domingo, janeiro 23, 2022

Gripen para o Brasil

Corte de despesas militares no Reino Unido: na guerra por cortes, Tornado leva a pior

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Número de esquadrões deverá ser dramaticamente reduzido

O primeiro-ministro britânico David Cameron esteve reunido ontem com o secretário da defesa Liam Fox, com o propósito de finalizar os detalhes do “Strategic Defence and Security Review”.

Pelas informações vazadas, os esquadrões de Tornado da RAF pagarão o preço mais alto do corte de gastos militares. Além disso, bases serão fechadas. O novo Chefe do Estado-Maior, General ‘Sir’ David Richards, venceu uma batalha e impediu que o exército “perdesse” 20.000 homens. Mas ocorrerão reduções nas armas de artilharia e cavalaria.

A Royal Navy dará baixa em quatro fragatas da classe Tipo 23, mas os dois porta-aviões serão salvos (por enquanto). A frota de submarinos deve passar ilesa também. A quantidade de caças JSF planejada para aquisição deverá ser reduzida.

FONTE: thisislondon

- Advertisement -

84 Comments

Subscribe
Notify of
guest
84 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
marujo

Não seriam as quatro T-22 B3? Qualquer das duas classes seriam boas opções de escolta tampão para a MB, enquanto não se constroem as unidades de 6 mil toneladas. Vejam bem: eu disse escoltas-tampão.

Galileu

É se eles tivessem no nosso espetáculo do crescimento não seria necessário esses cortes…aahah

É meio difícil crer que manterão 2 Nae, e com F35……..sei não.

Talvez 2 Nae, 1 com F35 e outro com SH, afinal eles estão trabalhando na catapulta eletromagnética… ahahahh

abraço

Tarkus

Não percam o saldão da rainha!!! Aceitamos todos os cartões de crédito…

Vaaalney

Mandem essas belezuras para cá! =D

Nick

4 Type 23 estariam de bom tamanho se o preço for bom…..

[]’s

Capitain Kirk

Caro Marujo,

Concordo com voce, se o prêço for bom, e , sòmente para serem usadas como escoltas até construirmos as novas previstas pela MB.

Luis

120 Tornados da RAF seriam postos à venda;
100 Tornados da Luftwaffe seriam postos à venda:

220 Tornados à venda! Dá para equipar 2X a FAB e a MB(baseada em terra)!!

Raptor

Também concordo… poderia fazer o pacote de type 23 tampax + desenvolvimento da type 26… Se rolar um bom papo com Vossa Majestade, acho que sai bom negócio para ambos… Dá ainda, para pedir uns tornados de brinde para o pessoal de Jerusa tunar…

A rainha só não aceita dólar como pagamento…

Vinicius

Bem que o EB poderia aproveitar essa oportunidade e comprar um punhado de challenger 1 que os ingleses estão intregando praticamente de graça e formar pelo menos 4 companias independentes e estacionar elas no acre e roraima.

Vinicius

Não liguem para o erro de português grotesco no meu post 😛

marlos barcelos

nem o f-35 se salvou…vamos ver quantos f-35 deixarão de ser encomendados, o preço vai aumentar

Ivan

Marlos Barcelos, O F-35 Lightning II será em breve o ÚNICO avião de combate furtivo disponível para exportação pelo ocidente. Mesmo que todos os sócios europeus, com excessão da Turquia, diminuam seus pedidos, creio que não haverá dificuldade em comercializar o excedente disponível. É bom lembrar que vários países não integrantes do JSF – Joint Strike Fighter deverão em breve buscar aeronaves stealth para suas forças armadas. Coreia do Sul, Israel e Japão, aliados de alinhamento imediato, devem comprar algo em torno de 3 (três) ou 4 (quatro) centenas. No mundo árabe, Arábia Saudita, Egito, Emirados Árabes Unidos e Kuwait… Read more »

marlos barcelos

IVAN

Vai sonhando. Israel tem 96 caças e boa parte deles tem menos de 15 anos de uso, Os árabes como arabia saudita acabaram de comprar f-15, thyphoons, J-10, Coreia do sul acabou de receber os f-16, tem menos de 10 anos de uso. O que esses países vão fazer com estes caças?

Poucos países comprarão f-35 em médio prazo, e quem paga a conta se os europeus reduzirem os pedidos? 96 milhoes de dólares por caça é se os pedidos forem mantidos, havendo redução, o preço aumenta.

marlos barcelos

correção, taiwan é que tem f-16 com menos de 10 anos de uso, Ah! iraque recebeu f-16, arabia saudita f-15, irã j-10, jordania f-16, siria su-27, todos esses países compraram esses caças recentemente. Quero saber qual país árabe vai comprar 200 f-35.

