso repórter Ícaro Luiz de Araújo Gomes conseguiu entrar, mas está fazendo a cobertura pela revista Forças de Defesa e não tem o mesmo equipamento de qualidade usado pelo Valter.

No dia da Aviação de Caça deste ano, o site Poder Aéreo também foi prejudicado quando dois dos seus editores foram deixados por mais de uma hora esperando na entrada da Base Aérea de Santa Cruz, enquanto profissionais de outros veículos tiveram sua entrada autorizada muito antes.

Depois de conseguirem entrar e realizar as fotos no estande de tiro, os editores do Poder Aéreo foram convidados a entrar num ônibus juntamente com outros profissionais da grande imprensa e levados para fora da Base, sem a possibilidade de fazer fotos do jato A-1M que estava dentro do hangar do Zeppelin. Mas profissionais de outros veículos, com amigos dentro da FAB, tiveram acesso ao hangar para fazer fotos e puderam ficar até o final do evento.

Outros profissionais, inclusive estrangeiros, estão reclamando do tratamento dispensado pela FAB na cobertura da Cruzex, quando alguns profissionais são preferidos em detrimento de outros.

Infelizmente, na nossa percepção, das três Forças Armadas, a mais difícil de se trabalhar é a FAB. Ela deveria aprender com a Marinha, que trata muito bem e com respeito todos os profissionais da imprensa especializada.

- Advertisement -

44 Comments

Subscribe
Notify of
guest
44 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Guilherme Poggio

Não perco mais meu tempo cobrindo esses tipos de evento.

Guilherme Poggio

Ela deveria aprender com a Marinha, que trata muito bem e com respeito todos os profissionais da imprensa especializada

O Exército também está muito receptivo. Basta ver a entrevista que o general Márcio Heise forneceu para a Revista Forças de Defesa, edição n.8

Samuel B. Pysklyvicz "Jaguar"

Ta complicado isso. Falta de organização.

Dinair Alves

Pois é, o Exército e a Marinha dando o exemplo e a FAB com esse descaso e o pior, com jornalistas que trabalham pela informação e conscientização da importância das Forças Armadas.

joseboscojr

Fiquem tranquilos! Não há muito o que fotografar.

joseboscojr

Eu até entendo!
Fosse eu da assessoria de imprensa da FAB também teria vergonha e não deixaria fotógrafo entrar e só emitiria notas relatando o quanto somos bons e o quanto nossas aeronaves são poderosas e fodásticas, capazes de proteger nosso espaço aéreo de todo e qualquer inimigo com nossos caças ultrasofisticados e nossos mísseis guiados de altíssima tecnologia, blá, blá, blá, blá….

Blackhawk

Samuel, pelo que entendi da leitura, não é falta de organização, é falta de tratamento equânime a todos os veículos de comunicação. No meu ponto de vista, má fé.

Nick

Triste ler uma nota dessas. E justo o PA que vem apoiando a FAB a tanto tempo.

[]’s

ricmoriah

Infelizmente isso acontece em qualquer setor do Brasil. Vide política e automóveis, quando alguns veículos de imprensa tem o cartão de acesso aprovado e outros são deixados de lado, não importando a quantidade de leitores e muito menos a divulgação (gratuita) de suas atividades e produtos.

glaison

É questão de segurança. Sabe como é. Ali tem equipamentos muito sofisticados, que são sigilosos, tecnologias que poderia a vir ser copiada por outras potencias.
Existem quase diarios do F-35, mas fotografar o A-1M, daí não, é ultra secreto, quase um RF-12 Blackbird.

Augusto

“dois dos seus editores foram deixados por mais de uma hora esperando na entrada da Base Aérea de Santa Cruz, enquanto profissionais de outros veículos tiveram sua entrada autorizada muito antes.”

E

“Outros profissionais, inclusive estrangeiros, estão reclamando do tratamento dispensado pela FAB na cobertura da Cruzex, quando alguns profissionais são preferidos em detrimento de outros.”

