sábado, janeiro 22, 2022

Gripen para o Brasil

Guerra Aérea começa amanhã no Nordeste do Brasil

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

‘A guerra é simulada, o treinamento é real’

Entre os dias 28 de outubro e 19 de novembro, o Nordeste brasileiro será palco do maior exercício de combate aéreo combinado da América do Sul, a Operação Cruzeiro do Sul V (CRUZEX V). Com a participação das Forças Aéreas do Brasil, Estados Unidos, França, Argentina, Chile e Uruguai, a CRUZEX V levará para o Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco 92 aeronaves, como os caças F-16, dos Estados Unidos e Chile, Rafale, da França e F-2000, A-1, A-29 e F-5EM, do Brasil.

A guerra aérea simulada acontece a partir de um conflito fictício envolvendo a invasão do país Amarelo pelas tropas do país Vermelho e a posterior intervenção de uma coalizão liderada pelo país Azul. No mapa real, Natal, Recife e Campina Grande concentram a maior parte das aeronaves envolvidas, enquanto a partir da Base Aérea de Fortaleza vão operar as forças hostis. Somente na capital potiguar serão 66 aeronaves envolvidas no Exercício, sendo 31 estrangeiras.

Coordenada pela Força Aérea Brasileira, a CRUZEX V tem o objetivo principal de treinar as Forças Aéreas envolvidas no planejamento de operações combinadas com países aliados, nos mesmos moldes utilizados pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) em conflitos internacionais. Os militares brasileiros e estrangeiros poderão treinar no contexto de uma moderna estrutura de comando e controle unificado do poder aéreo, além de trocarem experiências e conhecimentos. No total, participam 2.500 militares brasileiros e estrangeiros, incluindo observadores da Bolívia, Equador, Canadá, Reino Unido, Colômbia e Paraguai.

Os interessados em realizar a cobertura do evento devem entrar em contato com a Assessoria de Imprensa da CRUZEX V a fim de receber a ficha para o credenciamento. As atividades aéreas ocorrerão entre os dias 6 e 19 de novembro. No dia 10 será realizado o dia de atendimento à imprensa e no dia 13 o evento “Portões Abertos”.

Site:

Twitter

YouTube

Flickr

RSS

Wikipedia

- Advertisement -

81 Comments

Subscribe
Notify of
guest
81 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Milan

Excelente. Torço especialmente por um bom desempenho do F-5EM, a espinha dorsal de nossa força.

proside

Sera que o Rafale fai humilhar os f-5 e f-16? Não sei não!

Luiz Padilha

Os Rafales irão lutar lado a lado com os F16, A4 e F5M. O inimigo será o F5M Brazuca.

andersson

Será que os nossos F-5 e A-4 irão decolar pois a algum tempo estão sem gasolina, isso é um ótimo treinamento já que o brasil não sabe se treinar, hehe.

Jacubão (21 kg mais magro)

Pode ser que humilhe os F-5M, mas os F-16 não, pois estarão do mesmo lado no exercício. Eu imagino que o Rafale ganhará o embate contra os MIKE, mas não será tão fácil assim, pois os MIKE são bem letais quando operados junto com os E-99 (vão jogar pedras na minha cabeça, rsrs… :-D). Agora, se por algum motivo divino, os MIKE derem uma surra nos Rafales, a FAB vai ficar num dilema: Ou anuncia que deu pau nos Rafales com os MIKE e corre o risco de não ter mais FX2, pois os inteligentíssimos políticos irão considerar desnecessário comprar… Read more »

Alexandre Galante

Ô Andersson, como é que o Brasil não sabe treinar, se é a FAB que está organizando o Exercício, que já está na quinta edição?

Vou te passar uma lição de casa: leia todos os posts do Poder Aéreo, são só 3.736 posts, você pode navegar pelas páginas pelo rodapé do Blog.

Garanto que sua visão vai ser ampliada.