[…] See the rest here: Corte de despesas militares no Reino Unido: na guerra por cortes, Tornado leva a pior […]

Daniel Rosa

Manda pra cá esses Tornados….

Giordani RS

“Galileu disse: 15 de outubro de 2010 às 18:02 Talvez 2 Nae, 1 com F35 e outro com SH, afinal eles estão trabalhando na catapulta eletromagnética…” Para quem deseja redução de custos é ilógico manter duas linhas de suprimentos diferentes…por causa de seus políticos o Reino Unido vai ficar na dependência de apenas uma aeronave. Anule este e terão de lutar com paus e pedras… A Catapulta eletromagnética é o Futuro, se houver um Futuro para os NAes. Ela requer menos espaço e homens/hora mínimas… *** “Luis disse: 15 de outubro de 2010 às 21:09 120 Tornados da RAF seriam… Read more »

marujo

A combinação T-23 + T -26 (não é minha preferida)+ o HMS Ocean fica perfeita. Mais perfeita ficaria ainda se fosse incluido no pacote um navio tanque com pouco uso, enquanto se constrói um novo. Mas isso tem quer decidido e negociado agora, pois dependendo do resultado de 31 de outubro, pode não dar nada. É só lembrar do período 1994/2002. Quem acompanha sabe a tragédia que foi.

Fábio Mayer

Concordo, os navios seriam ótimas compras de ocasião.

Alberto

Estas compras de oportunidade são interessante para fazer um tampao em nossas FAs….

poorman

Alguém saberia informar o estado (tempo uso, vida útil), equipamentos (aviônicos, armas, etc) destes tornados da RAF e Luftwaffe? Já que o FX vai ter mais capítulos seria uma opção melhor que os Mirage 2000-9 dos EAU ?

Vader

Pessoal, coloquei no ar uma enquete no Blog do Vader e uma das alternativas para “tampão” é o Panavia Tornado. Já tá com 4% dos votos. Confiram: http://vaderbrasil.blogspot.com/

Particularmente acho que poderia ser uma boa para tampão da FAB, se viessem por um precinho camarada. Com certeza iria deixar os argentinos arrepiados até os cabelos das unhas, rsrsrs…

Abs.

Vader

poorman disse:
16 de outubro de 2010 às 12:45

“seria uma opção melhor que os Mirage 2000-9 dos EAU?”

Caro Poorman, os Mirage-2000-9 do EAU dificilmente serão vendidos num curto/médio prazo, pois compôem junto com os F-16 Block 60 o que de melhor eles tem para enfrentar o Irão. Sua ponta de lança.

De qualquer maneira, o M-2000-9 é filho de mãe solteira com pai bastardo: tem baixa comunalidade até com os M-2000 do AdlA.

Se eles nos vendessem algo, seriam os outros M-2000. E aí acho que não satisfaz as necessidades operacionais da FAB.

Sds.

Ivan

Vader, O Panavia Tornardo é ainda um excelente avião de ataque estratégico e interdição do campo de batalha. Mas seu tempo está no fim e tem um custo operacional mais alto do que podemos pagar. Melhor seria otimizar nossos “Mini-Tornados”, os AMX, inclusive com algumas células italianas que venham a sobrar. Quanto ao Mirage 2000-9 devemos ser justos. É o melhor e mais poderoso Mirage que já voou. Certamente é mais flexivel que os Tornados. Contudo, como vc escreveu, “tem baixa comunalidade até com os M-2000 do AdlA. Seria um problema e não uma solução. Melhor evitar ambos. 🙂 Abç,… Read more »

Luiz Eduardo

Bah!!!

Dependendo das ultimas especulações sobre o Sr. Vianna vir a ser nosso novo MD, começem a assimilar a idéia de ver alguns desses pousando por aqui, juntamente a alguns EF-2000 Trance 1 …
Daí como disse o Rodrigo seríamos a mais moderna FA da AL no chão…

Sds.

Vader

marlos barcelos disse: 16 de outubro de 2010 às 6:46 Prezado Marlos, com 3.100 unidades a serem encomendadas só pelos 9 maiores parceiros de JSF sabe qual será o custo de projeto por unidade do F-35, lembrando que são TRÊS aeronaves em uma? Enoooooormes US$ 12,9 milhões (US$ 40 bi / 3.100). Só pra lembrar o do Rafale é de US$ 194 milhões (142,3 mi euros / 0,73 – câmbio). O F-35 é um caça tão ruim que Israel, que quase não entende nada de guerra, combate aéreo, defesa, essas coisas, encomendou-o com meia década de antecedência, para receber só… Read more »

Luiz Eduardo

Bah! E outra ciosa…

Ele pode ser bom/efetivo (que é o importa!), mas desculpe os fãs da aeronave: que bixo mais Feio esse Tornado, viu … todo desajeitado, parece um F-15 de desenho animado… 😛

Sds.

marcos silva

bom, pelo menos na foto,esses tornados com essa suite de armamentos , designadores e sensores.Fariam o inimigo tremer.