É mais um indício claro de que o pessoal da FAB está se deixando contaminar pela “cumpanheirada” do PT. Só “us cumpanheiro” se beneficiam da Cruzex… se bem que não há muito benefício em divulgar evento de aviões retificados da década de 1970.

juarezmartinez

Póggio, tem coisa errada aí.

Grande abraço

Antonio M

Lamentável.

E há oficiais da FAB que lêem o blog e até postam aqui. Aposto que essa notícia vai repercutir …….

Ivan

Juarez,

Também penso assim.
Será que não há falha de comunicação?
Será que o comando da aeronáutica esta sabendo destes episódios?

Sds.,
Ivan.

Santana Denis

Se não é a primeira vez que acontece, se o editor estava com inscrição do evento em dias, entra com uma ação contra o Estado, pelo menos vão ter mais respeito da próxima vez, SEGUE A LEI: A LIBERDADE DE IMPRENSA Art 1º É livre a publicação e a circulação no território nacional de jornais e outros periódicos. Ver tópico (1 documento) § 1º Só é proibida a publicação e circulação de jornais e outros periódicos quando clandestinos, isto é, sem editôres, diretores ou redatores conhecidos, ou quando atentarem contra a moral e os bons costumes. OBS,: Nesse caso pode… Read more »

Guilherme Poggio

Se não é a primeira vez que acontece

Prezado Santana Denis

Teve uma oportunidade em que o P-3 havia acabado de chegar ao Brasil e lá estava um dos nossos representantes do Poder Aéreo, já dentro da Base Aérea de Salvador fazendo o seu trabalho. Quando ao subir a escada da aeronave junto com os demais membros da imprensa, simplesmente “FOI BARRADO”. Os demais puderam seguir e conhecer o interior da aeronave.

Santana Denis

CORREÇÃO > força, não fôrça, sobre não sôbre, for não fôr, etc… .

Joner

Muito estranho, e deprimente! 🙁

geobosco

É muito triste ver a FAB agindo com uma certa “censura” à cobertura jornalística de um evento como este…….concordo com o Joner: muito estranho e deprimente……..

Joker

Existem muito mais coisas entre o Céu e Poder Aéreo do que pode imaginar nossa vã filosofia!

Essa é apenas uma das facetas, que tem se tornado bem frequente por sinal, tendo inclusive, gente (não só daqui) que desistiu de fazer trabalhos com a instituição FAB por pessoas da FAB e por situações na FAB.

Como já cansei de ouvir de um velho lobo do mar: “Tem lugar que não passa de civil vestido com farda!”

Rafael M. F.

Se fazem isso com vocês, é porque certamente seu trabalho isento está incomodando muita gente incomPTente dentro da FAB.

Portanto, CONGRATS!

Sniper

Faltou a carteirinha vermelha do partido… ÊEEE PUTHÂNPHIA…

DrCockroach

Eu sou absolutamente contra a discriminacao, mas nos casos citados devo me contradizer e apoiar discriminacao.

Os editores, reporters e fotografos do Blog deveriam receber tratamento VIP, nao prejudicar os demais jornalistas, mas os amigos aqui fazem um grande trabalho e deveriam ser tratados com muita cortesia.

[]s!
P.S.: Treinamento em RP apenas solidifica a posicao da FAB como instituicao e nao desmerece nenhum dos militares envolvidos; fica a sugestao.

Justin Case

Amigos, bom dia. Todos concordamos que não há motivo específico para que seja barrado um jornalista do Poder Aéreo. Então, creio que isso pode ser desconsiderado. A não-autorização de sua entrada tem portanto outro motivo, que, a meu ver, tem relação com o número máximo de profissionais da imprensa que está programado para o evento. O anfitrião tem que estabelecer esse número máximo porque existem áreas específicas para sua permanência (que não são ilimitadas), existe um número determinado de pessoas da instituição designadas para o apoio e acompanhamento desses jornalistas, etc. Esses números e critérios certamente são concordados com todos… Read more »

Joner

Caro Justin, eu nunca pensei que diria isso, me sinto até estranho, inacreditavelmente, eu não concordo com o Sr. Todos sabemos que a imprensa, diga-se de passagem na TV e jornais impressos, mostram apenas o que É PERMITIDO, mas os canais na internet, são um pouco mais livres, e obviamente quando não tem interesses “amarrados” as publicações são feitas com justiça e isso uma hora ou outra acaba respingando na incompetência de alguns cargos elevados nas forças. O FX2 é um exemplo, o governo levava toda a culpa pela demora, mas de um tempo para cá, devido a passividade das… Read more »

Marcos

É só mudar o nome da revista:

Revistas Caras da Defesa!