Ira

que massa, muitos caças hein, além de outras anvs… queria estar por lá, curtindo uma praia e assistindo de camarote heheh.

andersson

Gosto muito de todos os sites ”aereo, naval, forte” muito bom os sites, Galante realmente a FAB está Sucateada isso é lamentável, O brasilcomprando F-5 Usados ao invés Pensar no FX-2 e comprar o F-18 Super Hornet o estado da nossa força aérea brasileira está critico pois nós temos aeronaves muito velhas, mais parabéns ao evento que a FAB está realisando mais o que vai ter mais emoção vai ser os F-16 dos EUA, e nossos mirage 2000, mais é mais provávael que os EUA nos ataque não só como caças e sim também de homens desembarcando na costa brasileira… Read more »

andersson

É jacubão vão nos um humilhar com os F-16 vão faser de nós em pedaçinhos, temos que comprar o F-18, Pense nisso por favor Sr. Lula.

Daniel Rosa

Espero que tenham descoberto o problema da carlinga dos F-5, e nenhuma delas saia voando inadvertidamente!

Jacubão (21 kg mais magro) disse:
27 de outubro de 2010 às 10:02

E tem que ser com os R-99 mesmo Jacubão, pq o alcance radar do F-5 mesmo modernizado ficou curto demais meu! Ele é pequeno e relativamente dificel de detectar, mas vai ser necessário muita “manha” dos nossos caçadores para fazer bonito! Espero que divulguem os resultados para que possamos tomar conhecimento…

Bruno

Finalmente uma chance de avaliar o desempenho dos F-5EM contra adversários de peso.Também uma boa chance para avaliar o desempenho do Rafale.Interessante os EUA não terem mandado o Super Hornet.Seria uma chance de ouro para eles.

Alex

aiaiaia, gostaria de estar lá…..

A-1

Ué os bambambam não iriam vir de F-18 ????

Fabio

Exercício perfeito para a FAB avaliar o F-5M frente aos:

“caças F-16, dos Estados Unidos/Chile e Rafale da França”

Com certeza a FAB sai da Cruzex com tudo “catalogado”.

Mas ué, cade os SU “superplatizum” da Venezuela??? cade o “superfaztudofoda” do continente??

humm poderia ter a categoria: “caça mais bonito que não voa” hehehe

A-1

Eu nunca pensei em dizer isto mas vamos lá.
Tomará que os F-16 derem uma surra nos F-5M, porque assim nossos governantes podem se acordarem, mas o problema e que os F-5M são osso duro de roer juntamente com o nosso pilotos,,,, rsrs
Lembram da 1ª edição da cruzex rsrsrs ficamos sem caças naquela ocasição, derrubaram tudo rsrs
mas nas outras mostramos nossa competência….
abraço a todos

Daniel Rosa

andersson disse: 27 de outubro de 2010 às 10:23 Andersson do céu, meu camarada! Que diabos vc escreveu ai em cima? rsrsrsrsr Veja, o fato de termos grande parte de nosso equipamento obsoleto não significa que não consigamos desenvolver doutrinas para deles extrair o melhor quando e se necessário. Estamos relativamente bem em materia de guerra eletrônica, em breve estaremos bem melhor em relação a nossa aviação de transporte, e nossa aviação de combate ainda vai ficar encalhada por algum tempo. Como o Galante escreveu ai em cima, não somos marinheiros de primeira viagem, e sabemos sim “treinar”, ou “fazer… Read more »

Jacubão (21 kg mais magro)

Os MIKE são muito bons de briga quando operados com os E-99 e até sem operar com eles já fizeram seus estragos, como na RED FLAG em que lutaram de igual para igual contra os F-15 e F-16 do esquadrão AGRESSOR da USAF realizando escolta dos E-3 americanos, que ficaram muito bem protegidos com os MIKE no exercício.
Vamos torcer pela FAB, mesmo que sucateada.
Pra frente BRASIL…

lucio da silva moraes

o BICHO vai pegar (BICHO é o RAFALE )
ta faltando o gripen-ng kákakákáaaaaaaaaaaa

Taz Miranda

Em 2008, minha esposa e eu ficamos em Fortaleza. Apenas uma frase para definir… “Show de bola!!!”. Não tem quem não pare pra olhar pra cima quando as máquinas passam…

Tairusiano

Olá a todos
Essa Cruzex terá como rainha os F-16 e vamos ver como os Rafales se comportarão contra os Mikes
agora sobre os F-18 super hornet eles são da marinha americana eles não participarão porque quem foi convidada foi a USAF a força aerea americana que não opera F-18.

abraço a todos

Joel

tomara que o desempenho do f 5 m seja um desastre!!!

