Home Noticiário Internacional Na década de 1980, Turquia poderia ter comprado caças F-18…

Na década de 1980, Turquia poderia ter comprado caças F-18…

285
15

…mas um suborno teria levado à aquisição do F-16, segundo jornal turco

Segundo reportagem de 12 de janeiro do jornal turco “Today’s Zaman”, uma investigação a respeito dos líderes do golpe de estado que ocorreu na Turquia em 1980 poderá incluir alegações de corrupção sobre o comandante da Força Aérea do país daquele período, General Tahsin Şahinkaya. As informações são de um sargento reformado, e relacionam-se à compra de caças F-16 da Lockheed Martin (nota do editor: à época, os caças eram um produto da General Dynamics).

Na última terça-feira, uma corte turca aceitou o indiciamento no caso do golpe de 12 de setembro de 1980, abrindo o caminho para o julgamento dos seus líderes, no qual o procurador pede por prisão perpétua sem direito a recurso. Assim, os líderes Kenan Evren e Şahinkaya se submeterão a julgamento 30 anos após o sangrento golpe de estado.

Porém, o sargento reformado e especialista em defesa e minas, Ahmet Zengin, disse ao jornal que as dimensões econômicas dos golpes na turquia nunca são discutidas ou questionadas, apesar do fato de que golpes afetam negativamente a economia de países. Ele alega que vários dos programas de aquisição de armas que foram feitos logo após os golpes são marcados pela corrupção e, especificamente, que há alegações de que esse foi o caso da compra dos caças F-16. Irregularidades a respeito dessa compra foram investigadas em todos os países envolvidos, menos na Turquia, e  Şahinkaya foi acusado de se beneficiar pessoalmente da aquisição dos F-16. Uma comissão parlamentar de investigação foi formada e preparou um relatório, após 15 meses, de 278 páginas. Mas o relatório não foi considerado importante, sendo arquivado.

Zengin diz que  “Şahinkaya foi, repentinamente, mostrado na revista TIME como um dos 50 generais mais ricos do mundo. E há uma alegação sobre a compra dos F-16 logo após o golpe emergir. Isso, estranhamente, nunca foi investigado. Ele fez as Forças Armadas comprarem o F-16 ao invés do F-18, e o suborno foi de 23 milhões de dólares. O então embaixador turco nos Estados Unidos, Şükrü Elekdağ e o subsecretário da embaixada turca em Washington, Yalım Eralp, disseram que  Kenan Evren foi informado sobre a corrupção e o suborno. Elekdağ escreveu a Evren uma carta repleta de detalhes, explicando tudo. Mas Evren jogou a carta no lixo e não se importou com o assunto. Agora, a maioria dos caças que foram comprados estão sem uso.”

Zengin também afirmou que também deveria ser investigada a competição de carros de combate de 2002, em que a Israeli Military Industries (IMI) recebeu um contrato de 687,5 milhões de dólares para modernizar 170 tanques M60, mas falhou em finalizar o projeto apesar de ser paga regularmente.

FONTE: Today’s Zaman FOTOS: USAF

Subscribe
Notify of
guest
15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz
Clésio Luiz
8 anos atrás

Vale lembrar que na década de 1980 quem fabricava e vendia o F-16 era a General Dynamics.

Mauricio R.
Mauricio R.
8 anos atrás

Aviãozinho rende, 600 páginas e contando!!!

LuppusFurius
LuppusFurius
8 anos atrás

Lá como cá corrupção há !!! Agora veremos se impunidade há como cá?

Uitinã
Uitinã
8 anos atrás

E eu pensando que era só a Dassault que dava uns agrados pra vender seus produtos vai saber né.

asbueno
asbueno
8 anos atrás

Não me lembro dos detalhes, mas a Lockheed teve um sério caso de corrupção no Japão. Creio que na década de 70.

asbueno
asbueno
8 anos atrás

O caso Lockheed-Japão referia-se ao suborno de altas figuras do governo japonês á época para emplacar o L-1001 Tristar.

http://www.newyorker.com/archive/1978/01/23/1978_01_23_048_TNY_CARDS_000328059

Marcos
Marcos
8 anos atrás

Ainda bem que essas coisas não ocorrem por aqui.
Essa é a vantagem de se morar em um país sério como nosso, onde as mais altas autoridades cantam o Hino Nacional diariamente.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
8 anos atrás

Dia desses estavam acusando a Embraer de suborno para a compra de ST na Colômbia.

thomas_dw
thomas_dw
8 anos atrás

”Agora, a maioria dos caças que foram comprados estão sem uso.”

todos os F-16 comprados estao em uso e a Turquia esta recebendo mais 30, os Turcos compraram uma licensa de producao, este artigo esta todo errado

Guilherme Poggio
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
8 anos atrás

Nunão

Era Manta, no Equador. Agora a base deles na AL fica na Colômbia.