Baschera

Já passei por fatos semelhantes ao tentar fazer uma matéria para o Blog Das Forças Terrestres junto ao 3º GAAAe… para fazer uma simples matéria com algumas fotos eu teria que ter autorização do III Exército…. depois de dezenas de e-mails, telefonemas e da intervenção do Galante… acabei desistindo.

Sds.

Alexandre Galante

Baschera, a relação com o Exército melhorou, depois daquela matéria do Gepard.

Wagner

Eu sabia que tinha cara das forças armadas aqui, certas coisas estavam flagrantes demais…

Qual será o grau de repercussão de nossos comentarios e opiniões em nossas Forças Armadas ??

Baschera

Galante,

Só se foi a relação do EB com Trilogia e a Revista… mas a minha não…. todos sabem que fiz e faço severas críticas ao sistema Gepard…..rssss !

Sds.

Guilherme Poggio

Caro Baschera

Reveja as suas críticas sobre o Gepard. Somente o que veio de munição no pacote custaria mais do que pagamos por tudo o que foi adquirido. O general Marcio tirou um coelho da cartola nessa negociação.

Agora sobre essas compras de sistemas antiaéreos com transferência TOTAL de tecnologia eu tenho as minhas dúvidas (mas isso é assunto para um outro blog – certo).

Joner

Wagner, o que vou dizer é puro “achismo”: Quem comenta por aqui significa apenas uma fração do total das pessoas que lêem o site, é possível sim, fazer uma estatistica de aceitação baseado em uma matéria apresentada aqui, pois acredito que os comentários seguem uma tendência, dado o alto nível de alguns participantes (eu fico de fora dessa), pois é possível chegar a uma conclusão ao final dos comentários, pois existe sempre tantos dados, que nos convencem. Quando se trata de um assunto polemico, são confrontados tantos dados, que ao final, fica facíl definir quem deve ser elogiado ou chicoteado… Read more »

DrCockroach

Off-topic: eu sabia que o colega Vader deveria estar up to something, mas nao imaginei que chegasse a tanto. E quem diria, o Baschera conspirando junto. 🙂

http://rt.com/in-motion/ukraine-darth-vader-mayor-264/

[]s!
P.S.: Vader, se o seu golpe nao funcionar, volte ai p o Blog, mas sem autoritarismo…

joseboscojr

A “coisa” é fácil de resolver. É só os editores da Trilogia passarem a publicar pelo menos 2 vezes por mês aquele link daquele brigadeiro acusando os americanos de boicotarem nosso programa aeroespacial, além de nós, comentaristas, passarmos a falar pelo menos umas duas vezes por semana, independente do tema, que o FHC foi o responsável pelo Brasil ter aderido ao tratado de não proliferação de mísseis e de armas nucleares e que por isso estamos de joelhos frente às potências imperialistas, que “voilà”, as pernas, epa, as portas se abrirão.

Santana Denis

É uma situação contraditória e envergonhante, já ouviram o ditado “quer conhecer um homem ofereça-lhe o poder”, a Presidenta foi perseguida, exilada política, no período obscuro de ditadura, onde o cidadão tinha poucos direitos e a imprensa era controlada à “pentes finos” pela ditadura, a luta foi grande para estabelecer aos cidadãos brasileiro um estado democrático de direito, e na constituição de 1988 os direitos se consolidaram. Pasmem! aquela que deu a volta por cima, que conseguiu com todas as dificuldades chegar ao poder máximo do estado brasileiro, hoje é incapaz de tratar e manter princípios básicos, já debatido incansavelmente… Read more »

jura_gol

Quando incomodamos,a unica forma de nos calar e com a truculencia de alguns,sei o quanto esta revista e o site incomoda certos politicos,entao pessoal acostumem-se pois de agora em diante ficara pior.Poggio vc e melhor que eles, faca seu melhor e nois estaremos aqui com vc.