Só assim para FAB finalizar logo o FX2, pq senão teremos caça tampão por 40 anos.

Abraços

Nick

Dizem que o melhor esquadrão Brasuca é o “Pampa”, que este ano não vai atuar como “agressor” para facilitar as coisas para o Rafale… Fora que não operarão apoiados por AEW&C.

Na minha opinião os Rafales tem obrigação de fazer 10 x 0 sobre os F-5M. Qualquer outro score é fail para o caça francês.

[]’s

Chico AMX

E os “indisponíveis” e “problemáticos” M2000 vão participar? rsrsrss
para a dor de alguns “entendidos” e “insiders” da FAB, vão! quero rir muito por aqui quando vermos uns 6 ou 7 por lá…

Sds!

Rodrigo

Jacubão, pelo que eu soube deixaram o lado vermelho sem o E99 e somente com o Senta a Pua, que não está 100% com a doutrina BVR implementada…

O 14 que esteve na Red Flag, vai do lado azul.

Deve ser medo que os F5M, E99 e Derby dêem um calor nos franceses.

Jacubão (21 kg mais magro)

Vai ver sim… no hangar. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk….

Bruno

A-1 disse:
27 de outubro de 2010 às 10:33

Você acha que tem algum político sabendo disso? Se tem, você acha que eles dão importância? 😀

Joker

Esperando ansioso pra ver o pega pra capar, a leruada comer solta, o muído ser grande.

Mohamed Al Zaid

O exercício militar é positivo para o Brasil. E para os pilotos brasileiros, melhor ainda. O que precisa ser refletido aqui neste post é que o país não tem uma cultura militar e muitos se ressentem ainda do período negro da ditadura militar, o que é ruim sob o ponto de vista de uma nação que pretende ser grande e “player” no circuito mundial. Sinceramente, não consigo entender como a FAB e o Governo Brasileiro resolveram comprar os Mirage 2000, da França, como aviões “tampão” até a chegada de um novo vetor. Será que ninguém sabia que ele seria desativado… Read more »

Justin Case

Amigos,

A capacidade dos esquadrões de F-5M não deve ser tão diferente assim, apesar de um deles ter participado da Red Flag.
Utilizam a mesma doutrina, têm pilotos brasileiros e aviões iguais.
O Grupo de Caça já participou como parte da coalizão e agora vai ser “agressor”. O Pampa vai treinar sua participação na coalizão.
Os vermelhos não tiveram apoio de E-99 em nenhuma das edições da Cruzex.
Essa teoria de que a Cruzex está orquestrada para proteger o Rafale acho que é delírio.
Abraços,

Justin

“Justin Case supports Rafale”

joshen

se os f-5 tiverem um bom desempenho, o exercício sera a Cruzex do tumulo do FX2

Sagran Carvalho

Parabéns à FAB pela realização da Ediçao 5 da Cruzex, prova de seu profissionalismo, apesar de todas as dificuldades…! Caro Anderson, favor seguir os conselhos do Galante, será bom para ampliar seus horizontes!!!! Estou num dilema…torço para que nossos pilotos mostrem todo o profissionalismo e dêem um calor danado nos gringos, porém caso realmente os Mike se saiam bem, vai ter “especialista” em Brasília acreditando piamente que não necessitamos de novos caças, pois os F5 dão conta do recado…..eita dilema hein….!!!! Para finalizar, opinião minha, deveriam disponibilizar um E-99 para os agressores, até para dificultar as operações da “coalizão” tornando… Read more »

A-1

Pois é Bruno, agora você falou a verdade…
Abraço

Marcos

Está tudo “Armado”.

Agora resta ao RaFAIL, “Derrubar” alguns F 5, o que particulamente será uma BABA, pois o Matador de F22, 35, Thyfhons, SUs e por ai vai, será moleza.
O duro será explicar (e isso é facil para as Rafaletes, pois para elas tudo tem explicação), se algun F5 derrubar um RaFAIl (O que DUVIDO muito, que alguem noticie), ai só FX 3 para dar jeito.

