quinta-feira, setembro 23, 2021

Gripen para o Brasil

Segundo Irã, VANT capturado recolhia informações militares e ‘petrolíferas’

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O Corpo de Guardiães da Revolução do Irã afirmou nesta quarta-feira que o avião de observação não-tripulado americano ScanEagle, que dizem ter capturado, estava dedicado a recolher informação militar e petrolífera, informou a televisão oficial em inglês, “PressTV”.

“Extraímos totalmente a informação” do avião não-tripulado, disse hoje um porta-voz do Departamento de Relações Públicas dos Guardiães da Revolução, em relação ao aparelho americano que ontem asseguraram ter capturado quando voava em seu espaço aéreo sobre águas do Golfo Pérsico.

“O aparelho, além de coletar informação militar, era utilizado para colher informação em matéria de energia, especialmente sobre o transporte de petróleo nas terminais petrolíferas iranianas”, acrescentou o porta-voz.

Para ele, a captura do avião não-tripulado “mostra a informação que eles (os americanos) buscam” e sua reação diante da perda do aparelho, não admitida por Washington, “indica a importância que dão ao tema, embora não vá ser fácil negá-lo”.

Ontem, após o anúncio iraniano, o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, disse em sua entrevista coletiva diária que não tinham provas de que as afirmações dos iranianos sobre a suposta captura do avião espião não-tripulado fossem certas, sem mais detalhes.

O modo com que o aparelho foi capturado, segundo a fonte, é muito importante para os Guardiães: “Podemos dizer que o que o avião não-tripulado ficasse enredado na rede de segurança de nossa Força Naval é mais importante que a captura do RQ 170 Sentinel”, a aeronave “invisível” não tripulada mais moderna de EUA.

Os Guardiães asseguraram que darão mais informações sobre o aparelho se for necessário, para provar que têm em seu poder o avião espião.

O Irã anunciou algumas vezes anteriores que tinha derrubado aviões não tripulados americanos e israelenses dentro de seu espaço aéreo terrestre ou sobre suas águas territoriais e, em 1º de novembro, caças iranianos dispararam, sem derrubá-lo, contra outro avião de reconhecimento militar não-tripulado dos EUA.

Há uma semana, o Irã acusou os EUA de ter violado oito vezes desde outubro seu espaço aéreo e afirmou que o país “preservará e protegerá” seu território “de maneira contundente”, em uma declaração de porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Ramin Mehmanparast.

O ScanEagle é um pequeno aparelho de reconhecimento não-tripulado de baixo custo, fabricado pela empresa aeronáutica americana Boeing, que as Forças Armadas dos EUA começaram a utilizar no Iraque em 2004, é lançado por uma espécie de catapulta, tem uma autonomia de mais de 20 horas com um rádio de ação de 100 quilômetros.

FONTE: Info / FOTO: Boeing

COLABOROU: Edgar E.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

3 Comments

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Edgar

Não acho difícil os persas terem “jammeado” tanto esse quanto o outro UAV. A grosso modo bastaria acessar a camada de comunicações do UAV na mesma frequência utilizada pelo host, capturar o padrão criptográfico de chamadas de funções entre o host e UAV (não necessariamente seria preciso decodificar a troca de msgs) e dar entrada na interface de comunicações do UAV como um novo host, o que, em meu ponto de vista, já seria suficiente para a realização de ações direcionais no veículo, como manobras e aproximação/pouso. Bastariam alguns programadores motivados pra fazer o serviço, e isso tem de sobra… Read more »

joseboscojr

Edgarzão,

Não é mais fácil dar um tiro nele não?!!
Rsrsss

Edgar

Hehehehe Bosco, mas aí não teria graça! Imagina os programadores tirando onda na faculdade pq jammearam um UAV americano!

Sem contar que a prática mais comum de regimes neo-facistas como o dos aiatolás e dos bolivarianos da AS é a exposição de fotografias dos “feitos” realizados por seus desgovernos 🙂

Além do que, eles tem a esperança de realizarem a engenharia reversa no software da aeronave, o que acho válido, uma vez que em Dezembro de 7012 eles irão concluir o serviço e se tornar de vez a maior potência mundial.

Últimas Notícias

IMAGENS: T-27M Tucano da FAB com nova pintura

A Força Aérea Brasileira divulgou imagens do T-27M Tucano modernizado com sua nova pintura. A escolha da identidade visual contou...
- Advertisement -
- Advertisement -