quinta-feira, outubro 21, 2021

Gripen para o Brasil

Caças franceses destroem cinco Galeb líbios e dois Mi-35

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O porta-voz do Ministério da Defesa francês, Thierry Burkhard, informou que caças Rafale destruíram cinco jatos líbios SOKO Galeb e dois helicópteros Mi-35 das forças do líder Muamar Kadaffi que estavam estacionados na base aérea de Misrata.

Os aviões foram destruídos no solo quando se preparavam para atacar posições rebeldes. Há dois dias um outro Galeb líbio foi destruído no solo após pousar nesta mesma base aérea.

Uma patrulha de caças Rafale, com o apoio de um E2-C Hawkeye, realizaram um ataque noturno. Durante o dia outros 20 aviões franceses, com o apoio de quatro aviões-tanque e um E3F AWACS atacaram novos alvos.

Foi informado também que dois Mirage 2000-5  da França e dois Mirage 2000 do Qatar realizaram missões de vigilância aérea sobre a Líbia  a partir de uma base aérea localizada na ilha de Creta.

Das agências internacionais

NOTA DO BLOG: a imagem acima, extraída do google earth, mostra um conjunto de sete jatos Galeb estacionados na Base Aérea de Misrata, juntamente com alguns MiG-23 no topo e um provável Mi-35 embaixo.

- Advertisement -

31 Comments

Subscribe
Notify of
guest
31 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lobo

Qual o real motivo desta guerra?
Não é só marketing da Jaca, que será que há nos bastidores?
E não venham com soluções simplistas de ajuda humanitária e petróleo.
Agora prá relax.Só estam usando ASSM , ué quando a Jaca irá usar a Sonda Viril , A Arma Fálica , O Rafale Priapo? “Oh sonda feia sô”, erro de projeto ou mau gosto, viram símbolos freaudianos, e dá-lhe piloto ter de atacar de ‘enroleishom” no pessoal.

edcreek

Olá,

Bom vejo que a Otan não teve muita opção já que os rebeldes foram encurralados em algumas cidades, sem duvida teríamos um banho de sangue. O que vinha desequilibrando a guerra a favor do ditador era os veículos mecanizado e forca aérea ai entrou a Otan.

Mas eles tendem a não ir por terra para não terem outro Afeganistão nas mãos, onde principalmente os gringos estão ate o pescoço.

Obviamente o petróleo conta, como contou no Craque.

No mais foi uma boa missão para Franca e Rafale-M que agora operou sem Mira ge ou SEM noite.

Abraços,

Rodrigo

ahahahahahahahahahahahahaha Realmente sem ter os gringos por trás, os franceses não vão pisar no chão. Vide os acontecimentos no Afeganistão. Estão lá há anos e quando precisaram ir para o combate de verdade, sofreram baixas pesadas e os militares foram para a imprensa reclamar da obsolescência dos seus meios, falta de treinamento e todo o blá blá blá de quem vai para a guerra toma um pau e tem que arrumar a desculpa que os italianos armaram para eles. Voltando a Líbia… De uns dias para cá vemos esta divulgações dos “abates” dos Xavantes e Hinds. No início da campanha,… Read more »

Grifo

Para os que acreditam em parceria estratégica com a França, vale a lição: há apenas **cinco meses** atrás a França assinava uma parceria estratégica com a Líbia.

http://www.lefigaro.fr/flash-actu/2010/10/22/97001-20101022FILWWW00423-libyefrance-partenariat-strategique.php

Libye/France: partenariat stratégique
AFP – 22/10/2010

La Libye et la France ont signé hier un document prévoyant l’instauration d’un partenariat stratégique entre les deux pays, notamment dans les domaines économique, énergétique et nucléaire.

De parceiro estratégico a alvo em apenas cinco meses. E ainda tem gente que quer colocar todos os nossos equipamentos militares nas mãos deste pessoal.

Wagner

Os líbios são tão ruins na operação de sua força aérea que sequer estão dispersando os caças, pelo contrário, os deixam alinhados !!