Latino

aeronaves presentes na CRUZEX V

Argentina (FAA):
– A-4AR
– KC-130

Brasil (FAB):
– A-29 Super Tucano
– AMX A-1
– R-99 A AEW
– Mirage-2000
– F-5BR

Estados Unidos (USAF):
– F-16 C/D
– KC-135R

Chile (FACh):
– F-16 C Block 50M
– F-16 D Block 52+
– KC-135E

França (Armeé de L’Air):
– Dassault Rafale
– Mirage 2000-5F
– KC-135FR

Edu Nicácio

Boa sorte aos nossos pilotos, de ambos os lados, e bora mostrar do que somos capazes com os “velhos” Mikes…

PS – Poderiam argumentar com os energúmenos da nossa política que poderiam muito mais se tivesses aviões novos.

Vitor

Gostei do nivel dos paises que estao participando. So a Argentina que tem que dar uma melhorada.

Edcreek

Olá,

Nossa agora então exercicio vale? huauhauhauhau a cada hora o povo muda de ideia….

Tem até conspiração pro Rafale…..

Mas deixando as picuinhas de lado fai ser fantastico ver Rafale/F-16/Mirage-2000/F-5M/A-4 voando lado a lado, ademais eu torço por um chocolate do F-5M nos adversarios mesmo que em situação controlada.

Só faltou o NG, ah é ele no ecsiste huahaahaah

Abraços, e GO FAB GO…….

marujo

Quantos F – 5EM estão operacionais na FAB?

Marcelo M

estão esquecendo de uma coisa, quem disse que os Rafales obrigatoriamente tem que cumprir missões ar-ar? Repararam que eles na inventário francês estão no lugar dos M2000 D/N, as versões de ataque? Que sua maior especialidade até aqui, ou seja, as missões reais de cumpriu no Afeganistão, foram de ataque? Que na página da Cruzex ao falar das aeronaves e do rafale eles mencionam um piloto e um operador de sistemas? ous eja, modelo biplace? quem garante que eles não vão ficar só no ataque. Se ficar assim e os Mike pegarem um Rafale, ele estaria em missão de ataque… Read more »

Galileu

Será que vão abrir para a imprensa??

Vai saber e o medo de “descobrirem” que a FAB está sucateada, lol

Ainda bem que nenhum F5 sai do chão sem os R99 né, já pensou se sair……

abraço, espero que os F5 tome ferro pra variar e que alguem de atenção, só assim……..

HARM

Todo o exercício é válido, nem que seja para apontar nossas deficiências. Pessoalmente torço pelo bom desempenho – quanto a repercussão nos meios políticos, acho que isto tem que servir para mostrar que Defesa Nacional está acima de qualquer coisa. Já faz mais de 25 anos que saimos da Ditadura – tá na hora de sermos pragmáticos, até porque o Brasil já deixou de ser o país do samba e do futebol há muito tempo. Gringo olha pra gente e só vê petróleo e commodities!
Abraços.

Francisco AMX

“Deve ser medo que os F5M, E99 e Derby dêem um calor nos franceses.” desta bobagem aí de cima, se tivesse um pingo de realidade, poderíamos concluir que: A FAB, mesmo não estando de acordo com o GF e sua decisão pelo Rafale, opta (sem ter a mínima obrigação legal para tal, pois este tipo de exercício/ação foge do controle do MD/GF) por “proteger” o Rafale, colocando os “poderosos” F-5M sob cabresto. – mesmo depois de “tudo” que os franceses “nos fizeram”… – se tornando a Força Aérea mais imbecil e subserviente do mundo! tem cada comentário viu… este daí,… Read more »

Francisco AMX

“ademais eu torço por um chocolate do F-5M nos adversarios mesmo que em situação controlada.” correto meu amigo! uma prova de patriotismo bacana, porém… a realidade é dura… F-5M com radar de 55km e míssel BVR de NEZ de 25km não é páreo para Rafales com Mica e F-16 com AMRAMs… não dá para se iludir… na verdade é perigoso! Para mim, mesmo chateando, todos os nossos vetores, excetuando o ST, deveriam ter um desempenho desastroso! pois é isso que precisamos no momento… sei que o F-5M pode causar algum perigo, mas isso só nos prejudica, pois adia ainda mais… Read more »

