quarta-feira, janeiro 26, 2022

Gripen para o Brasil

Programa de certificação de bombas guiadas a laser da FAB avança

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A Força Aérea Brasileira realizou nesta terça-feira (1/5) o primeiro lançamento de bomba guiada a laser no estande de tiro de Saicã, a 110 km da cidade de Santa Maria (RS), tendo o A-1 (AM-X) como aeronave plataforma.

O lançamento faz parte da campanha de certificação das configurações armadas do A-1 com bombas guiadas a laser no Brasil. O kit de guiamento laser é instalado em diversas bombas de fins gerais (BAFG). A partir da instalação dos kits, a BAFG passa a ter uma excelente precisão.

Os voos são realizados com uma aeronave A-1, nas configurações armadas definidas pelo Estado Maior da Aeronáutica (EMAER) e serão utilizados para o processo de modernização das aeronaves (projeto A-1M), em execução pela EMBRAER.

A Operação Poker é coordenada pelo Departamento de Ciência e Tecnologia da Aeronáutica (DCTA), com a participação do Instituto de Pesquisas e Ensaios em Voo (IPEV), Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE).

Além do DCTA, participam da campanha os Esquadrões 1º/10º GAv, 3º/10º GAv, 1º/12º GAv, com o suporte da Base Aérea de Santa Maria (BASM), do Parque de Material Bélico (PAMB) e das empresas Aeroeletrônica e Rafael. Os voos de certificação continuarão até 10 de maio na cidade de Santa Maria (RS).

 

FONTE/FOTOS: DCTA/FAB

- Advertisement -

13 Comments

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
GHz

Ao lembrar que a Paveway I foi empregada na Guerra do Vietnã, constatamos que neste campo estamos com mais de 40 anos de atraso.

Alfredo Araujo

Discordo GHz…

Mesmo não conhecendo a tecnologia empregada na Paveway 1, não acredito q seja a mesma empregada na bomba brasileira…

Sensores laser, e outras tecnologias envolvidas, evoluiram um pouco de 40 anos para cá… rsrs

HRotor

Antes tarde do que nunca…
No país do Lulalá, mensalão, futebol, carnaval, BBB e demais oba-obas, ainda bem que sobrou esse punhado de gente guerreira.
Yes we can!

Mauricio R.

“…não acredito q seja a mesma empregada na bomba brasileira…”

Esse kit laser, está c/ cara de ser israelense.

Ricardo Cascaldi

2 boas notícias 2 dias seguidos… se continuar assim eu to feliz, pequenos passos mas de grande importância. Tem que começar em algum lugar!

Vader

Putz, que matéria horrível! Impressionante como a comunicação da Força Aérea é ruim, quando comparada com outras FAs ao redor do mundo.

Pombas, qual era a configuração do A-1? “A que o Estado-Maior definiu”???? Que diabos de configuração é essa????

E qual o resultado dos lançamentos? Qual o nível de precisão das bombas? “uma excelente precisão”?????

Inacreditável. Porque diabos fazer tanto segredo por causa de um cacareco de bomba guiada que o mundo desenvolvido já possui a 30 anos?

Me recuso a comentar uma matéria lixosa como essa.

Marcelo

Como sempre os críticos de internet já se manifestaram…o importante é que a modernização do AMX que a FAB e a Embraer estão realizando está de vento em popa. Finalmente teremos um vetor de ataque de respeito, com armamento moderno. As coisas evoluem , apesar dos críticos que nada fazem.

Grifo

Senhores, mais um milestone atingido em um dos programas mais importantes da FAB. Continuo acreditando que o AMX-M vai ser o mais letal sistema de armas da FAB, nosso maior diferencial em relação aos nossos vizinhos.

Mauricio R.

Considerando que nossos vizinhos, inclusive a Venezuela e seus “Flankers”, estão prá lá de capengas e a política oficial é não reclamar de suas demandas, mas simplesmente atende-las; melhor seria economizar a verba.
Podemos precisar qndo adquirirmos o tampax que substituirá os F-5, ao fim da vida utíl destes.

sergiocintra

Poggio São desse tipo de matéria, que nós entusiasta gostamos de ver e apreciar, agora as longas matérias sobre o q acontece na India, Paquistão, Turquia, que o x componente francês saiu da base tal p/ a base tal, pouco nos incomoda, mas esse tipo de matéria nós aproxima. Sabemos o q envolve toda uma parafernalha e grana, maaasss.. Estou digitando ao lado do banner do livro do F-5 e lembrando da otima matéria do Nunão sobre os mesmos. Minha unica e exclusiva opinião, esse é o caminho. Temos a operação Agata transcorrendo, trocentos militares “brasileiros” empenhados e….minha observação ou… Read more »

joseboscojr

As aquisições de armas de um país se baseia muito na geopolítica, no cenário em que tal país está inserido. Por um lado é bom que tais armas estejam sendo introduzidas só agora já que a toda ação corresponde uma reação. A partir do momento que tivermos armas ar-sup capazes de serem lançadas fora do alcance das defesas dos países vizinhos haverá um reposicionamento das peças do jogo de xadrez regional com a aquisição de armas ofensivas semelhantes e defensivas capazes de abranger essa nova ameaça. Com a introdução de bombas guiadas por laser e GPS substituindo o velho ataque… Read more »

joseboscojr

Interessante a participação da Rafael e não da Elbit.
Até onde eu sei tínhamos comprados um lote de kits de orientação laser (Lizard) da Elbit.

Giordani RS

Definitivamente, a FAB tem um problema de comunicação…morre de medo de se expor…morre de medo que os outros saibam seus “segredos”…por favor…e as imagens da bombas sendo lançadas? e que papo é esse de configuração do estado-maior???? Que coisa mais sem sentido!
Na boa, os EUA e Israel testam bombas mega-up-power-slan e a poderosa FAB não divulga a imagem ou o vídeo de uma bomba guiada por uma tecnologia de mais de 30 anos???? Ah, bem vinda aos Anos 80…

Últimas Notícias

Embraer conclui com sucesso reintegração do negócio de Aviação Comercial

São José dos Campos, 26 de janeiro de 2022 - A Embraer concluiu com sucesso a reintegração dos principais...
- Advertisement -
- Advertisement -