terça-feira, agosto 3, 2021

Gripen para o Brasil

Governo Indiano não espera que negociações do Rafale dêem errado

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Declaração de que decisão é final e que o contrato não está em aberto responde a pronunciamentos britânicos de que escolha do Rafale seria algo preliminar

Segundo a agência PTI (Press Trust of India), o Governo Indiano deixou claro nesta sexta-feira, 2 de março, que a seleção do Rafale para o programa multibilionário de 126 caças foi final, e que não espera que as negociações dêem errado.

O ministro de Estado para a Defesa, M M Pallam Raju, disse que “a decisão é final na medida em que a seleção é levada em conta.” A declaração foi dada após Raju ser perguntado sobre pronunciamento britânico de que tentaria persuadir a Índia a considerar o Eurofighter Typhoon, porque a decisão indiana seria apenas “preliminar e não final”. O Typhoon, que perdeu a competição para o Rafale, é fabricado por um consórcio de quatro nações.

Raju disse que as negociações do contrato estão sendo feitas com a fabricante do Rafale, a Dassault Aviation, acrescentando que “após todas as negociações serem completadas, poderemos dizer que é final.” Perguntado se isso significava que o acordo está em aberto, Raju disse: “Não. No momento, o Rafale foi finalizado. Esse é o final.” Ele acrescentou que “espera-se que nada de errado (nas negociações do contrato).”

FONTE: Press Trust of India (PTI) via Zeenews (tradução, adaptação e edição: Poder Aéreo)

- Advertisement -

16 Comments

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo

lerarirarai…pessoal que gosta do Typhoon ( ou melhor dizendo, os que detestam o Rafale), vão chorar na cama, que é mais quentinho! hehehe.

A propósito, não eram os ingleses que sabiam Perder?

Corsario137

Estranho seria se eles esperassem o contrário…

Mauricio R.

A dupla negativa:

a-) desconsideram a vida pregressa de Le Jaca e seus folclóricos fracassos.

b-) renegam as próprias práticas, neste assunto.

O mais sentsato e aguardarmos o desenrolar das negociações.

Ivan

Acredito que o assunto M-MRCA está encerrado em favor do Rafale. Méritos da aeronave, mas também de Paris que soube oferecer vários pacotes interessantes que Nova Dehli precisava quase desesperadamente. Observem que o negócio com a SNECMA para ajudar a construir a turbina KAVERI Mk10 saiu como off set após quase 4 (quatro) anos de negociações. Comentam que a França estaria negociando tecnologia nuclear para ‘uso pacífico’ com a Índia, algo que os franceses conhecem bem e não tem grandes pudores em fornecer, com já vimos em outras partes (de Israel ao Iraque). Mas também devemos registrar o DEMÉRITO do… Read more »

Antonio M

“…: “Não. No momento, o Rafale foi finalizado. Esse é o final.” Ele acrescentou que “espera-se que nada de errado (nas negociações do contrato).” …”

E se der algo errado nas negociações do contrato não tem relevância, pois se o Rafale já foi finalizado, como disse, o que importa um contrato ?!?!

Não deixa de ser uma afirmação meio contraditória. Diga apenas que o Rafale foi escolhido e ponto final.

juarezmartinez

O que seu houve nos por “aí” é que ainda é muito cedo para dar favas contadas neste contrato, a turma doTyphoon está se articulando comercialmente nos negócios com as exportações Indianas para os países do consórcio, parece que os Rafales vão custar mais caro do que o preço docontrato, pelo menos para as exportações Indianas.

Grande abraço

Grande abraço

edcreek

Ola, A diferença de postura da India e do Brasil, quando os Ingleses pensaram e questionar o final da concorrencia, logo em seguida já vem uma nota oficial dizendo que o caso esta encerrado e ponto final…. Na republica bananeira quando se fala que comprou algo, e começa a reclamação geral o governo faz exatamente o contrario, a unica que bateu no peito foi a Marinha na questão do Subnuc…Quando a impressa começou a buscar submarinos mais baratos a marinha simplesmente falou que ela sabia o que queria e por favor calem a boca…Como todos sabemos o concorrente não tinha… Read more »

Antonio M

edcreek disse:
3 de março de 2012 às 10:05

Mas que tem para células de hidrogênio porém, como sofremos da tal síndrome Nelson Jobin tanto o F35 como propulção por células de hidrogênio “é demais para nós” ….

Antonio M

propulsão

Marcelo

Antônio M, propulsão a células de H2 é melhor que Nuclear? Aonde? nos seus Sonhos? Hauahuahauahuahauahauah!

Antonio M

Quem está falando de melhor? Há vantagens e desvantagens nos dois. E quantos SubNuc teremos? Um? A que custo? E quando ?

E como o PA, quem tem um, não tem nenhum …..

Daglian

Eu particularmente acho difícil o Rafale perder essa nesta situação. Aliás, pelo menos pra mim, foi ótimo o Rafale ganhar lá na Índia, pois, pelo jeito que o FX-2 caminha [se houver escolha de caça] vai dar Rafale. E se der Rafale, que seja com o menor preço possível pelo menos, se houver redução nos preços do nosso, claro… Não que isso seja barato de qualquer forma. Sobre o subnuc, tenho uma pergunta: Não acompanhava este assunto na sua época. Portanto, vocês poderiam me dizer se a marinha chegou a ver com os ingleses/americanos ou russos sobre os subnucs também,… Read more »

Antonio M

Quanto ao assunto do Sub, PA etc melhor discutir no outro blog. Senão vamos tomar bronca! rsrsrsrsrsr!!!

Mauricio R.

“Como todos sabemos o concorrente não tinha a tecnologia nuclear para o submarino, ponto final.” Nem a tecnologia do “Scórpene”, pode-se dizer que é genuinamente e exclusivamente, francesa. Quem quer tecnologia de submarino nuclear, desenvolve a própria e não vai atrás das dos outros. “…vocês poderiam me dizer se a marinha chegou a ver com os ingleses/americanos ou russos sobre os subnucs também, ou foram direto no francês?” Os americanos sequer conversaram sobre o assunto, os ingleses são do contra graças a “los hermanos” e os russos não transfeririam a tecnologia desejada. Qnto aos franceses, alegadamente estariam somente prestando consultoria… Read more »

Mauricio R.

OFF TOPIC…

…mas nem tanto:

Iiiiiuuuuuppppppiiiiiii!!!

Outro M-2000 indiano arou terra!!!
Não é só de acidentes com Mig-21, que a IAF vive.

(http://t.co/hYHuTrfQ)

Outro M-2000 a menos, no planeta!!!

PS: Ah, a tripulação ejetou em segurança.

Últimas Notícias

Pilotos russos usaram receptores GPS feitos nos EUA durante missões de combate na Síria

Pilotos militares russos usaram receptores comerciais GPS de navegação por satélite durante suas operações de combate na Síria, de...
- Advertisement -
- Advertisement -