Francisco AMX

Só lembrando aos amigos aqui que na cruzex anterior, onde o F-5M se deu bem, os M2000C que vieram não foram os MKII (5)… com mica…

Paulo Taubaté

Latino disse:
27 de outubro de 2010 às 12:52
aeronaves presentes na CRUZEX V

Argentina (FAA):
– A-4AR
– KC-130

Brasil (FAB):
– A-29 Super Tucano
– AMX A-1
– R-99 A AEW
– Mirage-2000
– F-5BR

Estados Unidos (USAF):
– F-16 C/D
– KC-135R

Chile (FACh):
– F-16 C Block 50M
– F-16 D Block 52+
– KC-135E

França (Armeé de L’Air):
– Dassault Rafale
– Mirage 2000-5F
– KC-135FR

E ainda depois tem portões abertos no dia 13….

Devia ter marcado as minhas férias em Natal pra o ooutro feriado.

Estive aí dia 7 de setembro….

Merd@#$%¨&*………….

Andre Luis

Didi já dizia em 58: “treino é treino, jogo é jogo”.
Ninguém vai operar FULL.

Fabio

bis:

Mas ué, cade os SU “superplatizum” da Venezuela??? cade o “superfaztudofoda” do continente??

humm… poderia ter a categoria: “caça mais bonito que não voa” hehehe (será que o rafale também entra nessa??)

Fábio Mayer

Foi graças a um caldo que o Brasil levou na primeira CRUZEX que resolveu-se agilizar a modernização dos F-5 e dos A-1. Isso demonstra a importância do exercicio.

E bem dito: os F-5M são fantásticos e coisa e tal, mas o fato é que muito de suas deficiências, nossos ótimos pilotos e militares de modo geral tem tirado no braço, nesses eventos.

Leandro

Bom, na minha opinião os F-5M vão dar um banho nos A-4 da Argentina e é capaz de darem trabalho aos M-2000 franceses e aos F-16 americanos, mas quanto ao Rafale, pô ai é sonhar demais, nem com o R-99 os nossos bravos F-5M vão dar dentro!
Pena que o exercício é sempre a FAB de “agressor”, gostaria que fosse um misto, tipo a FAB e a USAF ou FAB e FAA…pô que queria ver os Rafale contra os F-16…isso eu queria ver!

Francisco AMX

“E bem dito: os F-5M são fantásticos e coisa e tal, mas o fato é que muito de suas deficiências, nossos ótimos pilotos e militares de modo geral tem tirado no braço, nesses eventos.” Fábio Mayer, desculpe amigo mas os F-5M não são fantásticos, veja bem, eles nunca foram… e agora tem a seu dispor apenas um radar de 55km de alcance, defasado em recusrsos, não tem FBW, tem a mesma motorização dos anos 60/70… eles são, digamos, bons aviões… razoáveis no máximo… Sobre nossos pilotos tirarem as diferenças, elas podem ficar, no máximo, no campo da tática, pois ascenção,… Read more »

Elizabeth

Tem duas épocas do ano que me deprimem. Carnaval e CRUZEX Nesta ultima em especial, porque temos duas semanas de xenofobia sobre as super capacidades dos F-5, a extrema esperteza de “nossos pilotos” que na base da superioridade doutrinária, apenas dos equipamentos ultrapassamos são capazes de vencerem qualquer avião moderno. A propósito, nesta CRUZEX finalmente se saberá como o Spectra o lendário equipamento de guerra eletrônica Frances funciona. Mas já vou adiantar como é a engenharia deste equipamento. Toda vez que ele é ligado, um servidor de internet é acessado via satélite e milhares de mensagens para fóruns, blogs e… Read more »

Últimas Notícias

Argentina também negocia a compra de caças F-16 da Dinamarca

Segundo o site argentino Pucara.org, as Forças Aéreas da Argentina e da Colômbia estão analisando ofertas para aeronaves Lockheed...
- Advertisement -
- Advertisement -