Será que os próprios comandantes querem que a Otan destrua a Força aérea para que eles mesmos se livrem do Kadafi ?

Acho que a tal lealdade ao líder não está mais dando certo…

Ou os caras são realmente mais burros que os iraquianos…

Justin Case

Grifo, bom dia.

No meu entender, parceria estratégica se estabelece para facilitar o alcance de objetivos comuns ou, pelo menos, convergentes.

É assim também no mundo empresarial.

Não é um contrato com obrigações, penalidades. Enquanto houver interesse COMUM, funciona.

Não obriga a apoiar atitudes impensadas, insensatas, malucas do “parceiro” (ex-parceiro).

Se estabelecermos parceria com SUÉCIA ou ESTADOS UNIDOS, vai ser exatamente a mesma coisa, porque é assim que funciona.

Nessa até o ZE vai me apoiar: países têm interesses.
Interesses comuns podem e devem gerar parcerias.

Abraço,

Justin

Rodrigo

Wagner disse:
27 de março de 2011 às 10:08

O problema é que só estão deixando a mostra os Galeb.

Faltam os Migs, Su, Mirage, L39, etc..

Grifo

Não obriga a apoiar atitudes impensadas, insensatas, malucas do “parceiro” (ex-parceiro). Caro Justin Case, agora fiquei curioso: quais foram as atitudes “impensadas, insentatas e malucas” da Líbia? Acho importante esclarecermos isto, até para evitar que a França resolva nos atacar se tomarmos atitudes semelhantes. O Khadafi é o chefe do governo legítimo da Líbia, reconhecido por todos os países, inclusive os EUA, Reino Unido, Brasil e a Suécia. Para dizer a verdade, só um país no mundo reconhece o governo rebelde: a ex-“parceira estratégica” França. Na Líbia o Kadhafi enfrentou uma rebelião militar, que tomou a segunda cidade do país… Read more »

Renato Oliveira

Pelo menos desta vez os rafaletes não chamaram de vitória aérea…

Rodrigo, ninguém sabe do status operacional das outras aeronaves. E, de qualquer forma, é mais esperto deixar a Otan achar que está fazendo alguma coisa e esperar a Odisseia ‘anoitecer’, pois eles não vão fazer disso um Afeganistão parte 2, e manter as forças principais. Assim, quando a Otan parar, basta uma série muito forte de ataques para reprimir de vez a rebelião.

Mauricio R.

O Yemen, aquele do USS Cole, tb é aliado dos EUA, idem o Barhrein e lá o vírus Tahir está sendo combatido é a bala. Mas pareceque o ditador Yemen pretende vai sair. Na Síria, que qndo lhe interessa se alia aos EUA, apesar das mortes, das prisões, o vírus Tahir está seguindo seu curso. No mais estou c/ o Rodrigo, kd a “parte séria” da força aérea líbia??? Um outro pto, o mandato da ONU p/ a NFZ, não especifica a presença de tropas da coalizão em terra(sic), somente as operações de interdição aérea. Há um bloqueio naval p/… Read more »

Roberto F Santana

Caro amigo Grifo e colegas, Lembre-se que o governo de Adolf Hitler era legítimo, reconhecido e democraticamente eleito. A legitimitade de um governo não impede uma intervenção international, o real motivo, no caso da Líbia, só a história dirá. É como falávamos em post anterior, eu, lhe dizia da presunção do Brazil em ter uma força aérea combativa, coisa que nunca teve. Num cenário desses é melhor sermos mesmo só mais um no imenso Império Romano do século XXI, que é o EUA/OTAN. Fiquemos pois em paz com Cézar e tudo correrá bem. Mas claro, isso não impediria de termos… Read more »

