quinta-feira, junho 30, 2022

Gripen para o Brasil

As armas do Harvest HAWK

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A imagem acima é do container instalado na rampa traseira de um KC-130J do projeto Harvest HAWK. O container leva dez mísseis Griffin. O KC-130J também foi equipado com kits de sensores e mísseis Hellfire.

A aeronave está operacional com o esquadrão VMGR-252 do USMC atuando no Afeganistão permitindo que realize reconhecimento e apoio aéreo aproximado além da missão original de reabastecimento em voo. Ela permanece até 10 horas no ar enquanto um F/A-18 fica cerca de 90 minutos sem reabastecimento em voo.

Um único KC-130J cobre 8 a 10% do tempo necessário para apoiar a Área de Operação do USMC. O KC-130J equipado com o Harvest HAWK já entrou em ação e em uma missão no dia 14 de março um KC-130J disparou seus quatro Hellfire em uma missão. Os operadores de sistemas são tripulantes dos Hornet, Harrier e Cobra pois os esquadrões de transporte não tem tripulantes com experiência em operações ofensivas.

Previous articleTrailer do filme ‘Red Tails’
Next articleTouchdown!
- Advertisement -

1 Comment

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
joseboscojr

Com a precisão dos mísseis aumentando de forma dramática, com a necessidade de VANTs cada vez menores levarem armas de modo a incrementar o poder de fogo e a flexibilização, e com a tendência cada vez maior em se reduzir ao máximo os danos colaterais, mesmo porque, se alguém quer destruir uma casa, não precisa destruir o quarteirão, mísseis e bombas guiadas estão cada vez ficando menores. Hoje, o Hellfire e a SDB são considerados grandes para as funções a que se destinam na guerra urbana/contra-terrorismo. Mísseis e bombas como o Griffin, Viper Strike, Scorpion, Spike (americano),etc, serão cada vez… Read more »

Últimas Notícias

República Tcheca estuda substituir caças Gripen C/D pelo F-35

O Ministério da Defesa da República Tcheca está decidindo a compra de novos caças, que substituirão 14 aeronaves supersônicas...
- Advertisement -
- Advertisement -