Vader

Luiz Eduardo disse:
16 de outubro de 2010 às 15:14

“que bixo mais Feio esse Tornado”

Luiz Eduardo, eu acho essa sua falta de fé perturbadora… 🙂

Luiz Eduardo

Vader disse:
16 de outubro de 2010 às 15:25

Ok, desde que vc não me “enforque” usando a força … 😛

KKKKKKKKKKKKKKK…

Giordani RS

“Vader disse:
16 de outubro de 2010 às 12:54
…Particularmente acho que poderia ser uma boa para tampão da FAB, se viessem por um precinho camarada. Com certeza iria deixar os argentinos arrepiados até os cabelos das unhas, rsrsrs…”

Hahahahahahaa!
Boa! Se é para sacanear hermano, apoiado! Tornado ADV e IDS para a FAB! Hahahaha…e tinha de conseguir alguns Sea Harriers para a MB…hahahah…será que a Índia não tem uns sobrando?

Luiz Eduardo

Pô, Giordani … sacanagem, mermão …

Tornado na FAB e Sea Harrier na MB – pode esquecer qualquer exercício conjunto com os hermanos dai pra frente 😛

@wagner

well well well Que pena, estão em crise. Tadinhos… 🙁 ( pff ah ah ah ah ah !!) O Tornado da RAF é um excelente vetor e garanto que, ao contrario do que disseram, muito mais capaz que um mirage 2000. São ótimos aviões os Tornados, mas, como disseram, caros demais. Ninguém mais tem dinheiro, e além disso, os Efas já os sucedem com eficiência. Bem vinda a realidade, Inglaterra. Mas pelo tornado em si lamento, pois é um avião magnífico. Se tivessem dinheiro para modernizarem, com certeza seria de bom desempenho nos proximos 15 anos… Mas eles vao desmontar… Read more »

marlos barcelos

VADER Não estou discutindo preço do Rafale, nem sei quanto vai custar o f-35, ninguém sabe ainda. Se todos mantiverem os pedidos, deve girar em um pouco mais de 100 milhões de dólares, mas já estamos vendo a poderosa inglaterra encolher seus pedidos, isso com certeza vai tornar o caça mais caro, e outros podem reduzir também, e aí o preço aumenta ainda mais, e isso não é tão difícil de ocorrer, já que o f-35 era pra custar a metade do que custa hoje, logo, os pedidos podem cair substancialmente, e aí quero ver os americanos bancarem praticamente sozinhos… Read more »

pap

o que o governo brasileiro está esperando?

Luis

Giordani RS disse:
16 de outubro de 2010 às 10:20
” O Tempo do Tornado já passou. É uma tremenda aeronave, fruto da Guerra Fria, mas para ser útil no cenário moderno tería de passar por uma tremenda MLU com custos astronômicos…”

E o que fazemos hoje com F-5, AMX e A4 é o que? Um post-life upgrade!? O Tornado é muito mais capaz do que os três acima juntos. E teríamos em quantidades suficientes para a FAB e a MB. Com relação aos custos e gastos, são outros 500!

Luis

E tenho uma dúvida: seria o F-18C Hornet capaz de operar no NA São Paulo?

Francisco AMX

Tornado supriria as necessidades da FAB? rsrsrss eu morro e não vejo tudo mesmo!
Comparar Tornado com M2000 M2, nos dias de hoje, é sair do sério!
é continuar na linha “ataque a França a qualquer preço”!

Vader, pegue tua calculadora de padaria… ou melhor, não pegue não! vai dar errado… só observe os custos operacionais do Tornado meu amigo…
logo vc que vive distratando o Rafale sobre este aspecto!???

Sds!

Dalton

“O que ocorre hoje no RU é a mesma política irresponsável do partido trabalhista inglês nos Anos 70 do Século XX, mas para sorte deles, havia um bando de argentinos mais irresponsáveis no Atlântico Sul que acabou por salvar as FFAA´s Britanicas, ao contrário de hoje.”