DrCockroach

Prezado Grifo, Desta vez, e talvez pela primeira vez, discordo de vc. Vc define por legitimo algo que estah dentro das leis internas de uma pais, no caso a Libia? Ou o governo da Libia passa a ser legitimo por ter o reconhecimento da ONU? Eu, como um libertario, nao dou valor p/ qualquer destes criterios. Legitimo eh algo que nao viole os meus direitos como individuo, sejam eles reconhecidos “legais” ou nao por qualquer instituicao, nacional ou internacional. Os meus direitos nao sao negociaveis, e muito menos na mesa de negociacao da realpolitik. O meu direito como individuo somente… Read more »

Lobo

O Loko do Turbante-Rosa pode ser tudo, menos burro. Tá é deixando sucata prá ser detonada e guardando a Força Aérea prá quando a midia enjoar de dar noticia dele. Aí neginho o pau vai pegá, vaí sê rebelde prá tudo qué lado. E o Coalizão tá é de sacanagem pois sabe que prá ajeitar a coisa só em terra e isto eles não querem,………….ainda. Enquanto isso DÁ-LHE NOTICIA DA JACA . Agora se fosse ús ómmi do Império do Mal que tivessem atropelado uns Mig ou Su irião cair de pau neles, mas já que é a jaquinha croassam… Read more »

Rodrigo

Eu não acho que os Mig23, Mirage F1 ou Su22 sejam adversários a altura para o Rafale…

Mas com eles pelo menos no ar, os franceses teriam que voar olhando no retrovisor.

Ficar divulgando destruição do Xavante, como abate é meio ridículo.

Baschera

Como escreveu o Rodrigo, acima, tem algo estranho nesta campanha ou guerra….da Líbia.´. Os USA não querem ela……isto é paranóico ou unusual. Os da EU, sim…. e não…. uns querem é fazere marketing para seus veículos de guerra, outros temem ficar sem petróleo…e uns querem aparecer de bonzinhos e dar uma de zorro. Há países árabes que também se engajaram, mas timidamente…outros só reclamam….. e outros nem estão aí. Reclamar mesmo de uma agressão à um país árabe… nada. Até ontem, todos, até os USA e o Brasil (Lulla esteve lá em 2003), tinham feito as pazes com o ditador… Read more »

Baschera

Rodrigo disse:
27 de março de 2011 às 14:23

Concordo mais uma vez….. e não creio que a ONU tenha autorizado abates em solo de aviões sem uso….istoé coisa do Sarko, que depois logo alí na esquina, quer vender umas jacas por lá……

Atirar em alvo estático, desrmado e sem uso algum….até eu sei fazer.

Sds.

Rogério

“De parceiro estratégico a alvo em apenas cinco meses. E ainda tem gente que quer colocar todos os nossos equipamentos militares nas mãos deste pessoal.”

Sem contar a compra de 14 Rafales que supostamete se daria há bem pouco tempo, aí ficaria de Provavel cliente do Rafale a alvo do mesmo em um mês, rsss.

[]s

Rogério

OFF TOPIC: Não sei se alguem já tinha visto, uma foto de um F-35 com carga externa, achei interessante:

https://steeljawscribe.com/wordpress/wp-content/uploads/2010/08/f-35_VRC-droptest.jpg

[]s

joseboscojr

Legal essa foto Rogério.
Só pra constar, além de 2 AIM-9X estão presentes 3 WCMD e 2 JDAM que parecem ser de 2000 lb.
A soma dessa carga externa (tirando os pilones e lançadores) está próxima de 4 t.
Interessante que pelo jeito eles estão testando uma carga assimétrica.
Um abraço.

Grifo

Vc define por legitimo algo que estah dentro das leis internas de uma pais, no caso a Libia? Ou o governo da Libia passa a ser legitimo por ter o reconhecimento da ONU? Caro DrCockroach, por legítimo eu quis me referir ao governo reconhecido internacionalmente como tal. O Kadhafi é o governo legítimo da Líbia (exceto para a França), da mesma forma o regime de Kim Jong Il é o governo reconhecido da Coréia do Norte e Castro o de Cuba, por mais que não se goste das políticas internas que seguem. Sobre ele violar os direitos individuais, isto não… Read more »

Vader

Esse ódio do Sarkozy pelo “parceiro estratégico” Kadafi é que tá muito estranho.

