terça-feira, setembro 21, 2021

Gripen para o Brasil

Dilma e primeiro-ministro francês desviam de debate sobre caças

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Projeto de compra de 36 aeronaves está engavetado desde 2009, devido ao alto preço do modelo francês

 

Apesar de destacarem a importância da parceria estratégica na área de defesa entre Brasil e França, nem a presidente Dilma Rousseff, nem o primeiro-ministro francês, François Fillion, fizeram referência em seus discursos ao projeto FX-2, que prevê a compra de 36 caças e que está engavetado no Palácio do Planalto. Em 7 de setembro de 2009, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente Sarkozy divulgaram nota conjunta apontando para a escolha do modelo francês, em detrimento do americano e o sueco. O impasse sobre o alto preço o Rafale, no entanto, emperrou o negócio, que está parado aguardando melhores momentos. O governo tem sinalizado que só voltará a tratar deste tema com o fim das dificuldades orçamentárias, sem sinalizar datas.

“Queremos construir uma verdadeira indústria nacional de defesa no Brasil e as parcerias com a França, em todos os setores, devem se inserir nesse objetivo e na ampliação de nossas capacidades e tecnologia”, disse a presidente, em sua fala, que se referia às parcerias entre Brasil e França em construção de helicópteros e submarinos. A presidente Dilma, em seu discurso, ao lado de Fillion, disse que “a França é uma parceira fundamental do Brasil tanto do ponto de vista econômico quanto político”, acrescentando que “a área de defesa é um dos pilares da parceria estratégica” entre os dois países.

Em seu discurso, a presidente salientou ainda que o comércio entre Brasil e França no quinquênio 2006-2010 apresentou crescimento médio de 11%, passando de US$ 5,5 bilhões para US$ 8,4 bilhões. Ela lembrou ainda que em 2011 as trocas bilaterais registraram incremento “muito significativo”. Segundo Dilma, a França já é o quinto maior investidor no Brasil em 2011, com US$ 2,3 bilhões, o que representa 4,5% do total de investimentos recebidos.

FONTE: Estadão

FOTO: Força Aérea Francesa (Armée de l’air)

- Advertisement -

8 Comments

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Baschera

Não sei quem está mais “morto”… se o FX-2 ou o Rafale !!

Sds.

Darkman

Caro Bashera,
Estoua chando que não vamos ter caça nehum apenas usados se ela desejar. Não consigo ver nenhuma chance do anuncio do FX2, do Rafale então qdo se fala em custos piorou.

Vamos continuar na mesma merla de sempre.

Abs.

Nick

Que diferença da época da dupla Lula-Joban…. 🙂

Mas os franceses não tem do que reclamar…
Sobre o FX-2 o deadline tem de ser 31.03.2012. No dia 01.04.2012 a FAB tem de acionar o plano B, ou C, infelizmente.

´[]’s

Vader

Bem feito. A rafalechada boba e a antiamericanalhada estava toda ouriçada, achando que a Tia Estela iria decidir a parada em favor da JACA só porque o idiota do PM francês viria pra cá.

Chegou do jeito que saiu. Não mudou nem uma vírgula o discurso oficial.

Nada como um choque de realidade pra fazer rafalete chorar de bruços na caminha, que é mais quentinho… 🙂

Darkman

Não vamos ter alternativa Nick vão ter que adquirir caças usados que serão mas MIrage 2000.

Isso vai alongar mas ainda a chegada de FX2

Abs.

Observador

Senhores, É possível ver duas verdades neste encontro: 1 – a decisão do FX não é prioridade. A Dilma tem preocupações mais urgentes (para ela) como queda de ministros, reforma ministerial, Copa do Mundo, Olim-piada e crise econômica, mais ou menos nesta ordem de importância. Só vai sair alguma coisa – se sair – ano que vem, depois que ela tiver arrumado a casa do jeito dela, sem a ingerência do sapo barbudo. 2 – Ela é pragmática. Até comprava o Rafale, pois este está no short-list da FAB (quem mandou a FAB ceder a pressões escusas e colocá-lo lá?),… Read more »

DrCockroach

Prezado Observador, Concordo com praticamente todo o seu comentario. 1. Realmente o Fx-2 nao eh prioridade. Mas, diga-se de passagem, a crise internacional nao eh desculpa p/ nao conclui-lo. Vc provavelmenet concorda comigo que quem somente uma vez trabalhou fora de cargos publicos de confianca e ainda sem sucesso (a famosa loja de 1,99), que teoricamente tb nao eh exemplo (mentiu sobre o mestrado e doutorando em economia), que a execucao orcamentaria eh vergonhosa (corta investimentos, e nao despesa de custeio), e que uma “gerentona” nao teria 39 ministerios e ainda despachando com os secretarios-executivos, tem pouco p/ acrescentar em… Read more »

Observador

Caro Dr. Küchenschabe,

Eu também concordo com isto, mas só na proximidade das próximas eleições presidenciais, em 2014.

Daí virão com toda aquela papagaida do “Brasil-Putênfia” do sapo barbudo e vão anunciar a compra.

De novo.

Mas quero ver é cumprir.

De novo.

Sim, porque este pessoal aboletado no Poder não tem compromisso com a defesa do Brasil ou o que quer que seja, a não ser o compromisso em ficar lá, agarrado na teta.

Observador, o pessimista.

Últimas Notícias

Pintura comemorativa nas aeronaves da RSAF no 91º Dia Nacional da Arábia Saudita

O 91º Dia Nacional da Arábia Saudita contou com a apresentou das aeromaves Eurofighter Typhoon, Tornado, F-15C Eagle e...
- Advertisement -
- Advertisement -