Home Aviação de Caça RAF: esquadrão número 1 recebeu o Typhoon número 100

RAF: esquadrão número 1 recebeu o Typhoon número 100

228
0

LEU-20130110-0093

O esquadrão de caça formado mais recentemente para operar o Eurofighter Typhoon Força Aérea Real britânica (RAF), o “No 1 (Fighter) Squadron”  teve a distinção de receber o 100º caça do tipo a entrar em serviço na RAF. A entrega foi noticiada pelo Ministério da Defesa do Reino Unido na terça-feira, 29 de janeiro.

Em 2011, o Esquadrão 1(F),  cuja história remontava a 1912, havia sido desativado. Há quatro meses, a unidade foi reativada na Base Aérea de Leuchars, na Escócia, recebendo seus primeiros Typhoons. E agora chegou a vez do esquadrão “número 1” receber o Typhoon número 100, justamente no período em que ainda comemora o 100º aniversário de sua criação.

LEU-20130110-0022A RAF prossegue sua mudança rumo a uma frota combinada de jatos Typhoon e F-35 (Joint Strike Fighter – caça de ataque conjunto), que são dois dos mais modernos e capazes aviões de combate multitarefa do mundo. O F-35 Lightning II é uma aeronave furtiva de quinta geração que significa uma mudança de patamar na capacidade de combate do Reino Unido.

Quanto ao Typhoon, ele já responde pela defesa aérea do Reino Unido e das ilhas Falkland (Malvinas), e suas capacidades de ataque terrestres foram importantes nas operações aliadas sobre a Líbia.

O Ministério da Defesa também informou, na nota, que deverá gastar um total de 18 bilhões de libras (aproximadamente 28,4 bilhões de dólares ou 56,5 bilhões de reais) nos próximos 10 anos em aviões de combate, o que inclui a continuidade do investimento no Typhoon para colocar os mais recentes modelos Tranche 2 e 3 totalmente em serviço.

Como prioridade para o futuro, estão investimentos para desenvolver e aprimorar ainda mais as capacidades multitarefa do caça, assim como as de inteligência, vigilância, aquisição de alvos e reconhecimento. A entrega do caça número 100 vem logo após a assinatura, pelo ministério, de um contrato de 25 milhões de libras (aproximadamente 39,4 milhões de dólares ou 78,4 milhões de reais) com a Raytheon, visando mais bombas de precisão Paveway IV para a RAF.

LEU-20130110-0022

Essas armas serão utilizadas por jatos Tornado no Afeganistão e também significarão uma capacidade chave para o Typhoon e o F-35 Lightning II.  Esse contrato contribui para manter 450 empregos em instalações da Raytheon no Reino Unido.

FONTE / FOTOS: Ministério da Defesa do Reino Unido (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of