Rinaldo Nery

Amigos, leiam a nota oficial do CECOMSAER (www.fab.mil.br), a qual explica tudo. Agora, confundir FAB com PT, como alguns acima fizeram, é um insulto à nossa inteligência. A FAB é uma instituição do Estado brasileiro, da Nação, e não do governo que aí está. Que por sinal, poderá mudar ano que vem. A oficialidade não vota no PT, isso eu garanto. Em nenhuma das 3 Forças.

Baptista Jr

Caros Alexandre, Poggio e Nunão Acompanhei o caso, desde a publicação / denúncia acima, custando a creditar que o CECOMSAER tivesse traído seu profissionalismo. Agora, depois de conversar pessoalmente com o Brig Damasceno e ler sua nota oficial, confirmo que um grande equívoco / mal entendido deu origem a uma sucessão de erros, que poderia ter sido evitada, se tivesse havido uma tentativa imediata para esclarecer os fatos. Como disse o Nery (Guardião #03 e idealizador do Super Tucano … sabiam disso?), não confundam a NOSSA Força Aérea – uma Insituição do Estado Brasileiro – com qualquer órgão político-partidário. Eu… Read more »

Guilherme Poggio

Baptista Jr escreveu:

Guardião #03 e idealizador do Super Tucano … sabiam disso?

Muito bem lembrado!

O então tenente Nery e o tenente Wagner Farias da Rocha formularam as bases do que seria o ALX. Nossa! Como o tempo passa.

Lembro também de uma entrevista que eles deram para a Revista Força Aérea (não lembro qual número, mas era uma das primeiras).

Justin Case

Amigos, boa noite.

Este é o link para a nota oficial a que se refere o Maj Brig Baptista Jr.

http://www.fab.mil.br/portal/capa/index.php?mostra=16925&NOTA%20OFICIAL%20-%20Resposta%20%E0%20nota%20do%20site%20Poder%20A%E9reo

Abraços,

Justin

Ivan

Batista Jr., Como Juarez suspeitou e concordei imediatamente, houve uma falha na comunicação. Importante é aplainar arestas, pois o objetivo do grupo de editores comandado por Alexandre Galante é divulgar o tema Defesa, e neste espaço especificamente o Poder Aéreo. A outra preocupação que coloquei acima também foi respondida. O Comando agora sabe do problema de comunicação e medidas podem ser tomadas para sanar outro evento como este, onde todos perdemos. Um bom amigo com quem laborei por alguns anos costumava dizer “só erra quem trabalha”. Certamente houve algum equívoco e não me cabe apurar ou analisar, longe disso, mas… Read more »

Adler Medrado

Tratam com desdém quem mais os defende enquanto a grande mídia, que não é especializada e só escreve asneiras e críticas descabidas sobre a FAB recebem tratamento diferenciado.

É lamentável.

Adler Medrado

Depois de ler a nota oficial da FAB, peço desculpas pelo meu comentário anterior e retiro o que disse.

lujuttel

Estão procurando pelo em ovo. Isso é comum no Brasil. Um guardinha qualquer, em geral um coitado, se acha “ótóridade” e diz que não pode, por não que conhece vocês, por que não são da “Grobo”, por que não quer mesmo ou por que a mulher dele dormiu de caça jeans e ele que descontar em alguém. Só isso. Quando aqueles que raciocinam e comandam ficam sabendo, dão uma bronca, mas aí já era. Vocês foram barrados. Tomara que agora se resolva isso e não aconteça de novo, já não que tem mais por quê. A FAB já sabe da… Read more »

Últimas Notícias

USAF seleciona o turbofan F130 da Rolls-Royce para o programa de remotorização do bombardeiro B-52

A Força Aérea dos EUA anunciou em 24 de setembro que deu à Rolls-Royce um contrato de US$ 500...
- Advertisement -
- Advertisement -