Home Noticiário Internacional Governo Indiano não espera que negociações do Rafale dêem errado

Governo Indiano não espera que negociações do Rafale dêem errado

91
16

Declaração de que decisão é final e que o contrato não está em aberto responde a pronunciamentos britânicos de que escolha do Rafale seria algo preliminar

Segundo a agência PTI (Press Trust of India), o Governo Indiano deixou claro nesta sexta-feira, 2 de março, que a seleção do Rafale para o programa multibilionário de 126 caças foi final, e que não espera que as negociações dêem errado.

O ministro de Estado para a Defesa, M M Pallam Raju, disse que “a decisão é final na medida em que a seleção é levada em conta.” A declaração foi dada após Raju ser perguntado sobre pronunciamento britânico de que tentaria persuadir a Índia a considerar o Eurofighter Typhoon, porque a decisão indiana seria apenas “preliminar e não final”. O Typhoon, que perdeu a competição para o Rafale, é fabricado por um consórcio de quatro nações.

Raju disse que as negociações do contrato estão sendo feitas com a fabricante do Rafale, a Dassault Aviation, acrescentando que “após todas as negociações serem completadas, poderemos dizer que é final.” Perguntado se isso significava que o acordo está em aberto, Raju disse: “Não. No momento, o Rafale foi finalizado. Esse é o final.” Ele acrescentou que “espera-se que nada de errado (nas negociações do contrato).”

FONTE: Press Trust of India (PTI) via Zeenews (tradução, adaptação e edição: Poder Aéreo)

16
Deixe um comentário

avatar
16 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
9 Comment authors
DaglianedcreekjuarezmartinezAntonio MFernando "Nunão" De Martini Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcelo
Visitante
Member
Marcelo

lerarirarai…pessoal que gosta do Typhoon ( ou melhor dizendo, os que detestam o Rafale), vão chorar na cama, que é mais quentinho! hehehe.

A propósito, não eram os ingleses que sabiam Perder?

Corsario137
Visitante
Member
Corsario137

Estranho seria se eles esperassem o contrário…

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

A dupla negativa:

a-) desconsideram a vida pregressa de Le Jaca e seus folclóricos fracassos.

b-) renegam as próprias práticas, neste assunto.

O mais sentsato e aguardarmos o desenrolar das negociações.

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Acredito que o assunto M-MRCA está encerrado em favor do Rafale. Méritos da aeronave, mas também de Paris que soube oferecer vários pacotes interessantes que Nova Dehli precisava quase desesperadamente. Observem que o negócio com a SNECMA para ajudar a construir a turbina KAVERI Mk10 saiu como off set após quase 4 (quatro) anos de negociações. Comentam que a França estaria negociando tecnologia nuclear para ‘uso pacífico’ com a Índia, algo que os franceses conhecem bem e não tem grandes pudores em fornecer, com já vimos em outras partes (de Israel ao Iraque). Mas também devemos registrar o DEMÉRITO do… Read more »

Antonio M
Visitante
Member
Antonio M

“…: “Não. No momento, o Rafale foi finalizado. Esse é o final.” Ele acrescentou que “espera-se que nada de errado (nas negociações do contrato).” …”

E se der algo errado nas negociações do contrato não tem relevância, pois se o Rafale já foi finalizado, como disse, o que importa um contrato ?!?!

Não deixa de ser uma afirmação meio contraditória. Diga apenas que o Rafale foi escolhido e ponto final.

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

O que seu houve nos por “aí” é que ainda é muito cedo para dar favas contadas neste contrato, a turma doTyphoon está se articulando comercialmente nos negócios com as exportações Indianas para os países do consórcio, parece que os Rafales vão custar mais caro do que o preço docontrato, pelo menos para as exportações Indianas.

Grande abraço

Grande abraço

edcreek
Visitante
Member
edcreek

Ola, A diferença de postura da India e do Brasil, quando os Ingleses pensaram e questionar o final da concorrencia, logo em seguida já vem uma nota oficial dizendo que o caso esta encerrado e ponto final…. Na republica bananeira quando se fala que comprou algo, e começa a reclamação geral o governo faz exatamente o contrario, a unica que bateu no peito foi a Marinha na questão do Subnuc…Quando a impressa começou a buscar submarinos mais baratos a marinha simplesmente falou que ela sabia o que queria e por favor calem a boca…Como todos sabemos o concorrente não tinha… Read more »

Antonio M
Visitante
Member
Antonio M

edcreek disse:
3 de março de 2012 às 10:05

Mas que tem para células de hidrogênio porém, como sofremos da tal síndrome Nelson Jobin tanto o F35 como propulção por células de hidrogênio “é demais para nós” ….

Antonio M
Visitante
Member
Antonio M

propulsão

Marcelo
Visitante
Member
Marcelo

Antônio M, propulsão a células de H2 é melhor que Nuclear? Aonde? nos seus Sonhos? Hauahuahauahuahauahauah!

Antonio M
Visitante
Member
Antonio M

Quem está falando de melhor? Há vantagens e desvantagens nos dois. E quantos SubNuc teremos? Um? A que custo? E quando ?

E como o PA, quem tem um, não tem nenhum …..

Daglian
Visitante
Daglian

Eu particularmente acho difícil o Rafale perder essa nesta situação. Aliás, pelo menos pra mim, foi ótimo o Rafale ganhar lá na Índia, pois, pelo jeito que o FX-2 caminha [se houver escolha de caça] vai dar Rafale. E se der Rafale, que seja com o menor preço possível pelo menos, se houver redução nos preços do nosso, claro… Não que isso seja barato de qualquer forma. Sobre o subnuc, tenho uma pergunta: Não acompanhava este assunto na sua época. Portanto, vocês poderiam me dizer se a marinha chegou a ver com os ingleses/americanos ou russos sobre os subnucs também,… Read more »

Antonio M
Visitante
Member
Antonio M

Quanto ao assunto do Sub, PA etc melhor discutir no outro blog. Senão vamos tomar bronca! rsrsrsrsrsr!!!

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“Como todos sabemos o concorrente não tinha a tecnologia nuclear para o submarino, ponto final.” Nem a tecnologia do “Scórpene”, pode-se dizer que é genuinamente e exclusivamente, francesa. Quem quer tecnologia de submarino nuclear, desenvolve a própria e não vai atrás das dos outros. “…vocês poderiam me dizer se a marinha chegou a ver com os ingleses/americanos ou russos sobre os subnucs também, ou foram direto no francês?” Os americanos sequer conversaram sobre o assunto, os ingleses são do contra graças a “los hermanos” e os russos não transfeririam a tecnologia desejada. Qnto aos franceses, alegadamente estariam somente prestando consultoria… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

OFF TOPIC…

…mas nem tanto:

Iiiiiuuuuuppppppiiiiiii!!!

Outro M-2000 indiano arou terra!!!
Não é só de acidentes com Mig-21, que a IAF vive.

(http://t.co/hYHuTrfQ)

Outro M-2000 a menos, no planeta!!!

PS: Ah, a tripulação ejetou em segurança.