Bem lembrado Giordani…

“Eles” queriam vender o HMS Invincible para a Australia antes da guerra,
embora os australianos, descobriu-se mais tarde, não teriam condições
para adquiri-lo de qiualquer forma.

abs

Francisco AMX

Luis,

tá aí uma solução bacana par nossa Marinha! 24 F-18D repontecializados e renovados!
Existiria F-18C/D em razoáveis condições no mercado para compra e atualização?

Sds!

Rodrigo

Os canadenses se dispuseram a vender parte dos seus, mas os valores foram inaceitáveis para nós.

Quem sabe se alguém da parte do Canadá que fala francês der uma ligada para o NJ ele acaba trazendo os Hornets para cá independente do custo

😀 😀 😀 😀 😀 😀 😀 😀

Francisco AMX

Quanto?

Luis

O problema é a nossa eterna falta de verbas. Não podemos arcar com Mirage 2000, Rafale, Gripen, Tornado, F-18, F-16, EF-2000, etc, com a merreca disponível para as FA. Mas do jeito que está não pode ficar.Algo precisa ser feito, com urgência.

Francisco AMX

Luis, não tem merreca alguma para as FAs? o dinheiro é bom, mas é mal gerido e gasto! tem é desorganização e falta de profissionalização! o orçamento é consumido por salários e pensões… tem muito cacique… muito índio… e pouquíssimas lanças e flechas!

Rodrigo

O valor exato eu não sei, mas era algo muito acima da nossa capacidade de pagamento. Isto foi coisa da época do M2000…. Os Hornet canadenses eram caros porque estão bons.. Os M2000 tiveram um custo de aquisição muito menor, mas já vieram com data de vencimento. A trolha com o M2000 está sendo para operar… Com o Hornet ia ser o inverso era só entrar no Website do AMARG e fazer compras de sobressalentes no Kg… Massssss o GF e o MD entraram no circuito e como sempre empulham uma solução vinda de Paris. Na época ainda era o… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini

Uma observação aos que estão conjecturando sobre essas “sobras” de Tornado. Vale lembrar que os que deverão ser desativados nesses cortes da RAF são os da versão de ataque, dando baixa antes que Typhoons capacitados para ataque ou mesmo F-35 os substituam segundo o planejamento anterior. Os Tornados F3 da RAF, de defesa aérea, já vem sendo desativados gradualmente há bastante tempo. Os últimos ainda operam na Escócia, cuja base de Leuchars já começou a receber seus Typhoons (há matéria recente do Blog a respeito), e deverão deixar o serviço definitivamente no início do ano que vem. Assim, pergunto: vocês… Read more »

Francisco AMX

Nunão falou tudo, nem precisa mais conjecturar! rsrsrsrs vão querer Tornado F3 para o GDA?

Sds!

Fernando "Nunão" De Martini

“Francisco AMX em 17/10/2010 às 18:30”

Francisco,

De forma alguma quis fechar a discussão ou as conjecturas. Apenas coloquei alguns dados sobre o que estaria disponível e para que (isso na remota hipótese de haver algum interesse).

Quem desejar continuar conjecturando sobre Tornado para a FAB, pode ficar à vontade. Apenas vale a pena colocar as questões que levantei nas conjecturas, por mais improváveis que sejam.

Saudações!

PS – Jacubão, parabéns pelos “19 kg mais magro”. Agora o Harpia vai poder decolar sem restrições do peso do piloto! (brincadeira!!!)

Jacubão (19 kg mais magro)

Diante da atual situação, qualquer coisa que vier vai fazer diferença. O f… é ter apenas oa F-5M como primeira linha e ver a Venezuela com o SU-30 e com a encomeda do SU-35 e Chile com os avançadíssimos F-16.
Só não vou falar de política aqui, porque as regras não permitem, ainda mais sendo um colaborador.

Jacubão (19 kg mais magro)

Está sendo feita novas concepções artísticas do HARPIA em várias situações de combate e ângulos diferentes. Sei que ele “nunca” voará aqui no Brasil, ainda mais se depender dos atuais políticos brasileiros, mas vale a pena sonhar e plantar essa sementinha na cabeça da sociedade brasileira, para que todos tenham a noção da importância de se desenvolver tecnologia militar no país, que sempre irá ser ultilizada no meio civil com várias equipamentos diferentes e úteis como: leptop, celular, satélites, GPS. computador portátil e tantos outros que começaram com os militares. Quem sabe um dia, a sociedade brasileira entenda a importância… Read more »

Francisco AMX

Sei disso Nunão… eu tava brincando…!

Sds!

Últimas Notícias

Argentina também negocia a compra de caças F-16 da Dinamarca

Segundo o site argentino Pucara.org, as Forças Aéreas da Argentina e da Colômbia estão analisando ofertas para aeronaves Lockheed...
- Advertisement -
- Advertisement -