Será que o Kadafi simplesmente disse pra ele que não iria mais comprar a sua JACA?

Nesse caso, é bom que a Boeing esteja pronta para entregar rapidinho seus Super-Hornet pra gente… 😉

Roberto F Santana

Tal como os EUA fizeram no Iraque.
Talvez a França já esteja pensando numa força aérea líbia reconstruida, nova.
O país logo logo vai ter um novo governo, logo não vai ter mais força aérea líbia.
Vai nascer uma nova força totalmente renovada e vai ter caças novos.
Quem vai vender?

Rodrigo

Mas não dá pra começar uma Força Aérea do 0 e equipar com Rafale…

Os iraquianos, estão com o F16 que é muito mais em conta.

Quem vai ganhar vão ser os russos e chineses.

edcreek

Olá,

Como sempre ficam procurando pelo em ovos, os aviões estavam la e deveriam ser destruídos como foram. No Iraque o primeiro alvo americano foi um heli, alguém criticou?

Os Americanos lançaram mísseis nos quarteis generais espalhados pelo pais, além de paiois de armamento, será que resolução da ONU permite isso…..E cada hipótese que levantam que tem que rir mesmo…..Hahahahahahah

Mas em uma coisa eu concordo onde estão os melhores caças do ditador?

Roberto F Santana

Mas Rodrigo,
É só ir de vagar, mais cedo ou mais tarde terão que ter caças.
Essa guerra não deixa de ser um investimento, vai ganhar quem gastar mais dinheiro lá, a Rússia não gastou nada até agora.
Tem muita grana em jogo, muito petróleo.
Estamos cansados de ver países pobres africanos com verdadeiros genocídios e nem passa pela televisão, ninguém manda nem um observador para ver como as coisas estão.
Obrigado Kadafi, por salvar a Dassault.

Roberto F Santana

Estou até vendo,
O primeiro boleto dessa bricadeira vai começar com alguns helicópteros franceses.
Mas primeiro tem que varrer a velharia russa e…iuguslava.

Roberto F Santana

Esse negócio sai caro.
Não vai dar para repassar o custo disso pro vinho francês.

http://www.youtube.com/watch?v=aBpsg7I6OsU&feature=ytn%3Amptnews

DrCockroach

Esta entrevista com o Robert Gates e a Hillary Clinton eh muitissimo interessante. Respondem perguntas tipo: http://abcnews.go.com/ThisWeek/week-transcript-hillary-clinton-robert-gates-donald-rumsfeld/story?id=13232096 – “Por que nao intervir na Ivory Coast ou Siria” (Hillary respondeu esta) e – “A Libia eh uma ameaca aos EUA?” (O Gates respondeu esta, “Nao’ foi a resposta, mas ele alinhou outros motivos. Junto ao video tem a transcricao da entrevista, sem alguem quiser usar o Google Translation. As respostas contem um pouco de idealismo e um pouco de pragmatismo, sendo a Hillary mais idealista e o Gates mais pragmatico (sem surpresas). Para quem tiver tempo, tb eh imperdivel a entrevista… Read more »

DrCockroach

“espera” = “esperava”

Wagner

O que será que vai acontecer quando chegarem em Trípoli ?

Morte wagneriana tipo Berlim, ou o Kadafi vai correr para o Chade ??

Espero que façam um acordo que evite uma nova Berlim…

A não ser que o Sarko queira testar mais Rafales…

tplayer

Wagner, apesar do Kadhafi falar que vai lutar até o fim, eu acho que ele vai acabar renunciando quando a coisa realmente apertar para o lado dele.

Se isso não acontecer será um grande problema, e provavemlente teremos algo até pior do que aconteceu em Berlim.

Últimas Notícias

Acompanhe a estreia do 1º episódio da websérie Colaboração Real 4 no YouTube

Em 21 de outubro, às 11h, estreia o primeiro episódio da quarta temporada da websérie Colaboração Real no canal...
- Advertisement -
- Advertisement -